Educação Especial
4 pág.

Educação Especial

Disciplina:Educação Especial4.714 materiais167.979 seguidores
Pré-visualização2 páginas
Avaliação: CEL0249_AV_201202389201 » EDUCAÇÃO ESPECIAL

Tipo de Avaliação: AV

Aluno: 201202389201 - MICHELLE ESTEFANIA MOREIRA DOS REIS

Professor: ELIANE TAVEIRA DO NASCIMENTO Turma: 9007/AC

Nota da Prova: 6,5 Nota de Partic.: 1,5 Data: 05/11/2013 18:01:55

1a Questão (Ref.: 201202469667) Pontos: 0,8 / 0,8

Há muitas formas de Deficiências Físicas. Em relação às causas marque (V) para verdadeiro e (F) para Falso.

( ) A principal causa da deficiência física é genética e sempre já vai estar presente no momento do nascimento.

( ) Há uma causa congênita que afetará o indivíduo durante o seu desenvolvimento intra-uterino.

( ) A principal causa da deficiência é adquirida, pois o indivíduo a adquire as deficiências em traumatismo
provocados por acidentes e infecções.

A ordem correta das respostas é:

F V F

F F V

F V V

V F V

V V F

2a Questão (Ref.: 201202488281) Pontos: 0,8 / 0,8

(Política Institucional para atendimento aos alunos com deficiência ou com dificuldades específicas de aprendizagem
- de Vera Goffredo e Roberto Ramos, UNESA/2011 - questão adaptada). Uma das tarefas necessárias aos docentes
que lidam com alunos com necessidades especiais é criar um ambiente educacional que reconheça as suas
possibilidades e suas limitações, garantindo, assim, a sua plena inclusão no conjunto da turma. Diante do exposto,
cite 5 estratégias podem ser adotadas com alunos que apresentam deficiência física?

Resposta: 1) Adaptar as salas de aula e a escola para o recebimento desses alunos; 2) Se for cadeirante coloca-lo
mais na frente e abaixar o quadro; 3) Não dar atividades e nem avaliações ditadas; 4) Quando levar ao laboratório
da escola ter um cuidado para que o aluno não manuseie com equipamentos que possa machuca-lo; 5) Escrever
atividades sempre no quadro.

Gabarito: permitir o uso de gravador durante a aula; solicitar a um aluno que empreste os seus apontamentos para
que o colega deficiente possa tirar cópia; lançar mão de avaliação oral, caso o aluno tenha muita dificuldade na
escrita; permitir que, durante as aulas práticas realizadas em laboratórios, onde são utilizadas vidrarias, reagentes
e altas temperaturas, o aluno, caso necessário, participe apenas como observador; solicitar o rebaixamento da
lousa, caso haja aluno cadeirante; arrumar o espaço da sala que possibilite uma boa circulação do aluno cadeirante
na sala.

3a Questão (Ref.: 201202469469) Pontos: 0,8 / 0,8

Página 1 de 4BDQ Prova

24/11/2013http://bquestoes.estacio.br/bdq_prova_resultado_preview_aluno.asp

Das situações abaixo, quais podem ser consideradas importantes causas de deficiência intelectual pós natal?

Pressão sanguínea alta da mãe e falta de assistência durante a gestação.

Desnutrição grave do bebê e icterícia.

Doença infecciosa da mãe e fator sanguíneo RH negativo.

Aumento de peso e colesterol.

Baixo peso ao nascer e desnutrição materna.

4a Questão (Ref.: 201202487874) Pontos: 0,1 / 0,8

(Secretaria Municipal de Educação-Campinas/2008 - questão adaptada). Qual o papel do intérprete em uma escola
que se pretende inclusiva e bilíngue para casos de deficiência auditiva?

Resposta: Primeiramente a aprendizagem de Libras e logo depois do português, utilizar de imagens e figuras na
alfabetização, colocar o aluno mais na frente onde o professor consiga falar diretamente para ele, sem gritar e
usando vocabulário simples para que ele possa fazer leitura labial, escrever no quadro todas as informações
importantes como datas de provas e entrga de trabalho. Além de tudo entender que esse aluno é capaz de
aprender e surpreender.

Gabarito: Traduzir as informações para Libras, mediar a relação com o professor; garantir a relação do aluno surdo
com os alunos ouvintes; promover a relação do aluno surdo com as demais pessoas da comunidade escolar.

5a Questão (Ref.: 201202469433) DESCARTADA

Sabemos que houve mudanças subjetivas em relação às crenças sobre a potencialidade das pessoas portadoras de
deficiência. Um exemplo foi o século XX, quando ocorre uma mudança de conceito da pessoa deficiente que deixou
de ser vista como numa pessoa estática e passou a ser vista como:

ser demoníaco

pessoa dinâmica e com possibilidades

bobo da corte

sujeito dependente

pessoa incapaz

6a Questão (Ref.: 201202469500) Pontos: 0,8 / 0,8

É uma língua visual/gestual, que emprega sinais realizados com as mãos e expressões faciais, direção de olhar,
movimento da boca, permitindo a expressão de um número significativamente amplo de informações linguísticas:

FENEIS

Língua de Surdos

Libras

INES

Jogo da mímica

7a Questão (Ref.: 201202469999) Pontos: 0,8 / 0,8

Relacione o tempo histórico com as características que eram atribuídas às pessoas com deficiências.

Página 2 de 4BDQ Prova

24/11/2013http://bquestoes.estacio.br/bdq_prova_resultado_preview_aluno.asp

1. Antiguidade

2. Idade Média

3. Idade Contemporânea

( ) Aproximados aos que eram considerados normais por compreender que a sociedade é formada por pessoas
diferentes.

( ) Considerados seres inferiores que deveriam ficar excluídos da sociedade.

( ) Considerados como um castigo divino, portanto, deveriam ser abandonados.

A sequência correta é?

2 1 3

3 2 1

1 2 3

3 1 2

1 3 2

8a Questão (Ref.: 201202470078) Pontos: 0,0 / 0,8

Em depoimento à Revista Sentidos (Ano 2, nº 11, p.24), a assistente social Mina Regen comenta que, "as crianças
com deficiência física, intelectual, sensorial ou com transtornos globais de desenvolvimento convivendo com outras
crianças, sem deficiência, recebem estímulos constantes para seu desenvolvimento e melhora de sua condição.
Mas, as crianças sem deficiência também se beneficiam dessa convivência". Podemos concluir que essa afirmativa
está de acordo com:

a proposta médico-assistencialista que a assistente social deve implementar para a inclusão.

o princípio de normatização que orienta a proposta de integração.

a proposta de educação segregada.

os ideais meritocráticos a orientam instituições escolares preparatórias e competitivas.

a proposta do movimento de inclusão social.

9a Questão (Ref.: 201202469438) Pontos: 0,8 / 0,8

A médica italiana Marina Montessori trouxe uma grande contribuição para a educação de crianças com necessidades
especiais ao criar o Método Natural de aprendizagem. Das premissas abaixo, qual NÃO faz parte do método Natural
criado por Maria Montessori?

O educador deve incentivar a atividade da criança que significa a manifestação espontânea, sendo a
aprendizagem um processo ativo de deslocamento no espaço e escolha pelo indivíduo de tarefas que
correspondam as suas necessidades do momento.

A escola deve promover uma aprendizagem centrada na criança.

Numa sala de aula há agrupadas que são grupos escolares de crianças com idades diferenciadas.

A criança deve se auto-educar através de atividades de estimulação sensorial e intelectual.

Crianças com necessidades educativas especiais devem ser segregadas e educadas em escolas da rede
especial, pois prejudicam o desenvolvimento natural das crianças normais e intelectualmente preservadas.

10a Questão (Ref.: 201202477894) Pontos: 0,8 / 0,8

As propostas educacionais oferecidas ao aluno com deficiência intelectual devem contemplar aspectos relacionados
ao:

a) desenvolvimento da linguagem e alfabetização em LIBRAS como recursos de comunicação alternativa.

Página 3 de 4BDQ Prova

24/11/2013http://bquestoes.estacio.br/bdq_prova_resultado_preview_aluno.asp

b) desenvolvimento da linguagem e constituição da identidade.

c) relações sociais e independência na locomoção.

d) independência na locomoção e apoio de próteses ortopédicas.

e) desenvolvimento da linguagem, constituição da identidade e acesso ao Braille como recurso de leitura e escrita.

As afirmativas corretas são:

B e C