2. contrato de compra e venda

@direito-civil-iii UNILAVRAS

Pré-visualização

O contrato deve especificar bem quais são os bens que ficaram com reserva de domínio, já que, na dúvida de identificação, presumir-se-á que o bem pertence ao terceiro de boa fé (art. 523).

A propriedade da coisa somente se transfere com o integral pagamento do preço, até então tem apenas a posse direta (art. 524), sendo que os riscos da coisa são de responsabilidade do comprador desde quando a recebe, pois tem a posse direta

O vendedor somente poderá executar a cláusula após constituir o comprador em mora (protesto ou notificação) (art. 525), e terá a opção de pedir a restituição da coisa (com restituição ao comprador do valor até então recebido menos despesas do inadimplemento, fruição da coisa e deterioração) ou cobrar o saldo devedor (parcelas vencidas e vincendas). Art. 526).

É licito ao comprador reter do valor recebido as despesas e deterioração, bem como tudo mais que for de direito, devolvendo ao comprador o que sobrar ou cobrar o que faltar. ( art. 527)

No caso de parcelamento via instituição financeira aquela se subroga nos direitos do vendedor que recebe à vista. (art. 528).


DA VENDA SOBRE DOCUMENTOS


	O contrato de compra e venda pode ser executado mediante a entrega de 	documentos que representam a coisa, sendo assim haverá venda sobre 	documentos. (art. 529)

	Ex. compra e venda de um fornecedor via internet, imprimo a fatura, pago e 	o produto será entregue posteriormente. Tenho que pagar mesmo que o 	produto seja entregue posteriormente, contudo se o mesmo apresentar 	defeito, posso pedir a rescisão do negócio.

Ainda não temos comentários aqui
Seja o primeiro!