Buscar

Direito Previdenciário - Super-Revisão INSS

Prévia do material em texto

Direito Previdenciário | Prof. Ali Jaha 
Semana de Super-Revisão - INSS 2022 
www.focusconcursos.com.br | 1 
 
 
 
 
 
Direito Previdenciário 
Ali Mohamad Jaha 
Sábado (26/11), às 09h 
Direito Previdenciário | Prof. Ali Jaha 
Semana de Super-Revisão - INSS 2022 
www.focusconcursos.com.br | 2 
Sejam muito bem-vindos ao Focus Concursos e a nossa aula de Super-Revisão para 
o concurso de Técnico do Seguro Social do INSS! 
A Semana de Super-Revisão – INSS 2022 é uma série de eventos ao vivo; são 06 
dias de AULAS GRATUITAS que organizamos para você turbinar a sua preparação. 
Além das aulas, nós preparamos um material de apoio SUPER COMPLETO. 
 
 
 
 
Eu sou o professor Ali Jaha Especialista em Direito 
Previdenciário e Legislação Previdenciária; Especialista 
em Direito Tributário e Legislação Tributária (Desde 
2011); Atualmente, sou Auditor-Fiscal da Receita Federal 
do Brasil (Certame ESAF 2009/2010); 
 
 
Fique atento a nossa Agenda da SEMANA DE SUPER REVISÃO – INSS: 
PROFESSOR* DISCIPLINA* DATA* HORÁRIO* 
Sidney Martins Português e 
Redação Oficial 
Segunda, 21 19h 
Érico Araújo Informática Terça, 22 19h 
Júlio Raizer Ética Quarta, 23 19h 
Luciano Franco Direito 
Administrativo + 
Lei 8.122/90 
Quarta, 23 20h 
Luciano Franco Direito 
Constitucional 
Quinta, 24 19h 
Felippe Loureiro RLM Sexta, 25 19h 
Ali Jaha Direito 
Previdenciário 
Sábado, 26 09h 
 
Direito Previdenciário | Prof. Ali Jaha 
Semana de Super-Revisão - INSS 2022 
www.focusconcursos.com.br | 3 
 
CONTEÚDO PROGRAMÁTICO 
QUESTÕES COMENTADAS .................................................................................................................... 4 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Direito Previdenciário | Prof. Ali Jaha 
Semana de Super-Revisão - INSS 2022 
www.focusconcursos.com.br | 4 
QUESTÕES COMENTADAS 
 
QUESTÃO 01. Em recente decisão, o STF se pronunciou sobre a inconstitucionalidade da 
incidência da contribuição previdenciária a cargo do empregador sobre o salário 
maternidade. 
CERTO ( ) ERRADO ( ) 
Comentário 
01. O Salário Maternidade é considerado Salário de Contribuição. 
O Salário Maternidade é o único benefício previdenciário considerado SC. O Salário 
Maternidade é devido às seguradas empregadas (E), trabalhadoras avulsas (A), empregadas 
domésticas (D), contribuintes individuais (C), facultativas (F) e seguradas especiais (E), por 
ocasião do parto, inclusive o natimorto, aborto não criminoso, adoção ou guarda judicial para 
fins de adoção. 
Aqui vale uma ressalva interessante! 
O Tribunal, por maioria, apreciando o Tema n.º 72 da repercussão geral, deu provimento ao 
RE 576.967, para declarar, incidentalmente, a inconstitucionalidade da incidência de 
contribuição previdenciária sobre o salário maternidade, prevista no Art. 28, § 2.º, da Lei n.º 
8.212/1991, e a parte final do seu § 9.º, alínea “a”, em que se lê “salvo o salário maternidade”. 
Foi fixada a seguinte tese: “É inconstitucional a incidência da contribuição previdenciária a 
cargo do empregador sobre o salário maternidade” 
O que levar para a prova? Como sempre, adote a lei quando a questão cobrar a legislação ou 
nada falar e adote a jurisprudência somente quando a questão for expressa (“conforme 
entendimento do STF”, “de acordo com a posição do supremo”, etc.). 
 
GABARITO: Certo. 
 
QUESTÃO 02. O trabalhador rural e o trabalhador urbano, em condições paritárias e 
equivalentes, devem ter acesso aos mesmos benefícios e serviços securitários. Tal corolário 
encontra amparo no Art. 5.º de nossa Carta Magna (“todos são iguais perante a lei, sem 
distinção de qualquer natureza”) e está expresso como objetivo da seguridade social: 
seletividade e distributividade na prestação dos benefícios e serviços. 
CERTO ( ) ERRADO ( ) 
Direito Previdenciário | Prof. Ali Jaha 
Semana de Super-Revisão - INSS 2022 
www.focusconcursos.com.br | 5 
 
Comentário 
Uniformidade e equivalência dos benefícios e serviços às populações urbanas e rurais (UEBS): 
Esse princípio segue o alinhamento do Direito do Trabalho, presente na CF/1988, e prevê que 
não deve haver diferença entre trabalhadores urbanos e rurais. 
A prestação do benefício ou do serviço ao segurado deve ser o mesmo, independentemente 
de ser ele um trabalhador do campo ou da cidade. 
O benefício de aposentadoria, por exemplo, não pode ser de valor inferior aos trabalhadores 
rurais, bem como o atendimento médico posto à disposição do mesmo, de qualidade inferior 
aos prestados aos trabalhadores urbanos. 
Tal princípio assegura uma identidade nos eventos sujeitos a cobertura, não impedindo, 
entretanto, que sejam estabelecidas regras distintas para o custeio. 
Numa interpretação mais ampla, constata-se que o princípio da Uniformidade e Equivalência 
dos Benefícios tem inspiração no princípio constitucional da igualdade (“todos são iguais 
perante a lei, sem distinção de qualquer natureza” - CF/1988, Art. 5.º, caput). 
 
GABARITO: Errado. 
 
QUESTÃO 03. Em regra, é vedada a filiação ao regime geral de previdência social, na 
qualidade de segurado facultativo, de pessoa participante de regime próprio de previdência. 
CERTO ( ) ERRADO ( ) 
 
Comentário 
Observe que a pessoa participante do RPPS, em regra, não pode se filiar RGPS na condição 
de segurado facultativo, só porque está sobrando uma graninha no final do mês! 
Entretanto, se estiver afastado, sem receber e sem contribuir para o seu RPPS, pode sim 
ingressar como segurado facultativo no RGPS. 
 
GABARITO: Certo. 
 
Direito Previdenciário | Prof. Ali Jaha 
Semana de Super-Revisão - INSS 2022 
www.focusconcursos.com.br | 6 
 
QUESTÃO 04. É segurado facultativo no RGPS o aprendiz, maior de 14 e menor de 24 anos, 
ressalvado o portador de deficiência, ao qual não se aplica o limite máximo de idade, sujeito 
à formação técnico-profissional metódica, sob a orientação de entidade qualificada, 
conforme disposto na CLT. 
CERTO ( ) ERRADO ( ) 
 
Comentário: 
É Empregado! 
17. O aprendiz, maior de 14 e menor de 24 anos, ressalvado o portador de deficiência, ao qual 
não se aplica o limite máximo de idade, sujeito à formação técnico-profissional metódica, 
sob a orientação de entidade qualificada, conforme disposto na Consolidação das Leis do 
Trabalho (CLT). 
Esse dispositivo prevê que o aprendiz, a partir dos 14 anos, é segurado empregado. Essa 
condição, em regra, perdura até os 24 anos exceto se o aprendiz for portador de deficiência, 
que nesse caso, não observará o referido limite. 
Além da limitação de idade, a empresa deve fornecer formação técnico-profissional ao 
aprendiz. Esse enquadramento não tem cara de questão de prova??? 
 
GABARITO: Errado. 
 
QUESTÃO 05. Mantém a qualidade de segurado, mesmo sem contribuir para o RGPS por até 
seis meses, após o licenciamento, o segurado incorporado às forças armadas para prestar 
serviço militar. 
CERTO ( ) ERRADO ( ) 
 
Comentário: 
- Sem limite de prazo: Em gozo de benefício, exceto do auxílio acidente (Lei n.º 13.846/2019). 
- Até 12m: Após cessar benefício por incapacidade. 
- Até 12m: Após a cessação das contribuições para o RGPS (não exerce mais atividade 
remunerada). 
Direito Previdenciário | Prof. Ali Jaha 
Semana de Super-Revisão - INSS 2022 
www.focusconcursos.com.br | 7 
→ Se tiver mais de 120 contribuições, recebe mais 12m. 
→ Se o desemprego for involuntário, recebe mais 12m. 
PG = Não contribui, mas mantém a qualidade de segurado 
- Até 12m: Após cessar a segregação compulsória (doença). 
- Até 12m: Após livramento do detido ou recluso. 
- Até 3m: Após licenciamento, o segurado incorporado às Forças Armadas. 
- Até 6m: Após a cessação das contribuições do Segurado Facultativo. 
 
GABARITO: Errado. 
 
QUESTÃO 06. Gilmar é um pequeno produtor rural, que realiza tal atividade em regime de 
economia familiar.Perante a previdência, ele e seu núcleo familiar se classificam como 
segurados especiais. Nessa situação, a contribuição devida pelo Gilmar será de 1,2% sobre a 
receita bruta de comercialização de sua produção. 
CERTO ( ) ERRADO ( ) 
 
Comentário: 
PRPF e Segurado Especial: 1,2% + 0,1% (GILRAT) x RBC. 
Consórcio Simplificado de Produtores Rurais = PRPF: 1,2% + 0,1% (GILRAT) x RBC. 
PRPJ: 1,7% + 0,1% (GILRAT) x RBC. 
Agroindústria: 2,5% + 0,1% (GILRAT) x RBC. 
Cooperativa de Produção Rural (CPR): quando contrata empregados exclusivamente para 
colheita da produção, a CPR arcará com a contribuição de 1,7% + 0,1% (GILRAT), no caso em 
que a contratação for realizada por PJ ou com a contribuição de 1,2% + 0,1% (GILRAT), no caso 
em que a contratação for realizada por PF. 
 
GABARITO: Certo. 
 
 
Direito Previdenciário | Prof. Ali Jaha 
Semana de Super-Revisão - INSS 2022 
www.focusconcursos.com.br | 8 
 
QUESTÃO 07. As diárias para viagens, desde que superiores a 50% da remuneração normal 
do trabalhador, são consideradas parcelas integrantes do salário de contribuição. 
CERTO ( ) ERRADO ( ) 
 
Comentário: 
Com o advento da Lei n.º 13.467/2017, qualquer diária recebida pelo trabalhador será 
considerada parcela não integrante do salário de contribuição, ou seja, não incide contribuição 
previdenciária. 
Atualmente, pouco importa se o valor das diárias excede ou não a 50% da remuneração original 
do trabalhador. Essa foi uma alteração importantíssima operada em 2017. 
 
GABARITO: Errado. 
 
QUESTÃO 08. Atualmente, quanto as contribuições sociais controladas pela RFB, tem-se que 
o prazo decadencial é de dez anos, ao passo que o prazo prescricional segue o exposto no 
CTN, ou seja, é de apenas cinco anos. 
CERTO ( ) ERRADO ( ) 
 
Comentário: 
Em um esquema bem simples: 
 
 
 
 
 
 
 
(Autoria: Ali Mohamad Jaha) 
Prazo 
Prescricional 
Fato 
Gerador 
Constituição 
do CT 
(Lançamento) 
Cobrança 
do CT 
5 
Anos 
5 
Anos 
Prazo 
Decadencial 
Direito Previdenciário | Prof. Ali Jaha 
Semana de Super-Revisão - INSS 2022 
www.focusconcursos.com.br | 9 
 
Sobre esse assunto, até o ano de 2008 discutia-se o prazo de decadência e prescrição das 
contribuições sociais. Esse dilema estava no fato de a Lei n.º 8.212/1991 (Plano de Custeio da 
Previdência Social) prever que o prazo decadencial e prescricional das contribuições sociais era 
de 10 anos, ao passo que o Código Tributário Nacional de 1966 (CTN/1966) sempre definiu que 
o prazo decadencial e prescricional dos tributos em geral era de 5 anos. 
Existiam doutrinadores apoiando as duas correntes e as provas objetivas de concursos 
cobravam, ora a literalidade do CTN (5 anos), ora a literalidade da Lei n.º 8.212/1991 (10 anos). 
Finalmente, em 2008, após incontáveis demandas judiciais, o Supremo Tribunal Federal (STF) 
publicou a seguinte Súmula Vinculante: 
Súmula Vinculante n.º 08/2008: são inconstitucionais o parágrafo único do artigo 5.º do 
Decreto-Lei n.º 1.569/1977 e os artigos 45 e 46 da Lei n.º 8.212/1991, que tratam de 
prescrição e decadência de crédito tributário. 
 
GABARITO: Errado. 
 
QUESTÃO 09. A inscrição no RGPS é o marco inicial da história previdenciária do segurado. 
CERTO ( ) ERRADO ( ) 
 
Conforme dispõe a doutrina majoritária, como a da ilustríssima Dr.ª Marisa Ferreira do Santos, 
Desembargadora do Tribunal Regional Federal da 3.ª Região, a filiação ao RGPS é o marco 
inicial da história previdenciária do segurado. 
Em outras palavras, a filiação é o vínculo que se estabelece entre o segurado e a Previdência 
Social, constituindo uma relação jurídica, da qual decorrem direitos e obrigações para ambas 
as partes. 
 
GABARITO: Errado. 
 
QUESTÃO 10. É assegurado aos seringueiros recrutados nos termos da lei que tenham 
trabalhado durante a segunda guerra mundial nos seringais da região amazônica e que não 
possuam meios para a sua subsistência e da sua família, o pagamento de pensão mensal 
Direito Previdenciário | Prof. Ali Jaha 
Semana de Super-Revisão - INSS 2022 
www.focusconcursos.com.br | 10 
 
vitalícia correspondente ao valor de dois salários mínimos vigentes no país. Tal benefício é 
intrasferível. 
CERTO ( ) ERRADO ( ) 
 
Cabe ressaltar que a referida Pensão Mensal teve sua concessão regulamentada por meio da 
Lei n.º 7.986/1989, que prevê que o valor do benefício será de R$ 2.424,00 (Portaria 
Interministerial MTP/ME n.º 12/2022). Sobre a referida Lei, tem-se os seguintes dispositivos: 
 
Art. 1.º É assegurado aos seringueiros recrutados nos termos da lei que tenham trabalhado 
durante a Segunda Guerra Mundial nos Seringais da Região Amazônica e que não possuam 
meios para a sua subsistência e da sua família, o pagamento de pensão mensal vitalícia 
correspondente ao valor de 2 salários mínimos vigentes no País. 
Parágrafo único. O benefício a que se refere este artigo estende-se aos seringueiros que, 
atendendo ao chamamento do governo brasileiro, trabalharam na produção de borracha, na 
região Amazônica, contribuindo para o esforço de guerra. 
ART. 2.º O BENEFÍCIO DE QUE TRATA ESTA LEI É TRANSFERÍVEL AOS DEPENDENTES 
QUE COMPROVEM O ESTADO DE CARÊNCIA. 
 
GABARITO: Errado. 
 
QUESTÃO 11. O auxílio por incapacidade temporária será devido ao segurado que, uma vez 
cumprido, quando for o caso, o período de carência exigido, ficar incapacitado para o seu 
trabalho ou para a sua atividade habitual por mais de trinta dias consecutivos, conforme 
definido em avaliação médico-pericial. 
CERTO ( ) ERRADO ( ) 
 
Comentário: 
O Auxílio por Incapacidade Temporária será devido ao segurado que, uma vez cumprido, 
quando for o caso, o período de carência exigido (12 contribuições), ficar incapacitado para o 
seu trabalho ou para a sua atividade habitual por mais de 15 dias consecutivos, conforme 
definido em avaliação médico-pericial. 
Direito Previdenciário | Prof. Ali Jaha 
Semana de Super-Revisão - INSS 2022 
www.focusconcursos.com.br | 11 
GABARITO: Errado. 
 
QUESTÃO 12. Para abarcar essa situação de trânsito entre regimes (RGPS e RPPS), foi criado 
o instituto da Contagem Recíproca do Tempo de Contribuição (CRTC), presente na legislação 
previdenciária nacional, sob o intuito de levar a contagem de tempo de um regime para outro, 
preenchendo os requisitos legais para a concessão de benefícios previdenciários no regime 
em que se encontra o trabalhador. Em suma, é o instituto criado para o trabalhador não 
perder o tempo já trabalhado em outro regime. 
CERTO ( ) ERRADO ( ) 
 
Comentário: 
Para abarcar essa situação de trânsito entre regimes (RGPS e RPPS), foi criado o instituto da 
Contagem Recíproca do Tempo de Contribuição (CRTC), presente na legislação 
previdenciária nacional, sob o intuito de levar a contagem de tempo de um regime para outro, 
preenchendo os requisitos legais para a concessão de benefícios previdenciários no regime em 
que se encontra o trabalhador. Em suma, é o instituto criado para o trabalhador não perder o 
tempo já trabalhado em outro regime. 
 
GABARITO: Certo. 
 
QUESTÃO 13. São equiparadas ao acidente de trabalho: a doença degenerativa; a inerente 
ao grupo etário, e; a que não produza incapacidade laborativa. 
CERTO ( ) ERRADO ( ) 
 
Comentário: 
Dando continuidade, devemos ter cuidado pois algumas doenças NÃO são classificadas 
como Doença do Trabalho, logo, também NÃO são equiparadas ao Acidente do 
Trabalho, a saber: 
a) A doença degenerativa; 
b) A inerente a grupo etário; 
c) A que não produza incapacidade laborativa, e; 
d) A doença endêmica adquirida por segurado habitante de região em que ela se desenvolva, 
Direito Previdenciário | Prof. Ali Jaha 
Semana de Super-Revisão - INSS 2022 
www.focusconcursos.com.br | 12 
 
salvo comprovação de que é resultante de exposição ou contato direto determinado pela 
naturezado trabalho. 
 
GABARITO: Errado. 
 
QUESTÃO 14. Desde os primórdios da carta magna vigente, a seguridade social apresenta 
caráter democrático e descentralizado da administração, mediante gestão quadripartite, com 
participação dos trabalhadores, dos empregadores, dos aposentados e do Governo nos 
órgãos colegiados. 
CERTO ( ) ERRADO ( ) 
 
Comentário: 
Não. Foi após a EC n.º 20/1998 que o governo entrou como quarto elemento na gestão da 
seguridade social. 
 
Art. 194. A seguridade social compreende um conjunto integrado de ações de iniciativa dos 
Poderes Públicos e da sociedade, destinadas a assegurar os direitos relativos à saúde, à 
previdência e à assistência social. 
 
Redação Original - Revogada: 
VII - Caráter democrático e descentralizado da gestão administrativa, com a participação da 
comunidade, em especial de trabalhadores, empresários e aposentados. 
 
Redação Atual - EC n.º 20/1998: 
VII - Caráter democrático e descentralizado da administração, mediante gestão quadripartite, 
com participação dos trabalhadores, dos empregadores, dos aposentados e do GOVERNO nos 
órgãos colegiados. 
(Redação dada pela EC n.º 20/1998) 
 
GABARITO: Errado 
Direito Previdenciário | Prof. Ali Jaha 
Semana de Super-Revisão - INSS 2022 
www.focusconcursos.com.br | 13 
 
QUESTÃO 15. O valor do benefício de prestação continuada concedido a idoso será 
computado no cálculo da renda mensal bruta familiar para fins de concessão do benefício de 
prestação continuada a outro idoso da mesma família. 
CERTO ( ) ERRADO ( ) 
 
Comentário: 
Decreto n.º 6.214/2007: Art. 19. O Benefício de Prestação Continuada (BPC) será devido a mais 
de um membro da mesma família enquanto atendidos os requisitos exigidos neste 
Regulamento. 
Parágrafo Único. O valor do Benefício de Prestação Continuada (BPC) concedido a idoso 
NÃO será computado no cálculo da renda mensal bruta familiar a que se refere o inciso 
VI do Art. 4.º, para fins de concessão do Benefício de Prestação Continuada (BPC) a 
outro idoso da mesma família. 
 
GABARITO: Errado 
 
QUESTÃO 16. Em 1990, após a extinção do INAMPS, da LBA, da FUNABEM e da CEME, é 
criado o novíssimo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), resultado da fusão do INPS 
com o IAPAS. 
CERTO ( ) ERRADO ( ) 
 
Comentário: 
A CF/1988, em seu Art.194, traz a atual definição de Seguridade Social, como podemos 
observar: 
A Seguridade Social compreende um conjunto integrado de ações de iniciativa dos Poderes 
Públicos e da sociedade, destinadas a assegurar os direitos relativos à Saúde, à Previdência e 
à Assistência Social. 
Nesse momento nasceu o conceito de Seguridade Social que compreende as três áreas: 
Previdência, Assistência e Saúde. 
 
Direito Previdenciário | Prof. Ali Jaha 
Semana de Super-Revisão - INSS 2022 
www.focusconcursos.com.br | 14 
 
Em 1990, após as definições de Seguridade, Previdência, Assistência e Saúde trazidas pela nova 
Constituição, o governo federal realizou uma grande e definitiva alteração no sistema 
previdenciário: extinguiu-se o SINPAS, bem como o INAMPS, a LBA, a FUNABEM, e a CEME. 
Por sua vez, com o advento da Lei n.º 8.029/1990 foi criado o Instituto Nacional do Seguro 
Social (INSS) através da fusão do INPS com o IAPAS. 
Com a extinção do INAMPS, foi instituído o SUS (Sistema Único de Saúde), ou seja, atualmente 
não existe nenhuma autarquia cuidando da saúde. Dessa forma, a Assistência Social e a Saúde 
têm suas ações coordenadas diretamente pelos seus respectivos ministérios. 
 
GABARITO: Certo. 
 
QUESTÃO 17. O regime de repartição, adotado pela previdência social pátria, é aquele em 
que as pessoas que estão na ativa contribuem para o sistema, ou seja, são essas pessoas que 
custeiam os benefícios de quem já os recebe. 
CERTO ( ) ERRADO ( ) 
 
Comentário: 
Nos dias de hoje, são duas as formas existentes para gerar os recursos que se transformarão 
em benefícios no sistema previdenciário: o Regime de Repartição e o Regime de 
Capitalização. 
O Regime de Repartição, adotado pela Previdência Social pátria, é aquele em que as pessoas 
que estão na ativa (trabalhando) contribuem para o sistema, ou seja, são essas pessoas que 
custeiam os benefícios de quem já os recebe (inativos). 
Também classificado como Pacto de Gerações, tal regime não apresenta grandes problemas 
quando é alto o número de quem trabalha e contribui para assegurar pagamento aos 
beneficiários. 
 
GABARITO: Certo. 
 
QUESTÃO 18. Conforme preconiza a legislação previdenciária, o médico residente se 
classifica como segurado empregado ao passo que o médico plantonista é um contribuinte 
Direito Previdenciário | Prof. Ali Jaha 
Semana de Super-Revisão - INSS 2022 
www.focusconcursos.com.br | 15 
 
individual. 
CERTO ( ) ERRADO ( ) 
 
Comentário: 
Médico Residente → Contribuinte Individual 
Médico Plantonista → Empregado 
 
GABARITO: Errado. 
 
QUESTÃO 19. O empregado, o doméstico, o avulso e o contribuinte individual contribuem 
com as seguintes alíquotas progressivas incidentes sobre sua base tributável: 7,5%; 9,0%; 
12,0%, e; 14,0%. 
CERTO ( ) ERRADO ( ) 
 
Comentário: 
Empregado, Empregado Doméstico e Trabalhador Avulso: 7,5%, 9,0%, 12,0% ou 14,0% do SC, 
a depender do valor do SC. 
Contribuinte Individual: 20,0% (autônomo ou EBAS) ou 11,0% (Empresa) do SC. 
Contribuinte Individual Condutor Autônomo e situações assemelhadas: 20,0% x BCR, onde BCR 
= 20,0% do valor do serviço de transporte. 
Contribuinte Individual - contribuição mínima: 11,0% x salário mínimo. 
 
GABARITO: Errado. 
 
QUESTÃO 20. Luan, professor de direito tributário, ministra aulas em diversos cursos 
preparatórios pelo seu estado. Ao fornecer o uso de suas aulas em vídeo, ele está cedendo, 
de forma onerosa, seus direitos autorais. Sobre os valores recebidos em função dessa cessão 
 
Direito Previdenciário | Prof. Ali Jaha 
Semana de Super-Revisão - INSS 2022 
www.focusconcursos.com.br | 16 
 
onerosa não incidem contribuição previdenciária. 
CERTO ( ) ERRADO ( ) 
 
Comentário: 
33. Os valores recebidos em decorrência da cessão de direitos autorais. 
Esse dispositivo foi um incentivo do legislador à criação intelectual, pois os valores recebidos 
em decorrência de cessão de direitos autorais referentes a livros, músicas, filmes, entre outras 
produções, são considerados parcelas não integrantes de SC. 
A cessão de direitos autorais está prevista na Lei n.º 9.610/1998 (Legislação sobre Direitos 
Autorais), que assim define: 
Art. 49. Os direitos de autor poderão ser total ou parcialmente transferidos a terceiros, por ele 
ou por seus sucessores, a título universal ou singular, pessoalmente ou por meio de 
representantes com poderes especiais, por meio de licenciamento, concessão, cessão ou por 
outros meios admitidos em Direito. 
Art. 50. A cessão total ou parcial dos direitos de autor, que se fará sempre por escrito, presume-
se onerosa. 
Em suma, conforme legislação específica, a cessão de direitos autorais sempre será onerosa, o 
que significa dizer que não existe cessão gratuita de direitos autorais. E sobre essa oneração 
não incidirá contribuição social. 
 
GABARITO: Certo. 
 
QUESTÃO 21. Quanto aos conceitos tributários quer permeiam o Direito Previdenciário, tem-
se que a remissão é o perdão da infração tributária cometida e que a anistia é o perdão do 
crédito tributário constituído. 
CERTO ( ) ERRADO ( ) 
 
Comentário: 
A remissão é o perdão do crédito tributário devido. Imagine que Agenor esteja devendo 
alguns milhares de reais em Imposto de Renda (IR) para a Receita Federal do Brasil e o Poder 
Executivo federal publique uma lei perdoando tais créditos para determinados contribuintes, 
Direito Previdenciário | Prof. Ali Jaha 
Semana de Super-Revisão - INSS 2022 
www.focusconcursos.com.br | 17 
 
incluindo o Agenor. Nesse caso,estamos diante da remissão (perdão) do crédito tributário. 
Somente o crédito foi extinto, as multas continuam em cobrança. 
Por outro lado, a anistia é o perdão da infração. Enquanto a remissão ataca o crédito 
tributário, a anistia ataca a infração decorrente do crédito tributário, ou seja, a penalidade (a 
multa). 
 
GABARITO: Errado. 
 
QUESTÃO 22. Quanto a pensão devida aos portadores da síndrome de Talidomida, tem-se 
que o benefício é de natureza indenizatória, não prejudicando eventuais benefícios de 
natureza previdenciária, e não poderá ser reduzido em razão de eventual aquisição de 
capacidade laborativa ou de redução de incapacidade para o trabalho, ocorridas após a sua 
concessão. 
CERTO ( ) ERRADO ( ) 
 
Comentário: 
Observe os principais pontos da Lei n.º 7.070/1982 (atualizada até a Lei n.º 12.190/2010): 
Art. 3.º A pensão especial de que trata esta Lei, ressalvado o direito de opção, não é acumulável 
com rendimento ou indenização que, a qualquer título, venha a ser pago pela União a seus 
beneficiários, salvo a indenização por dano moral concedida por lei específica. 
§ 1.º O benefício de que trata esta Lei é de natureza indenizatória, não prejudicando 
eventuais benefícios de natureza previdenciária, e não poderá ser reduzido em razão de 
eventual aquisição de capacidade laborativa ou de redução de incapacidade para o trabalho, 
ocorridas após a sua concessão. 
 
GABARITO: Certo. 
 
QUESTÃO 23. No âmbito do INSS e do poder judiciário, a justificativa administrativa ou 
judicial, só produzirá efeito quando for baseada em início de prova material contemporânea 
dos fatos, não admitida a prova exclusivamente testemunhal, exceto na ocorrência de motivo 
 
Direito Previdenciário | Prof. Ali Jaha 
Semana de Super-Revisão - INSS 2022 
www.focusconcursos.com.br | 18 
de força maior ou caso fortuito. 
CERTO ( ) ERRADO ( ) 
 
Comentário: 
Para constar, com o advento da Medida Provisória n.º 871/2019, convertida na Lei n.º 
13.846/2019, ficou consubstanciado que a comprovação do tempo de serviço (e de 
contribuição), inclusive mediante justificativa administrativa ou judicial, só produzirá efeito 
quando for baseada em início de prova material contemporânea dos fatos, não admitida 
a prova exclusivamente testemunhal, exceto na ocorrência de motivo de força maior ou caso 
fortuito, na forma prevista no Regulamento. 
 
GABARITO: Certo. 
 
QUESTÃO 24. O auxílio reclusão, cumprida a carência de vinte e quatro contribuições, será 
devido, nas condições da pensão por morte, aos dependentes do segurado de baixa renda 
recolhido à prisão em regime fechado que não receber remuneração da empresa nem estiver 
em gozo de auxílio por incapacidade temporária, de pensão por morte, de salário 
maternidade, de aposentadoria ou de abono de permanência em serviço. 
CERTO ( ) ERRADO ( ) 
 
Comentário: 
Sobre o Auxílio Reclusão, a legislação traz a seguintes disposições: 
O Auxílio Reclusão, cumprida a carência de 24 contribuições, será devido, nas condições da 
Pensão por Morte, aos dependentes do segurado de baixa renda recolhido à prisão em regime 
fechado que não receber remuneração da empresa nem estiver em gozo de Auxílio por 
Incapacidade Temporária, de Pensão por Morte, de Salário Maternidade, de Aposentadoria ou 
de Abono de Permanência em Serviço (Lei n.º 13.846/2019). 
→ Baixa Renda: Último SC igual ou inferior a R$ 1.655,98. 
Até que lei discipline o valor do auxílio reclusão, seu cálculo se dará na forma da pensão por 
morte, não podendo exceder o valor de 1 salário mínimo (Emenda Constitucional n.º 
103/2019). 
 
Direito Previdenciário | Prof. Ali Jaha 
Semana de Super-Revisão - INSS 2022 
www.focusconcursos.com.br | 19 
GABARITO: Certo. 
 
 
 
QUESTÃO 25. É possível a acumulação de pensão por morte com o recebimento de auxílio 
acidente. 
CERTO ( ) ERRADO ( ) 
 
Sim! Pode! 
 
 
 
GABARITO: Certo. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Direito Previdenciário | Prof. Ali Jaha 
Semana de Super-Revisão - INSS 2022 
www.focusconcursos.com.br | 20 
 
Prof. Ali Jaha
Aposentadoria
Auxílio
Por Incap. Tem
p.
Salário
Fam
ília
Salário
M
aternidade
Auxílio
Acidente
Abono de
Perm
anência*
Pensão
por M
orte
Auxílio
Reclusão
Pecúlios*
Seguro
D
esem
prego
BPC
LO
AS
Aposentadoria
N
ÃO
N
ÃO
N
ÃO
N
ÃO
N
ÃO
N
ÃO
N
ÃO
Auxílio
Por Incap. Tem
p.
N
ÃO
N
ÃO
N
ÃO
N
ÃO
 (1)
N
ÃO
N
ÃO
N
ÃO
Salário
Fam
ília
N
ÃO
N
ÃO
Salário
M
aternidade
N
ÃO
N
ÃO
 (3)
N
ÃO
N
ÃO
Auxílio
Acidente
N
ÃO
N
ÃO
 (1)
N
ÃO
N
ÃO
Abono de
Perm
anência*
N
ÃO
N
ÃO
N
ÃO
Pensão
por M
orte
N
ÃO
N
ÃO
Auxílio
Reclusão
N
ÃO
N
ÃO
N
ÃO
 (3)
N
ÃO
N
ÃO
 (2)
N
ÃO
Pecúlios*
N
ÃO
N
ÃO
Seguro
D
esem
prego
N
ÃO
N
ÃO
N
ÃO
N
ÃO
N
ÃO
N
ÃO
N
ÃO
BPC
LO
AS
N
ÃO
N
ÃO
N
ÃO
N
ÃO
N
ÃO
N
ÃO
N
ÃO
N
ÃO
N
ÃO
N
ÃO
N
ÃO
O
BS. 2: O
 Abono de Perm
anência e os Pecúlios estão extintos desde 1994.
(1) N
ão pode se for referente ao m
esm
o acidente ou doença.
(2) Q
uando for de cônjuge ou com
panheiro, opta-se pelo m
ais vantajoso.
(3) Salário M
aternidade do dependente.
O
BS. 1: N
ão pode a cum
ular Salário M
aternidade com
 Aposentadoria por Incapacidade Perm
anente.
Direito Previdenciário | Prof. Ali Jaha 
Semana de Super-Revisão - INSS 2022 
www.focusconcursos.com.br | 21 
 
QUESTÃO 26. Observados critérios a serem estabelecidos em lei do respectivo ente 
federativo, o servidor titular de cargo efetivo que tenha completado as exigências para a 
aposentadoria programada e que opte por permanecer em atividade poderá fazer jus a um 
abono de permanência equivalente, no máximo, ao valor da sua contribuição previdenciária, 
até completar a idade para aposentadoria compulsória. 
CERTO ( ) ERRADO ( ) 
 
Comentário: 
CF/1988, Art. 40, § 19. Observados critérios a serem estabelecidos EM LEI do respectivo ente 
federativo, o servidor titular de cargo efetivo que tenha completado as exigências para a 
aposentadoria programada e que opte por permanecer em atividade poderá fazer jus a um 
abono de permanência equivalente, no máximo, ao valor da sua contribuição previdenciária, 
até completar a idade para aposentadoria compulsória (Redação dada pela Emenda 
Constitucional n.º 103/2019). 
→ Até que entre em vigor LEI federal de que trata o § 19 do Art. 40 da Constituição Federal, o 
servidor público federal que cumprir as exigências para a concessão da aposentadoria 
programada, nos termos do disposto nos Arts. 4.º, 5.º, 20, 21 e 22 e que optar por permanecer 
em atividade, fará jus a um abono de permanência equivalente ao valor da sua contribuição 
previdenciária, até completar a idade para aposentadoria compulsória. 
 
GABARITO: Certo. 
 
QUESTÃO 27. O benefício de prestação continuada não está sujeito a desconto de qualquer 
contribuição e não gera direito ao pagamento de abono anual. não obstante, tal benefício é 
intransferível, não gerando direito à pensão por morte aos herdeiros ou sucessores. 
CERTO ( ) ERRADO ( ) 
 
Comentário: 
Decreto n.º 6.214/2007: 
Art. 22. O Benefício de Prestação Continuada (BPC) não está sujeito a desconto de qualquer 
contribuição e não gera direito ao pagamento de abono anual. 
Direito Previdenciário | Prof. Ali Jaha 
Semana de Super-Revisão - INSS 2022 
www.focusconcursos.com.br | 22 
 
Art. 23. O Benefício de Prestação Continuada (BPC) é intransferível, não gerando direito à 
pensão por morte aos herdeiros ou sucessores. 
Parágrafo Único. O valor do resíduo não recebido em vida pelo beneficiário será pago aos 
seus herdeiros ou sucessores, na forma da lei civil. 
 
GABARITO: Certo. 
 
QUESTÃO 28. A Saúde é direito de todos e dever do Estado, garantido mediante políticas 
sociais e econômicas que visem à redução do risco de doença e de outros agravos e ao acesso 
universal e igualitário às ações e serviços para sua promoção, proteçãoe recuperação. 
CERTO ( ) ERRADO ( ) 
 
Comentário: 
Na CF/1988, o Art. 196 traz as linhas gerais sobre a Saúde: 
A Saúde é direito de todos e dever do Estado, garantido mediante políticas sociais e 
econômicas que visem à redução do risco de doença e de outros agravos e ao acesso universal 
e igualitário às ações e serviços para sua promoção, proteção e recuperação. 
Do artigo acima conseguimos vislumbrar que a saúde é um direito de todos, não se exigindo 
nenhuma contribuição por parte da pessoa usuária. 
 
GABARITO: Certo. 
 
QUESTÃO 29. O auxílio acidente será concedido, como indenização, ao segurado empregado 
, inclusive o doméstico, ao trabalhador avulso, ao contribuinte individual e ao segurado 
especial quando, após a consolidação das lesões decorrentes de acidente de qualquer 
natureza, resultar sequela definitiva que implique redução da capacidade para o trabalho que 
habitualmente exercia. 
CERTO ( ) ERRADO ( ) 
 
 
Direito Previdenciário | Prof. Ali Jaha 
Semana de Super-Revisão - INSS 2022 
www.focusconcursos.com.br | 23 
Comentário: 
O Auxílio Acidente será concedido, como indenização, ao segurado empregado (E), inclusive o 
doméstico (D), ao trabalhador avulso (A) e ao segurado especial (S) quando, após a 
consolidação das lesões decorrentes de acidente de qualquer natureza, resultar sequela 
definitiva que implique redução da capacidade para o trabalho que habitualmente 
exercia (Decreto n.º 10.410/2020). 
 
GABARITO: Errado. 
 
QUESTÃO 30. Nos dias atuais, o sistema previdenciário pátrio é composto de três regimes 
distintos, sendo dois obrigatórios - um geral e outros próprios - e um complementar e 
facultativo. 
CERTO ( ) ERRADO ( ) 
 
Comentário: 
Atualmente, conforme dispõe a Constituição Federal, a Previdência Social no Brasil é composta 
por TRÊS REGIMES: 
a) Regime Geral de Previdência Social (RGPS): Operado pelo INSS, uma autarquia pública, e de 
filiação obrigatória para os trabalhadores regidos pela CLT (iniciativa privada e algumas 
instituições públicas) - CF/1988, Art. 201; 
b) Regime Próprio de Previdência Social (RPPS): Instituído por entes políticos (União, Estados, 
Distrito Federal e Municípios), de observância obrigatória aos servidores públicos titulares de 
cargos efetivos (os “estatutários”, que se regem por um Estatuto e não pela CLT) - CF/1988, Art. 
40, e; 
c) Regime de Previdência Complementar (RPC): Operado por Entidades Abertas e Fechadas de 
Previdência Complementar, regime privado, com filiação facultativa, criado com a finalidade 
de proporcionar uma renda adicional ao trabalhador, para que complemente a sua previdência 
oficial (RGPS ou RPPS) - CF/1988, Art. 202. 
 
 
 
 
Direito Previdenciário | Prof. Ali Jaha 
Semana de Super-Revisão - INSS 2022 
www.focusconcursos.com.br | 24 
 
 
 
 
 
 
 
 
(Autoria: Ali Mohamad Jaha) 
 
GABARITO: Certo. 
 
QUESTÃO 31. É segurado especial o produtor, seja ele proprietário, usufrutuário, possuidor, 
assentado, parceiro ou meeiro outorgados, comodatário ou arrendatário rurais, que explore 
atividade: a) agropecuária em área contínua ou não de até 4 módulos fiscais ou; b) de 
seringueiro ou extrativista vegetal na coleta e extração, de modo sustentável, de recursos 
naturais renováveis, e faça dessas atividades o principal meio de vida. 
CERTO ( ) ERRADO ( ) 
 
Comentário: 
Essa é a definição legal para Segurado Especial: 
São segurados obrigatórios da previdência social classificados na qualidade de segurado 
especial, a pessoa física residente no imóvel rural ou em aglomerado urbano ou rural próximo 
que, individualmente ou em regime de economia familiar, ainda que com o auxílio eventual 
de terceiros, na condição de: 
a) Produtor, seja ele proprietário, usufrutuário, possuidor, assentado, parceiro ou meeiro 
outorgados, comodatário ou arrendatário rurais, que explore atividade: 
1. Agropecuária em área contínua ou não de até 4 módulos fiscais ou; 
2. De seringueiro ou extrativista vegetal na coleta e extração, de modo sustentável, de 
recursos naturais renováveis, e faça dessas atividades o principal meio de vida. 
Previdência Social RPPS 
RPC 
RGPS 
Direito Previdenciário | Prof. Ali Jaha 
Semana de Super-Revisão - INSS 2022 
www.focusconcursos.com.br | 25 
 
b) Pescador artesanal ou a este assemelhado, que faça da pesca profissão habitual ou 
principal meio de vida, e; 
c) Cônjuge ou companheiro, bem como filho maior de 16 anos de idade ou a este equiparado, 
do segurado de que tratam as alíneas “a” e “b” deste inciso, que, comprovadamente, tenham 
participação ativa nas atividades rurais ou pesqueiras artesanais, respectivamente, do grupo 
familiar. 
 
GABARITO: Certo. 
 
QUESTÃO 32. Constituem outras receitas da seguridade social, entre outras, 40% do 
resultado dos leiloes dos bens apreendidos pela Secretaria da Receita Federal do Brasil. 
CERTO ( ) ERRADO ( ) 
 
Comentário: 
Decreto-Lei n.º 1.455/1976: 
- 60% ao Fundo Especial de Desenvolvimento e Aperfeiçoamento das Atividades de Fiscalização 
(FUNDAF) - RFB, e; 
- 40% à Seguridade Social - INSS. 
 
GABARITO: Certo. 
 
QUESTÃO 33. A certidão negativa de débitos (CND) será expedida conjuntamente pela 
Secretaria Especial da Receita Federal do Brasil e pela Procuradoria-Geral da Fazenda 
Nacional do Ministério da Economia, referente aos tributos federais e à dívida ativa da união 
por elas administrados, será de até 180 dias, contado data de emissão da certidão, 
prorrogável, excepcionalmente, em caso de calamidade pública, pelo prazo determinado em 
ato conjunto dos referidos órgãos. 
CERTO ( ) ERRADO ( ) 
 
 
Direito Previdenciário | Prof. Ali Jaha 
Semana de Super-Revisão - INSS 2022 
www.focusconcursos.com.br | 26 
Comentário: 
Lei n.º 8.212/1991, Art. 47. § 5.º O prazo de validade da certidão expedida conjuntamente pela 
Secretaria Especial da Receita Federal do Brasil e pela Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional 
do Ministério da Economia, referente aos tributos federais e à dívida ativa da União por elas 
administrados, SERÁ DE ATÉ 180 DIAS, contado data de emissão da certidão, prorrogável, 
excepcionalmente, em caso de calamidade pública, pelo prazo determinado em ato conjunto 
dos referidos órgãos (Medida Provisória n.º 927/2020). 
 
GABARITO: Certo. 
 
QUESTÃO 34. O desconto da contribuição do segurado incidente sobre o valor bruto da 
gratificação natalina é devido quando do pagamento ou crédito da última parcela e deverá 
ser calculado em separado, sem compensação dos adiantamentos pagos, mediante 
aplicação, em separado, da alíquota de 7,5%, 9,0%, 12,0% ou 14,0%, e recolhida, juntamente 
com a contribuição a cargo da empresa, até o dia 20 do mês de dezembro, antecipando-se 
o vencimento para o dia útil imediatamente anterior se não houver expediente bancário no 
dia 20. 
CERTO ( ) ERRADO ( ) 
 
Comentário: 
A legislação previdenciária tem as seguintes previsões sobre o recolhimento de contribuições 
sociais referentes à gratificação natalina. 
O desconto da contribuição do segurado incidente sobre o valor bruto da Gratificação Natalina 
(13.º Salário) é devido quando do pagamento ou crédito da última parcela e deverá ser 
calculado em separado, sem compensação dos adiantamentos pagos, mediante aplicação, em 
separado, da alíquota de 7,5%, 9,0%, 12,0% ou 14,0%, e recolhida, juntamente com a 
contribuição a cargo da empresa, até o dia 20 do mês de dezembro, antecipando-se o 
vencimento para o dia útil imediatamente anterior se não houver expediente bancário no dia 
20. 
GABARITO: Certo. 
 
QUESTÃO 35. Quanto ao caso das vítimas da hemodiálise de Caruaru-PE, em 1996, foi criada 
uma pensão especial mensal, retroativa à data do óbito, no valor de três salários mínimos, ao 
Direito Previdenciário | Prof. Ali Jaha 
Semana de Super-Revisão - INSS 2022 
www.focusconcursos.com.br | 27cônjuge, companheiro ou companheira, descendente, ascendente e colaterais até 2.º grau 
das vítimas fatais de hepatite tóxica, no período compreendido entre 02/1996 e 03/1996, 
mediante evidências clínico-epidemiológicas determinadas pela autoridade competente. 
CERTO ( ) ERRADO ( ) 
 
Comentário: 
Para concluir, observe os principais dispositivos da Lei n.º 9.422/1996: 
Art. 1.º Fica o Poder Executivo autorizado a conceder Pensão Especial Mensal, retroativa à data 
do óbito, NO VALOR DE 1 SALÁRIO MÍNIMO (atualmente, R$ 1.212,00), ao cônjuge, 
companheiro ou companheira, descendente, ascendente e colaterais até 2.º grau das vítimas 
fatais de hepatite tóxica, por contaminação em processo de hemodiálise no Instituto de 
Doenças Renais (IDR), com sede na cidade de Caruaru, no Estado de Pernambuco, no período 
compreendido entre 02/1996 e 03/1996, mediante evidências clínico-epidemiológicas 
determinadas pela autoridade competente. 
Art. 2.º Havendo mais de um pensionista habilitado ao recebimento da pensão de que trata o 
artigo anterior, será rateada entre todos em parte iguais (Lei n.º 8.213/1991, Art. 77). 
 
GABARITO: Errado. 
 
QUESTÃO 36. No caso de falecimento da segurada ou segurado que fizer jus ao recebimento 
do salário maternidade, o benefício será pago, por todo o período ou pelo tempo restante a 
que teria direito, ao cônjuge ou companheiro sobrevivente que tenha a qualidade de 
segurado, exceto no caso do falecimento do filho ou de seu abandono, observadas as normas 
aplicáveis ao salário maternidade. 
CERTO ( ) ERRADO ( ) 
 
Comentário: 
Após inúmeras decisões judiciais favoráveis, a legislação foi finalmente alterada e segue o que 
já determinava a jurisprudência. Em outras palavras, atualmente, no caso de falecimento da 
mãe no parto, o Salário Maternidade será devido ao pai, para que esse cuide do seu filho órfão 
de mãe, como pode ser observado na Lei n.º 8.213/1991: 
Direito Previdenciário | Prof. Ali Jaha 
Semana de Super-Revisão - INSS 2022 
www.focusconcursos.com.br | 28 
Art. 71-B. No caso de falecimento da segurada ou segurado que fizer jus ao recebimento do 
Salário Maternidade, o benefício será pago, por todo o período ou pelo tempo restante a que 
teria direito, ao cônjuge ou companheiro sobrevivente que tenha a qualidade de segurado, 
exceto no caso do falecimento do filho ou de seu abandono, observadas as normas aplicáveis 
ao Salário Maternidade. 
GABARITO: Certo. 
 
QUESTÃO 37. Após inúmeras alterações de cálculo de benefícios, tem-se que o auxílio por 
incapacidade temporária equivale a 50% do salário de benefício do segurado, ao passo que 
o auxílio acidente equivale a 91%. 
CERTO ( ) ERRADO ( ) 
 
Comentário: 
6. Auxílio por Incapacidade Temporária: 91% x SB. Após a cessação do Auxílio por Incapacidade 
Temporária decorrente de acidente de qualquer natureza ou causa, tendo o segurado retornado 
ou não ao trabalho, se houver agravamento ou sequela que resulte na reabertura do benefício, 
a renda mensal será igual a 91% x SB do Auxílio por Incapacidade Temporária cessado, 
corrigido até o mês anterior ao da reabertura do benefício, pelos mesmos índices de correção 
dos benefícios em geral. Exemplo: 
7. Auxílio Acidente: 50% x SB. Será devido até a véspera do início de qualquer aposentadoria 
ou até a data do óbito do segurado. 
 
GABARITO: Errado. 
 
QUESTÃO 38. Com o advento da EC n.º 88/2015 e de sua regulamentação, a Lei 
Complementar n.º 152/2015, a aposentadoria compulsória do servidor público passou 
ocorrer aos setenta e cinco anos de idade. 
CERTO ( ) ERRADO ( ) 
 
Comentário: 
Literalidade! 
GABARITO: Certo. 
Direito Previdenciário | Prof. Ali Jaha 
Semana de Super-Revisão - INSS 2022 
www.focusconcursos.com.br | 29 
QUESTÃO 39. A LOAS instituiu o Conselho Nacional de Assistência Social (CNAS), órgão 
superior de deliberação colegiada, vinculado à estrutura do órgão da Administração Pública 
Federal responsável pela coordenação da Política Nacional de Assistência Social, cujos 
membros, nomeados pelo Presidente da República, têm mandato de um ano, permitida uma 
única recondução por igual período. O CNAS é composto por dezesseis membros e 
respectivos suplentes, cujos nomes são indicados ao órgão da Administração Pública Federal. 
CERTO ( ) ERRADO ( ) 
 
Comentário: 
A LOAS instituiu o Conselho Nacional de Assistência Social (CNAS), órgão superior de 
deliberação colegiada, vinculado à estrutura do órgão da Administração Pública Federal 
responsável pela coordenação da Política Nacional de Assistência Social (atualmente é o 
Ministério da Cidadania), cujos membros, nomeados pelo Presidente da República, têm 
mandato de 2 ANOS, permitida uma única recondução por igual período. 
O CNAS é composto por 18 MEMBROS e respectivos suplentes, cujos nomes são indicados ao 
órgão da Administração Pública Federal, de acordo com os critérios seguintes: 
- 9 representantes governamentais, incluindo 1 representante dos Estados e 1 dos Municípios, 
e; 
- 9 representantes da sociedade civil, dentre representantes dos usuários ou de organizações 
de usuários, das Entidades e Organizações de Assistência Social (EOAS) e dos trabalhadores do 
setor, escolhidos em foro próprio sob fiscalização do Ministério Público Federal. 
O CNAS é presidido por um de seus integrantes, eleito dentre seus membros, para mandato de 
1 ano, permitida uma única recondução por igual período. Além disso, contará com uma 
Secretaria Executiva, a qual terá sua estrutura disciplinada em ato do Poder Executivo. 
 
GABARITO: Errado. 
 
QUESTÃO 40. A previdência social será organizada sob a forma do regime geral de 
previdência social, de caráter contributivo e de filiação facultativa, observados critérios que 
preservem o equilíbrio financeiro e atuarial, e atenderá, na forma da lei, dentre outros, a 
cobertura dos eventos de incapacidade temporária ou permanente para o trabalho e idade 
avançada. 
CERTO ( ) ERRADO ( ) 
Direito Previdenciário | Prof. Ali Jaha 
Semana de Super-Revisão - INSS 2022 
www.focusconcursos.com.br | 30 
Vamos abordar a segunda área da Seguridade Social, e a mais importante para os nossos 
estudos, a Previdência Social. Recorremos mais uma vez aos dispositivos constitucionais: 
Art. 201. A previdência social será organizada sob a forma do Regime Geral de Previdência 
Social, de caráter contributivo e de filiação obrigatória, observados critérios que preservem 
o equilíbrio financeiro e atuarial, e atenderá, na forma da lei, a: 
I - Cobertura dos eventos de incapacidade temporária ou permanente para o trabalho e idade 
avançada; 
II - Proteção à maternidade, especialmente à gestante; 
III - Proteção ao trabalhador em situação de desemprego involuntário; 
IV - Salário Família e Auxílio Reclusão para os dependentes dos segurados de baixa renda, 
e; 
V - Pensão por morte do segurado, homem ou mulher, ao cônjuge ou ao companheiro e aos 
seus dependentes, observado o disposto no § 2.º quando se tratar da única fonte de renda 
formal auferida pelo dependente (valor mínimo de 1 salário mínimo). 
 
GABARITO: Errado. 
 
QUESTÃO 41. É contribuinte individual, perante o regime geral, A pessoa física, proprietária 
ou não, que explora atividade de extração mineral (garimpo), em caráter permanente ou 
temporário, diretamente ou por intermédio de prepostos, com ou sem o auxílio de 
empregados, utilizados a qualquer título, ainda que de forma não contínua. 
CERTO ( ) ERRADO ( ) 
 
Comentário: 
04. A pessoa física, proprietária ou não, que explora atividade de extração mineral (garimpo), 
em caráter permanente ou temporário, diretamente ou por intermédio de prepostos, com ou 
sem o auxílio de empregados, utilizados a qualquer título, ainda que de forma não contínua. 
Esse é o enquadramento do garimpeiro: Contribuinte Individual! Garimpeiro não é 
empregado! Entretanto, o quepoucos estudantes sabem, é que o garimpeiro já teve um 
enquadramento distinto. 
Até 1998 o garimpeiro era considerado Segurado Especial. Entretanto, a Emenda Constitucional 
n.º 20/1998 (Primeira Emenda de Reforma da Previdência) alterou a redação do § 8.º do Art. 
195 da CF/1988, excluindo o garimpeiro dessa condição. 
Direito Previdenciário | Prof. Ali Jaha 
Semana de Super-Revisão - INSS 2022 
www.focusconcursos.com.br | 31 
Com isso, a partir dessa emenda, em 1998, esse segurado passou a ser classificado como 
Contribuinte Individual. 
Não se esqueça, atualmente, garimpeiro é contribuinte individual! Essa é questão manjada 
em concurso, não perca ponto com esse tipo de problema! =) 
GABARITO: Certo. 
 
QUESTÃO 42. Compete à justiça do trabalho processar e julgar a execução, de ofício, da 
contribuição social sobre a folha de salários das empresas e da contribuição social devida 
pelo trabalhador, bem como seus acréscimos legais, decorrentes das sentenças que proferir. 
CERTO ( ) ERRADO ( ) 
 
Comentário: 
Art. 114. Compete à Justiça do Trabalho processar e julgar: 
VIII - A execução, de ofício, das contribuições sociais previstas no Art. 195, inciso I, alínea “a” 
(Cota Patronal da Empresa sobre a Folha de Salários), e inciso II (Contribuição Social do 
Trabalhador), e seus acréscimos legais, decorrentes das sentenças que proferir; 
Apesar de a execução de tributos federais ser uma função privativa da Receita Federal do Brasil 
(RFB), as Emendas Constitucionais n.º 20/1998 e n.º 45/2004 criaram a exceção acima exposta. 
Por seu turno, em 2015, o Supremo Tribunal Federal (STF) publicou a seguinte Súmula 
Vinculante defendendo a execução de ofício pelo Juiz do Trabalho das Contribuições 
Previdenciárias em processos submetidos ao crivo da Justiça do Trabalho: 
Súmula Vinculante n.º 53: A competência da Justiça do Trabalho prevista no Art. 114, inciso 
VIII, da Constituição Federal alcança a execução de ofício das contribuições previdenciárias 
relativas ao objeto da condenação constante das sentenças que proferir e acordos por ela 
homologados. 
 
GABARITO: Certo. 
 
QUESTÃO 43. Nos casos de lançamento de ofício, será aplicada a multa de 75,0% sobre a 
totalidade ou diferença de imposto ou contribuição nos casos de falta de pagamento ou 
recolhimento, de falta de declaração e nos de declaração inexata. 
CERTO ( ) ERRADO ( ) 
Direito Previdenciário | Prof. Ali Jaha 
Semana de Super-Revisão - INSS 2022 
www.focusconcursos.com.br | 32 
Comentário: 
Voltando ao Direito Previdenciário, temos a seguinte disposição presente na Lei n.º 9.430/1996: 
Nos casos de lançamento de ofício, serão aplicadas as seguintes multas: 
1. De 75,0% sobre a totalidade ou diferença de imposto ou contribuição nos casos de falta de 
pagamento ou recolhimento, de falta de declaração e nos de declaração inexata. 
2. De 50,0%, exigida isoladamente, sobre o valor do pagamento mensal em algumas 
hipóteses legais referentes ao Imposto de Renda (multa NÃO aplicável às contribuições 
sociais). 
 
GABARITO: Certo. 
 
QUESTÃO 44. O valor da prestação mensal, permanente e continuada, será igual ao da 
remuneração que o anistiado político receberia se na ativa estivesse, considerada a 
graduação a que teria direito, obedecidos os prazos para promoção previstos nas leis e 
regulamentos vigentes, e asseguradas as promoções ao oficialato, independentemente de 
requisitos e condições, respeitadas as características e peculiaridades dos regimes jurídicos 
dos servidores públicos civis e dos militares, e, se necessário, considerando-se os seus 
paradigmas. 
CERTO ( ) ERRADO ( ) 
 
Comentário: 
A reparação econômica em prestação mensal, permanente e continuada será assegurada aos 
anistiados políticos que comprovarem vínculos com a atividade laboral, à exceção dos que 
optarem por receber em prestação única (benefícios não acumuláveis). 
Neste ponto vale informar que a Reparação em Prestação Mensal SUBSTITUIU tanto a 
Aposentadoria quanto a Pensão Excepcional relativas aos Anistiados Políticos. 
O valor da prestação mensal, permanente e continuada, será igual ao da remuneração que o 
anistiado político receberia se na ativa estivesse, considerada a graduação a que teria direito, 
obedecidos os prazos para promoção previstos nas leis e regulamentos vigentes, e asseguradas 
as promoções ao oficialato, independentemente de requisitos e condições, respeitadas as 
características e peculiaridades dos regimes jurídicos dos servidores públicos civis e dos 
militares, e, se necessário, considerando-se os seus paradigmas. 
Direito Previdenciário | Prof. Ali Jaha 
Semana de Super-Revisão - INSS 2022 
www.focusconcursos.com.br | 33 
GABARITO: Certo. 
 
QUESTÃO 45. Com as atuais regras de cálculo de benefícios, tem-se que a aposentadoria 
programada - que reúne critérios de idade e de tempo de contribuição - apresenta uma renda 
mensal de 60% do salário de benefício, com acréscimo de 1% para cada ano de contribuição 
que superar o tempo de 20 anos de contribuição. 
CERTO ( ) ERRADO ( ) 
 
Comentário: 
1. Aposentadoria Programada: 60% x SB. Com acréscimo de 2% para cada ano de contribuição 
que exceder o tempo de 20 anos de contribuição. 
- Michel cumpriu todos os requisitos para se aposentar voluntariamente no RGPS e conta com 
34 anos de contribuição. Qual será a RMB? 
34 - 20 = 14 x 2% = 28% 
60% + 28% = 88% → RMB = 88% 
 
GABARITO: Errado. 
 
QUESTÃO 46. As reformas constitucionais são uma constante no Direito Previdenciário 
nacional. Sobre o tema, tem-se o salário família até a o advento da EC n.º 41/2003 era um 
benefício devido aos trabalhadores urbanos e rurais de forma geral, sem a adoção do critério 
baixa renda. 
CERTO ( ) ERRADO ( ) 
 
Comentário: 
Com o advento da EMENDA N.º 20/1998, o Salário Família que era devido a todos os 
trabalhadores, passou a ser devido apenas aos trabalhadores de baixa renda, que são aqueles 
que recebem até R$ 1.655,98 por mês. O constituinte derivado limitou o pagamento desse 
benefício com intuito de reduzir drasticamente o gasto do governo. 
 
GABARITO: Errado. 
Direito Previdenciário | Prof. Ali Jaha 
Semana de Super-Revisão - INSS 2022 
www.focusconcursos.com.br | 34 
QUESTÃO 47. O Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) é a unidade pública 
municipal, de base territorial, localizada em áreas com maiores índices de vulnerabilidade e 
risco social, destinada à articulação dos serviços socioassistenciais no seu território de 
abrangência e à prestação de serviços, programas e projetos socioassistenciais de proteção 
social básica às famílias. 
CERTO ( ) ERRADO ( ) 
 
Comentário: 
 
(Autoria: Elizabeth Sato Jaha) 
GABARITO: Certo. 
 
QUESTÃO 48. Nenhum benefício do segurado terá valor mensal inferior ao salário mínimo. 
Nenhum benefício que substitua o Salário de Contribuição ou o rendimento do trabalho do 
segurado terá valor mensal inferior ao salário mínimo. 
CERTO ( ) ERRADO ( ) 
GABARITO: Errado. 
 
QUESTÃO 49. As contribuições sociais incidem sobre a folha das empresas, o faturamento, o 
lucro, a remuneração devida ou paga aos trabalhadores e a produção rural. Entretanto, não 
incide sobre os concursos de loteria e as importações de bens e serviços. 
CERTO ( ) ERRADO ( ) 
CRAS é a unidade pública 
municipal, de base territorial, 
localizada em áreas com maiores 
índices de vulnerabilidade e risco 
social, destinada à articulação 
dos serviços socioassistenciais 
no seu território de abrangência 
e à prestação de serviços, 
programas e projetos 
socioassistenciais de proteção 
social básica às famílias. 
 
CREAS é a unidade pública 
de abrangência e gestão 
municipal, estadual ou 
regional, destinada à 
prestação de serviços a 
indivíduos e famílias que se 
encontram em situação de 
risco pessoal ou social, por 
violação de direitos ou 
contingência,que demandam 
intervenções especializadas 
da proteção social especial. 
Direito Previdenciário | Prof. Ali Jaha 
Semana de Super-Revisão - INSS 2022 
www.focusconcursos.com.br | 35 
Comentário: 
Conforme a legislação previdenciária, constituem contribuições sociais: 
01. As das empresas, incidentes sobre a remuneração paga, devida ou creditada aos 
segurados e demais pessoas físicas a seu serviço, mesmo sem vínculo empregatício; 
02. As dos empregadores domésticos, incidentes sobre o salário de contribuição (SC) dos 
empregados domésticos a seu serviço; 
03. As dos trabalhadores, incidentes sobre seu salário de contribuição (SC); 
04. As das associações desportivas que mantêm equipe de futebol profissional, incidentes 
sobre a receita bruta decorrente dos espetáculos desportivos de que participem em todo 
território nacional em qualquer modalidade desportiva, inclusive jogos internacionais, e de 
qualquer forma de patrocínio, licenciamento de uso de marcas e símbolos, publicidade, 
propaganda e transmissão de espetáculos desportivos; 
05. As incidentes sobre a receita bruta proveniente da comercialização da produção rural; 
06. As das empresas, incidentes sobre a receita ou o faturamento e o lucro; 
07. As incidentes sobre a receita de concursos de prognósticos, e; 
08. As incidentes sobre bens ou serviços importados do exterior, a cargo do importador ou de 
quem a lei a ele equiparar (Texto Constitucional - Emenda Constitucional n.º 42/2003). 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 (Autoria: Elizabeth Sato Jaha) 
Empresas 
(Remuneraç
) 
Empresas 
(Faturamen
Empregado
res 
Domésticos 
Trabalhador
es 
Associações 
Desportivas 
Produção 
Rural 
Concurso 
de 
Prognóstico
CONTRIBUIÇÕ
ES SOCIAIS 
Importação 
(Bens e 
Serviços) 
Direito Previdenciário | Prof. Ali Jaha 
Semana de Super-Revisão - INSS 2022 
www.focusconcursos.com.br | 36 
GABARITO: Errado. 
 
QUESTÃO 50. A entidade beneficente certificada fará jus à isenção do pagamento das 
contribuições sociais previstas em lei, desde que atenda, entre outros, aos seguintes 
requisitos: conserve em boa ordem, pelo prazo de cinco anos, contado da data da emissão, 
os documentos que comprovem a origem e a aplicação de seus recursos e os relativos a atos 
ou operações realizados que impliquem modificação da situação patrimonial. 
CERTO ( ) ERRADO ( ) 
 
Comentário: 
Art. 29. A Entidade Beneficente (EBAS) certificada fará jus à isenção do pagamento das 
contribuições de que tratam o Art. 22 (Cota Patronal de 20,0%, Contribuição de GILRAT de 
1,0%, 2,0% ou 3,0% e Contribuição de 15,0% sobre nota fiscal de serviços prestados por 
cooperativa de trabalho) e o Art. 23 (Contribuição de PIS, COFINS e CSLL) da Lei n.º 8.212/1991, 
desde que atenda, cumulativamente, aos seguintes requisitos: 
I - Não percebam, seus dirigentes estatutários, conselheiros, sócios, instituidores ou benfeitores, 
remuneração, vantagens ou benefícios, direta ou indiretamente, por qualquer forma ou título, 
em razão das competências, funções ou atividades que lhes sejam atribuídas pelos respectivos 
atos constitutivos; 
II - Aplique suas rendas, seus recursos e eventual superávit integralmente no território nacional, 
na manutenção e desenvolvimento de seus objetivos institucionais; 
III - Apresente certidão negativa ou certidão positiva com efeito de negativa de débitos relativos 
aos tributos administrados pela Secretaria da Receita Federal do Brasil (RFB) e certificado de 
regularidade do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS); 
IV - Mantenha escrituração contábil regular que registre as receitas e despesas, bem como a 
aplicação em gratuidade de forma segregada, em consonância com as normas emanadas do 
Conselho Federal de Contabilidade; 
V - Não distribua resultados, dividendos, bonificações, participações ou parcelas do seu 
patrimônio, sob qualquer forma ou pretexto; 
VI - Conserve em boa ordem, pelo prazo de 10 anos, contado da data da emissão, os 
documentos que comprovem a origem e a aplicação de seus recursos e os relativos a 
atos ou operações realizados que impliquem modificação da situação patrimonial; 
VII - Cumpra as obrigações acessórias estabelecidas na legislação tributária, e; 
Direito Previdenciário | Prof. Ali Jaha 
Semana de Super-Revisão - INSS 2022 
www.focusconcursos.com.br | 37 
VIII - Apresente as demonstrações contábeis e financeiras devidamente auditadas por auditor 
independente legalmente habilitado nos Conselhos Regionais de Contabilidade quando a 
receita bruta anual auferida for superior ao limite fixado pela Lei Complementar n.º 123/2006. 
 
GABARITO: Errado. 
 
QUESTÃO 51. A Aposentadoria por Incapacidade Permanente apresenta uma peculiaridade 
em relação às outras modalidades de aposentadoria. Caso o segurado necessitar de 
assistência permanente de outra pessoa será acrescido de quinze por cento o valor de seu 
benefício. 
CERTO ( ) ERRADO ( ) 
 
Comentário: 
A Aposentadoria por Incapacidade Permanente apresenta uma peculiaridade em relação às 
outras modalidades de aposentadoria. Caso o segurado necessitar de assistência permanente 
de outra pessoa será acrescido de 25% o valor de seu benefício. 
GABARITO: Errado. 
 
QUESTÃO 52. O prazo de decadência do direito ou da ação do segurado ou beneficiário para 
a revisão do ato de concessão, indeferimento, cancelamento ou cessação de benefício, do 
ato de deferimento, indeferimento ou não concessão de revisão de benefício é de dez anos. 
CERTO ( ) ERRADO ( ) 
 
Comentário: 
Apresentado os institutos, vamos nos debruçar sobre a legislação previdenciária quanto à parte 
de Benefícios (Lei n.º 8.213/1991), que traz a seguinte disposição: 
O prazo de decadência do direito ou da ação do segurado ou beneficiário para a revisão do ato 
de concessão, indeferimento, cancelamento ou cessação de benefício, do ato de deferimento, 
indeferimento ou não concessão de revisão de benefício é de 10 anos, contado (Lei n.º 
13.846/2019): 
1. Do dia primeiro do mês subsequente ao do recebimento da primeira prestação ou da data 
em que a prestação deveria ter sido paga com o valor revisto, OU; 
Direito Previdenciário | Prof. Ali Jaha 
Semana de Super-Revisão - INSS 2022 
www.focusconcursos.com.br | 38 
2. Do dia em que o segurado tomar conhecimento da decisão de indeferimento, cancelamento 
ou cessação do seu pedido de benefício ou da decisão de deferimento ou indeferimento de 
revisão de benefício, no âmbito administrativo. 
GABARITO: Certo. 
 
QUESTÃO 53. O segurado somente terá reconhecida como tempo de contribuição ao regime 
geral de previdência social a competência cuja contribuição seja igual ou superior à 
contribuição mínima mensal exigida para sua categoria, assegurado o agrupamento de 
contribuições. 
CERTO ( ) ERRADO ( ) 
 
Comentários: 
A Emenda n.º 103/2019 acrescentou um último parágrafo no Art. 195, observe: 
§ 14. O segurado somente terá reconhecida como tempo de contribuição ao Regime Geral de 
Previdência Social a competência cuja contribuição seja igual ou superior à contribuição 
mínima mensal exigida para sua categoria, assegurado o agrupamento de contribuições. 
→ Até que entre em vigor LEI que disponha sobre o § 14 do Art. 195 da Constituição Federal, o 
segurado que, no somatório de remunerações auferidas no período de 1 mês receber 
remuneração inferior ao limite mínimo mensal do salário de contribuição, poderá: 
I - Complementar a sua contribuição, de forma a alcançar o limite mínimo exigido; 
II - Utilizar o valor da contribuição que exceder o limite mínimo de contribuição de uma 
competência em outra, ou; 
III - Agrupar contribuições inferiores ao limite mínimo de diferentes competências, para 
aproveitamento em contribuições mínimas mensais. 
Os ajustes de complementação ou agrupamento de contribuições previstos nos incisosI, II e III 
do caput somente poderão ser feitos ao longo do mesmo ano civil. 
GABARITO: Certo. 
 
QUESTÃO 54. Em relação aos benefícios assistenciais de prestação continuada, a Turma 
Nacional de Uniformização dos Juizados Especiais Federais se posiciona no sentido de que a 
incapacidade precisa ser permanente para fins de concessão de tais benesses. 
CERTO ( ) ERRADO ( ) 
Direito Previdenciário | Prof. Ali Jaha 
Semana de Super-Revisão - INSS 2022 
www.focusconcursos.com.br | 39 
Comentário: 
Cabe ressaltar o teor da Súmula n.º 48 da Turma Nacional de Uniformização dos Juizados 
Especiais Federais, que assim dispõe: 
A incapacidade NÃO precisa ser permanente para fins de concessão do benefício assistencial 
de prestação continuada. 
Guarde bem o enunciado dessa Súmula! =) 
 
GABARITO: Errado. 
 
QUESTÃO 55. Compete concorrentemente aos Estado e ao Distrito Federal legislar sobre 
Previdência Social. Por seu turno, compete privativamente a União legislar sobre Seguridade 
Social. 
CERTO ( ) ERRADO ( ) 
 
Comentário: 
Ao adentrar na CF/1988, tem-se: 
Art. 22. Compete privativamente à União legislar sobre: 
XXI - Normas gerais de organização, efetivos, material bélico, garantias, convocação, 
mobilização, inatividades e pensões das polícias militares e dos corpos de bombeiros 
militares (Emenda Constitucional n.º 103/2019). 
XXIII - Seguridade Social; 
Parágrafo único. Lei complementar poderá autorizar os Estados a legislar sobre questões 
específicas das matérias relacionadas neste artigo. 
Art. 24. Compete à União, aos Estados e ao Distrito Federal legislar concorrentemente sobre: 
XII - Previdência Social, Proteção e Defesa da Saúde; 
§ 1.º No âmbito da legislação concorrente, a competência da União limitar-se-á a estabelecer 
normas gerais. 
§ 2.º A competência da União para legislar sobre normas gerais não exclui a competência 
suplementar dos Estados. 
§ 3.º Inexistindo lei federal sobre normas gerais, os Estados exercerão a competência 
Direito Previdenciário | Prof. Ali Jaha 
Semana de Super-Revisão - INSS 2022 
www.focusconcursos.com.br | 40 
 
legislativa plena, para atender a suas peculiaridades. 
§ 4.º A superveniência de lei federal sobre normas gerais suspende a eficácia da lei estadual, 
no que lhe for contrário. 
 
GABARITO: Certo. 
 
QUESTÃO 56. Todos os salários de contribuição utilizados no cálculo do salário de benefício 
serão corrigidos, mês a mês, de acordo com a variação integral do Índice Nacional de Preços 
ao Consumidor Amplo (IPCA), referente ao período decorrido a partir da primeira 
competência do SC que compõe o período básico de cálculo até o mês anterior ao do início 
do benefício, de modo a preservar o seu valor real. 
CERTO ( ) ERRADO ( ) 
 
Comentário: 
Quanto ao reajustamento, a legislação previdenciária é bem direta e clara, a saber: 
Todos os salários de contribuição (SC) utilizados no cálculo do salário de benefício serão 
corrigidos, mês a mês, de acordo com a variação integral do Índice Nacional de Preço ao 
Consumidor (INPC), referente ao período decorrido a partir da primeira competência do SC que 
compõe o período básico de cálculo até o mês anterior ao do início do benefício, de modo a 
preservar o seu valor real. 
O cálculo do valor dos benefícios previdenciários é tratado em outra parte da legislação. 
Entretanto é interessante ressaltar que todos os SC utilizados nesse cálculo serão devidamente 
atualizados pelo INPC até o mês anterior ao início do recebimento do benefício. 
 
GABARITO: Errado. 
 
QUESTÃO 57. A inscrição dos dependentes deverá ser realizada somente no momento do 
requerimento do benefício a que tiverem direito. 
CERTO ( ) ERRADO ( ) 
 
Direito Previdenciário | Prof. Ali Jaha 
Semana de Super-Revisão - INSS 2022 
www.focusconcursos.com.br | 41 
A inscrição dos dependentes deverá ser realizada somente no momento do requerimento do 
benefício a que tiverem direito. Não existe a possibilidade de se realizar a inscrição dos 
dependentes em outras situações senão essa 
GABARITO: Certo. 
 
QUESTÃO 58. O Estado, por meio do governo e da administração pública, precisa facilitar a 
vida do cidadão e da sociedade, procurando eliminar a burocracia e estimular a elevação da 
produtividade na gestão pública. 
CERTO ( ) ERRADO ( ) 
 
Comentário: 
A priori, tem-se que o desenvolvimento social é o aumento da qualidade de vida da 
população de um país. Isso se dá por meio da diminuição da pobreza e das desigualdades 
sociais com a melhoria da saúde, da educação, da oferta de empregos e de outras políticas 
públicas. 
Para que isso aconteça é necessária a melhoria dos serviços públicos. É investir o capital em 
benefício da população. É defender toda a população sem exceções. 
O papel principal de um servidor público é atender ao interesse público e consequentemente 
ser um agente de desenvolvimento social da nossa pátria. 
O Estado, por meio do governo e da administração pública, precisa facilitar a vida do 
cidadão e da sociedade, procurando eliminar a burocracia e estimular a elevação da 
produtividade na gestão pública. 
 
GABARITO: Certo. 
 
QUESTÃO 59. O benefício de prestação continuada previsto na Lei n.º 8.742/1993, é a 
garantia de um salário mínimo mensal à pessoa com deficiência e ao idoso, com idade de 
sessenta anos ou mais, que comprovem não possuir meios para prover a própria manutenção 
e nem de tê-la provida por sua família. 
CERTO ( ) ERRADO ( ) 
 
 
Direito Previdenciário | Prof. Ali Jaha 
Semana de Super-Revisão - INSS 2022 
www.focusconcursos.com.br | 42 
Comentário: 
Decreto n.º 6.214/2007: O Benefício de Prestação Continuada (BPC) previsto na Lei n.º 
8.742/1993 (LOAS), é a garantia de um salário mínimo mensal à pessoa com deficiência e 
ao idoso, com idade de 65 anos ou mais, que comprovem não possuir meios para prover a 
própria manutenção e nem de tê-la provida por sua família. 
 
GABARITO: Errado. 
 
QUESTÃO 60. Classifica-se, perante o RGPS, como empregado aquele que, contratado por 
empresa de trabalho temporário, na forma prevista em legislação específica, por prazo não 
superior a 120 dias, consecutivos ou não, prorrogável por até 60 dias, presta serviço para 
atender à necessidade transitória de substituição de pessoal regular e permanente ou a 
acréscimo extraordinário de serviço de outras empresas. 
CERTO ( ) ERRADO ( ) 
 
Comentário: 
02. Aquele que, contratado por empresa de trabalho temporário (ETT), na forma prevista 
em legislação específica, por prazo não superior a 180 dias, consecutivos ou não, 
prorrogável por até 90 dias, presta serviço para atender à necessidade transitória de 
substituição de pessoal regular e permanente ou a acréscimo extraordinário de serviço de outras 
empresas. 
A ETT é uma empresa que coloca mão de obra à disposição de outra empresa, a empresa 
contratante, em duas situações: 
- Atender necessidade transitória de substituição de pessoal regular e permanente: Quando a 
empresa contratante precisa repor, de forma rápida e temporária, as baixas de seus 
empregados. 
- Acréscimo extraordinário de serviço: Imagine uma fábrica de chocolates na época da Páscoa 
(Hummm...). Imaginou? Há certamente um grande aumento na demanda em decorrência da 
data, e para dar conta do recado, e o que fazer? Contratar pessoal temporário via ETT. 
 
GABARITO: Errado. 
 
 
Direito Previdenciário | Prof. Ali Jaha 
Semana de Super-Revisão - INSS 2022 
www.focusconcursos.com.br | 43 
 
QUESTÃO 61. São parcelas não integrantes do salário de contribuição, dentre outras, a 
importância paga ao empregado a título de complementação ao valor do auxílio por 
incapacidade temporária desde que este direito seja extensivo à totalidade dos empregados 
da empresa. 
CERTO ( ) ERRADO ( ) 
 
Comentário: 
Benefício pago por empresa, desde que extensível a TODOSos empregados, não é 
considerado SC, logo, sobre essa vantagem não incide contribuição social (Parcela Não 
Integrante do SC). 
Benefício pago por empresa, extensível somente para ALGUNS cargos ou setores da 
empresa, ele é classificado como SC e sujeito a incidência da contribuição social (Parcela 
Integrante do SC). 
 
GABARITO: Certo. 
 
QUESTÃO 62. Após a emenda constitucional n.º 103/2019, a aposentadoria do professor 
exige uma idade mínima de 60 anos e um tempo de contribuição no magistério de 30 anos. 
CERTO ( ) ERRADO ( ) 
 
Comentário: 
A aposentadoria do professor ocorre quando esse contar com: 
- 60 anos de idade, se homem, e 57 anos de idade, se mulher, e; 
- 25 anos de contribuição exclusivamente em efetivo exercício das funções de magistério na 
educação infantil e no ensino fundamental e médio (não alcança os professores 
universitários!). 
Aqui vale uma ressalva interessante! Desde o advento da Lei n.º 11.301/2006 que incluiu um 
importante dispositivo na Lei n.º 9.394/1996 (Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional - 
LDB), outras atividades escolares também se beneficiaram dessa redução, como podemos 
observar no texto da própria LDB: 
Direito Previdenciário | Prof. Ali Jaha 
Semana de Super-Revisão - INSS 2022 
www.focusconcursos.com.br | 44 
Art. 67, § 2.º Para os efeitos do disposto no § 5.º do Art. 40 e no § 8.º do Art. 201 da 
Constituição Federal, são consideradas funções de magistério as exercidas por professores 
e especialistas em educação no desempenho de atividades educativas, quando exercidas em 
estabelecimento de educação básica em seus diversos níveis e modalidades, incluídas, além 
do exercício da docência, as de direção de unidade escolar e as de coordenação e 
assessoramento pedagógico. 
 
GABARITO: Errado. 
 
QUESTÃO 63. A primeira grande reforma da seguridade social - e da previdência - foi 
operada pela EC n.º 20, em 1998. Naquela ocasião, o garimpeiro deixou de ser contribuinte 
individual para ser classificado como segurado especial. 
CERTO ( ) ERRADO ( ) 
 
Comentário: 
A Emenda n.º 20/1998 excluiu o garimpeiro do conceito de Segurado Especial. A partir 
dessa Emenda, esse segurado passou a ser classificado como Contribuinte Individual. 
Observe o § 8.º do Art. 195: 
Redação Original - Revogada: 
§ 8º - O produtor, o parceiro, o meeiro e o arrendatário rurais, o garimpeiro e o pescador 
artesanal, bem como os respectivos cônjuges, que exerçam suas atividades em regime de 
economia familiar, sem empregados permanentes, contribuirão para a seguridade social 
mediante a aplicação de uma alíquota sobre o resultado da comercialização da produção e 
farão jus aos benefícios nos termos da lei. 
Redação Atual - EC n.º 20/1998: 
§ 8.º O produtor, o parceiro, o meeiro e o arrendatário rurais e o pescador artesanal, bem como 
os respectivos cônjuges, que exerçam suas atividades em regime de economia familiar, sem 
empregados permanentes, contribuirão para a seguridade social mediante a aplicação de uma 
alíquota sobre o resultado da comercialização da produção e farão jus aos benefícios nos termos 
da lei. 
(Redação dada pela EC n.º 20/1998) 
 
GABARITO: Errado. 
Direito Previdenciário | Prof. Ali Jaha 
Semana de Super-Revisão - INSS 2022 
www.focusconcursos.com.br | 45 
 
QUESTÃO 64. Para o direito previdenciário é considerado segurado avulso aquele que, 
pessoalmente, por conta própria e a seu risco, exerce pequena atividade comercial em via 
pública ou de porta em porta, como comerciante ambulante, nos termos da Lei n.º 
6.586/1978 (Lei do Comerciante Ambulante). 
CERTO ( ) ERRADO ( ) 
 
Comentário: 
É contribuinte individual! 
17. Aquele que, pessoalmente, por conta própria e a seu risco, exerce pequena atividade 
comercial em via pública ou de porta em porta, como comerciante ambulante, nos termos 
da Lei n.º 6.586/1978 (Lei do Comerciante Ambulante). 
Esse dispositivo refere-se ao comerciante ambulante e ao camelô. Esses dois sujeitos, muito 
comuns na Rua 25 de Março em São Paulo e nas proximidades dos terminais rodoviários Brasil 
afora, são enquadrados pela previdência como contribuintes individuais. 
É muito comum esse tipo de comerciante se autodenominar Empresário, pois cada qual, à sua 
maneira, não possui vínculo empregatício, não são empregados de ninguém. 
 
GABARITO: Errado. 
 
QUESTÃO 65. O auxílio por incapacidade temporária, oriundo de um acidente, exige uma 
carência de doze meses. 
CERTO ( ) ERRADO ( ) 
 
Benefício PC 
Aposentadoria Programada 180 
Aposentadoria por Idade do Trabalhador Rural 180 
Aposentadoria Especial 180 
 
Auxílio Reclusão 24 
Direito Previdenciário | Prof. Ali Jaha 
Semana de Super-Revisão - INSS 2022 
www.focusconcursos.com.br | 46 
 
Aposentadoria por Incapacidade Permanente 12 
Auxílio por Incapacidade Temporária 12 
 
Salário Maternidade 
10 
(Cont. Indiv., Seg. Especial, Facultativa) 
 
Aposentadoria por Incapacidade Permanente 
Acidentária 
0 
Pensão por Morte 0 
Auxílio por Incapacidade Temporária Acidentário 0 
Auxílio Acidente 0 
Salário Maternidade 
0 
(Empregada, Doméstica, Avulsa) 
Salário Família 0 
Reabilitação Profissional 0 
 
GABARITO: Errado. 
 
QUESTÃO 66. Para os devidos efeitos legais, equipara-se ao acidente de trabalho, entre 
outros, o acidente sofrido pelo segurado no local e no horário do trabalho, em consequência 
de ofensa física intencional, inclusive de terceiro, por motivo de disputa relacionada ao 
trabalho. 
CERTO ( ) ERRADO ( ) 
 
Comentário: 
18. Equiparados ao Acidente do Trabalho: 
18.01. Doença profissional, assim entendida a produzida ou desencadeada pelo exercício do 
Direito Previdenciário | Prof. Ali Jaha 
Semana de Super-Revisão - INSS 2022 
www.focusconcursos.com.br | 47 
trabalho peculiar a determinada atividade e constante da respectiva relação elaborada pelo 
Ministério da Economia. 
18.02. Doença do trabalho, assim entendida a adquirida ou desencadeada em função de 
condições especiais em que o trabalho é realizado e com ele se relacione diretamente, constante 
de relação elaborada pelo Ministério da Economia. 
18.03. O acidente ligado ao trabalho que, embora não tenha sido a causa única, haja 
contribuído diretamente para a morte do segurado, para redução ou perda da sua capacidade 
para o trabalho, ou produzido lesão que exija atenção médica para a sua recuperação. 
18.04. O acidente sofrido pelo segurado no local e no horário do trabalho, em consequência de: 
a) Ato de agressão, sabotagem ou terrorismo praticado por terceiro ou companheiro de 
trabalho; 
b) Ofensa física intencional, inclusive de terceiro, por motivo de disputa relacionada ao 
trabalho; 
c) Ato de imprudência, de negligência ou de imperícia de terceiro ou de companheiro de 
trabalho; 
d) Ato de pessoa privada do uso da razão, e; 
e) Desabamento, inundação, incêndio e outros casos fortuitos ou decorrentes de força maior. 
GABARITO: Certo. 
 
QUESTÃO 67. Em decisão recente, o STF considerou o reconhecimento de direitos 
previdenciários nas relações que se amoldam ao instituto do concubinato, mesmo que a 
união tenha sido mantida durante longo período e com aparência familiar. 
CERTO ( ) ERRADO ( ) 
 
Comentário: 
Não obstante, em 2021, O RE n.º 883168/SC fixou a seguinte tese: 
É incompatível com a Constituição Federal o reconhecimento de direitos previdenciários 
(pensão por morte) à pessoa que manteve, durante longo período e com aparência familiar, 
união com outra casada, porquanto o concubinato não se equipara, para fins de proteção 
estatal, às uniões afetivas resultantes do casamento e da união estável. 
É inconstitucional o reconhecimento de direitos previdenciários nas relações que se amoldam 
ao instituto do concubinato, mesmo que a união tenha sido mantida durante longo período e 
Direito Previdenciário | Prof. Ali Jaha 
Semana de Super-Revisão

Mais conteúdos dessa disciplina