Buscar

Exercício Avaliativo 3_ PROTEÇÃO AO DENUNCIANTE E TRATAMENTO DE DENÚNCIAS

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você viu 3, do total de 9 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você viu 6, do total de 9 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você viu 9, do total de 9 páginas

Prévia do material em texto

Iniciado em domingo, 21 jan. 2024, 16:30
Estado Finalizada
Concluída em domingo, 21 jan. 2024, 16:32
Tempo
empregado
1 minuto 42 segundos
Avaliar 25,00 de um máximo de 25,00(100%)
Questão 1
Correto
Atingiu 2,00 de 2,00
Com relação ao papel da ouvidoria no tratamento de denúncias, assinale a opção INCORRETA.
Escolha uma opção:
a. Quando estiver diante de uma manifestação de ouvidoria, o agente público da ouvidoria deverá promover uma análise
empática do relaato trazido pelo cidadão, com o objetivo de entender e melhor traduzir a questão, para então tratá-la ou
encaminhá-la, quando necessário, à unidade administrativa ou instituição externa competente.
b. Quando a ouvidoria não é competente para tratar da matéria presente em uma denúncia recebida, o procedimento devido é o
da solicitação de consentimento do denunciante, a �m de encaminhar a denúncia à unidade competente. Nesses casos, se o
consentimento for negado, faz-se necessário pseudonimizar o teor da denúncia e dos seus anexos antes de efetuar o
encaminhamento externo.
c. Antes de encaminhar uma denúncia habilitada à unidade de apuração, deve-se fazer a pseudonimização de seu teor.
d. O papel da ouvidoria no tratamento de denúncias é, substancialmente, realizar a análise prévia dos fatos relatados, a �m
de apurar se houve ilícito ou crime. Só após essa constatação a denúncia deverá ser habilitada e tramitada para a unidade
de apuração.

e. O trabalho a ser desempenhado pela equipe da ouvidoria não deve ser confundido com o das áreas de apuração. Dessa feita, é
importante ter em mente que a apuação dos fatos não é de competência da ouvidoria, mas sim das unidaes de apuração.
Sua resposta está correta.
O trabalho a ser desempenhado pela equipe da ouvidoria não deve ser confundido com o das áreas de apuração. Cabe à ouvidoria, por
ocasião da análise prévia, coletar a maior quantidade possível de elementos de convicção para, primeiramente, formar juízo quanto à
aptidão da denúncia para apuração. Desta forma, na hipótese de a denúncia ser considerada apta, ela será habilitada e encaminhada
para unidade de apuração com maiores elementos de materialidade. Entretanto, a apuração dos fatos não é de competência da
ouvidoria.
A resposta correta é: O papel da ouvidoria no tratamento de denúncias é, substancialmente, realizar a análise prévia dos fatos
relatados, a �m de apurar se houve ilícito ou crime. Só após essa constatação a denúncia deverá ser habilitada e tramitada para a
unidade de apuração.
https://mooc41.escolavirtual.gov.br/mod/book/view.php?id=33589
https://mooc41.escolavirtual.gov.br/mod/book/view.php?id=33589
Questão 2
Correto
Atingiu 3,00 de 3,00
O tratamento de uma denúncia no âmbito da ouvidoria compreende uma série de etapas que são descritas pela Portaria CGU nº
581/2021. Assinale a opção que contém uma etapa que não faz parte do tratamento dado às denúncias no âmbito da ouvidoria.
Escolha uma opção:
a. Recebimento - Registro no sistema - Triagem.
b. Pseudonimização - Encaminhamento para a unidade competente.
c. Apuração dos fatos e responsabilização. 
d. Análise prévia - Habilitação ou arquivamento - Trâmite para a unidade de apuração.
e. Resposta conclusiva - Resposta resolutiva.
Sua resposta está correta.
O tratamento de uma denúncia, no âmbito da ouvidoria, compreende as seguintes etapas, assim descritas pela Portaria CGU nº
581/2021: Recebimento - Registro no sistema - Triagem - Pseudonimização - Encaminhamento para a unidade competente - Análise
prévia - Habilitação ou arquivamento - Trâmite para a unidade de apuração - Resposta conclusiva - Resposta resolutiva. A apuração dos
fatos e a responsabilização dos envolvidos nõ fazem parte do tratamento no âmbito das ouvidorias.
A resposta correta é: Apuração dos fatos e responsabilização.
Questão 3
Correto
Atingiu 2,00 de 2,00
Sobre o recebimento de uma denúncia, julgue os itens e, em seguida, marque a opção correta.
I - Uma vez recebida a denúncia na unidade de ouvidoria, ela deverá ser inserida no sistema de gestão das manifestações, antes mesmo
da realizaçação de  qualquer juízo de valor a seu respeito. A partir desse momento, toda a operação de tratamento deverá ocorrer em
meio digital.
II - Os sistemas utilizados já devem prever o encaminhamento das denúncias para as unidades de apuração sem a identi�cação do
denunciante, bem como a possibilidade de pseudonimizar informações, caso necessário.
III - Tanto na ouvidoria como na unidade de apuração, o acesso ao sistema eletrônico deverá ser restringido somente aos servidores que
tenham necessidade de conhecer o teor da denúncia com o objetivo  de promover a devida análise prévia ou apuração. 
IV - Ademais, é importante que o sistema eletrônico registre todos os acessos realizados junto à denúncia, visando, inclusive, à
responsabilização funcional do servidor que der causa a vazamentos de elementos de identi�cação do denunciante.
Escolha uma opção:
a. Todos os itens estão corretos. 
b. Apenas os itens I e II estão corretos.
c. Apenas os itens I, II e III estão corretos.
d. Apenas o item IV está incorreto.
e. Todos os itens estão incorretos.
Sua resposta está correta.
O devido tratamento dado às denúncias necessita da garantia da proteção da identidade dos denunciantes. Para tanto, é necessário
que o tratamento seja realizado em sistema digital que preveja mecanismos de garantia, tais como os mencionados nos itens da
questão.
A resposta correta é: Todos os itens estão corretos.
Questão 4
Correto
Atingiu 3,00 de 3,00
Sobre a etapa de encaminhamento de uma denúncia para outro órgão ou entidade, julgue os itens e, em seguida, marque a alternativa
correta.
I - Quando a unidade de ouvidoria recebe uma denúncia que não diga respeito às competências do órgão ou entidade a que está
vinculada, via de regra a orientação dada é a de que não seja recusado o recebimento.
II - A preocupação relativa à tutela da con�ança do denunciante deve se iniciar desde o recebimento da denúncia. Por ess razão,
entende-se que o primeiro passo para a realização do encaminhamento de uma denúncia entre unidades de ouvidoria diferentes é a
comunicação com o denunciante, a �m de informá-lo sobre ausência de competência do órgão, bem como para solicitar dele o
consentimento necessário para o encaminhamento.
III - Antes de encaminhar a denúncia ao órgão competente, a unidade de ouvidoria deve solicitar o consentimento do denunciante. Se o
consentimento for negado, o encaminhamento só poderá ser realizado após a pseudonimização do teor da denúncia e dos seus anexos.
IV - O consentimento do denunciante não necessita ser expresso. A ausência de manifestação deve sempre ser interpretada como
anuência para o encaminhamento, já que quem cala consente.
Escolha uma opção:
a. Todos os itens estão corretos.
b. Apenas o item I e II estão corretos.
c. Apenas os itens I, II e IV  estão corretos.
d. Apenas o item IV está incorreto. 
e. Todos os itens estão incorretos.
Sua resposta está correta.
Tal consentimento necessita ser expresso, ou seja, a ausência de manifestação do denunciante deve sempre ser interpretada como
negativa de consentimento. 
O prazo para que o denunciante expresse o seu consentimento é de vinte dias a contar do envio, pela ouvidoria, da solicitação de
consentimento. 
Caso o denunciante não consinta ou não se manifeste nesse prazo, a ouvidoria deverá realizar o procedimento de pseudonimização, isto
é, o procedimento mediante o qual ela deverá analisar a denúncia e seus anexos e produzir uma versão da denúncia sem qualquer
elemento de identi�cação do denunciante, a qual poderá ser encaminhada ao órgão competente.
A resposta correta é: Apenas o item IV está incorreto.
Questão 5
Correto
Atingiu 3,00 de 3,00
A tutela da con�ança do denunciante é uma preocupação que deve se iniciar desde o recebimento da denúncia. Sobre esse assunto,
assinale a alternativa correta.
Escolha uma opção:
a. A tutela da con�ança está relacionada com a idéia de que éimportante cultivar uma relação de con�ança com o
denunciante. Dessa forma, o pedido de consentimento realizado antes do encaminhamento da denúncia entre unidades de
ouvidoria distintas tem o intuito de evitar que indivíduos ou instituições para as quais o denunciante não enviaria a
denúncia tomassem dela conhecimento. O resultado imediato desse procedimento seria a quebra da relação de con�ança
do denunciante para com o órgão junto ao qual ele registrou sua denúncia.

b. A tutela da con�ança está relacionada com a idéia de que o denunciante registrou su denúncia junto ao órgão na intenção de
que este tome as providências para que a mesma chegue ao conhecimento da unidade competentes por sua apurção, mesmo
que tal unidade seja um órgão distinto. Nesse caso, não há necessidade de entrar em contato com o denunciante antes de
realizar o encaminhamento externo da denúncia ao órgão competente para tratá-la.
c. A tutela da con�ança exige a comunicação com o denúnciante, a �m de lhe dr ciência dos procedimentos que jpa foram
tomados com relação à sua denúncia. Dessa forma, esse contato deve ser posterior ao encaminhamento para órgão externo
competente.
d. A con�ança do denunciante está ligada à efetiva apuraçõ dos fatos, motivo pelo qual o órgão que recebe a denúncia soluionar
a questão, independentemente da sua competência.
e. A tutela da con�ança do denunciante diz respeito ao fato de que, se o objeto da denuncia recebida esiver fora do âmbito de
competência do órgão, a unidade de ouvidoria deverá encerrá-la imediatamente, par evitar que os dados de identi�cação do
denunciante sejam vazados.
Sua resposta está correta.
A tutela da con�ança do denunciante é uma preocupação que deve se iniciar desde o recebimento da denúncia. Ao realizar uma
denúncia, o denunciante expressa a sua con�ança em que aquele órgão pode resolver o problema relatado. Contudo, caso a denúncia
seja de competência de outro órgão, o encaminhamento imediato da mesma poderia resultar em que indivíduos ou instituições para as
quais o denunciante não enviaria a denúncia tomassem dela conhecimento, bem como soubessem de sua identidade. O resultado
imediato desse procedimento seria a quebra da relação de con�ança do denunciante no órgão para o qual ele originalmente
encaminhou a sua denúncia.  Sendo assim, para evitar que isso ocorra, o primeiro passo para a realização do encaminhamento de uma
denúncia entre unidades de ouvidoria é a comunicação com o denunciante.
A resposta correta é: A tutela da con�ança está relacionada com a idéia de que é importante cultivar uma relação de con�ança com o
denunciante. Dessa forma, o pedido de consentimento realizado antes do encaminhamento da denúncia entre unidades de ouvidoria
distintas tem o intuito de evitar que indivíduos ou instituições para as quais o denunciante não enviaria a denúncia tomassem dela
conhecimento. O resultado imediato desse procedimento seria a quebra da relação de con�ança do denunciante para com o órgão
junto ao qual ele registrou sua denúncia.
Questão 6
Correto
Atingiu 3,00 de 3,00
No que tange ao trâmite da denúncia para a unidade de apuração, marque a alternativa INCORRETA.
Escolha uma opção:
a. No caso da denúncia, o trâmite ocorrerá sempre da unidade de ouvidoria para a unidade de apuração. 
b. Não há necessidade de pseudonimizar uma denúncia antes de tramitá-la para a unidade de apuração, uma vez que se
entende que o denunciante percebe o órgão em sua totalidade, o que signi�ca que o mesmo já consentiu com os trâmites
necessários ao registrar a denúncia.

c. A tutela da con�ança do denunciante deve ser uma preocupação constante, mesmo nos casos de trâmites internos, entre a
unidade de ouvidoria e a unidade de apuração. Por essa razão, dev-se tomar uma série de medidas destinadas a garantir que
somente aquelas pessoas que tenham verdadeira necessidade de conhecer a identidade do denunciante tenham acesso a essa
informação. 
d. A pseudonimização é um dos procedimentos necessários para se garantir a tutela da con�ança do denunciante. Dessa forma,
entende-se que mesmo nas tramitações internas, entre ouvidoria e unidades de apuração, deve-se pseudonimizar a denúncia
antes de tramitar.
e. A denúncia deve ser sempre pseudonimizada antes de ser tramitada à unidade de apuração. Caso a unidade de apuração
necessite conhecer  identidde do denunciante, el deverá solicitar à unidade de ouvidoria, de modo justi�cado, o trâmite dos
elementos de identi�cação do denunciante, circunstância em que o trâmite desses elementos se torna possível.
Sua resposta está correta.
No que tange ao trâmite da denúncia entre a unidade de ouvidoria e a unidade de apuração, a tutela da con�ança traduz-se em uma
série de medidas destinadas a garantir que somente aquelas pessoas que tenham verdadeira necessidade de conhecer a identidade do
denunciante tenham acesso a essa informação. Assim, o procedimento padrão de trâmite entre unidade de ouvidoria e unidades de
apuração é a pseudonimização. Aqui não falamos em solicitação de consentimento, mas apenas na pseudonimização antes do trâmite à
área de apuração. 
Muitas vezes a identidade do denunciante é dispensável para as �nalidades da investigação, razão pela qual não existe necessidade de
conhecer da área de apuração acerca desta informação. Em tais casos, a unidade de apuração deverá solicitar à unidade de ouvidoria,
de modo justi�cado, o trâmite dos elementos de identi�cação do denunciante, circunstância em que o trâmite desses elementos se
torna possível.
A resposta correta é: Não há necessidade de pseudonimizar uma denúncia antes de tramitá-la para a unidade de apuração, uma vez que
se entende que o denunciante percebe o órgão em sua totalidade, o que signi�ca que o mesmo já consentiu com os trâmites
necessários ao registrar a denúncia.
Questão 7
Correto
Atingiu 2,00 de 2,00
A partir da regulamentação da Lei nº 13.608/2018, as denúncias relacionadas a atos de retaliação contra denunciantes passaram a ter
um rito próprio, que necessita ser observado por todas as unidades que integram o Sistema de Ouvidoria do Poder Executivo Federal
(SISOUV).  A esse respeito, ssinale a alternativa correta:
Escolha uma opção:
a. A competência para o recebimento e tratamento de denúncias de retaliação é do órgão ou entidade que recebeu e tratou a
denúncia original que ensejou a retaliação sofrida. 
b. Aquele que sofreu a retaliação pode escolher se deseja que sua denúncia de retaliação seja recebida e tratada pela CGU ou
pelo órgão que recebeu a denúncia original que ensejou o ato de retaliação.
c. A competência para o recebimento e tratamento de denúncias de retaliação é da CGU, órgão central dos sistemas de
ouvidoria e correição. Dessa forma, recebida a denúncia de retaliação por qualquer unidade de ouvidoria, ela deverá
encaminha-la diretamente à CGU, a �m de que o órgão dê o correto tratamento à demanda.

d. A competência para o recebimento e tratamento de denúncias de retaliação é da CGU, órgão central dos sistemas de ouvidoria
e correição. Entretanto, a pedido do denunciante, é possível que essa competência seja delegada ao órgão ou entidade que
recebeu e tratou a denúncia original que ensejou a retaliação sofrida.
e. A competência para o recebimento e tratamento de denúncias de retaliação é do órgão ou entidade que recebeu e tratou a
denúncia original que ensejou a retaliação sofrida. Entretanto, caso entenda que não há condições e apuraçõ da mesma em
seu âmbito, a denúncia de retaliação pode ser encaminhada à CGU, que, só então, será responsável pela apuração.
Sua resposta está correta.
Para que o denunciante sofra a retaliação, é necessário que o agente retaliador saiba quem ele é; ou seja, é necessário que elementos
de identi�cação do denunciante cheguem ao conhecimento desse agente. É claro que isso pode ocorrer de várias formas, inclusive por
culpa do próprio denunciante, o qual muitas vezes acaba expondo indevida ou inadvertidamente o fato de que realizou a denúncia.No
entanto, se não considerarmos essa hipótese, as únicas possibilidades restantes seriam relacionadas a falhas nos controles e proteções
à sua identidade – os quais, seguido o rito estabelecido no Decreto, poderiam ocorrer em unidade distinta da ouvidoria, que tenha
recebido a denúncia indevidamente, na unidade de ouvidoria e/ou na unidade de apuração.  Em vista disso, a competência para o
recebimento e tratamento de denúncias de retaliação passa a ser do órgão central dos sistemas de ouvidoria e correição: a CGU. Dessa
forma, recebida a denúncia de retaliação por qualquer unidade de ouvidoria, ela deverá encaminha-la diretamente à CGU, a �m de que o
órgão dê o correto tratamento à demanda. 
A resposta correta é: A competência para o recebimento e tratamento de denúncias de retaliação é da CGU, órgão central dos sistemas
de ouvidoria e correição. Dessa forma, recebida a denúncia de retaliação por qualquer unidade de ouvidoria, ela deverá encaminha-la
diretamente à CGU, a �m de que o órgão dê o correto tratamento à demanda.
Questão 8
Correto
Atingiu 2,00 de 2,00
Questão 9
Correto
Atingiu 3,00 de 3,00
As denúncias podem conter diversas características que podem se apresentar em separado ou em conjunto. A esse respeito, assinale a
alternativa INCORRETA.
Escolha uma opção:
a. Autoria do fato.
b. Materialidade.
c. Competência.
d. Comprovação do ilícito denunciado. 
e. Compreensão.
Sua resposta está correta.
As características básicas de uma denúncia incluem autoria do fato, materialidade, competência, compreensão e objeto. Entretanto,
uma denúncia não necessita ter a comprovação do ilícito denunciado, porquanto qual comprovação será buscada no âmbito das
unidades de apuração. O que a denúncia necessariamente deve apresentar são os indícios das irregularidades apontadas, de modo a
possibilitar sua apuração.
A resposta correta é: Comprovação do ilícito denunciado.
Quanto à autoria dos fatos relatados, assinale a opção correta:
Escolha uma opção:
a. A autoria dos fatos é imprescindível para a habilitação de qualquer denúncia.
b. Denúncias que não apresentem  autoria do ilícito devem ser arquivdas, pois não é possível apurar os fatos sem saber quem os
cometeu.
c. Uma denuncia com autoria é aquela em que o denunciante se identi�ca.
d. A susencia de autoria caracteriza uma denúncia anônima, mais conhecida como comunicação de irregularidades.
e. A ausência de autoria não impede que a denúncia seja aceita, tendo em vista que a realização de uma investigação
preliminar (ou até mesmo uma análise prévia na ouvidoria)  pode identi�car a autoria.

Sua resposta está correta.
O ideal é que denúncias apresentem autoria. Todavia, por vezes o denunciante tem conhecimento do fato irregular, mas não tem
ciência de quem o realizou ou permitiu que ocorresse. Por conseguinte, a denúncia vem relatando o fato sem a�rmar quem é o
responsável. A ausência de autoria não impede que a denúncia seja aceita, tendo em vista que a realização de uma investigação
preliminar (ou até mesmo uma análise prévia na ouvidoria)  pode identi�car a autoria.
A resposta correta é: A ausência de autoria não impede que a denúncia seja aceita, tendo em vista que a realização de uma
investigação preliminar (ou até mesmo uma análise prévia na ouvidoria)  pode identi�car a autoria.
Questão 10
Correto
Atingiu 2,00 de 2,00
Quanto à materialidade, característica fundamental de uma denúncia, assinale a opção correta:
Escolha uma opção:
a. A materialidade não é requisito imprescindível de uma denúncia.
b. As denúncias com materialidade se caracterizam como denúncias que apresentam os requisitos para apuração, ou seja,
são passíveis de serem apuradas.

c. Denúncias sem materialidade podem ser habilitadas, desde que apresentem autoria e objeto.
d. A materialidade de uma denúncia diz respeito à apresentaçõ de provas inequívocas dos crimes cometidos, de modo  não restar
dúvidas sobre eles.
e. A materialidade da denúncia di respeito à percepção da gravidade do fato pelo denunciante.
Sua resposta está correta.
As denúncias com materialidade se caracterizam como denúncias que apresentam os requisitos para apuração, ou seja, são passíveis de
serem apuradas, uma vez que trazem indícios das irregularidades supostamente cometidas. Por esse motivo, a materialidade é requisito
imprescindível para a habilitação das denúncias. Entretanto, a percepção da gravidade do fato pelo denunciante muitas vezes não
corresponde à realidade fática do órgão.
A resposta correta é: As denúncias com materialidade se caracterizam como denúncias que apresentam os requisitos para apuração, ou
seja, são passíveis de serem apuradas.

Outros materiais