Buscar

THAIS RELAÇÕES

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você viu 3, do total de 4 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Prévia do material em texto

IMPORTANTE
 Data limite para aplicação 
 desta prova: 08/04/2023 
UNIP EAD 
Código da Prova: 123670225928
Curso: PEDAGOGIA (LICENCIATURA)
Série: 4 Tipo: Bimestral - AP
Aluno: 0433690 - THAÍS SANTOS DIAS
I - Questões objetivas – valendo 10 pontos 
Gerada em: 03/04/2023 às 14h04
------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Instruções para a realização da prova:
1. Leia as questões com atenção.
2. Confira seu nome e RA e verifique se o caderno de questão e folha de respostas correspondem à sua disciplina.
3. Faça as marcações primeiro no caderno de questões e depois repasse para a folha de respostas.
4. Serão consideradas somente as marcações feitas na folha de respostas.
5. Não se esqueça de assinar a folha de respostas.
6. Utilize caneta preta para preencher a folha de respostas.
7. Preencha todo o espaço da bolha referente à alternativa escolhida, a caneta, conforme instruções: não rasure, não preencha X, não ultrapasse os limites para preenchimento.
8. Preste atenção para não deixar nenhuma questão sem assinalar.
9. Só assinale uma alternativa por questão.
10. Não se esqueça de responder às questões discursivas, quando houver, e de entregar a folha de respostas para o tutor do polo presencial, devidamente assinada.
11. Não é permitido consulta a nenhum material durante a prova, exceto quando indicado o uso do material de apoio.
12. Lembre-se de confirmar sua presença através da assinatura digital (login e senha).
Boa prova!
------------------------------------------------------------------------------------------------------------ 
Questões de múltipla escolha
Disciplina: 553530 - RELAÇÕES ÉTNICO-RACIAIS NO BRASIL
Questão 1: O poder público brasileiro tem reconhecido que há uma necessidade urgente de incluir no currículo da educação básica a problemática das relações étnico-raciais, inclusive na formação dos professores. Esse reconhecimento político tem sua representatividade:
A) No discurso demagógico partidário.
B) Na legislação, por meio das Leis nº 10.639/2003 e 11.645/2008.
C) Nas articulações do movimento negro.
D) Nas iniciativas isoladas das universidades e sistemas de ensino preocupados com a formação inicial e continuada dos professores.
E) Nos documentos obrigatórios como as Diretrizes Curriculares Nacionais para as Relações Étnico-Raciais e para o Ensino de História e Cultura Afro-Brasileira e Africana.
Questão 2: Em se tratando de territorialidade, observamos que as favelas brasileiras são constituídas em sua maioria pela população afrodescendente. Esse fato não é aleatório, mas decorre de fatores tais como:
A) Herança cultural e da falsa libertação dos escravizados, que não receberam incentivo para a inserção no mercado de trabalho.
B) Falta de interesse pelo trabalho e pelo estudo dos habitantes das comunidades.
C) Descaso histórico do Ministério de Bem Estar Social, sem políticas públicas direcionadas aos mais carentes, bem como falta de participação popular. 
D) Ausência de escolarização, já que todos os afrodescendentes eram analfabetos, e carência de profissionais interessados em ensiná-los.
E) Falta de interesse político dos partidos de centro-esquerda em auxiliar a população desfavorecida e dos movimentos sociais que nunca reconheceram as dificuldades da pobreza e da miserabilidade.
Questão 3: A força do movimento negro contra todas as formas de discriminação por raça ou cor e pela garantia de direitos sociais fundamentais da população afro-brasileira acabou se traduzindo de duas formas: legislação penal e ações afirmativas. De acordo com o propósito de promoção de igualdade de oportunidades a grupos desfavorecidos socialmente, indique as especificidades da política de ações afirmativas:
I. Garantir cotas para afrodescendentes em universidades e empresas, visando à inclusão justa desse segmento populacional.
II. Políticas públicas que pretendem corrigir desigualdades socioeconômicas procedentes de discriminação, atual ou histórica, sofrida por algum grupo de pessoas (BERNARDINO, 2002, p. 256-257).
III. Medida paliativa, transitória e, portanto, temporária, devendo ser extinta assim que as condições sociais estiverem mais equilibradas para os grupos minorizados: negros, índios, mulheres etc.
IV. Denomina-se discriminação positiva, no sentido de proporcionar algumas vantagens aos grupos historicamente em desvantagem.
Assinale a alternativa correta:
A) Somente a afirmativa I é correta, pois ações afirmativas é sinônimo de cotas.
B) As afirmações I e II são corretas, tendo em vista que ambas indicam os negros como único ator social beneficiário das políticas públicas.
C) Somente a afirmativa III é correta, na medida em que inclui negros, índios e mulheres no contexto dos excluídos e, portanto, foco de investimento das ações afirmativas.
D) A afirmativa IV é correta, pois as ações afirmativas beneficiando alguns grupos sociais reverte-se numa discriminação ao contrário.
E) Todas as afirmativas são corretas.
Questão 4: Assinale a alternativa incorreta do contexto da escravização:
A) Os africanos nunca foram passivos, pacíficos e acomodados diante da situação escravagista. 
B) O ensino indígena tem como base um processo de alfabetização bilíngue.
C) Os portugueses preferiram a mão de obra escrava dos negros em detrimento da dos índios, pois segundo eles, os africanos eram mansos.
D) Muitos movimentos negros surgiram após a abolição, pois as desigualdades sociais continuaram a existir após a libertação.
E) A palavra escravizado é a expressão correta ao invés de escravo, pois pessoas não nascem para ser escravos, pessoas são escravizadas.
Questão 5: A Lei n. 12.288/2010 (Estatuto da Igualdade Racial) versa sobre os principais direitos garantidos:
A) Às crianças e jovens afrodescendentes.
B) Aos idosos afrodescendentes.
C) Às famílias afrodescendentes.
D) Aos afrodescendentes do Brasil.
E) Aos afrodescendentes do Brasil e de alguns países africanos.
Questão 6: Sobre a desigualdade racial e o sistema educacional, de acordo com o censo do IBGE da última década, podemos afirmar que:
A) Brancos estudam em média um ano e sete meses a mais do que pretos e pardos.
B) O analfabetismo entre os indígenas é mais do que o dobro do que o dos brancos.
C) A escolarização dos pretos e partos supera o número de formandos brancos.
D) No Brasil, o nível de escolaridade é o mesmo entre brancos, negros, indígenas e asiáticos.
E) Não há estudo específico sobre a desigualdade racial e o sistema educacional, seja pelo IBGE ou PNAD. 
Questão 7: Pierre Bourdieu, sociólogo francês, denominou violência simbólica os mecanismos sutis de dominação social utilizados por indivíduos, grupos ou instituições e impostos sobre outros. Diante de pesquisas acadêmicas como a realizada por Eliane Cavaleiro na obra Do Silêncio do Lar ao Silêncio Escolar (Ed. Contexto, 6ª edição, 2012), sabe-se que na escola também ocorre a violência simbólica quando:
A) Não cumpre a obrigatoriedade de acesso ao ensino fundamental.
B) Articula-se com o poder judiciário na visibilidade das práticas de violência no cotidiano escolar.
C) Organiza-se com os conselhos de pais, na tentativa de expulsão dos alunos considerados violentos e agressivos.
D) Trata iguais indivíduos que são desiguais, procurando encobrir as diferenças de raça, cor, classe, origem etc.
E) Evita discutir a questão racial com os meios de comunicação.
Questão 8: Observe a frase a seguir e aponte o instrumento pedagógico a que se refere: 
“[...] Os resultados demonstram que a maioria ________ traz uma representação muito simplificada dos fatos históricos, acabando por estigmatizar ou caricaturar segmentos sociais como mulheres, negros, idosos e trabalhadores [...]”. 
Esta contextualização analítica se trata:
A) Dos documentos pedagógicos produzidos pelo MEC, como as DiretrizesCurriculares Nacionais.
B) Dos livros didáticos.
C) Dos livros complementares de literatura infanto-juvenil: as obras paradidáticas.
D) Dos documentários produzidos pelos Institutos de Pesquisa.
E) Dos movimentos sociais de luta pela cidadania.
Questão 9: Em se tratando da constituição dos livros didáticos e do saber produzido no fazer pedagógico da escola, podemos afirmar que:
A) A história do Brasil é contada sob a ótica dos minorizados, ou seja, os textos relatam a contribuição cultural, social e política dos grupos historicamente desfavorecidos.
B) A escravização do negro é explicada a partir do movimento de resistência dessa população durante os 300 anos de escravidão.
C) Os livros didáticos apresentam uma convivência pacífica e colaborativa entre brancos e índios no processo de colonização, omitindo as formas de luta dos povos indígenas que levou ao extermínio de diversos grupos.
D) O aluno apropria-se das análises sobre a condição social dos índios, refletindo e defendendo os direitos sociais das crianças e jovens indígenas.
E) Estudar o processo de miscigenação com o objetivo da promoção da igualdade racial é medida fundamental que permeia a produção didática do país.
Questão 10: No início do século XX, nas teorias racionalistas e no racismo científico europeu, a miscigenação era vista como elemento problemático que explicaria:
A) O processo republicano que garantiu uma situação econômica sustentável aos afrodescendentes.
B) A aplicabilidade das leis abolicionistas tornando o Brasil um país com garantias de direitos sociais.
C) As mazelas sociais, o fracasso político e a dependência econômica do país.
D) As injustiças advindas do suposto mito da democracia racial.
E) A liberdade de expressão dos povos marginalizados.