A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
3 pág.
AV  TÓPICOS EM LIBRAS  SURDEZ E INCLUSÃO 2015.3

Pré-visualização | Página 1 de 2

Avaliação: CEL0284_AV_201405195533 » TÓPICOS EM LIBRAS:SURDEZ E INCLUSÃO
	Tipo de Avaliação: AV
	Aluno: 201405195533 - KEYCIANE RIBEIRO MOSCA
	Professor:
	KELES FIRMINA ROSA SOARES
	Turma: 9025/AH
	Nota da Prova: 5,0        Nota de Partic.: 1        Data: 19/11/2015 19:29:53
	
	 1a Questão (Ref.: 201405369515)
	Pontos: 1,5  / 1,5
	Quais são os cinco parâmetros da LIBRAS que regem a boa formação dos sinais?
		
	
Resposta: Configuração de mão, Ponto de articulação , orientação, movimentos e expressão facial e corporal.
	
Gabarito: Configuração de mão, Ponto de Articulação, Orientação, Movimento e Expressão facial e corporal
	
	
	 2a Questão (Ref.: 201405825355)
	Pontos: 0,5  / 1,5
	Enquanto as línguas orais são apresentadas na modalidade auditivo-oral, as línguas de sinais se apresentam na modalidade visual-espacial. Apesar dessa diferença na modalidade de percepção e produção entre línguas de sinais e línguas orais, elas possuem os mesmos princípios subjacentes à estrutura gramatical. Entretanto, algumas singularidades linguísticas distinguem uma língua da outra, dentre elas estão os Classificadores. Com base nesse texto, responda às seguintes perguntas: a) O que é um Classificador? Quais suas funções na LIBRAS?
		
	
Resposta: Classificadores são o uso por exemplos dos adverbios, promenos, verbos e etc, no qual utiliza-se como referencia da lingua portuguesa para de tal forma inserir na lingua de sinais para a orientação do periodo de aprendizagem dos sinalizantes.
	
Gabarito: Um classificador (CL) é uma forma que estabelece um tipo de concordância em uma língua.Na LIBRAS os classificadores são formas representadas por configurações de mão que substituindo o nome que as precedem podem vir junto de verbos de movimento e de localização para classificar o sujeito ou o objeto que está ligado à ação do verbo.Os classificadores na LIBRAS são marcadores de concordância de gênero para pessoas, animais ou coisas. Ajudam construir sua estrutura sintática, através de recursos corporais que possibilitam relações gramaticais altamente abstratas
	
Fundamentação do(a) Professor(a): Um classificador (CL) é uma forma que estabelece um tipo de concordância em uma língua.Na LIBRAS os classificadores são formas representadas por configurações de mão que substituindo o nome que as precedem podem vir junto de verbos de movimento e de localização para classificar o sujeito ou o objeto que está ligado à ação do verbo.Os classificadores na LIBRAS são marcadores de concordância de gênero para pessoas, animais ou coisas. Ajudam construir sua estrutura sintática, através de recursos corporais que possibilitam relações gramaticais altamente abstratas.
	
	
	 3a Questão (Ref.: 201405886869)
	Pontos: 0,5  / 0,5
	"A identidade é o que permite ao sujeito tomar consciência de sua existência, o que se dá através da tomada de consciência de seu corpo (um estar-aí no espaço e no tempo), de seu saber (seus conhecimentos sobre o mundo), de seus julgamentos (suas crenças), de suas ações (seu poder fazer), de sua língua (seu poder discursivo e comunicacional), de sua cultura (de seu poder der reconhecer-se pertencente a um grupo semelhante a ele)." (Identidade social e identidade discursiva, o fundamento da competência comunicacional, In : PIETROLUONGO, Márcia. (Org.) O trabalho da tradução. Rio de Janeiro : Contra Capa, 2009, p. 309-326., 2009). Com base nesse texto, pode-se afirmar que a identidade surda compreende as afirmativas abaixo, EXCETO:
		
	
	Os surdos assumem uma identidade surda, num processo de endoculturação à língua e aos elementos culturais de uma determinada comunidade surda.
	
	Para os surdos a língua de sinais é a língua primeira e natural, seu modelo social, quando criança, é o surdo adulto, compreendendo a relação como um processo em que se institui trocas linguísticas na constituição identitária, reconhecendo-se semelhante ao Outro.
	 
	Os surdos são excelentes leitores labiais, isso significa que a identidade dos surdos está baseada na oralidade, na aquisição da língua oral. As relações sociais são bem restritas e eles vivem em guetos, constroem sua subjetividade a partir das experiências auditivas.
	
	Para os surdos a LIBRAS cumpre a função de expressão de raciocínio e organização dos pensamentos. Por meio da língua de sinais formam a sua pessoalidade, subjetividade e interagem com o mundo.
	
	Os surdos são aqueles que participam da cultura e comunidade surda, constituem sua identidade social a partir da experiência visual e das inter-relações sociais com outros surdos usuários da LIBRAS, que a tem como língua natural e de expressão de ideias, pensamentos, de discursos.
	
	
	 4a Questão (Ref.: 201405347429)
	Pontos: 0,5  / 0,5
	São parâmetros das línguas de sinais. (CONCURSO PÚBLICO, MUNICÍPIO DE UBERLÂNDIA/MG, questão 21)
		
	
	Primeiras combinações.
	
	Sinal soletrado e composto.
	
	Múltiplas combinações.
	
	Datilologia e sinal único.
	 
	Ponto de articulação e orientação.
	
	
	 5a Questão (Ref.: 201405835495)
	Pontos: 0,5  / 0,5
	O Bilinguismo foi evidenciado na década de 1960, com base nos estudos e as pesquisas de William Stokoe quanto à complexidade linguística da língua de sinais. O ensino bilíngue deve ter a aquisição de duas línguas. Nessa proposta, a criança surda brasileira é exposta, no contexto escolar do Brasil, a duas línguas, a saber:
		
	
	LIBRAS e língua inglês.
	
	LIBRAS e língua espanhola.
	
	LIBRAS e língua japonesa.
	
	LIBRAS e língua francesa.
	 
	LIBRAS e língua portuguesa.
	
	
	 6a Questão (Ref.: 201405449622)
	Pontos: 0,5  / 0,5
	Cerca de 98% das famílias de surdos não sabem LIBRAS, os pais muitas vezes entram em luto ao descobrir que o filho é surdo, ficam entre a "frustração" e a devoção de cuidar do filho inesperado. Esta relação se dá, principalmente no seguinte caso:
		
	
	Pais sinalizantes e filhos surdos
	
	Pais surdos de filhos surdos
	
	Pais surdos com filhos ouvintes
	
	Pais ouvintes com filhos ouvintes
	 
	Pais ouvintes de filhos surdos
	
	
	 7a Questão (Ref.: 201405825390)
	Pontos: 0,0  / 0,5
	Para os autores Vetro e Cezário (2009, p. 141). A sociolinguística é uma área que estuda a língua em seu uso real, levando em consideração as relações entre a estrutura linguística e os aspectos sociais e culturais da produção linguística. Com base nesse conceito:
		
	
	A LIBRAS não é uma instituição social como as demais línguas são e, portanto, não pode ser estudada como sistema linguístico.
	
	A LIBRAS como língua natural não é uma instituição social e pode ser estudada como uma estrutura autônoma, independente de contexto situacional, da cultura e da história das pessoas que a utilizam como meio de comunicação.
	 
	A LIBRAS como língua natural é uma instituição social e, portanto, não pode ser estudada como uma estrutura autônoma, independente de contexto situacional, da cultura e da história das pessoas que a utilizam como meio de comunicação.
	 
	A LIBRAS pode ser estudada como uma estrutura autônoma, independente de contexto situacional, da cultura e da história das pessoas que a utilizam como meio de comunicação.
	
	A LIBRAS não faz parte dessa abordagem linguística, portanto, não pode ,sequer, ser estudada como uma estrutura linguística.
	
	
	 8a Questão (Ref.: 201405825385)
	Pontos: 0,0  / 0,5
	Analise a afirmação a seguir e responda: A ação de apontar em LIBRAS é integrante do seu sistema pronominal, pois durante a produção do discurso pode assumir a função de indicar, entre outros, o sujeito do discurso.
		
	
	Falso. Porque apontar é um simples gesto.
	 
	Verdadeiro. Porque especifica a pessoa do discurso.
	
	Verdadeiro. Os pronomes em LIBRAS são irregulares.