A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
1 pág.
tutela preventiva

Pré-visualização | Página 1 de 1

Artigo 294 e seguintes CPC 
 
Modelo de Segurança Jurídica 
O juiz só decide depois de um determinado tempo para que seja possível amadurecer a decisão. E o modelo decisivo tradicional com base num juízo de 
certeza, denominado de modelo de segurança jurídica. 
 
Modelo de Risco: 
Há situações de urgência em que a parte não pode esperar a demora natural do processo e irá tutelar junto da petição para que seja possível 
conseguir a urgência. 
Ex 1 : direito à saúde, cirurgia de emergência, é o modelo clássico não serve pois é uma decisão de caráter urgente. 
Ex 2 : Dívida não paga, juiz expede a ordem de arresto (uma ordem judicial em prol de realizar o congelamento do patrimônio, para que não haja caso 
de insolvência), consolida-se um caso de decisão de carácter urgente. 
Nessas situações, a parte capaz de comprovar que está vivenciando uma situação de urgência, o ordenamento jurídico vai resguardar a tutela 
provisória de urgência (Art 300, CPC) com base num juízo de incerteza e probabilidade, denominada de modelo de risco, assim, a urgência será 
resolvida, o processo seguirá as suas fases e, ao final o juiz revoga ou não a tutela provisória que foi decidida anteriormente. 
 
Requisitos para comprovar a tutela: 
➔ Comprovar que tem uma alta probabilidade de provar o seu direito; 
➔ Perigo de demora; 
 
A tutela de urgência pode ser: 
➔ CAUTELAR: tem natureza assecuratória. E o caso do exemplo 2. 
➔ ANTECIPADA: tem natureza satisfativa, é aquela que já satisfaz a sua pretensão. É o caso do exemplo 1. 
Obs: toda tutela provisória é uma liminar 
 
Tutela provisória de evidencia 
• artigo 311, CPC 
“urgência sem urgência”. É aquela em que há alta probabilidade, mas sem o perigo. 
Ex: inscrição indevida no SPC 
 
 T u t e l a 
P r o v i s ó r i a 
 T u t e l a 
P r o v i s ó r i a

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.