Buscar

Av - Subst 1 - Relações Interpessoais e Administração de Conflitos

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você viu 3, do total de 4 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Prévia do material em texto

Av - Subst. 1 - Relações Interpessoais e Administração de Conflitos
Informações Adicionais
· Período: 28/11/2023 00:00 à 02/12/2023 23:59
· Situação: Cadastrado
· Tentativas: 1 / 3
· Pontuação: 2500
· Protocolo: 967431242
Avaliar Material
1)
Reflexões acerca da cultura de paz tem ganhado espaço na área da educação atualmente. De acordo com Almeida (2010) educar para a paz não é descrever um currículo conteudista, mas envolver os sujeitos na construção de uma cultura de paz, desenvolvendo habilidades. Entre as habilidades sugeridas pelo autor está contemplada:
ALMEIDA, M. G. B. A violência na sociedade contemporânea. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2010
Assinale a alternativa correta:
Alternativas:
· a)
Reconhecimento de uma única forma de manifestação de violência.
· b)
Reconhecimento das similaridades entre os sujeitos.
· c)
Utilização do diálogo como uma estratégia de resolução de conflitos.
Alternativa assinalada
· d)
Punição como uma estratégia eficaz de resolução de conflitos e aprendizagem da obediência.
· e)
Calar os sujeitos sobre as violências que vivem.
2)
Construir valores morais não é tarefa simples. Precisamos compreender que o sujeito é ativo na construção de valores morais e a teoria de Piaget afirma isso. A autonomia não é uma liberdade em que se faz o que quer, mas é agir da melhor maneira em um determinado grupo (VINHA; TOGNETTA, 2009).
VINHA, T. P.; TOGNETTA, L. R. P. Construindo a autonomia moral na escola: os conflitos interpessoais e a aprendizagem dos valores. Revista Diálogo Educacional, Curitiba, v. 9, n. 28, p. 525-540, set./dez. 2009.
Nesse contexto é correto afirmar:
Alternativas:
· a)
Visto que não se pode fazer o que se deseja, não é interessante desenvolver a autonomia.
· b)
Quando se trata de autonomia, as crianças não seguem as regras, e a falta de respeito às mesmas é entendido como decorrência de acordo entre os envolvidos.
· c)
Crianças autônomas entendem que as regras podem ser mudadas por qualquer um dos envolvidos, desde que os demais aceitem as novas propostas.
Alternativa assinalada
· d)
Essa etapa, denominada de autonomia, se mantém até aproximadamente os cinco ou seis anos.
· e)
A autonomia significa fazer o que se deseja e para isso faz-se necessário desenvolver boas estratégias de manipulação.
3)
Teóricos renomados apontam que no processo de socialização infantil um dos principais objetivos é que a criança aprenda e diferencie o que é considerado correto e incorreto no ambiente em que ela vive, isto é, que apreenda os valores morais vigentes na sociedade e se comporte segundo esses mesmos valores.
GONZÁLEZ, M. D. M.; PADILLA, M. L. Conhecimento social e desenvolvimento moral nos anos pré-escolares. In: COLL, C.; PALACIOS, J.; MARCHESI, A. (orgs.). Desenvolvimento Psicológico e Educação: Psicologia Evolutiva. v. 1. Porto Alegre: Artes Médicas, 1995. p. 165-177
Nesse contexto, na etapa da anomia é correto afirmar.
Assinale a alternativa correta:
Alternativas:
· a)
A criança não segue regras coletivas.
Alternativa assinalada
· b)
A criança dá muita atenção para participação em atividade coletiva.
· c)
A criança não concentra seus interesses nos aspectos motores e nas fantasias.
· d)
A criança segue as regras coletivas.
· e)
Essa etapa se mantém até aproximadamente 2 anos.
4)
O fazer docente precisa ser intencional. Nesse contexto, Leite e Tassoni (2002) destacam que há cinco decisões assumidas pelo professor no planejamento e desenvolvimento das atividades, com implicações afetivas, que influenciam na relação do aluno com o objeto de conhecimento. Sendo assim, são elas:
LEITE, S. A. da S.; TASSONI, E. C. M. A afetividade em sala de aula: as condições de ensino e a mediação do professor. In: AZZI, R. G.; SADALLA, A. M. F. de A. (orgs.) Psicologia e Formação Docente: desafios e conversas. São Paulo: Casa do Psicólogo, 2002.
Assinale a alternativa incorreta:
Alternativas:
· a)
Escolha dos objetivos de ensino.
· b)
Referência do aluno como ponto de partida.
· c)
Organização dos conteúdos.
· d)
Seleção dos procedimentos e das atividades de ensino.
· e)
Sugestão da comunidade escolar
Alternativa assinalada
5)
Compreender o processo de desenvolvimento infantil é tarefa do professor. Segundo La Taille (1992) na etapa da heteronomia, que se estende até os nove anos, as crianças passam a se interessar por atividades coletivas e regradas, destacando-se duas características:
LA TAILLE, Y. de. Desenvolvimento do Juízo Moral e Afetividade na Teoria de Jean Piaget. In: LA TAILLE, Y. de.; OLIVEIRA, M. K. de; DANTAS, H. Piaget, Vygotsky, Wallon: teorias psicogenéticas em discussão. 23. ed. São Paulo: Summus Editorial, 1992.
Assinale a alternativa incorreta:
Alternativas:
· a)
Uma das características diz respeito à interpretação dada pelas crianças de que as regras são sagradas e imutáveis.
· b)
Uma das características refere-se à liberalidade que a criança demonstra na aplicação das regras.
· c)
Uma das características diz que apesar de respeitar as regras apresentadas quase que religiosamente, na prática, a criança introduz alguma variante que facilite o seu desempenho.
· d)
Uma das características diz que a criança já assimilou o sentido de existência da regra.
Alternativa assinalada
· e)
Uma das características alega que as crianças não concebem as regras como necessárias para a harmonização das ações do grupo.

Materiais relacionados

Perguntas relacionadas

Materiais recentes

Perguntas Recentes