Buscar

Prévia do material em texto

AVALAIAÇÃO I 
1. Pergunta 1 
0/1 
(VUNESP – 2011 – TJRJ – adaptada) Leia as afirmações e relacione cada uma delas com 
os princípios ambientais na sequência correta. 
1.Tomar decisões no sentido de impedir a superveniência de danos ao meio ambiente, 
por meio de medidas apropriadas, antes da elaboração de um plano ou da realização 
de uma atividade potencialmente degradadora. 
2. Tomar decisões para limitar o desenvolvimento de atividades e, assim, impedir a 
superveniência de danos ao meio ambiente em cenários de incerteza e controvérsias 
quanto às referidas atividades. 
3. É dever da Administração Pública garantir o acesso dos cidadãos a registros 
administrativos e a informações sobre atos de governo relativos ao meio ambiente, 
inclusive sobre materiais e atividades perigosas. 
4. Exigir de empreendedor medidas capazes de reduzir os impactos ambientais, 
fazendo-o internalizar os custos ambientais de sua atividade. 
5. Exigir a retribuição à sociedade pela utilização econômica dos recursos naturais, 
incentivando, ao mesmo tempo, a racionalização do seu uso. 
6. Permitir o desenvolvimento de atividades econômicas e buscar a redução das 
desigualdades sociais, mantendo, porém, uma base ecológica disponível para as 
futuras gerações. 
Assinale a alternativa correta: 
Ocultar opções de resposta 
Incorreta: 
Precaução, prevenção informação, poluidor-pagador, usuário-pagador e 
desenvolvimento sustentável. 
Precaução, prevenção, participação, equivalência dos custos ambientais, usuário-
pagador e solidariedade intergeracional. 
Prevenção, precaução, participação, usuário-pagador, equivalência dos custos 
ambientais e solidariedade intergeracional. 
Prevenção, informação, precaução, usuário-pagador, poluidor-pagador e solidariedade 
intergeracional. 
Prevenção, precaução, informação, poluidor-pagador, usuário-pagador e 
desenvolvimento sustentável. 
Resposta correta 
2. Pergunta 2 
1/1 
(VUNESP - TJ-MT) A Declaração de Estocolmo, marco na abordagem do meio ambiente 
como um todo e objeto de preocupação de toda humanidade, estabeleceu 26 
princípios. No princípio 1, fixa-se a obrigação de proteger e melhorar o meio ambiente, 
para as gerações presentes e futuras, inspirando o caput do artigo 225 da Constituição 
Federal de 1988, que trata do meio ambiente ecologicamente equilibrado como direito 
de todos, impondo-se ao poder Público e à coletividade o dever de defendê-lo e 
preservá-lo para as presentes e futuras gerações. O princípio aí tratado identifica-se 
com o 
Ocultar opções de resposta 
de guerra e paz. 
Correta: 
do meio ambiente como um direito humano. 
Resposta correta 
do combate à pobreza. 
do planejamento racional. 
da soberania territorial. 
3. Pergunta 3 
1/1 
(Ministério Público/PI – 2012 – CESPE) Conforme a CF, constituem patrimônio 
cultural brasileiro 
Ocultar opções de resposta 
os bens de natureza material por meio dos quais as criações artísticas, científicas e 
tecnológicas dos povos tradicionais expressem o ethos nacionalista da sociedade 
brasileira. 
os conjuntos urbanos, as áreas de grilagem, os sítios de valor histórico, paisagístico, 
artístico e arqueológico, de natureza imaterial, portadores de referência à identidade, à 
memória e à ação das gerações passadas, formadoras da sociedade brasileira, entre os 
quais se incluem as zonas de uso estritamente industrial, as áreas habitacionais, as 
áreas de proteção ambiental, as reservas da biosfera e os parques públicos. 
as manifestações artísticas e culturais de natureza exclusivamente material que 
expressem os posicionamentos políticos dos grupos formadores da sociedade 
brasileira, por meio dos quais os valores, crenças, ideologias e mitologias dos grupos 
minoritários que representam a identidade nacional interagem com a cultura 
hegemônica. 
os bens de natureza material e imaterial que veiculem as formas de ação, criação e 
existência das diversas raças formadoras da sociedade brasileira, em suas dimensões 
antropológicas, etnográficas, deontológicas e sociointeracionistas, tais como a 
culinária, a música, o folclore, a indumentária e as prosódias. 
Correta: 
os bens de natureza material e imaterial, tomados individualmente ou em conjunto, 
portadores de referência à identidade, à ação e à memória dos diferentes grupos 
formadores da sociedade brasileira, entre os quais se incluem as formas de expressão 
e os modos de criar, fazer e viver. 
Resposta correta 
4. Pergunta 4 
0/1 
(CESPE – TJCE – Juiz – 2012) Considerando os diversos aspectos que envolvem o 
conceito de meio ambiente, particularmente o cultural e o do trabalho, assinale a 
opção correta. 
Ocultar opções de resposta 
O meio ambiente é um bem público classificado pela CF como de uso comum do povo, 
razão pela qual não se admite que o seu uso seja oneroso ou imponha a necessidade de 
qualquer contraprestação de ordem pecuniária. 
A definição legal de recursos ambientais compreende a fauna e a flora, as águas. 
Ao estabelecer a tutela do meio ambiente, a CF dispõe que a proteção do meio 
ambiente, nele compreendido o meio ambiente do trabalho, constitui um dos objetivos 
do Sistema Único de Saúde. 
Resposta correta 
Incorreta: 
Considera-se meio ambiente cultural o meio ambiente integrado pelos equipamentos 
urbanos e edifícios comunitários, como as bibliotecas, pinacotecas, museus e 
instalações científicas ou similares. 
A todos os entes federativos compete a proteção de documentos, obras e outros bens 
de valor histórico, artístico, cultural e paisagístico, mas a competência para legislar 
sobre esses temas pertence, privativamente à União. 
5. Pergunta 5 
1/1 
(Magistratura/SC – 2015 – FCC) O Meio Ambiente, bem de uso comum do povo, 
consistente no equilíbrio ecológico e na higidez do meio e dos recursos naturais, é 
bem 
Ocultar opções de resposta 
tangível, disponível e impenhorável. 
difuso, divisível, indisponível e impenhorável. 
coletivo, divisível e indisponível. 
Correta: 
comum, geral, difuso, indivisível, indisponível e impenhorável. 
Resposta correta 
individual homogêneo, indivisível, indisponível e impenhorável. 
6. Pergunta 6 
0/1 
(ENADE 2015) O meio ambiente, seja natural ou artificial, é um bem jurídico 
transindividual, pertence a todos os cidadãos, indistintamente. Todavia, a preocupação 
com a sua preservação também é coletiva, sendo um dever jurídico de toda a 
sociedade. Cumpre ressaltar que a Constituição consignou que “todos têm direito ao 
meio ambiente ecologicamente equilibrado, bem de uso comum do povo e essencial à 
sadia qualidade de vida, impondo-se ao Poder Público e à coletividade o dever de 
defendê-lo e preservá-lo para as presentes e futuras gerações.”A partir do texto, avalie 
as asserções a seguir e a relação proposta entre elas. 
I. A ação popular visa à anulação de ato lesivo ao patrimônio público e ao meio 
ambiente. 
PORQUE 
II. Para assegurar a efetividade do direito ao meio ambiente ecologicamente 
equilibrado, o Poder Público deve exigir estudo prévio de impacto ambiental para 
autorizar a instalação de obra ou atividade potencialmente causadora de significativa 
degradação do meio ambiente. 
A respeito dessas asserções, assinale a opção correta. 
Ocultar opções de resposta 
Incorreta: 
A asserção I é uma proposição verdadeira, e a II é uma proposição falsa. 
As asserções I e II são proposições verdadeiras, mas a II não é uma justificativa correta 
da I. 
Resposta correta 
A asserção I é uma proposição falsa, e a II é uma proposição verdadeira. 
As asserções I e II são proposições falsas. 
As asserções I e II são proposições verdadeiras, e a II é uma justificativa correta da I. 
7. Pergunta 7 
1/1 
(Questão adaptada – Procurador da República – 2012) Analise os itens abaixo e 
responda em seguida: 
I – A previsão do direito ao meio ambiente sadio e ecologicamente equilibrado, na 
Constituição brasileira de 1988, identifica-se com a concepção de uma “Constituição 
dirigente”, segundo a qual o Estado deve desempenhar um papel primordialna 
promoção e na realização de direitos e benefícios titularizados pela coletividade. 
II – A concepção econômica de externalidades negativas encontra-se na estrutura dos 
princípios do poluidor pagador e do usuário pagador, traduzindo a necessidade de 
internalização dos prejuízos sociais no custo da produção, de forma a atrair para o 
empreendedor o dever de adotar medidas de prevenção e controle de possível 
deterioração de recursos ambientais decorrente de sua atividade produtiva. 
III – O princípio do poluidor tem índole exclusivamente reparatória ou ressarcitória, 
traduzindo a ideia de que o empreendedor que polui deve arcar com os ônus daí 
decorrentes mediante a adoção de medidas de correção ou reparação do ambiente 
degradado. 
IV – O princípio do poluidor pagador não tem força normativa, representando apenas 
uma expectativa de entronização no sistema jurídico, despida de carga de 
coercibilidade. 
Ocultar opções de resposta 
Todos os itens são verdadeiros. 
Os itens II e IV são falsos. 
O item II é falso. 
Somente o item III é falso. 
Correta: 
Os itens I e II são verdadeiros. 
Resposta correta 
8. Pergunta 8 
0/1 
(FGV – 2016 – Procurador – Prefeitura de Paulínia/SP) Com relação à distribuição de 
competências legislativas atribuídas pela CRFB/88, bem como à responsabilidade 
ambiental, analise as afirmativas a seguir. 
I. Não obstante ser competência privativa da União legislar sobre florestas, caça, pesca 
e fauna, é possível atribuir responsabilidades aos Municípios por omissão na 
fiscalização que cause danos a esses bens ambientais. 
II. A União, os Estados e o Distrito Federal podem legislar concorrentemente sobre 
controle de poluição. Caso inexista legislação federal sobre normas gerais, os Estados e 
o Distrito Federal exercerão competência legislativa plena. 
III. A União, os Estados e o Distrito Federal podem legislar concorrentemente sobre 
responsabilidade por dano ao meio ambiente, competindo à União legislar sobre 
normas gerais acerca do tema. 
Está correto o que se afirma em: 
Ocultar opções de resposta 
I, II e III. 
I e II, apenas. 
II e III, apenas. 
Resposta correta 
I, apenas. 
Incorreta: 
I e III, apenas. 
9. Pergunta 9 
1/1 
(ENADE-2013) Uma sociedade sustentável é aquela em que o desenvolvimento está 
integrado à natureza, com respeito à diversidade biológica e sociocultutral, exercício 
responsável e consequente da cidadania, com a distribuição equitativa das riquezas e 
em condições dignas de desenvolvimento. Em linhas gerais, o projeto de uma 
sociedade sustentável aponta para uma justiça com equidade, distribuição de riquezas, 
eliminando-se as desigualdades sociais; para o fim da exploração dos seres humanos; a 
eliminação das discriminações de gênero, raça, geração ou de qualquer outra; para 
garantir a todos e a todas os direitos à vida e à felicidade, à saúde, à educação, à 
moradia, à cultura, ao emprego e a envelhecer com dignidade; para o fim da exclusão 
social; para a democracia plena. (TAVARES, E. M. Disponível em: 
http://www.ifrn.edu.br>. Acesso em: 25 de jul. 2013 (adaptado). 
Nesse contexto, avalie as asserções a seguir e a relação proposta entre elas. 
I. Os princípios que fundamentam uma sociedade sustentável exigem a adição de 
políticas públicas que entram em choque com velhos pressupostos capitalistas. 
PORQUE 
II. O crescimento econômico e a industrialização, na visão tradicional, são entendidos 
como sinônimos de desenvolvimento, desconsiderando-se o caráter finito dos recursos 
naturais e privilegiando-se a exploração da força de trabalho na acumulação de capital. 
A respeito dessas asserções, assinale a opção correta. 
Ocultar opções de resposta 
A asserção I é uma proposição verdadeira, e a II é uma proposição falsa. 
As asserções I e II são proposições falsas. 
A asserção I é uma proposição falsa, e a II é uma proposição verdadeira. 
Correta: 
As asserções I e II são proposições verdadeiras, e a II é uma justificativa correta da I. 
Resposta correta 
As asserções I e II são proposições verdadeiras, mas a II não é uma justificativacorreta 
da I. 
10. Pergunta 10 
1/1 
A definição de desenvolvimento sustentável mais usualmente utilizada é a que procura 
atender às necessidades atuais sem comprometer a capacidade das gerações futuras. O 
mundo assiste a um questionamento crescente de paradigmas estabelecidos na 
economia e também na cultura política. A crise ambiental no planeta, quando 
traduzida na mudança climática, é uma ameaça real ao pleno desenvolvimento das 
potencialidades dos países. Nesse sentido, durante a 21ª Conferência das Partes 
(COP21), realizada no mês de dezembro de 2015 em Paris, França, contando com a 
assinatura de representantes de 196 países da Convenção-Quadro das Nações Unidas 
sobre Mudança do Clima (UNFCCC), celebrou-se um novo acordo para obstar às 
ameaças das mudanças climáticas, denominado de Acordo de Paris. 
Considerando esse contexto, avalie as seguintes asserções e a relação proposta entre 
elas. 
I. O Acordo de Paris tem como objetivo manter o aumento da temperatura média 
global bem abaixo dos 2 °C acima dos níveis pré-industriais e buscar esforços para 
limitar o aumento da temperatura a 1,5 °C acima dos níveis pré-industriais 
PORQUE 
II. Isso reduziria significativamente os riscos e impactos das mudanças climáticas e 
aumentaria a capacidade de adaptar-se aos impactos adversos das mudanças 
climáticas e fomentar a resiliência ao clima e o desenvolvimento de baixas emissões de 
gases de efeito estufa, de uma forma que não ameace a produção de alimentos. 
A respeito dessas asserções, assinale a opção correta. 
Ocultar opções de resposta 
As asserções I e II são proposições falsas. 
A asserção I é uma proposição verdadeira, e a II é uma proposição falsa. 
Correta: 
As asserções I e II são proposições verdadeiras, e a II é uma justificativa da I. 
Resposta correta 
A asserção I é uma proposição falsa, e a II é uma proposição verdadeira. 
As asserções I e II são proposições verdadeiras, mas a II não é uma justificativa da I.

Mais conteúdos dessa disciplina