Logo Passei Direto

A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
7 pág.
A abordagem pedagógica saúde renovada nas aulas de Educação Física escolar

Pré-visualização | Página 1 de 2

A abordagem pedagógica saúde renovada nas aulas de Educação Física escolar
El abordaje de la pedagogía salud renovada en las clases de Educación Física escolar
	
	  
	*Discentes do curso de Educação Física
da Universidade Salgado de Oliveira-Goiânia
** Orientador. Docente do curso de Educação Física
da Universidade Salgado de Oliveira-Goiânia
(Brasil)
	
Ana Paula Ribeiro Marques Bandeira*
Artur Eduardo Ferreira Souza*
Rafael da Silva Soares*
Wellington Gustavo Lobo*
Edson Leonel Rocha**
wgustavol@hotmail.com
	  
  
	  
	 
Resumo
          O presente estudo tem por objetivo expor os conhecimentos relacionados à aptidão física dentro da educação física escolar, e apresentar a abordagem saúde renovada como forma de incentivar os alunos a praticar alguma atividade física que promova uma melhor qualidade de vida. A função de uma aula de Educação Física, entre outras coisas, deve ser a de conduzir os alunos a algum objetivo específico. Nessa perspectiva, seria a saúde renovada uma abordagem que proporcionaria as ferramentas necessárias para que os alunos participassem mais das aulas? Desta forma pretendemos com essa pesquisa bibliográfica contribuir positivamente na formação de hábitos saudáveis dos alunos. Portanto, o uso de uma abordagem adequada à realidade do aluno leva-o a compreender sobre a importância de se exercitar e ter hábitos saudáveis para obtenção de saúde e qualidade de vida.
          Unitermos: Aptidão física. Saúde renovada. Educação Física Escolar.
  
	  
	
	EFDeportes.com, Revista Digital. Buenos Aires, Año 19, Nº 196, Septiembre de 2014. http://www.efdeportes.com/ 
	
1 / 1 
1.     Introdução
    Desenvolver a saúde nas escolas é uma possibilidade de disseminar hábitos positivos nos escolares, já que crianças são difusoras de boas práticas em casa. (BRASIL, 2011). De acordo com o PSE (Programa Saúde na Escola) desenvolvido por Brasil (2013) deve haver uma integração permanente entre a educação e a saúde, que objetive uma formação integral dos estudantes por meio de promoção, prevenção e atenção à saúde.
    O presente estudo tem por objetivo expor os conhecimentos relacionados à aptidão física dentro da Educação Física Escolar, e apresentar a abordagem saúde renovada como forma de incentivar os alunos a praticar alguma atividade física que promova uma melhor qualidade de vida.
    A função de uma aula de Educação Física, entre outras coisas, deve ser a de conduzir os alunos a algum objetivo específico. O desuso de uma abordagem que norteie o caminho do aluno e até mesmo do professor influenciará na sua vontade ou não de participar das aulas. Seria a saúde renovada uma abordagem que proporcionaria as ferramentas para que os alunos participassem mais das aulas?
    A saúde renovada tem por objetivo informar, mudar atitudes e promover a prática sistemática de exercícios físicos dentro de suas aulas e fora delas. O principio da autonomia no gerenciamento da aptidão física deve abranger todos os alunos e não somente os mais identificados. Outro aspecto dessa abordagem é que não se devem privilegiar as modalidades esportivas e jogos, a inserção da cultura corporal nas aulas, fará com que o aluno assuma uma postura autônoma para otimização da saúde. (DARIDO, 2005)
    Durante muito tempo a inatividade física foi considerada como um fator secundário do desenvolvimento de doenças coronarianas dentre, ou seja, um estilo de vida inativo aumentaria o risco de doenças coronarianas somente se existissem outros fatores primários. (HOWLEY, POWERS, p.344, 2009)
    Segundo Guedes (1997) apud Barros et al. (2009) a aptidão física está relacionada a componentes que se ligam à prevenção e tratamento de doenças do tipo degenerativas, como as cardiopatias, a obesidade, a hipertensão, doenças coronarianas e distúrbios músculo esquelético, que pode comprometer a sua prática de atividade física.
    A partir da publicação de vários estudos citados por Howley e Powers (2009), em sua obra, o fator inatividade física foi considerado um fator primário. Tendo como fator de risco à população mundial o sedentarismo (inatividade física), também é um problema no Brasil, onde a vivencia escolar pode influenciar diretamente na vida ativa ou sedenta dos seus alunos, a saúde renovada visa proporcionar situações práticas, utilizando exercícios físicos com o objetivo a melhorar ou manter a aptidão física.
2.     Metodologia
    Os procedimentos metodológicos utilizados foram à pesquisa bibliográfica, que segundo Koche (1997) apud Fernandes e Gomes (2003) se caracteriza por conhecer e analisar as principais contribuições teóricas existentes sobre o problema investigado, tornando-se instrumento indispensável a qualquer tipo de pesquisa.
    Segundo Mattos et al. (p.38, 2008):
    “O método bibliográfico procura explicar um problema a partir de referências teóricas e/ou revisão de literatura de obras e documentos. Em qualquer pesquisa, exige-se revisão de literatura, que permite conhecer, compreender e analisar os conhecimentos culturais e científicos sobre o assunto, tema ou problema de investigado. Pode ser realizado de forma independente, constituindo-se uma pesquisa cientifica”.
    Para este estudo os indexadores foram: aptidão física, saúde, saúde renovada e Educação Física Escolar. O critério utilizado de inclusão dos artigos ou trabalhos científicos foi o ano de publicação (1999 a 2014) em revistas cientificas, livros, fontes eletrônicas e publicações de entidades coletivas (órgão governamental).
3.     Referencial teórico
    Para Bouchard et al. (1990) apud Araújo et al. (2000):
    “A saúde não se caracteriza apenas como um estado de ausência de doenças nos indivíduos, mas como um estado geral de equilíbrio no indivíduo, nos diferentes aspectos e sistemas que caracterizam o homem; biológico, psicológico, social, emocional, mental e intelectual, resultando em sensação de bem-estar. Para esses autores, a saúde é um continuum com pólos positivos e negativos. Os pólos positivos são associados à capacidade das pessoas de aproveitar a vida e de superar desafios e não apenas ausência de enfermidades, enquanto o pólo negativo é associado com a morbidade e, em seu extremo, com a mortalidade, entendendo a primeira como um estado de saúde, resultado de uma doença específica”.
    A prática de exercícios deve ser incentivada desde a infância. Criar hábitos e o interesse por uma vida ativa pode trazer benefícios do ponto de vista educacional e social, além de proporcionar uma prevenção de várias doenças decorrentes de uma vida sedentária. (GENTIL, 2011)
    Quanto a Educação Física escolar, Cardoso (2011) diz que se deve primar pela formação de indivíduos que tenham como hábito a prática continuada de exercícios físicos [...] para que isso se torne viável, é necessário que o aspecto biológico das aulas de Educação Física seja contextualizado com os fatores sociais, políticos, econômicos e culturais que influenciam na adoção à prática de exercícios físicos voltados para a promoção da saúde, e de hábitos de vida saudáveis.
    A Educação Física escolar pode e deve propiciar a elaboração de conhecimentos sobre atividade física para o bem-estar, qualidade de vida, o ganho e promoção da saúde [...] estimular os alunos nas várias atividades físicas para que eles possam dar continuidade após os anos escolares. (NAHAS, 1997 apud DARIDO e NETO, 2005)
    À escola cabe o objetivo de ser o instrumento motivador para a prática regular de exercícios físicos, bem como a de desenvolver nas crianças e jovens o interesse pela prática de atividade física estimulando aulas de Educação Física cada vez mais interessantes. (MARQUES e GAYA 1999, apud Braga et al. 2009)
    O objetivo da Educação Física segundo Neira (2009) apud Debien e Cantanhede (2010), é de levar o educando a conhecer a cultura corporal do movimento, que ao longo dos tempos foram criadas e desenvolvidas pelo homem: jogos, danças, lutas, esportes, ginástica, etc.
    A aptidão física é um estado dinâmico de energia e vitalidade que permite a cada um realizar as tarefas diárias,
Página12