Logo Passei Direto

A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
3 pág.
Psicologia e Educação Inclusiva Revisão da tentativa

Pré-visualização | Página 1 de 2

Iniciado em Tuesday, 22 Nov 2022, 18:52
Estado Finalizada
Concluída em Tuesday, 22 Nov 2022, 20:48
Tempo
empregado
1 hora 55 minutos
Avaliar 7,0 de um máximo de 10,0(70%)
Questão 1
Correto Atingiu 1,0 de 1,0
De acordo com Silva (2017, p. 18), “o princípio da educação para todos é colocado em prática quando as instituições de ensino se
estruturam e se organizam em todas as suas instâncias para acolher e oferecer uma educação de qualidade aos alunos [...]”.
Sobre a inclusão, é correto afirmar que:
SILVA, M. C. da. Educação inclusiva. Porto Alegre: Sagah, 2017.
a. Não é uma questão de inclusão se o professor se depara com um aluno que vem apresentando comportamentos que oscilam entre a agressividade com
os colegas e professores.
b. Para que a inclusão aconteça de fato, é necessário que todos os alunos (com ou
sem necessidades especiais ou deficiências) sejam incluídos em um
planejamento de conteúdos que seja adequado a todos.

a elaboração do planejamento das aulas deve contemplar atividades que
favoreçam a inclusão sem prejudicar o processo de ensino-aprendizado.
c. Não há necessidade de haver um psicólogo escolar ou psicopedagogo nas escolas especificamente para tratar as dificuldades de aprendizagem, pois
muitas delas os próprios professores conseguem intervir com as atividades em sala de aula, não havendo necessidade de intervenções específicas.
d. O psicólogo escolar pode trabalhar em conjunto com a equipe diretiva da escola, criando prática pedagógicas que intervisse no planejamento do
professor.
e. As atividades de intervenção e inclusão devem contemplar as atividades em sala de aula, os eventos da escola, participando em conjunto com ou sem
distinção de acordo com a deficiência que o aluno apresenta.
Questão 2
Correto Atingiu 1,0 de 1,0
Segundo as definições de documentos oficiais, em relação à educação especial, é correto afirmar que:
a. é uma modalidade de educação escolar somente para pessoas com deficiência.
b. é uma modalidade de educação escolar que não existe mais no Brasil.
c. é uma modalidade de educação escolar exercida nas escolas especiais.
d. é uma modalidade de educação escolar utilizada somente na educação básica.
e. é uma modalidade de educação escolar que permeia todas as
etapas e níveis de ensino.

As mudanças no conceito de educação especial vieram para afirmar que essa modalidade
deve atingir vários segmentos sociais, e não somente pessoas com deficiência, e atingir
todos os níveis de ensino.
Questão 3
Correto Atingiu 1,0 de 1,0
Segundo Mousinho et al. (2010), existe um papel fundamental nos processos de aprendizagem desempenhado por um mediador,
seja na educação inclusiva ou outro processo de aprendizagem. Em relação ao mediador, assinale a alternativa correta.
MOUSINHO, R. et al. Mediação escolar e inclusão: revisão, dicas e reflexões. Revista de Psicopedagogia. São Paulo, v. 27, n. 82, p.
92-108, 2010. Disponível em: http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84862010000100010&lng=pt&
nrm=iso. Acesso em: 30 jul. 2021.
a. O mediador escolar pode ser um profissional das mais diversas
formações (psicólogo, psicopedagogo, fonoaudiólogo), pois isso
variará conforme a demanda da pessoa com deficiência.

A mediação é uma atribuição inerente ao processo de aprendizagem e é uma das áreas que o
psicólogo poderá atuar na escola. Ela é um conjunto de técnicas, instrumentos, conhecimentos
e uma postura ética do profissional.
b. Os autores foram superados, pois, com as novas tecnologias assistidas, não há mais a necessidade de mediadores na aprendizagem.
c. Os mediadores podem ser somente profissionais da área de saúde que estão inseridos no contexto escolar.
d. A função de mediador somente pode ser exercida pelo professor em contexto escolar.
e. A função de mediação é uma atribuição de pais e responsáveis pela criança com deficiência.
Questão 4
Correto Atingiu 1,0 de 1,0
 
Psicologia e Educação Inclusiva: Revisão da tentativa https://ava.cenes.com.br/mod/quiz/review.php?attempt=110815&cmid=2772
2 of 5 22/11/2022 20:51
http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84862010000100010&lng=pt&nrm=iso
http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84862010000100010&lng=pt&nrm=iso
http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84862010000100010&lng=pt&nrm=iso
http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84862010000100010&lng=pt&nrm=iso
Correto Atingiu 1,0 de 1,0
Alguns pesquisadores que têm estudado sobre o bullying estão adotando as nomenclaturas “agressor” e “vítima” para
caracterizar as pessoas envolvidas nessa ação. Assim é possível perceber uma maior importância e severidade para esse ato.
Contudo, é necessário considerar alguns critérios, para que não haja generalização e banalização do termo. Com base nisso,
assinale em qual alternativa abaixo podemos encontrar uma situação de bullying:
a. Luís é uma criança que adora praticar esportes,
geralmente não se interessa em fazer as atividades
físicas que a maioria dos seus amigos faz. Na escola,
Luís pratica vôlei e dança, mas sempre que está no
vestiário um grupinho de meninos fica apelidando Luís
de “menininha” e muitas vezes escondem seu
uniforme. Luís tem faltado às aulas de educação física
e, quando vai, prefere vestir o uniforme em outro lugar.

o caso de Luís traz indícios de que ele esteja sendo vítima de bullying: a questão da ação dos agressores ser
repetitiva; o fato de ele estar sozinho enquanto os outros estão em grupo; a ação tem causado sofrimento
psíquico para ele, já que não tem comparecido às aulas ou evita encontrar o grupo.
b. Discussões ou brigas pontuais, conflitos entre professor e aluno ou aluno e gestor.
c. Um grupo de meninos se reúne, na hora do intervalo, para chamar a atenção dos colegas que estão saindo da sala. Todo dia, eles escolhem uma pessoa
diferente e fazem brincadeiras atribuindo apelidos a ela.
d. Marcos é um menino de oito anos, frequenta a escola e tem vários amigos por lá. As crianças da sua sala já estão todas lendo fluentemente, mas Marcos
ainda tem dificuldade para ler e escrever. Sempre que a professora pede para que seja feita uma tarefa, alguns colegas conseguem ajudá-lo. Ainda que
Marcos se sinta desconfortável por não estar no “nível” deles, sente-se acolhido por sua turma.
e. Maria é uma menina muito comunicativa e conversa com todos os amigos da sala. Maria descobriu que tem uma baixa visão. Os colegas passaram a
chamá-la de “Garrafinha”, por causa das lentes dos seus óculos. Ela não se incomoda e se reconhece quando alguém a chama pelo apelido.
Questão 5
Correto Atingiu 1,0 de 1,0
Vygotsky afirma que a aprendizagem se inicia antes de a criança frequentar o ensino formal, contudo, a aprendizagem escolar
introduz elementos novos no seu desenvolvimento. Ele considera a existência de dois níveis de desenvolvimento. Marque a
alternativa que indica a nomenclatura desses níveis:
a. Zona de desenvolvimento proximal e zona de desenvolvimento real
b. Zona de desenvolvimento proximal e zona de desenvolvimento potencial
c. Processo elementar e processo superior de origem sociocultural
d. Equilibração e acomodação
e. Zona de desenvolvimento real e zona de desenvolvimento potencial 
um corresponde a tudo que a criança pode realizar sozinha (zona de desenvolvimento
real), outro, a tudo que a criança poderá realizar com a ajuda de outra pessoa (zona de
desenvolvimento potencial).
Questão 6
Correto Atingiu 1,0 de 1,0
De acordo com a Política Nacional de Educação Especial, assinale o que os termos “igualdade” e “diferença” significam no
contexto dessa lei.
a. A igualdade é insubstituível.
b. Ao tratarmos da diferença, não necessariamente precisamos pensar na igualdade.
c. Igualdade e diferença são sempre ideias divergentes.
d. Igualdade e diferença andam juntas. 
De acordo com a Política Nacional de Educação Especial, igualdade e
diferença são indissociáveis considerando o contexto escolar.
e. Diferença é um construto da desigualdade.
Página12