Buscar

Caderno de Questões (1)

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você viu 3, do total de 29 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você viu 6, do total de 29 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você viu 9, do total de 29 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Prévia do material em texto

3 
 IV. Simulado OAB 1ª Fase – 04/02/2023 
 
 
IV. Simulado OAB 
 
Prova Objetiva 
Informações gerais 
• Essa prova é focada na 1ª Fase do Exame de Ordem da OAB; 
• As questões foram elaboradas pelos nossos professores com base no perfil da banca do 
exame, a FGV; 
• 5 horas é o tempo disponível para a realização da prova, tente realizar este simulado 
respeitando este limite de tempo conforme ocorrerá no dia de seu exame. 
• Esse simulado não é uma das rodadas de correção de peças e questões individualizadas, que 
serão disponibilizadas futuramente somente aos alunos que efetuaram a compra do nosso 
curso. 
• Caso você deseje comparar o seu resultado com os demais alunos, faça o simulado 
diretamente no SQOAB, neste link: https://oab.estrategia.com/cadernos-e-
simulados/simulados/3c15cb50-91dd-421d-b089-5f6e8f75538d/ 
• Esse simulado é uma autoavaliação! Você mesmo (a) vai corrigir, a partir do gabarito que será 
disponibilizado junto com este caderno. 
 
Esse caderno de prova é disponibilizado de maneira gratuita, para que os candidatos à 1ª Fase do XXXVII 
Exame possam praticar. Por isso, é importante para nós, que você dê o máximo de publicidade a esse 
simulado. Envie para os seus amigos, mande em listas de e-mails, WhatsApp, etc. Assim, mais gente tem 
acesso a ele! =) O objetivo é difundir esse simulado ao máximo! 
O fato de o simulado ser gratuito não significa que ele não seja protegido pela Lei de Direitos Autorais. A 
cópia ou distribuição não autorizada, sujeita o infrator às sanções previstas nos arts. 101 e ss. da Lei 
9.610/1998. 
 
 
 
 
https://oab.estrategia.com/cadernos-e-simulados/simulados/3c15cb50-91dd-421d-b089-5f6e8f75538d/
https://oab.estrategia.com/cadernos-e-simulados/simulados/3c15cb50-91dd-421d-b089-5f6e8f75538d/
3 
 IV. Simulado OAB 1ª Fase – 04/02/2023 
 
 
Código de Ética e Estatuto da OAB 
Priscila Ferreira 
Questão 01. 
Fernando, advogado com inscrição regular, passou 
a exercer atividade policial. Por força disso, teve 
sua inscrição cancelada. Após a sua aposentadoria 
no cargo, requereu o seu retorno aos quadros da 
OAB. Com base no caso apresentado, assinale a 
alternativa correta. 
A) Na hipótese de novo pedido de inscrição, que 
não restaura o número de inscrição anterior, deve 
o interessado fazer prova dos seguintes requisitos: 
capacidade civil; não exercer atividade 
incompatível com a advocacia; idoneidade moral; e 
prestar compromisso perante o Conselho. 
B) Na hipótese de novo pedido de inscrição, que 
restaura o número de inscrição anterior, deve o 
interessado fazer prova dos seguintes requisitos: 
capacidade civil; não exercer atividade 
incompatível com a advocacia; idoneidade moral. 
Não precisa prestar compromisso perante o 
Conselho. 
C) Na hipótese de novo pedido de inscrição, que 
não restaura o número de inscrição anterior, deve 
o interessado fazer prova dos seguintes requisitos: 
capacidade civil; não exercer atividade 
incompatível com a advocacia; idoneidade moral. 
Não precisa prestar compromisso perante o 
Conselho. 
D) Na hipótese de novo pedido de inscrição, que 
restaura o número de inscrição anterior, deve o 
interessado fazer prova dos seguintes requisitos: 
capacidade civil; não exercer atividade 
incompatível com a advocacia; idoneidade moral; e 
prestar compromisso perante o Conselho. 
 
Questão 02. 
O advogado civilista Tício exerce suas atividades 
em determinada Sociedade de Advocacia, sediada 
em São Paulo. As demandas patrocinadas pelo 
advogado tramitam perante o juízo das varas cíveis 
em São Paulo. No entanto, recentemente, o pai de 
Tício adoeceu na Bahia, o que fez o advogado fixar 
a sua residência nesta localidade, e com ânimo 
definitivo. 
Neste sentido, o advogado continuou exercendo as 
mesmas funções no escritório de São Paulo, e nos 
dias em que não teriam atividades profissionais, 
retornaria à Bahia. 
Com base no caso narrado, assinale a afirmativa 
correta. 
A) Tício não precisa requerer a transferência de sua 
inscrição principal ou inscrição suplementar. 
B) Tício deve requerer a transferência de sua 
inscrição principal como advogado para o 
Conselho Seccional da Bahia. 
C) Tício deve requerer a inscrição suplementar 
como advogado junto ao Conselho Seccional da 
Bahia. 
D) Tício deve requerer a inscrição suplementar 
como advogado junto ao Conselho Federal da 
OAB. 
 
Questão 03. 
A jovem advogada Rebeca resolve contratar a 
empresa “Mais Divulgação” que atua na área de 
propaganda e marketing. A empresa contratou 
jovens, homens e mulheres, para a distribuição de 
prospectos de propaganda do escritório indicando 
as especialidades de atuação e apresentando 
determinados temas que seriam considerados 
acessíveis à multidão de interessados. O projeto é 
realizado e implementado com sucesso. 
À luz do quadro apresentado, assinale a alternativa 
correta. 
A) a jovem advocacia possui características mais 
modernas e permite publicidade como a 
apresentada. 
4 
 IV. Simulado OAB 1ª Fase – 04/02/2023 
 
 
B) atividades como as sugeridas são admissíveis, 
tendo em vista a sobriedade e moderação. 
C) a referida propaganda não pode ser realizada, 
visto que existem restrições éticas à propaganda da 
advocacia. 
D) a propaganda pode ser realizada, após 
autorização escrita do Conselho Seccional. 
 
Questão 04. 
O advogado Pedro atua sozinho em seu escritório 
situado no Município Beta, onde recebe os seus 
clientes para atividades de assessoria e consultoria, 
atuando também no contencioso tributário. 
No verão, o advogado recebeu seu tio Marcos em 
sua casa, o qual tem acesso a várias pessoas de 
prestígio social, em razão da sua atividade 
profissional. Diante disso, tio Marcos começou a 
indicar clientes para Pedro, mas sem a existência de 
qualquer acordo financeiro entre eles. Assim, com 
o aumento da clientela, o advogado ampliou seu 
escritório e passou a realizar parcerias. 
Diante da situação descrita, nos termos do Estatuto 
da Advocacia, assinale a afirmativa correta. 
A) Pedro cometeu infração disciplinar ao receber 
clientes de pessoa com relação de parentesco. 
B) Não constitui infração disciplinar o 
relacionamento social com parentes ou não. 
C) Constitui atividade ilícita por valer-se de 
parentes para obtenção de clientela, de forma 
gratuita ou onerosa. 
D) Constitui atividade vedada, uma vez que a 
clientela deve ser formada espontaneamente pelo 
advogado. 
 
Questão 05. 
A renomada advogada Letícia estava 
representando um famoso ator global brasileiro. O 
ator estava sendo acusado de matar a própria 
esposa. Em determinado momento, a advogada 
insinuou-se para dar algumas declarações públicas, 
e com esse objetivo, procurou várias emissoras de 
televisão. 
Considerando o caso narrado e o disposto no 
Código de Ética e Disciplina da OAB, assinale a 
afirmativa correta. 
A) Letícia poderia se insinuar para dar uma 
declaração pública, já que tal conduta ajudaria seu 
cliente. 
B) Letícia não poderia se insinuar para dar uma 
declaração pública. 
C) Letícia poderia se insinuar para dar uma 
declaração pública, apenas se autorizada pelo 
cliente. 
D) Letícia poderia se insinuar para dar uma 
declaração pública, apenas se autorizada pelo juiz 
da causa. 
 
Questão 06. 
Igor Maciel, recém-formado em direito, conseguiu 
um emprego para laborar em determinado 
Cartório de Notas. Após insistentes tentativas, Igor 
conseguiu a sua aprovação no Exame de Ordem e 
ora pretende se inscrever de imediato como 
advogado, e paralelamente continuar a trabalhar 
no Cartório. 
Diante dos fatos apresentados, assinale a 
alternativa correta. 
A) Igor não poderá se inscrever nos quadros da 
OAB, já que exerce atividade incompatível para o 
exercício da advocacia. 
B) Igor não poderá se inscrever nos quadros da 
OAB, já que se tornou impedido para o exercício 
da advocacia. 
C) Igor poderá se inscrever nos quadros da OAB, 
mas não poderá intentar ações frente a 
Administração Pública. 
5 
 IV. Simulado OAB 1ª Fase – 04/02/2023 
 
 
D)Igor apenas poderá se inscrever nos quadros da 
OAB, se houver autorização do Conselho Seccional 
competente. 
 
Questão 07. 
Cabral, advogado, foi apenado com sanção 
disciplinar de exclusão, após regular processo 
disciplinar. Considerando que o advogado praticou 
crime patrimonial e pretenda retornar aos quadros 
da OAB, após o cumprimento de sua pena, assinale 
a alternativa correta. 
A) O advogado não mais poderá retornar aos 
quadros da OAB, após a aplicação da sanção 
disciplinar de exclusão. 
B) Autoriza-se ao advogado que tenha sofrido 
qualquer sanção disciplinar requerer, três anos 
após seu cumprimento, a reabilitação, em face de 
provas efetivas de bom comportamento. 
C) O advogado poderá requerer, um ano após o 
cumprimento da sanção, a reabilitação, em face de 
provas efetivas de bom comportamento e, ainda, o 
pedido de reabilitação dependerá também da 
correspondente reabilitação criminal. 
D) O advogado apenas deverá fazer prova de sua 
reabilitação criminal para fins de retornar aos 
quadros da OAB. 
 
Questão 08. 
Vanessa Lady foi surpreendida com a instauração 
de um Processo Disciplinar, em razão de uma 
denúncia realizada por um ex-cliente no Conselho 
Seccional. Contudo, ao adentrar no escritório, após 
a sua cientificação do processo disciplinar, foi 
surpreendida com a notícia de que todos os seus 
colegas de trabalho já possuíam ciência do teor do 
processo. 
Neste sentido, acerca das regras do Estatuto da 
OAB, assinale a alternativa correta. 
A) O processo disciplinar pode ser acessado por 
qualquer pessoa, diante da sua natureza pública. 
B) O processo disciplinar tramita em sigilo, até o 
seu término, só tendo acesso às suas informações 
as partes, seus defensores e a autoridade judiciária 
competente. 
C) O processo disciplinar tramita em sigilo, até a 
instância recursal, só tendo acesso às suas 
informações as partes e a autoridade judiciária 
competente. 
D) O processo disciplinar apenas tramitará em 
sigilo, se houver solicitação da parte interessada. 
 
Filosofia do Direito 
Jean Vilbert 
Questão 09. 
No que se refere às lacunas é CORRETO afirmar: 
a) A lacuna não intencional ocorre quando o 
legislador relega a terceiro a solução concreta do 
caso. 
b) A lacuna latente é aquela em que há efetiva e 
evidente ausência de norma a regular a questão. 
c) Na lacuna ontológica há dissociação entre a 
previsão normativa e a realidade social. 
d) A lacuna ideológica ou axiológica é marcada pela 
ausência de lei a regular o caso. 
 
Questão 10. 
Quanto às fontes do direito é CORRETO afirmar: 
a) Lei é a norma de conduta que disciplina relações 
de fato e cuja observância é imposta 
informalmente, restringindo o campo de liberdade 
do cidadão. 
b) Princípios gerais do direito são proposições de 
caráter geral que englobam implicitamente um 
conjunto de normas. 
6 
 IV. Simulado OAB 1ª Fase – 04/02/2023 
 
 
c) Doutrina é o conjunto organizado de pesquisas, 
perguntas e respostas providas durante a atividade 
jurisdicional. 
d) Costume é a norma de conduta aceita e 
obedecida habitualmente, mediante formalidades 
estritas, gerando a crença na institucionalidade da 
conduta. 
 
Direito Constitucional 
Diego Cerqueira 
Questão 11. 
Júlia é servidora pública estadual e foi eleita para o 
cargo de Vereadora. Alguns colegas advogados 
afirmaram que ela precisaria escolher entre o cargo 
efetivo ou o cargo de vereadora. Pode-se, 
corretamente, afirmar que Júlia: 
a) havendo compatibilidade de horários, perceberá 
apenas as vantagens de seu cargo, com prejuízo da 
remuneração do cargo eletivo. 
b) não havendo compatibilidade de horários, será 
afastada do cargo, sendo-lhe vedado optar pela 
sua remuneração. 
c) será exonerada do cargo efetivo, podendo ser 
reintegrada após o término do mandato eletivo. 
d) terá seu tempo de serviço contado para todos os 
efeitos legais, exceto para promoção por 
merecimento, se for exigido o afastamento para o 
exercício de mandato eletivo. 
 
Questão 12. 
O Presidente da República Fernando, conhecido 
por realizar algumas arbitrariedades, editou uma 
medida provisória indicando restrições a 
candidatura de deputados federais nas próximas 
eleições. A MP causou muita discussão no âmbito 
político. Com base no caso apresentado, assinale a 
alternativa correta. 
a) a medida provisória perderá vigência, desde a 
sua edição, se não for convertida em lei no prazo 
de 40 dias, improrrogáveis. 
b) A MP deve ser rejeitada pelo Congresso 
Nacional por tratar de assunto que não poderia ser 
disciplinado por medida provisória. 
c) Se rejeitada, a medida provisória poderá ser 
reeditada, desde que na mesma sessão legislativa. 
d) a medida provisória perderá vigência, desde a 
sua edição, se não for convertida em lei no prazo 
de 70 dias, improrrogáveis. 
 
Questão 13. 
Foi ajuizada no Tribunal de Justiça do Estado Beta, 
uma representação de inconstitucionalidade contra 
lei editada pelo Município X, tendo como 
parâmetro de controle dispositivo da Constituição 
Federal de 1988 (CF). Com base no ordenamento 
jurídico-constitucional vigente, assinale a 
alternativa correta. 
a) o controle abstrato de constitucionalidade pode 
ser exercido pelo tribunal de justiça, caso o 
parâmetro de controle invocado na ação seja 
norma de reprodução obrigatória na Constituição 
estadual. 
b) controle abstrato de constitucionalidade não é 
cabível no âmbito estadual. 
c) o controle abstrato de constitucionalidade não é 
cabível, pois a lei municipal deve ser questionada 
no âmbito do controle difuso. 
d) o controle abstrato de constitucionalidade não 
deve ser admitido pelo tribunal de justiça, ainda 
que se trate de norma de reprodução obrigatória 
na Constituição estadual. 
 
Questão 14. 
Mariana, renomada escritora da Revista “A vida 
luxuosa dos artistas”, decidiu elaborar uma 
7 
 IV. Simulado OAB 1ª Fase – 04/02/2023 
 
 
pesquisa a respeito da vida pessoal e profissional 
de conhecido ex-deputado federal que resolveu 
misteriosamente se retirar da vida pública. Mariana 
solicitou orientação de um advogado a respeito da 
necessidade de obter a autorização do ex-
deputado federal durante a elaboração da obra. À 
luz da sistemática constitucional, é correto afirmar 
que: 
 a) a obra não dependerá de autorização do político 
ou mesmo de seus familiares, já que a liberdade de 
expressão e informação deve preponderar no caso 
concreto apresentado. 
 b) a obra dependerá de autorização, pois, como o 
político retirou-se da vida pública, a sua intimidade 
prepondera sobre o direito à informação e 
expressão. 
 c) a obra somente dependerá de autorização caso 
o ex-deputado federal esteja vivo quando da 
publicação. 
 d) a autorização não é exigível, caso a publicação 
não venha a ter críticas ao ex-deputado federal. 
 
Questão 15. 
A instituição privada com fins lucrativos “+ Saúde
”, uma entidade filantrópica e uma instituição 
privada sem fins lucrativos demonstraram interesse 
de participar de forma complementar do Sistema 
Único de Saúde - SUS. Alguns juristas questionaram 
a constitucionalidade da participação das 
instituições no SUS. À luz do quadro apresentado, 
com base no ordenamento jurídico-constitucional 
vigente, assinale a alternativa correta. 
a) todas as instituições mencionadas poderão 
participar de forma complementar do SUS e 
receber recurso público para auxílio. 
b) apenas a instituição privada com fins lucrativos 
poderá participar de forma complementar do SUS 
e receber recurso público para auxílio. 
c) todas as instituições mencionadas poderão 
participar de forma complementar do SUS, mas 
nenhuma poderá receber recurso público para 
auxílio. 
d) a instituição privada sem fins lucrativos poderá 
participar de forma complementar do SUS e 
receber recurso público para auxílio. 
 
Questão 16. 
O Estado Gama não editou lei para a 
regulamentação de norma da Constituição da 
República de 1988. Diante da omissão, o Partido 
Político “Unidos pelo Povo” solicitou que sua 
assessoriajurídica analisasse a possibilidade de ser 
ajuizada ação direta de inconstitucionalidade por 
omissão (ADO). Com base na situação hipotética 
apresentada, assinale a alternativa correta. 
a) a ADO somente pode ser ajuizada para impugnar 
omissões de órgãos federais em face da 
Constituição Federal de 1988. 
b) a ADO tem por objeto a omissão 
inconstitucional, deverá relacionar-se a normas 
constitucionais de eficácia limitada de caráter 
mandatório, cuja aplicabilidade requer uma ação 
do Poder Público. 
c) a ADO tem por objeto a omissão 
inconstitucional, deverá relacionar-se a normas 
constitucionais de eficácia contida de caráter 
mandatório, cuja aplicabilidade requer uma ação 
do Poder Público. 
d) a omissão impugnada por meio de ADO precisa 
ser total. 
 
Questão 17. 
A Deputada Estadual Marta consultou sua 
assessoria jurídica a respeito da constitucionalidade 
formal e material de um projeto de lei que 
pretendia apresentar. A assessoria da deputada 
constatou que o projeto ingressava em matéria de 
8 
 IV. Simulado OAB 1ª Fase – 04/02/2023 
 
 
competência legislativa privativa da União, já que 
compete privativamente à União legislar sobre 
direito espacial. De acordo com o caso 
apresentado, assinale a alternativa correta. 
a) a informação dada pela assessoria está incorreta, 
a deputada estadual pode apresentar projeto de lei 
sobre direito espacial. 
b) a informação dada pela assessoria está correta, 
é vedado ao Estado legislar sobre a matéria, mas a 
União pode autorizá-lo, por meio de lei 
complementar, em questões específicas. 
c) a informação dada pela assessoria está incorreta, 
o Estado pode legislar sobre a matéria apenas 
naquilo que diga respeito a interesse unicamente 
local. 
d) a informação dada pela assessoria está correta, 
o Estado pode apenas complementar as normas 
editadas pela União no exercício dessa 
competência. 
 
Direitos Humanos 
Ricardo Torques 
Questão 18. 
Wagner, advogado especialista em direitos 
humanos, foi consultado sobre a origem e sobre a 
natureza formal da Declaração Universal dos 
Direitos Humanos. Wagner explicou corretamente 
que: 
a) A Declaração Universal dos Direitos Humanos 
surgiu no contexto do fim da Segunda Guerra 
Mundial e tem natureza jurídica de tratado, com 
efeitos vinculantes. 
b) A Declaração Universal dos Direitos Humanos 
surgiu no contexto do fim da Primeira Guerra 
Mundial e tem natureza jurídica de tratado, com 
efeitos vinculantes. 
c) A Declaração Universal dos Direitos Humanos 
surgiu no contexto do fim da Segunda Guerra 
Mundial e não tem natureza jurídica de tratado, 
mas de declaração, sem efeitos vinculantes. 
d) A Declaração Universal dos Direitos Humanos 
surgiu no contexto do fim da Primeira Guerra 
Mundial e não tem natureza jurídica de tratado, 
mas de declaração, sem efeitos vinculantes. 
 
Questão 19. 
Policiais militares estaduais do Estado Ômicron 
conseguiram apreender importante líder do tráfico 
de drogas na região, conhecido como Zezinho. O 
policial responsável pelo comando da operação 
determinou que seus subordinados não efetuassem 
a prisão em delegacia de polícia, mas que 
amarrassem o Zezinho numa árvore em região 
desabitada até que ele confessasse seus crimes e 
delatasse o funcionamento da operação ilícita. 
Após uma semana ao relento, Zezinho prestou 
declaração que foi aceita pelo comandante da 
operação e devidamente autuada. Pedro, um dos 
policiais subordinados que agiram nessa situação, 
buscou seu amigo Almir, advogado, a Em de obter 
esclarecimentos sobre eventual possibilidade de 
exclusão da ilicitude por obediência hierárquica e 
sobre a validade do depoimento prestado. Almir, 
com fundamento na Convenção Interamericana 
para Prevenir e Punir a Tortura, que: 
a) Não é viável a alegação de obediência 
hierárquica como cláusula excludente da ilicitude 
nem é válido o depoimento prestado sob tortura. 
b) É viável a incidência da excludente de ilicitude 
consistente na obediência hierárquica, no entanto, 
o depoimento obtido sob tortura não é válido. 
c) Não é viável a alegação de obediência 
hierárquica como cláusula excludente da ilicitude, 
mas é válido o depoimento prestado sob tortura. 
d) É viável a incidência da excludente de ilicitude 
consistente na obediência hierárquica e é válido o 
depoimento obtido sob tortura. 
9 
 IV. Simulado OAB 1ª Fase – 04/02/2023 
 
 
 
Direito Internacional 
Vanessa Arns 
Questão 20. 
Ricardo, nacional do Estado X, solicitou asilo 
diplomático na embaixada do Estado Y, localizada 
no território do Estado Z, alegando que tem sofrido 
perseguição política por ação conjunta dos Estados 
X e Z. O asilo diplomático foi concedido pelo 
Estado Y, que reconhece como norma de direito 
internacional costumeiro o asilo diplomático, ao 
passo que o Estado Z alega que nunca reconheceu 
tal norma como válida e obrigatória para si. Nessa 
situação hipotética: 
a) o Estado Y não pode entregar Ricardo às 
autoridades do Estado Z após a concessão do asilo, 
mas pode entregá-lo às autoridade de seu próprio 
Estado. 
b) o Estado Z está obrigado a conceder a Ricardo 
um salvo-conduto para que ele deixe o seu 
território. 
c) a embaixada do Estado Y, localizada no território 
do Estado Z, é inviolável, mesmo estando Ricardo 
em seu interior. 
d) Ricardo tem direito a ter reconhecido pelo 
Estado Z o asilo diplomático concedido pelo 
Estado Y. 
 
Questão 21. 
Considerando as normas de direito internacional 
privado (DIPr), assinale a afirmativa correta. 
a) Para o direito brasileiro, na hipótese de um 
domiciliado no Brasil e uma domiciliada na 
Argentina vierem a se casar e estabelecer como 
domicílio comum primeiro o Brasil e depois a 
Argentina, o regime de bens será regulado pela 
legislação argentina. 
b) Para o direito brasileiro, na hipótese de um 
domiciliado no Brasil e uma domiciliada na 
Argentina vierem a se casar, poderão escolher qual 
o direito interno regerá os bens. 
c) Para o direito brasileiro, na hipótese de um 
domiciliado no Brasil e uma domiciliada na 
Argentina vierem a se casar, o regime de bens será 
o brasileiro. 
d) Para o direito brasileiro, na hipótese de um 
domiciliado no Brasil e uma domiciliada na 
Argentina vierem a se casar, o regime de bens, 
legal ou convencional, obedece à lei do país em 
que tiverem os nubentes domicílio, e, se este for 
diverso, a do primeiro domicílio conjugal. 
 
 
Direito Tributário 
Rodrigo Martins 
Questão 22. 
André, residente e domiciliado no Estado X, doou 
um apartamento localizado no Estado Y para seu 
irmão, Carlos. A escritura pública de doação foi 
lavrada perante tabelião localizado no Município 
M, no Estado Z, local do domicílio de Carlos. Ao 
recolher o imposto incidente sobre essa 
transmissão de bem imóvel, o contribuinte 
constatou que a entidade tributante adota um 
sistema progressivo de alíquotas para o ITCMD - 
Imposto sobre a Transmissão Causa Mortis e 
Doação. Sobre essa hipótese, é correto afirmar 
que: 
A) O ITCMD é devido ao Estado X e a 
progressividade das alíquotas é inconstitucional. 
B) O ITCMD é devido ao Estado Y e a 
progressividade das alíquotas é constitucional. 
C) O ITCMD é devido ao Estado Z e a 
progressividade das alíquotas é inconstitucional. 
D) O ITCMD é devido ao Município M e a 
progressividade das alíquotas é constitucional. 
 
Questão 23. 
10 
 IV. Simulado OAB 1ª Fase – 04/02/2023 
 
 
A RFB - Receita Federal do Brasil autuou a empresa 
Gama Ltda. pela prática de sonegação fiscal. A 
multa punitiva foi de 150% sobre o valor dos 
tributos sonegados e a multa moratória foi de 25% 
sobre o valor dos tributos não recolhidos na data 
do vencimento. Sobre essa hipótese, é correto 
afirmar que: 
A) Somente a multa punitiva afrontou o Princípio da 
Vedação da Tributação com Efeito de Confisco. 
B) Somente a multa moratória afrontou o Princípio 
da Vedação da Tributação com Efeito de Confisco. 
C) As duas multas afrontaram o Princípio da 
Vedação da Tributação com Efeito de Confisco. 
D) As multastributárias não se submetem ao 
Princípio da Vedação da Tributação com Efeito de 
Confisco, que é aplicável somente aos tributos. 
 
Questão 24. 
João é funcionário público municipal. Quanto à 
Contribuição Social por ele devida, destinada ao 
custeio do seu plano de aposentadoria, deve ser 
recolhida: 
A) Ao órgão ou entidade de previdência federal, 
independentemente do seu regime de vinculação 
ao serviço público (estatutário/efetivo ou não 
estatutário/temporário) e da existência, no 
Município, de regime previdenciário próprio. 
B) Ao órgão ou entidade de previdência estadual, 
do Estado-membro onde localizado o Município, se 
ele for funcionário não estatutário/temporário, 
nomeado em cargo de livre provimento e 
exoneração, desde que o Município não tenha 
regime previdenciário próprio. 
C) Ao órgão ou entidade de previdência municipal, 
se ele for funcionário estatutário/efetivo, nomeado 
após aprovação em concurso público, desde que o 
Município tenha regime previdenciário próprio. 
D) Ao órgão ou entidade de previdência municipal, 
se ele for funcionário não estatutário/temporário, 
nomeado em cargo de livre provimento e 
exoneração, desde que o Município tenha regime 
previdenciário próprio. 
 
Questão 25. 
A pessoa jurídica Beta Ltda. teve sua falência 
decretada em 22/05/2020, quando já possuía: i) um 
imóvel hipotecado para garantia de dívidas 
contraídas junto à uma instituição financeira; ii) 
débitos de IPI - Imposto sobre Produtos 
Industrializados; iii) débitos decorrentes da 
legislação do trabalho, no valor de 130 salários-
mínimos; e iv) multas por infração à legislação 
ambiental. Considerando que esses são as únicas 
dívidas da massa falida, é correto afirmar que o 
débito de natureza tributária deve ser quitado em: 
A) Primeiro lugar. 
B) Segundo lugar. 
C) Terceiro lugar. 
D) Quarto lugar. 
 
Questão 26. 
A pessoa jurídica ABC Ltda. prestou serviços 
sujeitos ao ISS - Imposto sobre Serviços nos meses 
de janeiro a junho do ano de 2009, mas deixou de 
declarar e recolher o imposto devido. Ao constatar 
essa omissão, o Fiscal Tributário Municipal lançou 
de ofício o imposto e a multa devidos, que foram 
definitivamente constituídos em 30/10/2014. Como 
tais débitos não foram pagos e como não foram 
objetos de qualquer providência por parte da 
contribuinte, a Fazenda Pública Municipal ajuizou a 
Execução Fiscal de cobrança em 05/12/2019, tendo 
o juiz determinado a citação da devedora por meio 
de despacho exarado em 15/12/2019. Com base na 
hipótese apresentada, é correto afirmar que os 
créditos tributários em questão. 
A) Estão com a exigibilidade suspensa, impedindo 
a cobrança. 
11 
 IV. Simulado OAB 1ª Fase – 04/02/2023 
 
 
B) Ainda não foram extintos, sendo regular a 
cobrança. 
C) Já foram extintos pela decadência, sendo 
indevida a cobrança. 
D) Já foram extintos pela prescrição, sendo 
indevida a cobrança. 
 
Direito Administrativo 
Igor Maciel 
Questão 27. 
Etevaldo, Dejane e Aricleia são servidores públicos 
federais e pretendem tirar licença. Etevaldo irá 
acompanhar sua esposa, que foi deslocada para 
outro Estado. Dejane irá se candidatar a deputada 
federal pelo PML – Partido Mulheres Livres. E 
Aricleia pretende dispensar mais tempo para cuidar 
de sua enteada, acometida por uma doença rara e 
grave. Acerca das licenças pretendidas pelos 
servidores, assinale a alternativa correta: 
a) Etevaldo poderá solicitar Licença por Motivo de 
Afastamento do Cônjuge, a qual será por prazo 
indeterminado e com remuneração. 
b) Aricleia poderá solicitar Licença por Motivo de 
Doença em Pessoa da Família, a qual só será 
deferida se a assistência de Aricleia para com sua 
enteada for indispensável, ainda que possa ser 
prestada mediante compensação de horário. 
c) Dejane poderá solicitar Licença para Atividade 
Política, pois faz jus a ela a partir do registro da 
candidatura e até o décimo dia seguinte ao da 
eleição, assegurados os vencimentos do cargo 
efetivo, somente pelo período de três meses. 
d) Aricleia poderá solicitar Licença por Motivo de 
Doença em Pessoa da Família, a qual poderá ser 
concedida a cada período de 12 meses, por até 90 
dias, consecutivos ou não, mantida sua 
remuneração. 
 
Questão 28. 
Bons Frutos, pessoa jurídica de direito privado, 
operou tratamento de alguns dados pessoais, 
dentre eles os de Marlúcia, autônoma domiciliada 
no Rio de Janeiro. Sabendo que os dados pessoais 
foram coletados em território nacional, mas que a 
sede de Bons Frutos fica na Alemanha, assinale a 
alternativa correta: 
a) As regras constantes da Lei de Proteção de 
Dados Pessoais não se aplicam a Bons Frutos, 
posto que é pessoa jurídica de direito privado com 
sede em outro país. 
b) O tratamento dos dados pessoais de Marlúcia 
somente poderá ser realizado mediante seu 
consentimento, o qual, se fornecido por escrito, 
deverá constar de cláusula destacada das demais 
cláusulas contratuais. 
c) Se o tratamento dos dados pessoais coletados 
visar exclusivamente fins artísticos, jornalísticos, 
médicos ou educacionais, não se aplica a Lei de 
Proteção de Dados Pessoais. 
d) Após o término do tratamento dos dados 
pessoais coletados, Bons Frutos deverá arquivá-los, 
sendo permitido seu acesso por terceiros, desde 
que anonimizados. 
 
Questão 29. 
O Governador do Estado Zeta, em decisão 
administrativa, pretende estabelecer nova 
interpretação acerca de uma norma, o que 
culminará na imposição de um novo dever. Ocorre 
que esta norma, até então, possui conteúdo 
indeterminado, motivo pelo qual o Governador Eca 
em dúvida quanto a legalidade de sua decisão. Por 
este motivo, resolve consultar você, como 
advogado, em busca da melhor alternativa. Você, 
então, informa ao Governador de Zeta que: 
a) é possível que, em esfera administrativa, seja 
estabelecida nova interpretação acerca de uma 
norma de conteúdo indeterminado, desde que não 
culmine na imposição de novo dever. 
12 
 IV. Simulado OAB 1ª Fase – 04/02/2023 
 
 
b) não é possível que, em esfera administrativa, seja 
estabelecida nova interpretação acerca de uma 
norma, ainda que ela tenha conteúdo 
indeterminado. 
c) é possível que, em esfera administrativa, seja 
estabelecida nova interpretação acerca de norma 
de conteúdo indeterminado, com imposição de 
novo dever, mas deverá haver previsão de regime 
de transição, se este for indispensável para o 
cumprimento proporcional do novo dever. 
d) somente é possível a imposição de novo dever a 
partir de interpretação sobre norma de conteúdo 
indeterminado, na esfera judicial. 
 
Questão 30. 
A Empresa Bons Transportes, responsável pelo 
transporte público no Município Gama, vem 
prestando, nos últimos meses, serviço inadequado, 
posto que não há segurança nos ônibus de sua 
frota, além do serviço estar se mostrando irregular 
e descontínuo. O Município Gama, portanto, 
pretende extinguir a concessão de serviço público 
realizada com a Empresa Bons Transportes. Sobre 
essa situação, assinale a alternativa correta. 
a) O Poder Público de Gama deverá declarar a 
caducidade. 
b) A extinção da concessão se dará por 
encampação. 
c) A extinção da concessão se dará por meio de lei 
autorizativa específica, e somente após prévio 
processo administrativo que comprove a 
inadimplência. 
d) A extinção da concessão não resultará para 
Gama qualquer espécie de responsabilidade em 
relação aos encargos, ônus, obrigações ou 
compromissos com terceiros. 
 
Questão 31. 
Janice, dirigente de autarquia municipal de Alfa, 
cidade localizada no Estado Zeta, Eca sabendo de 
um terreno localizado no centro da cidade que está 
sem uso há muitos anos. Ela, então, pretende 
desapropriá-lo, para dar lugar à construção de um 
hospital público, que beneficiará toda a população 
de Alfa e das cidades vizinhas. Acerca da situação 
narrada, assinale a alternativa correta. 
a) A autarquia municipal dirigida por Janice não 
pode promover a desapropriação. 
b) A autarquia municipal dirigida por Janice poderá 
declarara utilidade pública do terreno, pois as 
autarquias são entes públicos de direito público. 
c) Se intentada judicialmente a desapropriação 
pelo município Alfa, o foro competente será o da 
capital de Zeta. 
d) Se o Poder público não destinar o terreno a 
construção do hospital e nem a nenhuma outra 
utilização, permanecendo inerte, o proprietário do 
terreno não fará jus à retrocessão. 
 
Questão 32. 
Maurício é parte em processo administrativo no 
órgão federal no qual é servidor. Inconformado 
com a decisão, pretende interpor recurso dirigido 
à autoridade superior. Ressalte-se que a decisão foi 
proferida em decisão proferida e Maurício 
cientificado em 07/02/2022, um dia de segunda-
feira, e que não há nenhum feriado nos próximos 
dias. Acerca dessa situação, assinale a alternativa 
correta. 
a) Maurício não deve dirigir o recurso à autoridade 
superior, e sim à autoridade que proferiu a decisão. 
b) O recurso de Maurício poderá tramitar por até 2 
instâncias administrativas. 
c) Maurício tem até o dia 21/02/2022 para interpor 
recurso. 
13 
 IV. Simulado OAB 1ª Fase – 04/02/2023 
 
 
d) Para obter o efeito suspensivo em relação a seu 
recurso, Maurício deverá requerer à autoridade 
recorrida, a qual não poderá concedê-lo de ofício. 
 
 
Direito Ambiental 
André Rocha 
Questão 33. 
Governo Federal pretende expandir a malha 
ferroviária e irá construir mais de mil quilômetros 
de ferrovia ligando a região sudeste ao sul do país. 
Neste caso, será competente para realizar o 
licenciamento ambiental: 
a) O órgão ambiental federal. 
b) Os órgãos ambientais dos municípios 
impactados pelo empreendimento. 
c) O órgão ambiental federal e os órgãos 
ambientais dos estados e municípios impactados. 
d) O licenciamento será realizado pelos órgãos 
ambientais dos estados atingidos, com a 
supervisão do órgão federal. 
 
Questão 34. 
Uma barragem de rejeitos de empresa mineradora 
localizada no norte do estado de Minas Gerais 
sofreu um rompimento causando grandes danos. A 
barragem da mineradora usava uma tecnologia de 
construção bastante comum nos projetos de 
mineração, mas é considerada uma opção menos 
segura e mais propensa a riscos de acidentes, 
porque a barragem é construída em cima de 
rejeitos que já foram depositados. 
Neste caso, considerando as normas referentes ao 
licenciamento ambiental e à responsabilidade 
ambiental: 
A) O órgão ambiental competente, mediante 
decisão motivada, poderá modificar as 
condicionantes e as medidas de controle e 
adequação, suspender ou cancelar uma licença 
expedida. 
B) Se a empresa tiver licença ambiental válida, a 
empresa poderá continuar suas atividades e o 
órgão ambiental não poderá modificar as 
condicionantes e as medidas de controle e 
adequação. 
C) A responsabilidade civil por dano ambiental 
dependerá da comprovação de culpa. 
D) Em nenhuma hipótese, a empresa responderá 
criminalmente, haja vista decisão do STF não 
reconhecendo a responsabilidade de pessoa 
jurídica por crimes ambientais. 
 
Direito Civil 
Paulo Sousa 
Questão 35. 
Bia, manicure, entregou a Pedro empresário, 
duzentos adesivos de decorativos de unha para 
serem vendidos em sua loja. Ficou ajustado no 
contrato, que Pedro pagaria a Bia o valor de cinco 
reais por adesivo vendido, no prazo de um mês, 
totalizando mil reais. Os adesivos não vendidos 
deveriam ser devolvidos a Bia. Pedro não estava 
vendendo nenhum adesivo, então decidiu fazer 
uma promoção, vendendo os adesivos pela metade 
do preço, arrecadando quinhentos reais com a 
venda. Com a promoção, Pedro vendeu todos os 
adesivos. Findo o prazo do contrato, Bia foi até a 
loja de Pedro e exigiu o valor inicialmente 
acordado, de mil reais. Sobre o caso, é correto 
afirmar que 
A) Por se tratar de contrato estimatório ou de 
consignação, cabe a Pedro (consignatário) pagar a 
Bia (consignante) cinco reais por adesivo vendido, 
independentemente do valor de venda a terceiros. 
Ainda, por ser dever do consignatário restituir a 
coisa não vendida, cabe a ele arcar com as 
despesas necessárias à sua conservação, sem 
deduzi-las do preço a ser pago à consignante. 
14 
 IV. Simulado OAB 1ª Fase – 04/02/2023 
 
 
B) Por se tratar de contrato estimatório ou de 
consignação, cabe a Pedro (consignatário) pagar a 
Bia (consignante) o valor que vendeu a terceiros, 
independentemente do valor previsto no contrato, 
devido ao risco que as vendas se sujeitam. Ainda, 
por ser dever do consignatário restituir a coisa não 
vendida, cabe a ele arcar com as despesas 
necessárias à sua conservação, sem deduzi-las do 
preço a ser pago à consignante. 
C) Por se tratar de contrato estimatório ou de 
consignação, cabe a Pedro (consignatário) pagar a 
Bia (consignante) o valor inicialmente previsto no 
contrato mais o dobro, por ter alterado o valor do 
produto sem autorização. Ainda, por ser dever do 
consignatário restituir a coisa não vendida, cabe a 
ele arcar com as despesas necessárias à sua 
conservação, sem deduzi-las do preço a ser pago à 
consignante. 
D) Por se tratar de contrato estimatório ou de 
consignação, cabe a Pedro (consignatário) pagar a 
Bia (consignante) cinco reais por adesivo vendido, 
independentemente do valor de venda a terceiros. 
Ainda, o consignatário pode cobrar as despesas 
necessárias à conservação do bem, deduzindo-as 
do preço a ser pago à consignante. 
 
Questão 36. 
Um ar-condicionado localizado no interior do 
prédio da Prefeitura do Município Alfa e utilizada 
por seus servidores é considerado: 
A) uma pertença, sendo imóvel por acessão 
intelectual; 
B) um bem imóvel, apenas, por estar associado ao 
bem principal; 
C) uma parte integrante do bem imóvel; 
D) uma pertença, permanecendo como bem móvel. 
 
Questão 37. 
João se obrigou a entregar um celular para Noé. 
No dia da entrega, eles combinaram de se 
encontrar no estacionamento de um mercado. 
João entregou o celular e antes de Noé sair do 
estacionamento, foi abordado por dois homens 
armados que roubaram o celular. Sobre o caso, é 
correto afirmar que: 
A) A coisa se perdeu sem culpa de João, portanto, 
a obrigação fica resolvida e ele deverá devolver o 
valor recebido por Noé. 
B) A coisa se perdeu sem culpa de João, portanto, 
a obrigação fica resolvida e ele deverá devolver o 
valor recebido por Noé mais perdas e danos. 
C) A coisa se perdeu após a tradição, não tendo 
João responsabilidade alguma. 
D) João deverá arcar com metade do valor da coisa, 
pois se perdeu ainda no local da entrega. 
 
Questão 38. 
Pablo, brasileiro, famoso jogador de futebol, que 
atua em um time na Europa, ao vir passar as férias 
no Brasil, deparou-se com uma editora que 
publicava fotos suas, considerando-o um dos mais 
talentosos e marcantes jogadores de futebol da 
atualidade. Contudo, por não ter tido sua 
autorização, Pablo procurou seu advogado que o 
orientou a ingressar com uma ação indenizatória 
por uso indevido de sua imagem. Sobre o caso, é 
correto afirmar que: 
A) Não é cabível a indenização, pois a obra não 
expõe Pablo ao desprezo público nem acarreta 
qualquer prejuízo à sua honra. 
B) É cabível a indenização, devido ao uso não 
autorizado da imagem em publicação destinada a 
fins comerciais. 
C) Não é cabível a indenização, pois Pablo é pessoa 
pública, assim, sua imagem poderá ser usada, 
mesmo sem autorização. 
15 
 IV. Simulado OAB 1ª Fase – 04/02/2023 
 
 
D) É cabível a indenização pelo uso indevido da 
imagem para fins comerciais, uma vez que Pablo é 
pessoa pública. Contudo, a indenização não é 
cabível se a pessoa não for famosa. 
 
Questão 39. 
Maria celebrou contrato de corretagem com Alice, 
inserindo cláusula de exclusividade pelo prazo de 1 
ano, a Em de que esta realizasse a venda de seu 
imóvel. Passados 11 meses, o imóvel não tinha sido 
vendido, não por culpa de Alice, que realizou o 
trabalho de forma adequada. Certo dia, antes do 
Em do contrato, Maria foi procurada por Pedro, 
que desejava adquirir o imóvel, vindo a efetivar a 
compra do bem, sem intervençãode Alice. Ao 
saber do negócio jurídico celebrado, Alice ajuizou 
ação indenizatória, cobrando de Maria o percentual 
ajustado sobre o valor da venda do imóvel a título 
de corretagem. Sobre o caso, assinale a alternativa 
correta. 
A) Maria deve pagar a Alice o percentual ajustado 
a título de corretagem. Por ter sido ajustada 
cláusula de exclusividade, mesmo que o negócio 
jurídico tenha sido diretamente entre as partes sem 
a intermediação da corretora, Alice terá direito à 
remuneração integral pela sua corretagem, salvo se 
comprovada sua inércia ou ociosidade. 
B) Maria deve pagar a Alice metade do percentual 
ajustado a título de corretagem. Por ter sido 
ajustada cláusula de exclusividade, mesmo que o 
negócio jurídico tenha sido diretamente entre as 
partes sem a intermediação da corretora, Alice terá 
direito à metade remuneração pela sua 
corretagem, salvo se comprovada sua inércia ou 
ociosidade. 
C) Maria nada deverá pagar a Alice, pois o negócio 
jurídico foi realizado diretamente entre as partes 
sem a intermediação da corretora. 
D) Maria deve pagar a Alice o percentual ajustado 
a título de corretagem. Por ter sido ajustada 
cláusula de exclusividade, mesmo que o negócio 
jurídico tenha sido diretamente entre as partes sem 
a intermediação da corretora, Alice terá direito à 
remuneração integral pela sua corretagem, mesmo 
se comprovada sua inércia ou ociosidade. 
 
Questão 40. 
Paula, casada com Marcos, desapareceu de seu 
domicílio, localizado na cidade de Goiânia/GO, 
sem dar notícias e não deixando procurador 
conhecido para administrar seus bens. Passados 
dez anos do trânsito em julgado da sentença de 
abertura da sucessão provisória dos bens deixados 
por Paula, seu marido requereu a sucessão 
definitiva. Sobre o caso, assinale a alternativa 
correta. 
A) haverá a presunção de morte de Paula passados 
cinco anos da abertura da sucessão provisória. O 
casamento de Paula e Marcos poderá ser dissolvido 
com a abertura da sucessão provisória. 
B) haverá a presunção de morte de Paula após a 
abertura da sucessão definitiva. O casamento de 
Paula e Marcos poderá ser dissolvido com a 
abertura da sucessão definitiva. 
C) haverá a presunção de morte de Paula após a 
abertura da sucessão provisória. O casamento de 
Paula e Marcos poderá ser dissolvido com a 
abertura da sucessão definitiva. 
D) haverá a presunção de morte de Paula após a 
abertura da sucessão definitiva. O casamento de 
Paula e Marcos não poderá ser dissolvido, pois não 
há previsão legal para a dissolução por ausência. 
 
Questão 41. 
Lucas deve R$ 500,00 (quinhentos reais) a Marcos, 
valor que pegou emprestado para quitar uma 
dívida. Contudo, na data combinada para o 
pagamento, Lucas não tinha o dinheiro. Assim, para 
não ficar em mora, Lucas ofereceu a Marcos um 
16 
 IV. Simulado OAB 1ª Fase – 04/02/2023 
 
 
relógio avaliado em R$ 2.000,00 (dois mil reais) 
para quitar a dívida. Sobre o caso, é correto afirmar 
que: 
A) Trata-se de dação em pagamento e Marcos 
deverá aceitar o relógio, pois mais valioso que a 
prestação. 
B) Trata-se de novação, pois Lucas inovou a dívida 
dando o relógio como pagamento, mas Marcos não 
será obrigado a aceitar a prestação diversa. 
C) Trata-se de pagamento com sub-rogação, onde 
Lucas ofereceu prestação diversa e Marcos deverá 
aceitar, pois mais valiosa que a dívida principal. 
D) Trata-se de dação em pagamento, mas Marcos 
não será obrigado a receber prestação diversa, 
ainda que mais valiosa. 
 
 
Estatuto da Criança e do Adolescente 
Ricardo Torques 
Questão 42. 
Cristina é advogada e está defendendo Tiago em 
juízo, o qual teve contra si proposta pelo Ministério 
Público ação de destituição do poder familiar de 
seus filhos. Após regular trâmite processual, foi 
prolatada decisão deferindo o pedido de 
destituição. Cristina pretende apelar da decisão. 
Sobre o recurso, assinale a alternativa correta: 
a) O prazo recursal é de 10 dias. 
b) O prazo recursal é contado em dias úteis. 
c) É necessário comprovar o recolhimento do 
preparo para o processamento do recurso. 
d) A apelação não terá prioridade de tramitação. 
 
Questão 43. 
João Vitor, criança de 4 anos, é filho de Cláudio. 
Cláudio está preso por ter praticado o crime de 
homicídio culposo. Cláudio pretende, durante seu 
período na prisão, manter contato com João Vitor. 
Sobre essa situação, assinale a alternativa correta: 
a) A convivência do pai preso só é viável com filhos 
que sejam adolescentes. 
b) Se Cláudio comprovar que é o único responsável 
por João Vitor, será possível que este permaneça 
em ala própria do estabelecimento prisional 
permanentemente enquanto Cláudio estiver preso. 
c) Depende de autorização judicial a possibilidade 
de que presos recebam visitas de seus filhos 
menores. 
d) É garantido o direito de convivência de João 
Vitor com seu Cláudio, o que é efetivado por meio 
de visitas periódicas. 
 
Direito do Consumidor 
Igor Maciel 
Questão 44. 
Clóvis firmou com determinada instituição bancária 
contrato de empréstimo consignado, sendo certo 
que possuía outras dívidas que o levaram à 
condição de superendividado. Diante disso, 
procurou você, na qualidade de advogado, 
pretendendo quitar todas as suas dívidas, mas não 
sabia como fazê-lo. Você deverá informar 
corretamente que: 
a) O pedido do consumidor de repactuação de 
dívidas importará em declaração de insolvência civil 
e poderá ser repetido somente após decorrido o 
prazo de 5 (cinco) anos, contado da liquidação das 
obrigações previstas no plano de pagamento 
homologado, sem prejuízo de eventual 
repactuação. 
b) Superendividamento corresponde à 
impossibilidade manifesta de o consumidor pessoa 
natural ou jurídica, de boa-fé, pagar a totalidade de 
suas dívidas de consumo, desde que vencidas, sem 
comprometer seu mínimo existencial, nos termos 
da regulamentação. 
17 
 IV. Simulado OAB 1ª Fase – 04/02/2023 
 
 
c) Excluem-se do processo de repactuação as 
dívidas, ainda que decorrentes de relações de 
consumo, oriundas de contratos celebrados 
dolosamente sem o propósito de realizar 
pagamento, bem como as dívidas provenientes de 
contratos de crédito com garantia real, de 
financiamentos imobiliários e de crédito rural. 
d) Se não houver êxito na conciliação em relação a 
quaisquer credores, o juiz instaurará de ofício 
processo por superendividamento para revisão e 
integração dos contratos e repactuação das dívidas 
remanescentes mediante plano judicial 
compulsório e procederá à citação de todos os 
credores, participantes ou não do acordo 
porventura celebrado. 
 
Questão 45. 
Valdemar, gari, estava em serviço no dia 
03⁄08⁄2018, quando foi vítima de atropelamento 
provocado pelo auto-ônibus placa XXX, de 
propriedade da empresa concessionária de 
transporte urbano municipal, causando-lhe lesões. 
O motorista evadiu-se do local sem prestar socorro, 
sendo certo que o fato se deu devido à 
imprudência do preposto da concessionária, na 
condução do veículo, já que ao manobrá-lo para 
sair do ponto de ônibus existente no local, 
atropelou o autor, que se encontrava varrendo o 
meio-fio. Sobre o tema, é correto afirmar: 
a) É para ao CDC suficiente a existência de uma 
relação de consumo, ou seja, que o produto seja 
fornecido e o serviço esteja sendo prestado dentro 
do escopo do Código de Defesa do Consumidor, 
para que, advindo daí um acidente de consumo a 
vitimar alguém, integrante ou não da cadeia de 
consumo, incidam os institutos protetivos do CDC. 
b) O Código de Defesa do Consumidor exige que 
o consumidor, conjuntamente ao terceiro 
considerado consumidor por equiparação 
(bystander), seja vitimado pelo acidente de 
consumo para que a extensão se verifique. 
c) Como a relação não é de consumo, aplica-se a 
prescrição trienal do art. 206, §3º, inciso V, do 
Código Civil de 2002, afastando o prazo 
prescricional quinquenal previsto no Código de 
Defesa do Consumidor para acidentes de consumo. 
d) O Código de Defesa do Consumidor classifica 
como bystandera pessoa natural ou jurídica, 
pública ou privada, que adquire ou utiliza produto 
como destinatário final do bem ou serviço que lhe 
causou o dano. 
 
Direito Empresarial 
Alessandro Sanchez 
Questão 46. 
A respeito da resolução da sociedade quanto a um 
sócio e liquidação societária, é correto afirmar que: 
a) esse ato desconstitui a pessoa jurídica. 
b) o liquidante é proibido de pagar dívidas 
vincendas. 
c) esse ato obsta a possibilidade de efetuar a 
transformação. 
d) a sociedade se extingue ao ser averbada a ata da 
assembleia de liquidação. 
 
Questão 47. 
A Lei nº 11.101/2005 trouxe para o nosso 
ordenamento jurídico o instituto da recuperação 
judicial, tendo os seguintes princípios basilares: 
Preservação da Empresa e Viabilidade Econômica. 
Diante do exposto, o instituto mencionado não se 
aplica-se à Sociedade 
a) microempreendedor individual. 
b) simples. 
c) limitada. 
d) empresária. 
18 
 IV. Simulado OAB 1ª Fase – 04/02/2023 
 
 
 
Questão 48. 
Assinale a opção que indica a denominação dada a 
um atributo do estabelecimento empresarial com 
direta relação com a organização e administração 
da empresa, e que muitas vezes assume papel 
preponderante para o sucesso da empresa, seja 
pela relação com os clientes, seja pela relação com 
os fornecedores, e que não pode ser 
comercializado individualmente. 
a) clientela. 
b) aviamento. 
c) trespasse. 
d) ponto empresarial. 
 
Questão 49. 
Responda de acordo com o Código Civil Brasileiro, 
assinalando a assertiva CORRETA: 
a) A sociedade anônima funciona sob firma 
integrada pelo vocábulo "companhia". 
b) A omissão da palavra "limitada" determina a 
responsabilidade solidária e ilimitada dos 
administradores que assim empregarem a firma ou 
a denominação da sociedade. 
c) A sociedade em que houver sócios de 
responsabilidade ilimitada operará sob 
denominação. 
d) Cabe ao prejudicado, no prazo de cinco anos, 
ação para anular a constituição da pessoa jurídica 
por violação da lei ou do contrato. 
 
Questão 50. 
Os atos do empresário individual impedido por 
exercer atividade incompatível com a empresa 
serão considerados: 
a) nulos; 
b) anuláveis; 
c) válidos; 
d) ineficazes. 
 
Direito Processual Civil 
Ricardo Torques 
Questão 51. 
A empresa Paladin teve contra si proposta ação 
monitória fundada em contrato preliminar. O 
advogado Jair Macedo foi contratado para atuar na 
defesa da empresa. Jair verificou que a empresa 
poderia formular algumas objeções relativas ao 
próprio negócio jurídico, mas o pedido estava, no 
mais, adequadamente instruído. Além disso, 
analisando o contrato, Jair constatou que a 
empresa teria direitos contrapostos em relação à 
autora. Sobre essa situação, é correto afirmar que: 
a) não é possível formular objeções relativas ao 
próprio negócio jurídico em sede de embargos à 
ação monitória nem cabe a formulação de 
reconvenção nesse procedimento especial. 
b) A cognição dos embargos à ação monitória é 
ampla, cabendo a formulação de objeções relativas 
ao negócio jurídico, no entanto, não cabe a 
formulação de reconvenção nesse procedimento 
especial. 
c) Não é possível formular objeções relativas ao 
próprio negócio jurídico em sede de embargos à 
ação monitória, mas é possível a formulação de 
reconvenção nesse procedimento especial. 
d) A cognição dos embargos à ação monitória é 
ampla, cabendo a formulação de objeções relativas 
ao negócio jurídico e é possível a formulação de 
reconvenção nesse procedimento especial. 
 
Questão 52. 
Marcos, advogado, recebeu substabelecimento de 
um colega seu para representar a empresa Tellus 
SA numa execução movida contra ela. O juiz 
deferiu o processamento da execução e, até o 
19 
 IV. Simulado OAB 1ª Fase – 04/02/2023 
 
 
momento, não havia qualquer manifestação da 
empresa nos autos. Alguns bens da empresa, no 
entanto, já haviam sido penhorados. Analisando os 
documentos que instruíam o título executivo, 
Marcos constatou que havia cláusula que 
condicionada a obrigação executada a certo 
evento. Verificou ainda que não havia qualquer 
demonstração do implemento do evento por parte 
da exequente. Sobre essa situação, é correto 
afirmar que: 
a) A falta de implemento da condição leva à 
nulidade da execução, que pode ser conhecida de 
ofício do juiz ou alegada a qualquer momento. 
b) A falta de implemento da condição leva à 
nulidade da execução, fato que deve ser alegado 
em sede de embargos à execução sob pena de 
preclusão. 
c) A falta de implemento da condição leva à 
ineficácia dos atos executivos, mas não conduz à 
nulidade da execução, cabendo suspender o 
processo até que haja o implemento. 
d) A falta de implemento da condição não leva à 
nulidade da execução ou à ineficácia dos atos 
executivos. 
 
Questão 53. 
Pâmela, que mantém atividade econômica por 
meio do seu Instagram, foi surpreendida por uma 
postagem de uma amiga sua, Isaura, na qual esta 
acusava Pâmela de enganar seus seguidores e de 
vender fotos íntimas por meio da rede social. 
Pâmela remeteu o vídeo para sua advogada, Carla, 
pois pretende promover ação de indenização por 
danos morais em razão do fato. Carla compareceu 
a um tabelionato de notas a Em de documentar o 
fato. Sobre esse procedimento, assinale a 
alternativa correta: 
a) O tabelião poderá lavrar uma escritura pública 
por meio da qual irá documentar o vídeo, no 
entanto, não será possível arquivar dados 
eletrônicos representativos de imagem ou som 
gravados. 
b) O tabelião poderá lavrar uma ata notarial por 
meio da qual irá documentar o vídeo, no entanto, 
não será possível arquivar dados eletrônicos 
representativos de imagem ou som gravados. 
c) O tabelião poderá lavrar uma escritura pública 
por meio da qual irá documentar o vídeo, sendo 
possível arquivar dados eletrônicos representativos 
de imagem ou som gravados. 
d) O tabelião poderá lavrar uma ata notarial por 
meio da qual irá documentar o vídeo, sendo 
possível arquivar dados eletrônicos representativos 
de imagem ou som gravados. 
 
Questão 54. 
Sabrina é sócia minoritária da empresa Cypher 
LTDA. Sabrina entende que os dividendos da 
sociedade não estão sendo pagos de forma 
adequada, por isso, pretende propor uma ação de 
cobrança. O advogado de Sabrina, Salomão, 
constatou que é preciso a realização de uma perícia 
sobre as finanças da empresa para que seja possível 
averiguar se o pleito tem ou não fundamento. 
Assim, Salomão resolveu ingressar com pedido de 
produção antecipada de prova. Sobre a situação, é 
correto afirmar que: 
a) não é viável o pedido de produção antecipada 
no caso narrado, pois esse procedimento só cabe 
quando houver risco de a produção da prova vir a 
se tornar impossível, o que não se verifica na 
situação. 
b) é viável o pedido, sendo que o provimento 
jurisdicional consistirá tão somente na produção da 
prova, sem adentrar no exame das possíveis 
consequências jurídicas. 
c) é viável o pedido e o provimento jurisdicional 
deverá se manifestar sobre a licitude ou não do 
cálculo dos dividendos. 
20 
 IV. Simulado OAB 1ª Fase – 04/02/2023 
 
 
d) é viável o pedido, mas eventual decisão de 
indeferimento da produção da prova não será 
recorrível. 
 
Questão 55. 
Está em curso no Tribunal Regional Federal da 3ª 
Região litígio entre a União e o Município de São 
Paulo a respeito da competência para 
licenciamento de determinada atividade 
empresarial, questão exclusivamente de direito a 
respeito da competência constitucional dos entes 
públicos. O relator do processo reputa a questão 
de grande relevância, no entanto, consultando a 
jurisprudência dos Tribunais superiores e do 
próprio TRF-3, verificou que não há precedentes 
sobre o assunto. Constatou, no entanto, que está 
em curso processo com discussão similar perante 
outra turma do TRF-3. Sobre essa situação, é 
correto afirmar que: 
a) Estão presentes os requisitos para a instauração 
de Incidente de Resolução de Demandas 
Repetitivas, para o qual se exige apenas a 
existência depossível risco à isonomia e à 
segurança jurídica decorrente de decisões 
contraditórias. 
b) Não cabe a instauração de Incidente de 
Resolução de Demandas Repetitivas, pois não se 
pode afirmar que há repetição da questão em 
múltiplos processos, mas seria possível a 
instauração de Incidente de Assunção de 
Competência, o qual só pode ser provocado de 
ofício pelo relator do processo. 
c) Não cabe a instauração de Incidente de 
Resolução de Demandas Repetitivas, pois não se 
pode afirmar que há repetição da questão em 
múltiplos processos, mas seria possível a 
instauração de Incidente de Assunção de 
Competência, através do qual é possível formar 
tese vinculante para os juízes e órgãos fracionários 
do TRF-3. 
d) Não cabe a instauração de Incidente de 
Resolução de Demandas Repetitivas, pois não se 
pode afirmar que há repetição da questão em 
múltiplos processos, nem a de Incidente de 
Assunção de Competência, pois esse incidente é 
voltado para a resolução de questões fáticas. 
 
Questão 56. 
O relator de um processo de apelação verificou que 
o preparo recursal foi recolhido, mas de maneira 
insuficiente. Sobre a situação, assinale a alternativa 
correta: 
a) O relator pode reconhecer de imediato a 
deserção do recurso, proferindo decisão de não 
conhecimento do recurso. 
b) O relator deverá determinar a intimação do 
recorrente pessoalmente para efetuar o 
pagamento da parcela restante em dobro no prazo 
de 5 dias, sob pena de deserção. 
c) O relator deverá determinar a intimação do 
recorrente pessoalmente para efetuar o 
pagamento da parcela restante, sem necessidade 
de pagamento em dobro, no prazo de 5 dias, sob 
pena de deserção. 
d) O relator deverá determinar a intimação do 
recorrente na pessoa do seu advogado para efetuar 
o pagamento da parcela restante, sem necessidade 
de pagamento em dobro, no prazo de 5 dias, sob 
pena de deserção. 
 
Questão 57. 
Uma associação de servidores públicos federais 
obteve, em mandado de segurança coletivo, 
decisão reconhecendo a abusividade de certo 
desconto previdenciário. Um grupo de cem 
servidores federais, desvinculado da associação, 
contratou um advogado para promover o 
cumprimento da decisão em face da União a Em de 
reaverem os valores pagos indevidamente de 
21 
 IV. Simulado OAB 1ª Fase – 04/02/2023 
 
 
forma retroativa. Recebida a petição de 
cumprimento, o juiz entendeu que o número 
excessivo de litisconsortes seria prejudicial ao 
andamento do processo. Além disso, o juiz 
constatou que o montante total ultrapassava a faixa 
de valor que poderia ser paga por meio de 
requisição de pequeno valor, no entanto, alguns 
dos servidores tinham direito a parcela que estava 
contida no limite suscetível de cumprimento 
mediante requisição de pequeno valor. Sobre essa 
situação, é correto afirmar que: 
a) O juiz não poderia limitar o número de 
litisconsortes de ofício, mas apenas por meio de 
requerimento da União. 
b) O juiz não poderia limitar o número de 
litisconsortes de ofício, já que o litisconsórcio que 
se formou é necessário. 
c) O juiz pode limitar o número de litisconsortes de 
ofício, no entanto, a Constituição Federal veda o 
fracionamento de precatórios, portanto, o valor 
devido deverá ser cumprido mediante precatório, 
já que o montante total executado ultrapassa o 
limite de valor que pode ser cumprido mediante 
requisição de pequeno valor. 
d) O juiz pode limitar o número de litisconsortes de 
ofício e é possível o cumprimento mediante 
requisição de pequeno valor em relação aos 
servidores cujo crédito esteja abrangido pela 
respectiva faixa, uma vez que os litisconsortes são 
considerados litigantes autônomos. 
 
Direito Penal 
Cristiano Rodrigues 
Questão 58. 
Enquanto Pedro, portador de deficiência de saúde 
mental caminhava pela rua, João, que já o conhecia 
e sabia de sua deficiência, ao encontrá-lo, decidiu 
desferir diversas agressões físicas contra ele por 
pura maldade. Pedro, no mesmo instante, 
revidando a situação, desferiu diversos golpes na 
face de João para fazer cessar sua conduta. Os 
policiais militares, que estavam próximo ao local, ao 
avistarem a confusão, imobilizaram os agentes e os 
conduziram à Delegacia de Polícia. Levando em 
consideração que a condição de saúde mental de 
Pedro afastava totalmente a sua capacidade de 
discernimento, pode-se afirmar que: 
A) Diante da ausência de culpabilidade em razão de 
Pedro ser inimputável, o juiz proferirá sentença 
absolutória imprópria e aplicará medida de 
segurança detentiva. 
B) Pedro será condenado, porém sua pena será 
reduzida de 1 a 2/3, pois apesar de ser considerado 
semi-imputável, é responsável pelo crime 
praticado. 
C) Diante da ausência de culpabilidade em razão de 
Pedro ser inimputável, o juiz proferirá sentença 
absolutória imprópria e aplicará medida de 
segurança detentiva. 
D) inexiste injusto penal no comportamento de 
Pedro e não será possível aplicar qualquer sanção 
penal à sua conduta. 
 
Questão 59. 
Vítor foi condenado pelo crime de lesão corporal 
leve na modalidade qualificada, cuja pena é de 01 
a 04 anos de reclusão, porque teria agredido 
fisicamente Maria, sua esposa à época dos fatos. 
Na sentença condenatória, o juiz deixou claro que 
a motivação do crime foi porque Vítor não queria 
aceitar o divórcio proposto por Maria. Ao realizar a 
dosimetria da pena, foi imposta a reprimenda de 02 
anos de reclusão a ser cumprido no regime aberto, 
sendo exposto nos fundamentos da sentença que 
não seria cabível a substituição da pena fixada por 
restritiva de direitos e não seria possível aplicar a 
suspensão condicional da pena, pois Vitor tinha 
sido condenado por homicídio culposo e era, 
portanto, reincidente. Caso a defesa de Vítor 
22 
 IV. Simulado OAB 1ª Fase – 04/02/2023 
 
 
interponha recurso de apelação, é correto afirmar 
que: 
A) a defesa não poderá requerer a substituição da 
pena privativa de liberdade por restritiva de 
direitos, porém, será possível requerer a aplicação 
da suspensão condicional da pena (sursis). 
B) a defesa não poderá requerer a substituição da 
pena privativa de liberdade por restritiva de 
direitos e tampouco a aplicação da suspensão 
condicional da pena (sursis), pois esta prevê a 
prestação de serviços à comunidade como 
condição de cumprimento. 
C) a defesa poderá pleitear a substituição da pena 
privativa de liberdade por restritiva de direitos 
porque a pena é inferior a 04 anos e porque a 
reincidência em crime culposo não é óbice para a 
substituição, também não poderá pleitear a 
suspensão condicional da pena (sursis) porque é 
incabível aos reincidentes de qualquer natureza. 
D) A defesa não poderá pleitear a substituição da 
pena por restritiva de direitos por expressa 
vedação legal, tampouco poderá requerer a 
suspensão condicional da pena (sursis) porque a 
pena fixada foi maior que 1 ano. 
 
Questão 60. 
Luis, visando matar Rogério, seu desafeto desde a 
infância, por vingança, decide comprar uma arma 
de fogo para executar o crime planejado. Com a 
arma em mãos e mais 5 munições para carregá-la, 
Luis e se dirige ao sítio onde se encontrava Rogério 
e, ao avistá-lo, mira a arma de fogo na direção da 
pena direita de Rogério e dispara. Rogério cai sob 
o chão e Luis ainda efetua novo disparo 
propositalmente em seu braço direito. Ao se 
aproximar para dar o tiro de misericórdia, Luis mira 
a arma para a face de Rogério e o alerta para ficar 
esperto, indo embora em seguida sem efetuar o 
disparo. No contexto narrado, é correto afirmar 
que: 
A) Luis responderá pelo crime de tentativa de 
homicídio qualificado com diminuição da pena de 
1/3 a 2/3, sendo tanto a vingança quanto o uso da 
arma de fogo fundamentos para qualificar o delito. 
B) Luis responderá apenas pelos atos de lesão 
corporal praticados porque incide a figura da 
desistência voluntária. 
C) Luis responderá apenas pelos atos de lesão 
corporal praticados porque incide a figura do 
arrependimento eficaz. 
D) Luis responderá pelo crime de tentativa dehomicídio qualificado com diminuição da pena de 
1/3 a 2/3, sendo apenas possível qualificar o delito 
em razão da vingança que configura motivo torpe, 
mas não pelo uso da arma de fogo. 
 
Questão 61. 
Luísa estava grávida de 03 meses quando realizou 
sua primeira ultrassonografia. Durante o exame, o 
médico comunicou que se tratava de feto 
anencéfalo. Como Luísa já tinha outros 5 filhos e 
não tinha boas condições financeiras, decidiu que 
realizaria um aborto em uma clínica clandestina. Os 
fatos chegaram ao conhecimento da Promotoria de 
Justiça que denunciou Luísa pelo crime de aborto. 
Considerando o caso narrado, é correto afirmar 
que: 
A) que Luísa agiu sob causa excludente da ilicitude 
do fato. 
B) que Luísa agiu sob em razão da manifesta de 
causa excludente da culpabilidade do agente. 
C) que o fato narrado evidentemente é atípico e 
não constitui crime. 
D) que Luísa será criminalmente processada pelo 
aborto porque realizou fato típico, ilícito e culpável. 
 
Questão 62. 
23 
 IV. Simulado OAB 1ª Fase – 04/02/2023 
 
 
Simprônio, desejando ceifar a vida de uma figura 
pública, planejou que colocaria uma bomba no 
carro para explodi-la quando fosse alcançada a 
velocidade de 100 km/h. Simprônio tinha 
conhecimento que a pessoa famosa apenas andava 
no carro quando o motorista Antônio a levava. 
Então, para ele, tanto a morte da figura pública 
desejada bem como a de seu motorista eram 
esperadas. Após o Em das investigações, 
Simprônio foi apontado como autor do delito, 
tendo o Ministério Público oferecido denúncia pelo 
crime de homicídio qualificado em concurso 
material. Diante desse contexto, Simprônio 
consulta seu advogado sobre os possíveis 
resultados do processo, que deverá explicar que: 
I– aplica-se o concurso formal perfeito e não o 
concurso material de crimes, pois Simprônio 
alcançou o resultado apenas com uma única 
conduta, com um único desígnio. 
II – aplica-se o sistema da exasperação da pena, 
devendo o juiz considerar a pena de um homicídio 
praticado com aumento de 1/6 até a metade. 
III – em razão dos desígnios autônomos, aplica-se o 
concurso formal improprio e sistema do cúmulo 
material das penas, devendo a pena dos dois 
homicídios serem somadas ao final. 
A) I. 
B) II. 
C) III. 
D) I e II. 
 
Questão 63. 
Mévio passeava na rua do ouro, localizada no 
centro da cidade, quando viu na vitrine de uma loja 
um relógio de ouro da marca “rolex”. Planejando 
praticar o crime de furto, Mévio aguardou o 
momento que a vendedora se distraiu para atender 
o telefone e adentrou rapidamente na loja para 
subtrair o bem. Ao sair correndo na rua na posse 
do relógio, Cássio, que observava toda a ação, 
empurrou Mévio no chão e o deteve para ser preso 
em flagrante delito. Na Delegacia de Polícia, a 
vendedora reconheceu Mévio como autor do crime 
e informou que o relógio que ficava na vitrine era 
uma réplica que custava R$ 10,00 (dez) reais e que 
lá ficava apenas como demonstração dos originais 
que estavam guardados no cofre no interior do 
estabelecimento era na verdade. Após o Ministério 
Público oferecer denúncia contra Mévio, o 
Magistrado recebeu a peça acusatória e 
determinou a citação de Mévio. De acordo com o 
caso hipotético narrado, é correto afirmar que: 
A) a conduta de Mévio é típica, ilícita e culpável, 
motivo pelo qual responderá ao processo pela 
prática do crime de furto simples em sua 
modalidade consumada. 
B) a conduta de Mévio é típica, ilícita e culpável, 
motivo pelo qual responderá ao processo pela 
prática do crime de furto simples em sua 
modalidade tentada. 
C) o erro sobre a natureza ou valor do objeto pode 
tornar formalmente atípica a conduta de furto de 
Mévio caso o erro seja inescusável, e, se escusável, 
também tornará atípica a conduta, pois inexiste 
furto na modalidade culposa. 
D) o erro sobre a natureza ou valor do objeto é 
irrelevante para o Direito Penal, sendo 
formalmente típica a conduta de furto de Mévio, 
mas materialmente atípica diante da aplicação do 
princípio da bagatela ao caso narrado. 
 
Direito Processual Penal 
Ivan Luís Marques 
Questão 64. 
Tororoca foi eleito senador da República com 
ampla maioria de votos. Após a sua diplomação, ou 
seja, durante o exercício de seu mandato, solicitou 
R$ 500.000,00 (quinhentos mil reais) a Wladimir, 
empresário do ramo de tecidos de Martinópolis, 
24 
 IV. Simulado OAB 1ª Fase – 04/02/2023 
 
 
para apresentar um projeto de lei que o 
beneficiaria perante os concorrentes diretos. O 
parlamentar recebeu uma notificação da Delegacia 
de Martinópolis para prestar esclarecimentos. 
Indignado com a notificação, afinal de contas, já era 
parlamentar e tem foro de prerrogativa de função 
perante o STF, procura seu escritório de advocacia 
para uma consultoria. De acordo com os fatos 
narrados, você deverá informar ao parlamentar 
que: 
a) Apesar da notificação estar correta, não pode o 
Ministério Público oferecer denúncia sem 
autorização do Senado Federal. 
b) O Ministério Público pode oferecer denúncia 
sem autorização do Senado Federal e também não 
haverá possibilidade de suspender a ação penal na 
Casa Legislativa, pois se trata de crime comum e 
não de responsabilidade. 
c) O Ministério Público pode oferecer denúncia 
contra o Senador sem qualquer exigência de 
autorização do Senado, no entanto, para que o 
Supremo Tribunal Federal possa receber a 
denúncia, a Casa Legislativa deverá ser cientificada 
previamente para decidir acerca da 
procedibilidade. 
d) O Ministério Público pode oferecer denúncia 
contra o Senador sem qualquer exigência de 
autorização parlamentar, assim como será essa 
dispensável para que o Supremo Tribunal Federal 
possa recebê-la, no entanto, após o recebimento 
da denúncia, será dará ciência ao Senado, que, por 
iniciativa de partido político nela representado e 
pelo voto da maioria de seus membros, poderá, até 
a decisão final, sustar o andamento da ação. 
 
Questão 65. 
Durante a sessão plenária do Tribunal do Júri, 
Jorge, que havia sido pronunciado por crime de 
homicídio qualificado, foi mantido algemado para 
garantir a segurança dos jurados, tendo o juiz-
presidente do Tribunal do Júri devidamente 
fundamentado essa questão. Ao iniciar os debates 
orais, o Promotor de Justiça, para convencer os 
jurados, alegou que Jorge era tão perigoso que foi 
preciso mantê-lo algemado e que era tão culpado 
pelo delito praticado que em seu interrogatório 
preferiu se manter em silêncio, já que sequer teria 
argumentos para se defender. Nos debates da 
defesa, o advogado sustentou que Jorge teria 
praticado o feminicídio porque defendeu a sua 
honra, já que teria descoberto as infidelidades de 
sua esposa. Com base nesse contexto, é correto 
afirmar que a defesa: 
A) não poderia utilizar a tese de legítima defesa da 
honra em seus debates e caso Jorge vier a ser 
condenado, deverá interpor recurso de apelação 
para submeter Jorge a novo julgamento, sob o 
fundamento de que o uso das algemas e do silêncio 
do acusado constituem referências proibidas nos 
debates, sob pena de nulidade. 
B) não poderia utilizar a tese de legítima defesa da 
honra em seus debates e caso Jorge vier a ser 
condenado, apenas será possível a interposição do 
recurso de apelação caso as nulidades com relação 
ao uso das referências às algemas e ao silêncio do 
acusado forem arguidas até o momento da votação 
dos quesitos. 
C) é plenamente possível a alegação da tese de 
legítima defesa da honra em seus debates, em 
atenção ao princípio da plenitude de defesa, e caso 
Jorge vier a ser condenado, deverá interpor 
recurso de apelação para submeter Jorge a novo 
julgamento, sob o fundamento de que o uso das 
algemas e do silêncio do acusado constituem 
referências proibidas nos debates, sob pena de 
nulidade. 
D) é plenamente possível a alegação da tese de 
legítima defesa da honra em seus debates, em 
atenção ao princípio da plenitude de defesa, e caso 
Jorge vier a ser condenado, apenas será possível a 
interposição do recursode apelação caso as 
25 
 IV. Simulado OAB 1ª Fase – 04/02/2023 
 
 
nulidades com relação ao uso das referências às 
algemas e ao silêncio do acusado forem arguidas 
até o momento da votação dos quesitos. 
 
Questão 66. 
Angelina foi vítima de um estelionatário que lhe 
causou um prejuízo econômico no valor de 800 mil 
reais. Após investigação policial, descobriu-se que 
o criminoso era Francisco, vulgo “chiquinho ligeiro
”. No fato praticado contra Angelina, senhora com 
63 anos de idade, o Ministério Público ofereceu a 
denúncia em desfavor de Chiquinho requerendo a 
condenação pelo crime de estelionato e nada 
falando a respeito do ressarcimento da vítima. 
Após as alegações finais, Angelina procurou você 
em seu escritório de advocacia para a seguinte 
consulta: “é possível a habilitação como assistente 
de acusação nessa fase processual? Pode o juiz fixar 
uma indenização para repor meus prejuízos na 
sentença criminal? Diante do caso prático narrado, 
as suas respostas para Angelina serão: 
A) será possível a habilitação como assistente de 
acusação desde que seja antes da sentença; será 
possível a fixação de valor mínimo de indenização, 
pois trata-se de efeito automático da sentença 
penal condenatória. 
B) será possível a habilitação como assistente de 
acusação até o trânsito em julgado da sentença; 
porém, o pedido de valor mínimo a título de 
indenização não poderá mais ser pleiteado na ação 
penal, pois inviabilizaria o exercício do 
contraditório de Chiquinho. Nada impedirá, no 
entanto, que seja executada a sentença penal 
condenatória por meio de ação civil ex delicto. 
C) será possível a habilitação como assistente de 
acusação até o trânsito em julgado da sentença; no 
entanto, o valor a título de indenização só pode ser 
buscado na seara civil, pois no processo penal a 
sentença de mérito se destina apenas a condenar 
ou absolver o acusado pelo crime praticado, sendo 
inviável qualquer pedido de reparação do dano na 
seara penal, mesmo referente a danos morais ou 
materiais. 
D) será possível a habilitação como assistente de 
acusação desde que seja antes da sentença; Se 
absolvido, Chiquinho não deverá indenizar 
Angelina, não importando o inciso da absolvição. 
 
Questão 67. 
Peter decidiu furtar uma mansão no bairro mais 
nobre de sua cidade. Porém, a casa estava muito 
bem protegida, com câmeras, cerca elétrica e 
ofendículas nas grades. Não vendo outra 
alternativa, comprou dinamite e explodiu o muro, 
em um dia que a residência estava vazia. Após a 
explosão, entrou e furtou as joias, relógios e saiu 
dirigindo um fusca 1967 que estava na garagem. 
Com as imagens das câmeras, a polícia civil logrou 
êxito e localizou o furtador. Durante as 
investigações, a autoridade policial representou 
pela prisão temporária por entender se 
imprescindível para a continuidade das 
investigações. Após vistas ao Ministério Público 
que nada requereu. O juiz competente decretou a 
prisão temporária por 30 dias. Findo o prazo da 
prisão e com o recebimento da denúncia, o juiz 
converteu de ofício a prisão temporária em prisão 
preventiva. Analise as assertivas a seguir e indique 
a correta: 
A) A prisão temporária é ilegal porque somente 
poderá ser decretada pelo prazo de 5 (cinco) dias, 
prorrogável por igual período em caso de extrema 
e comprovada necessidade. 
B) A prisão temporária é ilegal, não sendo cabível 
para o furto. 
C) A prisão temporária é ilegal porque o 
magistrado não poderia decretá-la sem 
requerimento do Ministério Público, sendo 
insuficiente a representação do delegado de 
polícia. 
26 
 IV. Simulado OAB 1ª Fase – 04/02/2023 
 
 
D) A prisão preventiva é ilegal porque não poderia 
o magistrado ter convertido a prisão temporária em 
preventiva sem requerimento do MP. 
 
Questão 68. 
Marli acabou se envolvendo com Luigi, criminoso 
conhecido em sua região, e, após dois meses de 
namora, a moça engravidou. Ao contar para Luigi, 
recebeu um ultimato – “ou aborta, ou morre”. 
Após duas semanas sem notícias, Luigi decide 
matar Marli e, ao chegar em sua casa armado, é 
recebido com 4 disparos de arma de fogo e morre. 
Marli foi presa e processada perante a 2ª Vara do 
Júri da Capital do Estado do Piauí. O magistrado 
recebeu a denúncia e determinou a citação pessoal 
da ré. A respeito desse momento processual, 
responda: 
A) a defesa poderá alegar na resposta à acusação 
que Marli agiu em legítima defesa real e requerer a 
sua absolvição sumária, sem a oitiva prévia do 
Ministério Público e antes da audiência de 
instrução. 
B) a defesa poderá alegar na resposta à acusação 
que Marli agiu em legítima defesa real e requerer a 
sua absolvição sumária, após a oitiva prévia do 
Ministério Público e antes da audiência de 
instrução. 
C) a defesa poderá alegar na resposta à acusação 
que Marli agiu em legítima defesa real e requerer a 
sua absolvição própria a ser deferida após a 
audiência de instrução. 
D) a defesa poderá alegar na resposta à acusação 
que Marli agiu em legítima defesa real e requerer a 
extinção da punibilidade antes mesmo da 
audiência de instrução. 
 
Questão 69. 
O acordo de não persecução penal (ANPP) incluído 
no Código de Processo Penal pelo pacote 
anticrime (Lei 13.964/2019), possui requisitos 
expressos em lei. A respeito desse instituto, aponte 
a alternativa compatível com o texto da lei: 
A) O acordo de não persecução penal será 
formalizado por escrito e será firmado pelo 
membro do Ministério Público, pelo investigado e 
por seu defensor. 
B) A indicação de proveitos da infração pelo 
Ministério Público abrirá incidente apartado e não 
impedirá a proposta do ANPP. 
C) Não há relação da espécie de crime praticado 
com a apresentação do ANPP. 
D) Encaminhado o inquérito policial ao Ministério 
Público, a apresentação da proposta por parte do 
representante do Parquet depende exclusivamente 
de sua vontade. 
 
Direito do Trabalho 
Priscila Ferreira 
Questão 70. 
Paulinho Nunes foi contratado para trabalhar na 
Empresa "x", como gerente geral, e com efetivos 
poderes de gestão. Desde a contratação, 
estipulou-se salário mensal de R$ 4.600,00, 
acrescido de adicional de 40% pelo exercício do 
cargo de confiança. Após sua dispensa, Paulinho 
propôs Reclamação Trabalhista, pleiteando o 
pagamento de horas extras e indenização do 
intervalo que era parcialmente suprimido. 
Diante da hipótese apresentada, assinale a 
afirmativa correta. 
A) O pedido deverá ser julgado procedente, já que 
a jornada de trabalho cumprida por Paulinho 
ultrapassa o limite legal. 
B) O pedido deverá ser julgado improcedente, já 
que Paulinho exercia cargo de gerente, com efetivo 
poderes de gestão, recebendo gratificação de 
função de 40% sobre seu salário efetivo. 
27 
 IV. Simulado OAB 1ª Fase – 04/02/2023 
 
 
C) O pedido deverá ser julgado procedente, já que 
a gratificação de função não era de, no mínimo, 
50% sobre seu salário efetivo. 
D) O pedido deverá ser julgado improcedente, 
caso houvesse compensação de jornada durante a 
semana ou mês. 
 
Questão 71. 
Tenório, aprendiz, foi contratado pela empresa “
Boutique Priscilinha” para realizar a atividade de 
auxiliar de marketing. Contudo, após cinco meses 
da contratação, a empresa promoveu a 
transferência do empregado para o regime de 
teletrabalho, conforme registro em aditivo 
contratual. 
Considerando as regras do regime de teletrabalho, 
assinale a alternativa correta. 
A) Poderá ser realizada a alteração entre regime 
presencial e de teletrabalho desde que haja mútuo 
acordo entre as partes, registrado em aditivo 
contratual. 
B) Poderá ser realizada a alteração entre regime 
presencial e de teletrabalho desde que prevista tal 
possibilidade em negociação coletiva. 
C) O empregador apenas poderá realizar a 
alteração entre regime presencial e de 
teletrabalho, se houver autorização do Ministério 
do Trabalho neste sentido. 
D) O empregador apenas poderá realizar a 
alteração, desde que o empregado não mais 
compareça às dependências do empregador

Outros materiais