A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
3 pág.
avaliando aprendizado 09

Pré-visualização | Página 1 de 1

xercício: CEL0066_EX_A9_201202254772 
	Matrícula: 201202254772
	Aluno(a): LUIZ CLAUDIO FERREIRA BARROS
	Data: 09/11/2015 16:26:52 (Finalizada)
	
	 1a Questão (Ref.: 201202518457)
	 Fórum de Dúvidas (1 de 2)       Saiba  (0)
	
	Educação, do vocábulo latino educere, significa conduzir, liderar, puxar para fora. Baseia-se na ideia de que todos os seres humanos nascem com o mesmo potencial, que deve ser desenvolvido no decorrer da vida. O papel do educador é, portanto:
		
	
	Discutir somente os conceitos de aula
	 
	criar condições para que isso ocorra
	
	Repassar informações didáticas somente
	
	Incentivar o estudo didático a qualquer custo
	
	Cobrar do educando que ele decore as situações problemas dos assuntos didáticos
	
	
	
	
	 2a Questão (Ref.: 201202544890)
	 Fórum de Dúvidas (1 de 2)       Saiba  (0)
	
	O objetivo fundamental da Educação Ambiental é permitir que os indivíduos e coletividades compreendam a complexidade do ambiente natural e dos sistemas artificiais, resultantes da interação de aspectos biológicos, físicos, sociais, econômicos e culturais. Além disso, está correto dizer que é objetivo da Educação Ambiental:
		
	
	Transfigurar a realidade ambiental do planeta para uma natureza sagrada.
	
	Conservar o uso dos recursos naturais para a geração presente.
	 
	Fazer com que os homens adquiram conhecimentos, valores, comportamentos e habilidades práticas para participar responsável e eficazmente na prevenção e solução de problemas ambientais bem como na gestão da qualidade de vida.
	
	Buscar uma atitude de contemplação da vida selvagem, lugar de reflexão e de isolamento espiritual.
	
	Idealizar a vida no campo, sobretudo pelas classes sociais não diretamente envolvidas na produção agrícola.
	
	 Gabarito Comentado
	
	
	 3a Questão (Ref.: 201202518602)
	 Fórum de Dúvidas (1 de 2)       Saiba  (0)
	
	Na educação ambiental, discutimos a importância da Epidemiologia vista como disciplina que debate o processo de geração da doença por meio da atuação de fatores. Qual alternativa NÃO se relaciona a este debate?
		
	
	Grande parte dos fatores ambientais que afetam a saúde humana é de natureza antrópica, ou seja, é desencadeada pelo próprio homem
	
	Observa-se a infinidade de novos fatores que estão somando-se aos antigos aos quais o homem moderno está exposto.
	
	Depreende-se que, dada a capacidade criativa ou imaginativa do homem, com o avanço científico e tecnológico, as ações humanas muitas vezes impactam inadvertidamente o ambiente.
	 
	A capacidade inventiva do homem o salvará de sua degradação, uma vez que ele criará recursos artificais iguais aos naturais.
	
	Percebe-se que o homem é o causador de seus maiores problemas de escassez de recursos naturais
	
	 Gabarito Comentado
	
	
	 4a Questão (Ref.: 201202544901)
	 Fórum de Dúvidas (1 de 2)       Saiba  (0)
	
	Com relação à temática da Educação Ambiental, é INCORRETO afirmar que
		
	
	A conscientização dos processos interativos homem e ambiente em um país de dimensão continental, das diferenças sociais e principalmente culturais como as do Brasil, representa um processo lento de realização e da necessidade de formação de profissionais com preparação multidisciplinar.
	
	A epidemiologia seria o estudo de algum processo que ocorre sobre a população. Este processo pode ser interpretado como as doenças incidem ou como fatores determinantes que agem.
	
	Uma preocupação geral com a biosfera torna-se cada vez mais importante, à medida que se compreende que o homem como gerador de poluição e de outras agressões pode provocar mudanças na paisagem superficial terrestre.
	
	Cada escola é uma combinação particular de elementos físicos, culturais, emocionais e sociais que lhe outorgam um caráter especial e que definem o processo ensino-aprendizagem a ser desenvolvido, determinando a qualidade da educação que se pretende.
	 
	A aquisição de conteúdos relativos à saúde e ao meio ambiente, o ensino de procedimentos e a formação de valores essenciais para preparar os alunos para a tomada de decisões racionais e efetivas para a manutenção de uma vida saudável não faz parte do conteúdo escolar.
	
	 Gabarito Comentado
	
	
	 5a Questão (Ref.: 201202544895)
	 Fórum de Dúvidas (1 de 2)       Saiba  (0)
	
	Segundo Corvalán e Kjellström (1996) "a exposição humana a poluentes no ar, água, solo e alimentos - seja em episódios de alto nível, a curto prazo, ou exposições de baixo nível, a longo prazo - é um grande contribuinte para a mortalidade e a morbidade crescentes". Com relação a este tema, é INCORRETO dizer que:
		
	
	Esse problema se agrava, na medida em que as populações vão se expandindo, particularmente em centros urbanos.
	
	A capacidade de estabelecer ligações entre dados de saúde e meio ambiente, e, portanto, entender a relação entre níveis de exposição e efeitos na saúde, é claramente vital, na tentativa de controlar exposições e proteger a saúde.
	 
	Esse problema se agrava, na medida em que as populações vão se expandindo, particularmente em centros rurais.
	
	A promoção da saúde está presente em praticamente todos os capítulos da Agenda 21 Global, principal documento resultante da Conferência das Nações Unidas sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento (CNUMAD).
	
	Não se têm desenvolvido, de modo adequado, políticas públicas de caráter preventivo, tais como controles efetivos de contaminação do ar, da água e do uso do solo.
	
	 Gabarito Comentado
	
	
	 6a Questão (Ref.: 201202544897)
	 Fórum de Dúvidas (1 de 2)       Saiba  (0)
	
	Assinale a afirmativa falsa:
		
	 
	Idealizar a vida no campo, sobretudo pelas classes sociais não diretamente envolvidas na produção agrícola é um objetivo da Educação Ambiental.
	
	Para a realização de uma proposta de Vigilância Epidemiológica Ambiental, é preciso que as principais instituições do município, que desenvolvem atividades relacionadas à Saúde e Meio Ambiente, sejam envolvidas, procurando buscar soluções conjuntas para a problemática em questão.
	
	A escola deve ser promotora de preservação ambiental e da saúde.
	
	Não se têm desenvolvido, de modo adequado, políticas públicas de caráter preventivo, tais como controles efetivos de contaminação do ar, da água e do uso do solo.
	
	A poluição atmosférica é um dos problemas mais sérios que afetam a qualidade de vida do cidadão.