Logo Passei Direto

A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
67 pág.
Aula MATÉRIA ORGÂNICA

Pré-visualização | Página 1 de 3

Matéria Orgânica do Solo 
Eliane de Oliveira 
 
COMPONENTES DO SOLO: Matéria orgânica 
Coloides Orgânicos: humus 
Material Orgânico 
Constituído por compostos orgânicos, podendo comportar proporções 
variáveis de material mineral. 
Material do Solo é Orgânico = teor C ≥ 80 g.kg-1 
 Material Orgânico: 
- Fíbrico - pouco decomposto, > macroporosidade; 
 Água (850 a 3000% do peso seco) 
- Hêmico - retém 450 a 850% do peso seco 
- Sáprico – bem decomposto, > microporosidade, 
 retém água com > intensidade 
Matéria Orgânica do Solo (MOS) 
 Todo material orgânico de origem biológica, 
vivo ou morto que passa em peneira com malha de 
2 mm. 
• Elevada Reatividade (Humus) 
 
LITEIRA – excluída porque é considerado material 
orgânico ainda não decomposto sobre a superfície 
do solo, não faz parte da MOS. 
Biomassa 
Biomassa Microbiana 
Biomassa: 
Parte viva da matéria orgânica do solo, composta por todos os 
organismos menores que 5.10-3 mm3 – Fungos, bactérias, 
actinobacterias, leveduras e microfauna (protozoários) 
- Cerca de 98% do C-orgânico do solo é matéria orgânica morta 
- 2 - 4% do C-orgânico do solo é composto pela fração viva. 
9 
Biomassa: (larvas, vermes, bactérias, fungos) 
 Bactérias – 109 g-1 
 Actinomecetos – 108 g-1 
 Fungos – 107 g-1 ou 60-80% da massa da biomassa 
 Algas – 104 a 3 x 106 g-1 
 Protozoários – 106 g-1 
 Nematóides – 50 g-1 ou mais. 
 
 
Porção não viva (organismos vegetais e animais em vários 
graus de decomposição + produtos dessa decomposição) 
Características da Biomassa Microbiana 
• Catalisa as transformações bioquímicas, representando fonte e dreno 
de C e troca de nutrientes entre a atmosfera e o ecossistema solo-
planta; 
 
• Destino inicial do C em transformação; 
 
• Principal fonte de enzimas do solo; 
 
Atividade: 
- Fungos = Tempo de geração = 4 a 8 horas (2-10% atividade) 
- Bactérias = Tempo de geração = 0,5 hora (15-30% atividade) 
- Microfauna = Tempo de geração = 2 a 4 horas (pouco conhecida) 
• Os valores de biomassa variam muito com o tipo de solo, vegetação e clima 
11 
Origem da MOS 
• Decomposição biológica e química de resíduos 
orgânicos, podendo ser observado dois 
componentes: 
a) Matéria orgânica em estágio inicial de 
decomposição onde morfologia do material de 
origem é ainda identificada. 
 
a) Material em fase avançada de decomposição 
(humus). 
COMPONENTES DO SOLO : Matéria orgânica 
A manta morta transforma-se ao longo do tempo em húmus 
 
 
 
 
Composição Química de Matéria Orgânica do Solo 
Mineralização - processo que conduz à 
desorganização e transformação da estrutura 
dos resíduos orgânicos em compostos simples, 
solúveis ou gasosos (Ca2+, K+, NH4
+, PO4
2-,NO3
-, 
CO2, H2O). 
 
 
Humificação - processo que conduz à formação 
de complexos coloidais estáveis e resistentes à 
decomposição (húmus) 
Mineralização da Matéria Orgânica 
- Processo envolvido na transformação de 
substâncias orgânicas de baixo peso molecular 
em formas inorgânicas. 
 
- Última etapa da transformação dos materiais 
orgânicos no solo a qual ocorre 
simultaneamente com a imobilização de 
nutrientes minerais para atender a demanda 
nutricional da microbiota decompositora 
- Substratos pobres adicionados ao solo apresentam relação C:N > 30:1 
e, por isso, há um déficit acentuado de N. 
Alternativas para Evitar Deficiências de N 
- Incorporar os resíduos com alta relação C:N, no mínimo 60 dias antes do 
plantio; 
- Adicionar fertilizantes nitrogenados sempre que os resíduos de alta 
relação C:N forem incorporados ao solo destinados ao plantio imediato; 
- Manutenção dos restos culturais na superfície do solo 
- Fazer a compostagem do material antes de sua aplicação, reduzindo a 
relação C:N. 18 
Mineralização da Matéria Orgânica 
• Atividade Decompositora no Solo 
96% respiração 
total do solo 
20 
Compartimentos Físicos 
• Matéria Orgânica Particulada (MOP) – pode 
representar de 15 a 40% do estoque de C orgânico 
total (COT) do solo, podendo chegar a 10% quando 
solo é cultivado. 
• Matéria Orgânica Associada aos Minerais (MOAM) – 
formada por substâncias húmicas que interagem com 
minerais do solo formando complexos organominerais. 
• Matéria Orgânica Dissolvida (MOD) – fração orgânica 
solúvel do solo, compreende desde ácidos simples e 
polissacarídeos a substâncias húmicas complexas. 
Elevada reatividade com íons e moléculas do meio, 
podendo reduzir efeitos tóxicos de xenobioticos e 
metais pesados. Fração Orgânica solúvel que passa em 
membrana com malha de 45 µm. 
Compartimentos Químicos 
• Biomoléculas – ácidos orgânicos, açúcares, gorduras, 
proteínas, celulose, lignina (material pouco degradado) 
• Substâncias Húmicas – Mistura de substâncias, sem 
fórmula molecular definida, contendo os principais 
grupos funcionais do C e comportamento como 
compostos macromoleculares de peso molecular de 
2kDa (Hayes & Clapp, 2001). 
• Carvão ou C pirogenético – material orgânico 
carbonizado, formado a partir da queima da 
vegetação, com estrutura molecular 
predominantemente aromática (até 35% do estoque 
total de C do solo). 
Biomoléculas 
Ligninas 
Importante na atividade dos 
processos bioquímicos responsáveis 
pela reciclagem de nutrientes e 
outros benefícios para a ecologia do 
solo. 
Taxa de Decomposição dos Resíduos 
Orgânicos Depositados no Solo 
Moreira & Siqueira, 2006 
24 
Substratos 
primários 
reciclagem 
25 
- Considerado um estado indefinido da matéria orgânica do solo 
- Formado por moléculas recalcitrantes de origem vegetal e 
microbiana 
- Rico em compostos fenólicos 
- Grande estabilidade química 
- Sub-produto da decomposição dos resíduos orgânicos 
 
- Efeitos do húmus no solo: 
-Aumenta a retenção de água 
-Aumenta a reserva de nutrientes 
-Aumenta a CTC 
-Reduz a erosão 
-Efeitos fisiológicos sobre plantas 
-Quelantes de metais e poluentes 
26 
Substâncias Húmicas 
Substâncias Húmicas 
Grupo Funcional Fórmula Estrutural 
Carboxila R-COOH 
Enol R-CH CH-OH 
OH fenólica Ar-OH 
Quinona Ar O 
OH-alcoólico R-CH2-OH 
Éter R-CH2-O-CH2-R 
Cetona R-C O(-R) 
Aldeído R-CH O 
Éster R-C O(-OR) 
Amina R-CH2-NH2 
Amida R-C O(-NH-R) 
Alquila -CH , -CH2-, -CH3 
O-alquila R-CH2-O-R 
Principais grupos funcionais da matéria orgânica do solo. 
Fracionamento Químico e Frações 
Químicas 
• Baseia-se na solubilidade em determinado 
meio aquoso. Em função do pH são separadas 
três frações: 
 
• Ácido Húmico (AH) 
• Ácido Fúlvico (AF) 
• Huminas (HU) 
Critério Químico 
 Matéria Orgânica = 
= Material não decomposto + Material em transformação + Húmus 
 (ácidos húmicos e 
fúlvicos e huminas) 
 
Características do húmus 
Cor escura, amorfo, poroso 
Estrutura química complexa (ácidos húmicos 28-60%, fúlvicos 20-
40% e huminas 20-32%) 
Baixa densidade 1,1 
Elevado poder de retenção 
de água (2-4x o seu peso) 
Retém bases (K, Na, Ca, Mg); fonte de 
elementos nutritivos (N, S, P) 
Natureza coloidal (Ø µ), 
carga elétrica negativa, 
dependente do pH 
Superfície específica elevada; 
Elevada CTC (> 300 meq/100g) e 
elevado poder tamponizante 
Formação de complexos 
argilo-húmicos e organo-
metálicos (quelatização) 
Favorece a agregação (coesão) do 
solo 
PROPRIEDADES DO SOLO: retenção e troca iônica 
 CTC (cmolc/kg) 
----------------------------------------------------------------
Página123