A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
18 pág.
Cuidar - educando em enfermagem: passaporte para o aprender/educar/cuidar em saúde.

Pré-visualização | Página 1 de 4

1 
 
 
 
 
 
Curso de Enfermagem 
 
 
 
 
 
Cuidar - educando em enfermagem: passaporte para o 
aprender/educar/cuidar em saúde. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 Trabalho apresentado na disciplina de 
 Atividade Prática Supervisionada (APS) do 
 Curso de Graduação em Enfermagem da 
 Universidade Paulista UNIP, pelos alunos (as): 
 Allanys Rosa Marques RA: C83800-4 
 Izabella Perloti Augusto RA: C89981-0 
 Josilene Teodora de Carvalho RA: D072IC-0 
 Marina Resende Bueno RA: C8561H-4 
 Patricia Puciarelli de Souza RA: T76643-5 
Tatiane dos Reis Cândido RA: D069GA-9 
 
 Orientação: Prof.ª Amanda Breda 
 
 
 
 
 
 
 
SÃO JOSE DO RIO PARDO, MAIO 2016. 
2 
 
 
 
 
Curso de Enfermagem 
 
 
 
 
 
 
Cuidar - educando em enfermagem: passaporte para o 
aprender/educar/cuidar em saúde. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 SÃO JOSE DO RIO PARDO, MAIO 2016. 
 
3 
 
SUMÁRIO 
 
1. INTRODUÇÃO..................................................................................................4 
2. JUSTIFICATIVA................................................................................................5 
3. OBJETIVOS .....................................................................................................6 
3.1 OBJETIVO GERAL ........................................................................................6 
3.2 OBJETIVOS ESPECÍFICOS...........................................................................6 
4. MÉTODO ..........................................................................................................7 
5. DESENVOLVIMENTO......................................................................................8 
5.1 CONTEXTUALIZANDO O CUIDAR E O EDUCAR........................................8 
5.2 COMPREENDENDO A EDUCAÇÃO EM ENFERMAGEM............................9 
5.3 OS QUATRO PILARES DA EDUCAÇÃO.....................................................10 
5.3.1 APRENDER A CONHECER: INSTRUMENTOS DE COMPREENSÃO.....10 
5.3.2 APRENDER A FAZER: AGIR SOBRE O MEIO ENVOLVENTE................10 
5.3.3 APRENDER A VIVER JUNTO AOS OUTROS: PARTICIPAR E COOPERAR 
COM OS OUTROS EM SUAS ATIVIDADES HUMANAS..................................11 
5.3.4 APRENDER A SER: VIA ESSENCIAL QUE INTEGRA OS TRÊS 
PRECEDENTES; SENDO QUE AO OBSERVARMOS ESTA QUESTÃO, 
PERCEBEMOS ENQUANTO ENFERMEIRAS (OS), A NECESSIDADE DE 
AVANÇARMOS AINDA MAIS NESTE PROCESSO............................................11 
5.4 SABER CUIDAR: ÉTICA DO HUMANO LEONARDO BOFF.......................11 
5.5 CUIDADO COM NOSSO CORPO NA SAÚDE E NA DOENÇA................12 
5.6 COMO ENSINAR……………………………………………………………………13 
……………………………………………………………………………………………..14 
……………………………………………………………………………………………..15 
6. CONCLUSÃO.....................................................................................................16 
7. REFERENCIAS...................................................................................................17 
.................................................................................................................................18 
 
 
SÃO JOSE DO RIO PARDO, MAIO 2016. 
4 
 
 
1. INTRODUÇÃO 
 
 Em 1854 quando surgiu a Enfermagem Moderna com Florence Nightingale, uma 
profissão que exige amor, educação, aprimoramento (aprendendo cada dia mais), 
aprimorar suas habilidades seja na prática ou na teoria (pacientes/estudos) e além 
de tudo isso exige o amor no "cuidar". 
O cuidar e o educar em enfermagem é uma abordagem que deve ocorrer numa 
perspectiva do processo dialógico entre o sujeito cuidador e sujeito-cidadão do 
cuidado, o profissional para exerce o cuidar e educar, ele precisa de um 
"passaporte" que o conduza as diferentes "escalas", de saberes de forma criativa, 
estética, política e técnica. 
O educador com grande potencial e com a capacidade de cuidar é capacitado para 
intervir de forma construtiva/reflexiva, singular/plural, dinâmica/flexível, em um 
contexto cultural de relações entre os sujeitos. 
O Enfermeiro exerce uma grande importância no papel como líder da equipe de 
enfermagem, dos serviços de assistências como educador e como pode valer a 
ferramenta “Educação em Saúde” como forma de auxiliar as famílias. 
O cuidado foi quem primeiro moldou o ser humano, significa que o cuidado constitui, 
na existência humana, uma energia que jorra ininterruptamente em cada momento e 
circunstância. 
 
 
 
 
 
 
5 
 
2. JUSTIFICATIVA 
 
Este trabalho foi desenvolvido com o intuito de avaliar o papel do enfermeiro quanto 
docente e educador na área de enfermagem, e entender de que maneira pode 
aplicar melhor o seu papel seja na área hospitalar, dentro de uma sala de aula e 
perante a sociedade. Assim ampliando sua ética profissional, com atitudes 
importantes como aprender a escutar, acolher o outro, acompanhar as mudanças, 
partilhar o aprendizado com os outros (fazendo propagandas ou outros meios para 
mostrar a população como devem fazer para que prevaleça saúde para todos), ter 
em mente que a integridade é mais importante que a perfeição e que ela é um 
instrumento que nos está disponível em qualquer atendimento. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
6 
 
3. OBJETIVOS 
 
O objetivo deste trabalho é saber como os profissionais da enfermagem verificam e 
empregam no desenvolvimento de suas atividades, o sentido de agir e a melhor 
maneira em que se trata a humanidade, tanto em nós como seres humanos quanto 
numa outra pessoa qualquer, é evidente a valorização desta prática coletiva da vida 
humana, a necessidade de haver uma disciplina cujo o princípio fosse o cuidado. 
 
3.1 OBJETIVO ESPECÍFICO 
 
 Capacitar a resolução dos problemas de saúde. 
 Desenvolver aos profissionais da área da saúde, os saberes de forma criativa. 
 Cuidar e educar seu ente no planejamento e implementação do cuidado. 
 Transmitir conhecimento teórico e prático. 
 Compreender o próximo com diferentes personalidades. 
 Desenvolver pensamento crítico. 
 Ética do humano – Saber cuidar. 
 
 
 
 
 
 
7 
 
4. MÉTODO 
 
O trabalho foi desenvolvido por meio de pesquisas em sites acadêmicos, referências 
bibliográficas e artigos científicos sobre práticas educativas da enfermagem, e a 
temática abordada neste trabalho. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
8 
 
5. DESENVOLVIMENTO 
 
5.1 CONTEXTUALIZANDO O CUIDAR E O EDUCAR 
 
 
A terminologia cuidar, dá sentido ao exercício da enfermagem. Nenhuma profissão é 
mais cuidadora do que a enfermagem que visa prestar ajuda aos em condições de 
enfermidade e resolver solução de problemas de um indivíduo. 
Frente a isto entendendo o cuidado integrativo, como um conjunto de ações 
integradas ao ser humano, de relações interpessoais, um cuidado que busque 
desenvolver a capacidade de