Buscar

Exercícios de Unidade - Adolescência e Juventude no século XXI

Prévia do material em texto

Questão 1
Correta
Questão com problema?
Leia o texto a seguir.
 
“Se pudéssemos transportar um cirurgião do século 19 para um hospital de hoje, ele não teria ideia do que fazer. O mesmo vale para um operador da bolsa ou até para um piloto de avião do século passado. Não saberiam que botão apertar. Mas se o indivíduo transportado fosse um professor, encontraria na sala de aula deste século a mesma lousa, os mesmos alunos enfileirados. Saberia exatamente o que fazer. A escola parece impermeável às décadas de revolução científica e tecnológica que provocaram grandes mudanças em nosso dia a dia. Ficou parada no tempo, preparando os alunos para um mundo que não existe mais.”
COSTAS, Ruth. Modelo de escola atual parou no século 19, diz Viviane Senna. BBC News Brasil. São Paulo. 05 jun.2015. Disponível em:  Acesso em 13 nov. 2018.
Considerando o contexto apresentado, tem-se que no ambiente escolar
Sua resposta
Correta
o professor é soberano do conhecimento.
Comentário
resposta correta.
Questão 2
Correta
Questão com problema?
A incidência de suicídio e automutilação é significativa em jovens, tanto no Brasil, quanto em outros países, tendo muitos casos com ocorrência dentro das escolas. A automutilação é um ato que não objetiva conscientemente o suicídio, mas ferir-se gravemente.
 
Considerando as vertentes referentes à automutilação, analise as seguintes asserções e a relação proposta entre elas.
 
I. Automutilação é parte da função simbólica de apaziguar a dor e a angústia daquilo que não é possível nomear.
PORQUE
 
II. Auxiliar o adolescente a nomear o que ele está sentindo pode ser uma estratégia para diminuir a automutilação.
A respeito dessas asserções, assinale a alternativa correta.
Sua resposta
Correta
As asserções I e II são proposições verdadeiras, mas a II não é uma justificativa da I.
Comentário
A asserção correta é: As asserções I e II são proposições verdadeiras, mas a II não é uma justificativa da I.   Tanto o suicídio quanto a automutilação podem indicar um estado de sofrimento psíquico extremamente importante e que merece ser acolhido e cuidado no contexto escolar e no âmbito da saúde mental. A asserção I é uma proposição correta porque a automutilação é parte da função simbólica de apaziguar a dor e a angústia daquilo que não é possível nomear. PORQUE pode estar relacionada as incertezas sobre o que virá a ser depois da infância, gerando medos e pensamentos turbulentos e negativos, assim como as dúvidas relacionadas à própria identidade e ao mundo externo. A asserção II é uma proposição correta porque auxiliar o adolescente a nomear o que ele está sentindo pode ser uma estratégia para diminuir a automutilação. PORQUE quando os ajudamos a nomearem estes sentimentos estamos possibilitando, igualmente, que construam um espaço confiável de fala, no qual podem expor seus pensamentos.   Fonte: PICIRILLI, Cláudia Capelini. Adolescência e Juventude no Século XXI. Londrina: Editora e Distribuidora Educacional S.A., 2018.
Questão 3
Correta
Questão com problema?
Durante a realização do Seminário Internacional sobre Inclusão de Adolescentes e Jovens do Ensino Médio em 2016, estiveram presentes autoridades e diversos jovens de todo o Brasil para debaterem a respeito das políticas de inclusão e novas possibilidades de ensino.
 
Nesse contexto, são considerados fatores de destaque neste evento:
 
I. O processo de mudança é ágil porque em cada realidade, os profissionais atuam em parceria com os estudantes.
II. Os adolescentes manifestaram o desejo de inclusão no modelo educacional, espaços para expressarem seus pensamentos e vivências.
III. É preciso que as escolas se sustentem enquanto lugar de formação de sujeitos-cidadãos para que os jovens possam ser porta-vozes de si mesmos.
IV. Falta capacitação dos profissionais para conviver com as diferenças, ministrada por quem entende, e quem tem vivencia com a inclusão.
É correto o que se afirma em
Sua resposta
Correta
II, III e IV, apenas.
Comentário
A alternativa correta é: II, III e IV, apenas.   Este evento foi muito importante pois autoridades, representantes da área de ensino, jovens e adolescentes constituíram um espaço de diálogo, troca de experiências, reflexões e propostas a respeito de novas possibilidades de ensino. A afirmativa I é incorreta porque o processo é lento, mas é possível se em cada realidade particular os profissionais atuarem em parceria com os estudantes. A afirmativa II é correta porque os adolescentes salientaram que a escola é um espaço coletivo, assim manifestaram o desejo de inclusão no modelo educacional e espaços para expressarem seus pensamentos e vivências, onde possam lutar contra as opressões relacionadas às violações de direitos como racismo, machismo, preconceitos de gênero e sexualidade. A afirmativa III é correta porque a escola deve ser cotidianamente construída, de aluno para aluno, assim é preciso que se sustentem enquanto lugar de formação de sujeitos-cidadãos para que os jovens possam ser porta-vozes de si mesmos. A afirmativa IV é correta porque os jovens e adolescentes entendem o que é ser excluído, assim manifestam que falta capacitação dos profissionais para conviver com as diferenças, ministrada por quem entende, e quem tem vivencia com a inclusão.   Fonte: PICIRILLI, Cláudia Capelini. Adolescência e Juventude no Século XXI. Londrina: Editora e Distribuidora Educacional S.A., 2018.
Questão 4
Correta
Questão com problema?
Leia o texto a seguir.
 
“A palavra adolescente advém do latim “adolescere”, que significa crescer. Refere-se ao efetivo momento de transição, quando a infância dá passagem à fase adulta, com o objetivo de atingir outra identidade, tendo a adolescência como trampolim. Abandonar a infância e subir os degraus até o referido trampolim causa ansiedade frente ao desconhecido. Cada degrau denota aprendizado e crescimento. Chegar ao topo, com os pés já sobre a rampa, traz a certeza de que a hora chegou – um verdadeiro mergulho rumo ao desconhecido e desejado”.
Disponível em: . Acesso em: 12 nov. 2018.
 
Em relação à fase da adolescência, analise as afirmativas a seguir.
 
I. Uma fase, ou um período, que se localiza entre a infância e a vida adulta. Período do crescimento humano usualmente situado entre o início da puberdade e o estabelecimento da maturidade adulta.
II. A adolescência não inclui só as mudanças pubertais no corpo mas, também, o desenvolvimento das capacidades intelectuais, interesses, atitudes e ajustamentos.
III. Fase da vida do indivíduo que envolvem apenas as mudanças pubertais e, portanto, não afetam as questões intelectuais e comportamentais.
IV. A adolescência é um termo para ser utilizado no plural (adolescências), justamente porque abarcam multiplicidades de vivências que se entrelaça ao processo histórico e ao meio social em que o sujeito está inserido.
V. Estágio especial do desenvolvimento humano, marcado por tormentos e conturbações vinculadas à emergência da sexualidade, o que antes era ignorado.
É correto o que se afirma em
Sua resposta
Correta
apenas I, II, IV, V.
Comentário
Alternativa correta: apenas I, II, IV, V.   Sobre a fase ADOLESCÊNCIA é correto afirmar que é uma fase, ou um período, que se localiza entre a infância e a vida adulta. Período do crescimento humano usualmente situado entre o início da puberdade e o estabelecimento da maturidade adulta. A adolescência não inclui só as mudanças pubertais no corpo mas, também, o desenvolvimento das capacidades intelectuais, interesses, atitudes e ajustamentos. A adolescência é um termo para ser utilizado no plural (adolescências), justamente porque abarcam multiplicidades de vivências que se entrelaça ao processo histórico e ao meio social em que o sujeito está inserido. É um estágio especial do desenvolvimento humano, marcado por tormentos e conturbações vinculadas à emergência da sexualidade, o que antes era ignorado.
Questão 5
Correta
Questão com problema?
Vivemos uma época em que para se estabelecer neste mercado globalizado e competitivo, cada vez exige-se mais a formação acadêmica, ter domínio de umalíngua estrangeira e saber utilizar ferramentas tecnológicas. Também é fato que por motivos internos e externos, em nosso país, esta não é a condição de todos os cidadãos e que muitos jovens abandonam os estudos antes mesmo de concluírem o Ensino Médio.
 
Neste contexto, associe a descrição destes motivos, contidos na coluna I, com seus indicativos, apresentados na coluna II.
 
COLUNA I
 
I-  Gravidez.
II- Atitude de professores.
III- Programa Pedagógico.
IV- Cuidar da família.
V- Trabalhar.
 
COLUNA II
 
1. Externo.
2. Interno
Assinale a alternativa que apresenta a associação correta entre as colunas.
Sua resposta
Correta
I- 1; II- 2; III-2; IV-1; V-1.
Comentário
A associação correta é: I- 1; II- 2; III-2; IV-1; V-1.   São considerados fatores internos aqueles relacionados ao ambiente escolar e fatores externos àqueles relacionados ao adolescente e seu contexto. I-1 – Gravidez, motivo externo. II-2 – Atitude de professores, motivo interno. III-2 – Programa pedagógico, motivo interno. IV-1 – Cuidar da família, motivo externo. V-1 – Trabalhar, motivo externo.   Fonte: PICIRILLI, Cláudia Capelini. Adolescência e Juventude no Século XXI. Londrina: Editora e Distribuidora Educacional S.A., 2018.
Questão 1
Correta
Questão com problema?
O movimento feminista surge em decorrência da Revolução Francesa, por conta das significativas mudanças sociais que ela desencadeou. Questionando-se sobre as desigualdades sofridas ao longo de toda uma história, as mulheres passaram a lutar objetivando a diminuição do hiato estabelecido entre os papeis masculinos e femininos.
Considerando o contexto apresentado, é possível afirmar que
Sua resposta
Correta
os movimentos feministas não retratavam a luta das mulheres contra os homens, mas a luta por igualdade de direitos.
Comentário
Alternativa correta: os movimentos feministas não retratavam a luta das mulheres contra os homens, mas a luta por igualdade de direitos.   Os movimentos feministas não retratavam a luta das mulheres contra os homens, mas a luta por igualdade de direitos.  Esses movimentos foram divididos em três momentos (a primeira, a segunda e a terceira ondas feministas) e pleiteavam inicialmente, o direito à vida pública. Especialmente na Segunda Onda Feminista, as mulheres negras e lésbicas uniram-se aos movimentos. O início dos anos 1990 marcou a Terceira Onda Feminista e se configurou pela busca de todas as formas de liberdades humanas
Questão 2
Correta
Questão com problema?
Na Roma antiga, embora os casamentos tivessem como base os dotes recebidos, havia a possibilidade de homens e mulheres poderiam desfazê-lo a qualquer momento sem grandes justificativas. Era permitido as relações bissexuais, porém teria que se respeitar a hierarquia: homem livre sente prazer, homem escravo, fornece. Porém, com a chegada do cristianismo, no final do império romano, transformou toda a moral social.
De acordo com o contexto apresentado, assinale a alternativa correta.
Sua resposta
Correta
Como a Bíblia passou a ser o livro mais importante na época e o acesso a ela era muito difícil, tornou-se fácil para o clero ter o domínio sobre a vida e a mente do homem.
Comentário
Alternativa correta: Como a Bíblia passou a ser o livro mais importante na época e o acesso a ela era muito difícil, tornou-se fácil para o clero ter o domínio sobre a vida e a mente do homem.   Tanto o ato sexual, quanto o desejo sexual eram considerados pecado e, havia a mesma rigidez no julgamento de ambos. A Bíblia escrita manualmente em papiro era traduzida somente por alguns padres ficando e, por isso, continham muitas interpretações pessoais. Como a Bíblia passou a ser o livro mais importante na época e o acesso a ela era muito difícil, tornou-se fácil para o clero ter o domínio sobre a vida e a mente do homem. A Igreja ficou sendo o único elo entre Deus e os homens e ditava as leis do certo e do errado além de cuidar da alma e proporcionar a salvação.
Questão 3
Correta
Questão com problema?
Na Grécia antiga, o valor da beleza física estava associada à elevação espiritual Os gregos cultuavam tanto a beleza que a pederastia – prática sexual masculina entre um homem mais velho e um rapaz jovem – era permitida e valorizada.
 
A partir desse contexto, analise as afirmativas a seguir.
 
I. A pratica da pederastia na Grécia antiga não estava associada somente à relação sexual.
II. O jovem, ao alcançar a vida adulta, deveria seguir seu caminho, abandonando a passividade.
III. Possivelmente, a homossexualidade feminina surgiu da vasta solidão das mulheres em tempos de guerra.
É correto o que se afirma em
Sua resposta
Correta
I, II e III.
Comentário
Alternativa correta: I II e III.   A pratica da pederastia na Grécia antiga não estava associada somente à relação  sexual, mas o homem mais velho assumia o lugar de tutor da moral e dos conteúdos intelectuais do jovem (belo e em formação). O jovem,ao alcançar a vida adulta, deveria seguir seu caminho,abandonando a passividade que sua condição lhe impunha.Possivelmente, a homossexualidade feminina surgiu da vasta solidão das mulheres em tempos de guerra,somadas à forma como eram tratadas e inferiorizadas socialmente. Entretanto, este fenômeno foi logo consumido pela sociedade machista que impunha seus desejos e recolocava a mulher no lugar de procriadora.
Questão 4
Correta
Questão com problema?
O avanço das lutas e do enfrentamento ao sistema opressor trouxe à tona outra questão: o questionamento sobre a construção binárias da sexualidade divididas entre os pólos masculino e feminino, além da distinção entre sexo, orientação afetivo-sexual e identidade de gênero.
 
A partir desse contexto, associe os itens apresentados na coluna I, com suas respectivas caraterísticas, elencadas na coluna II.
 
COLUNA I
 
I. Sexo.
II. Orientação afetivo-sexual.
III. Identidade de gênero.
 
COLUNA II
 
1. É como a pessoa se vê e se sente.
2. Trata-se de uma característica biológica.
3. É o que a pessoa sente por outra.
Assinale a alternativa que apresenta a associação correta entre as colunas.
Sua resposta
Correta
I-2, II-3, III-1.
Comentário
Alternativa correta: I-2, II-3, III-1.   Compreender a diferença entre os termos sexo, orientação afetivo-sexual e identidade de gênero é muito importante para quem atuará na formação de outras pessoas, em especial, na formação de adolescentes e jovens já que é no desabrochar da puberdade que estas questões são ainda mais evocadas. Desse modo, o termo sexo se refere a uma característica biológica e pode ser masculino, feminino ou intersexo; o termo orientação afetivo-sexual é o que uma pessoa sente por outra e, está ligada também à atração. Uma pessoa pode ser heterossexual, homossexual, bissexual, pansexual, etc. Por fim, o termo identidade de gênero, que tem a ver com identificação se refere ao modo como a pessoa se vê e se sente, podendo se enxergar como homem cisgênero, mulher cisgênero, transgênero, entre outros, e até não se identificar com nenhum deles.
Questão 5
Correta
Questão com problema?
Embora a Revolução Industrial, ocorrida entre os séculos XVII e XIX, tenha proporcionado as mulheres uma entrada no ambiente dominado pelos homens, foi o século XX que se configurou como palco de outra grande revolução: a Sexual – um movimento europeu de defesa da liberdade sexual.
 
Com base no contexto apresentado, avalie as seguintes asserções e as relações propostas entre elas.
 
I. Apesar da descoberta da pílula anticoncepcional não foi possível as mulheres uma vivencia sexual mais livres das obrigações da maternidade.
 
PORQUE
 
II. A Revolução Sexual reforçou ainda mais a imagem de um feminino “feito” para dar a luz, para ser geradora de herdeiros.
A respeito dessas asserções, assinale a alternativa correta.
Sua resposta
Correta
As asserções I e II são proposições falsas.
Comentário
Alternativa correta: As asserções I e II são proposições falsas   A descoberta da pílula anticoncepcional foi um dos pontos mais altos da Revolução Sexual, pois representou a possibilidade de uma vivência sexual mais livre das obrigações da maternidade, permitindoque o corpo feminino fosse de posse da mulher que o constitui. Assim, começou-se a romper com a imagem de um feminino “feito” para dar à luz, para ser geradora de herdeiros. No controle de sua própria natalidade, as mulheres começam a decidir quando e como desejam ter filhos (e se os desejam).
Questão 1
Incorreta
Questão com problema?
Em um processo de eleição, corre-se o risco de se eleger uma pessoa a partir de seu comportamento e não suas ideias, especialmente quando esta pessoa tem grande habilidade de oratória, ou seja, se expressa bem através da fala. Assim, embora ter habilidade para se expressar não garanta que aquele que for escolhido atuara em nome do coletivo, as chances de uma pessoa que a possui ser eleita são maiores do que alguém introspectivo pois a maioria das pessoas escolhe aquele que convence.
Assim, diante da possibilidade de a liderança ser exercida por diversas pessoas em inúmeros contextos, Lippitt e White desenvolveram um estudo sobre os estilos mais presentes em nossa sociedade.
 
A partir disso, associe os estilos, presentes na coluna I, com suas respectivas características, elencadas na coluna II.
 
	COLUNA I
	COLUNA II
	I- Líder autocrático.
	1- Possibilita que o grupo seja livre para tomar atitudes e se organizar
	II- Líder democrático.
	2- Refere-se a um estilo centrado na pessoa que exerce o papel de liderança
	III- Líder laissez-faire.
	3- Este estilo de liderança toma as decisões juntamente com os demais membros do grupo.
Assinale a alternativa que apresente a relação correta de associação entre as colunas.
Sua resposta
Incorreta
I- 2, II- 1, III- 3.
Solução esperada
I- 2, II- 3, III- 1.
Comentário
Alternativa correta: I- 2, II- 3, III- 1.   A liderança autocrática refere-se a um estilo centrado na pessoa que exerce o papel de liderança. O líder autocrático toma a decisão por todo o coletivo e delega papel e funções aos demais membros. Na liderança autocrática não há interesse em construções dialógicas. Na liderança democrática, contrariamente ao que ocorre na autocrática, as decisões são tomadas de maneira conjunta entre o líder os demais membros do grupo. Por fim, o líder laissez-faire é aquele que possibilita que o grupo seja livre para tomar atitudes e se organizar e que não interfere nas decisões do coletivo.
Questão 2
Correta
Questão com problema?
Desde pequenos, na escola, aprendemos quais são os meios de comunicação de nossa sociedade: televisão, rádio, jornais e revistas impressos. A partir da era digital incluem-se nesta lista as redes virtuais. Estes canais se constituem como meios para comunicar algo à uma grande parte da população: a massa, que se define como um “
agregado social que se caracteriza pelo grau extremamente baixo de coesão e de organização. As massas se formam espontaneamente sob influência de um interesse qualquer.
 
Em relação ao papel da escola sobre os meios de comunicação de massa, analise as afirmativas a seguir.
 
I. Reforçar as mensagens subliminares das propagandas para que o sujeito se mantenha com uma consciência ingênua.
II. O professor tem papel fundamental quando, através do diálogo, ajuda a desvelar as verdadeiras causas da opressão, ajudando os alunos a desenvolverem uma leitura crítica sobre a propaganda ideológica.
III. Os educadores precisam promover a problematização do que não é visto como problema e desideologizar o que só é visto como ideologia.
IV. É preciso educar para a compreensão das novas codificações, as sutilezas da imagem, da música, da articulação entre o verbal, o visual e o escrito.
É correto o que se afirma em
Sua resposta
Correta
apenas II, III e IV.
Comentário
Alternativa correta: apenas II, III e IV.   O papel da escola sobre a compreensão dos meios de comunicação de massa não é reforçar as mensagens subliminares das propagandas, mas sim, proporcionar a transposição de  uma consciência ingênua para a crítica; o professor tem papel fundamental quando, através do diálogo, ajuda a desvelar as verdadeiras causas da opressão, ajudando os alunos a desenvolverem uma leitura crítica sobre a propaganda ideológica; os educadores precisam promover a problematização do que não é visto como problema e desideologizar o que só é visto como ideologia; é preciso educar para a compreensão das novas codificações, as sutilezas da imagem, da música, da articulação entre o verbal, o visual e o escrito.
Questão 3
Correta
Questão com problema?
No dicionário,o termo protagonista se refere  aquele que executa o “personagem principal”. Fazendo uma comparação com o enredo literário, o protagonismo  juvenil significa a participação imprescindível de adolescentes e jovens na construção de ações relacionadas a temas sociais, tanto no nível local como no nível global.
 
Considerando o contexto apresentado, analise as afirmativas a seguir.
 
I. Assim o jovem, ao protagonizar uma ação, torna-se o principal agente mobilizador na luta por garantia de seus direitos
II. Como temas locais o jovem pode trabalhar, por exemplo,no enfrentamento às violências perpetradas no âmbito doméstico ou escolar.
III. Em nível global, os temas envolvem tanto a sociedade, como questões ainda mais amplas relacionadas ao planeta.
É correto o que se afirma em
Sua resposta
Correta
I, II e III.
Comentário
Alternativa correta: I, II e III.   Assim o jovem, ao protagonizar uma ação, torna-se o principal agente mobilizador na luta por garantia de seus direitos Como temas locais o jovem pode trabalhar, por exemplo,no enfrentamento às violências perpetradas no âmbito doméstico ou escolar. Em nível global, os temas envolvem tanto a sociedade – como diversidade de gênero, questões étnico-raciais e desigualdades sociais – como questões ainda mais amplas relacionadas ao planeta.
Questão 4
Correta
Questão com problema?
Um conceito que merece ser melhor compreendido é o de liderança pois, em um contexto social no qual o individualismo ocupa cada vez mais espaço, a liderança pode ser confundida com prepotência e arrogância; outras vezes pode ser atribuída ao sujeito mais expressivo de um coletivo, ou com mais iniciativa quando comparado aos demais membros.
 
Considerando o contexto apresentado, avalie as seguintes asserções e as relações propostas entre elas.
 
I. A liderança passou a ser compreendida como uma ação que auxilia o grupo a atingir seus objetivos dentro de uma determinada situação após fracassarem as tentativas de pesquisa para se identificar as características de um líder.
 
PORQUE
 
II. É a situação, e não o perfil individual que faz com que o líder apareça e, sendo assim, em determinada situação um sujeito, ou vários, poderá liderar o grupo, mas, em outra, a liderança poderá ser exercida por novos personagens.
A respeito dessas asserções, assinale a alternativa correta.
Sua resposta
Correta
As asserções I e II são proposições verdadeiras, e a II é uma justificativa da I.
Comentário
Alternativa correta: As asserções I e II são proposições verdadeiras, e a II é uma justificativa da I.   A liderança passou a ser compreendida como uma ação que auxilia o grupo a atingir seus objetivos dentro de uma determinada situação após fracassarem as tentativas de pesquisa para se identificar as características de um líder. Esse fracasso ocorreu porque o que faz com que o líder apareça é a situação, e não o perfil individual e, sendo assim, em determinada situação um sujeito, ou vários, poderá liderar o grupo, mas, em outra, a liderança poderá ser exercida por novos personagens.
Questão 5
Correta
Questão com problema?
Historicamente, pode-se relatar diversas ações políticas mobilizadas pela população jovem anteriores à década de 1990, como por exemplo a luta contra o Golpe de 1964, no qual o movimento estudantil organizado fez frente de resistência ao regime militar vigente até 1985. De acordo com Piaget, na adolescência as pessoas tendem a se identificar com alguma militância porque nessa fase o sujeito começa a construir sistemas e teorias abstratas e sofisticadas.
Assim, na adolescência
Sua resposta
Correta
há um aumento de produção escrita ou verbalizada arespeito de conceitos teóricos, políticos, religiosos e, apesar de se expressarem com pouca frequência diante dos adultos, os adolescentes possuem grande habilidade para construir saídas que, em alguma medida, se propõem a transformar o mundo.
Comentário
Alternativa correta: há um aumento de produção escrita ou verbalizada a respeito de conceitos teóricos, políticos, religiosos e, apesar de se expressarem com pouca frequência diante dos adultos, os adolescentes possuem grande habilidade para construir saídas que, em alguma medida, se propõem a transformar o mundo.   De acordo com Piaget, na adolescência as pessoas tendem a se identificar com alguma militância porque nessa fase o sujeito começa a construir sistemas e teorias abstratas e sofisticadas. Na adolescência há um aumento de produção escrita ou verbalizada a respeito de conceitos teóricos, políticos, religiosos e, apesar de se expressarem com pouca frequência diante dos adultos, os adolescentes possuem grande habilidade para construir saídas que, em alguma medida, se propõem a transformar o mundo.
Questão 1
Correta
Questão com problema?
A escola exerce um papel fundamental na formação cidadã e no enfrentamento contra a violência, o preconceito e o racismo. Para isto é importante ao educador problematizar, entender o que está sendo (re)apresentado, dialogar e acolher as diversidades. Para desmistificar os tabus que circundam a temática do racismo é importante discorrer a respeito de raça e etnia.
 
Com base neste contexto, complete as lacunas da sentença a seguir.
 
___________ refere-se à ___________ expressa pelo fenótipo, enquanto ___________ diz respeito à ___________ de elementos que ligam os sujeitos em um mesmo grupo, por exemplo, um mito, uma língua, uma religião. Logo, grupos étnicos são grupos específicos.
Assinale a alternativa que preenche corretamente as lacunas.
Sua resposta
Correta
Raça / materialidade do corpo / etnia / construção simbólico-cultural.
Comentário
Alternativa correta: raça / materialidade do corpo / etnia / construção simbólico-cultural.   Não é papel da educação impor determinado pensamento ou doutrina, mas lutar contra as formas de violência e conduzir o aluno para os múltiplos lados que envolvem uma história. Raça refere-se à materialidade do corpo expressa pelo fenótipo, enquanto etnia diz respeito à construção simbólico-cultural de elementos que ligam os sujeitos em um mesmo grupo, por exemplo, um mito, uma língua, uma religião. Logo, grupos étnicos são grupos específicos.   PICIRILLI, Cláudia Capelini. Adolescência e Juventude no Século XXI. Londrina: Editora e Distribuidora Educacional S.A., 2019.
Questão 2
Incorreta
Questão com problema?
O Brasil é um país de diversidade em todos os sentidos. Antes de ser invadido pelos portugueses, em 1500, nele viviam tribos indígenas com modos de vida completamente diferentes entre si. Com a chegada do desenvolvimento, custeado pela população escravizada, assim como as imigrações orientais e europeia, o Brasil se constituiu em sua miscigenação e infelizmente algumas raízes advindas deste processo se mantem até os dias atuais.
 
Com base neste contexto, avalie as seguintes asserções e a relação proposta entre elas.
 
I. O racismo é um dos principais fatores estruturantes das injustiças sociais que acometem a sociedade brasileira.
PORQUE
 
II. A elite escravocrata utilizava estratégias psicológicas discriminatórias para a manutenção do negro como inferior.
A respeito dessas asserções, assinale a alternativa correta.
Sua resposta
Incorreta
As asserções I e II são proposições verdadeiras, mas a II não justifica a I.
Solução esperada
As asserções I e II são proposições falsas.
Comentário
Alternativa correta: as asserções I e II são proposições verdadeiras, mas a II não justifica a I.   As asserções I e II são verdadeiras, entretanto a primeira descreve fatos em tempos contemporâneos e a segunda, estratégias utilizadas em séculos passados.A asserção I é verdadeira porque para entender as desigualdades sociais que ainda envergonham o país, é preciso compreender que o racismo é um dos principais fatores estruturantes das injustiças sociais que acometem a sociedade brasileira. A asserção II é verdadeira porque, entre os séculos XVI e XIX, a elite escravocrata utilizava estratégias psicológicas discriminatórias e preconceituosas para a manter a pessoa negra como um ser inferiorizado.   PICIRILLI, Cláudia Capelini. Adolescência e Juventude no Século XXI. Londrina: Editora e Distribuidora Educacional S.A., 2019.
Questão 3
Correta
Questão com problema?
De acordo com o Conselho Federal de Psicologia (2017), as últimas décadas que antecederam a abolição da escravatura no território Brasileiro, foram marcadas por reformas políticas e estratégias que favoreciam a vinda de imigrantes, especialmente alemã e italiana, as quais representaram o alicerce de comportamentos presentes até os tempos contemporâneos.
O contexto apresentado demonstra que o governo adotou políticas imigratórias que favoreciam a vinda de europeus como incentivo ao crescimento do país, sendo que o aculturamento da época se mantem. Assinale a alternativa que representa corretamente a ideia contida na estratégia descrita.
Sua resposta
Correta
A crença de uma supremacia branca e a imigração europeia para embranquecer a população a médio e longo prazos são bases do racismo em nosso país.
Comentário
Alternativa correta: A crença de uma supremacia branca e a imigração europeia para embranquecer a população a médio e longo prazos são bases do racismo em nosso país.   A afirmativa está incorreta porque, a intenção da política imigratória estava vinculada ao processo de branqueamento da população, através da miscigenação, e não com o objetivo de promover o crescimento e a cultura. A afirmativa está incorreta porque, o incentivo do governo na época era oferecer títulos e propriedade para estrangeiros europeus, interessados em vir para o Brasil e não a oferta de empregos. A afirmativa está correta porque, a crença de uma supremacia branca – ideia importada da Europa – e o incentivo à imigração com o viés de embranquecer a população a médio e longo prazos constituem-se o alicerce do racismo em nosso país. A afirmativa está incorreta porque, primeiro o texto base descreve um contexto referente a fatos antes da abolição e a resposta corresponde ao momento pós escravidão; em segundo, a população negra “liberta” concorria aos mesmos postos de trabalho que a população europeia derivada da imigração, o governo não podia impedir, considerando o direito de liberdade e igualdade. A afirmativa está incorreta porque, o país não alterou sua política pública em função de reparar danos exercidos contra a população negra, pelo contrário:  não facilitaram em nada o ingresso destes, como cidadãos livres, assim, sem que houvesse qualquer política pública de reparação após a abolição, estes continuaram sendo excluídos ao direito à propriedade privada e ao mercado de trabalho, implicando em uma pseudo-inclusão.   PICIRILLI, Cláudia Capelini. Adolescência e Juventude no Século XXI. Londrina: Editora e Distribuidora Educacional S.A., 2019.
Questão 4
Correta
Questão com problema?
A história do Brasil é marcada por evidências que demostram o preconceito de várias formas, contra a população negra, que são vítimas do racismo e das desigualdades sociais. Os povos indígenas também fazem parte destas proeminências advindas da visão distorcida do senso comum do homem branco, que perpassa de geração em geração, até os dias atuais.
A partir contexto, assinale a alternativa correta.
Sua resposta
Correta
A população indígena é considerada pelo senso comum como raça inferior ao homem branco.
Comentário
Alternativa correta: a população indígena é considerada pelo senso comum como raça inferior ao homem branco.   A afirmativa está incorreta porque, a representatividade da juventude indígena nas grandes mídias é praticamente inexistente. A afirmativa está correta porque, um dos estereótipos em relação a população indígena é que ela é considerada, pelo sensocomum, como raça inferior ao homem branco. A afirmativa está incorreta porque, o jovem indígena encontram-se inseridos nos contextos urbanos, buscam consumir e vivenciar novas experiências como qualquer jovem, assim estão dentro do sistema capitalista. A afirmativa está incorreta porque, o homem branco considera o índio como raça biológica e intelectualmente inferiores. A afirmativa está incorreta porque, os povos indígenas não fazem parte de um único povo, cujos costumes e tradições são particularizados.   PICIRILLI, Cláudia Capelini. Adolescência e Juventude no Século XXI. Londrina: Editora e Distribuidora Educacional S.A., 2019.
Questão 5
Correta
Questão com problema?
O mito da democracia racial, ainda presente no imaginário da população brasileira, foi um avanço sociológico na época de sua criação, nos anos de 1930, quando se consolidava um “racismo científico” e com características eugênicas.
Disponível em: . Acesso em: 12 fev. 2019.
 
Considerando as informações apresentadas, analise as afirmativas a seguir.
 
I. O racismo científico é o nome dado ao movimento que discutia a possibilidade do embranquecimento da população.
II. O racismo reverso demonstrou apoio ao racismo científico ao apresentarem suas manifestações em prol da miscigenação.
III. A eugenia é relacionada ao programa de reprodução seletiva que permite alterar fatores genéticos e heranças biológicas.
IV. A teoria da eugenia creditava que poderia produzir humanos melhores, como fazemos com o gado e com as plantas.
É correto o que se afirma em
Sua resposta
Correta
I, III e IV, apenas.
Comentário
Alternativa correta: I, III e IV, apenas.   A afirmativa I está correta porque, o termo “racismo científico” é o nome dado, por cientistas, que estudavam um movimento que discutia a possibilidade do embranquecimento da população. A afirmativa II está incorreta porque, o termo “racismo reverso” é aplicado de forma errônea, pois para que haja o racismo de negro contra branco, a raça negra teria que ter, em sua hierarquia história entre as raças, registros de status de superioridade em relação à raça branca. A afirmativa III está correta porque, de acordo com estudos realizados no século XIX, pelo pesquisador Galton, o termo “eugenia” é relacionada ao programa de reprodução seletiva que permite alterar fatores genéticos e heranças biológicas. A afirmativa IV é verdadeira porque, a eugenia creditava que, se conseguisse encontrar a maneira de quantificar hereditariedade, poderia controlá-la e produzir humanos melhores, como fazemos com o gado e com as plantas   PICIRILLI, Cláudia Capelini. Adolescência e Juventude no Século XXI. Londrina: Editora e Distribuidora Educacional S.A., 2019.

Outros materiais

Materiais relacionados

Perguntas relacionadas

Materiais recentes

9 pág.

Perguntas Recentes