A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
9 pág.
Avaliando  Educação Nutricional

Pré-visualização | Página 2 de 3

Em relação ao consumo alimentar, é consenso que, no século XX, mudanças ocorridas na estrutura familiar, como a inserção da mulher no mercado de trabalho, influenciaram o padrão alimentar, sendo incomuns refeições com horários definidos e cardápios elaborados para o consumo em família, especialmente nas grandes cidades, onde as atividades são exercidas em diferentes horários e contextos. Na atualidade, entre os determinantes do consumo alimentar, também se destaca, em diferentes culturas, a influência da globalização, mais perceptível nas zonas urbanas, onde se observa o consumo exagerado de alimentos industrializados a partir da influência norte-americana nos costumes de diferentes países. (SANTOS, 2005).
Em relação aos fatores determinantes do comportamento alimentar, marque a alternativa correta.
I. A mídia não apresenta poder de persuasão sobre a compra de alimentos, pois cada indivíduo tem a autonomia de comprar o alimento o que deseja comprar.
II. O comportamento alimentar é modificado apenas pelos aspectos nutricionais.
III. O referencial teórico acima reforça como a globalização e a modernização influência diretamente na alimentação das famílias, salientando a banalização e os descasos que a alimentação sofre, devido essas influências.
IV. A neofobia é um transtorno alimentar muito comum em crianças e influencia a formação do hábito alimentar.
V. O modelo transteorético é muito utilizado em programas de intervenção nutricional.
Estão certos apenas os itens:
 
 
		
	
	I, III e V.
	
	II, III e IV.
	
	II,III e V.
	 
	I, III, IV e V.
	
	II, IV e V.
		
	
	
	 4a Questão (Ref.: 201602611814)
	Pontos: 0,1  / 0,1
	A promoção da saúde do escolar pode ocorrer no ambiente da sala de aula e em outros espaços da escola e da comunidade. Por isso, ao verificar o baixo consumo de hortaliças entre os seus alunos, uma escola desenvolveu um programa de educação nutricional, que incluía a implantação de uma horta escolar cultivada por educadores e alunos na própria escola.
 
Uma justificativa pedagógica plausível para a inserção dessa atividade, que objetiva a melhoria dos hábitos alimentares dos alunos, é:
		
	
	o fortalecimento do vínculo aluno-professor na realização de um trabalho coletivo que permita experiência lúdica.
	
	o aumento da oferta de alimentos para as famílias das crianças, uma vez que a horta pode ser reproduzida nos domicílios.
	
	a capacitação das merendeiras na montagem de cardápios conforme a disponibilidade de hortaliças.
	
	a inclusão de conteúdos relacionados à produção de alimentos em larga escala na disciplina de ciências.
	 
	o despertar, nos alunos, da necessidade de mudança no comportamento alimentar pela atividade prática vivenciada.
		
	
	
	 5a Questão (Ref.: 201603129592)
	Pontos: 0,1  / 0,1
	Em um posto de saúde (1) da cidade de Fortaleza, a nutricionista (2) da equipe do NASF organizou um grupo de gestantes (3). O grupo se reúne a cada 15 dias para atividades educativas e na última reunião discutiram sobre ¿Os benefícios do aleitamento materno¿ (4). Identifique os elementos didáticos que aparecem no texto acima:
		
	
	1 ¿ Recursos utilizados; 2 ¿ Educando; 3 ¿ Educador; 4 ¿ Conteúdo programático.
	 
	1 ¿ Local da ação; 2 ¿ Educador; 3 ¿ Educando; 4 ¿ Conteúdo programático.
	
	1 ¿ Recursos utilizados; 2 ¿ Educador; 3 ¿ Educando; 4 ¿ Objetivos educacionais.
	
	1 ¿ Local da ação; 2 ¿ Educador; 3 ¿ Apelo motivacional; 4 ¿ Objetivos educacionais.
	
	1 ¿ Local da ação; 2 ¿ Educando; 3 ¿ Educador; 4 ¿ Objetivos educacionais.
		
3° AVALIANDO
	1a Questão (Ref.: 201603434928)
	Pontos: 0,0  / 0,1
	A Educação Alimentar e Nutricional vem sido inserida nas políticas brasileiras de saúde desde a década de 1940 e, desde então, vem sendo aprimorada e valorizada, já que pode contribuir de inúmeras formas para a saúde e bem-estar da população. Sobre os benefícios da Educação Alimentar e Nutricional, avalie as afirmativas abaixo: I. A maneira menos eficiente de se trabalhar a Educação Nutricional é aquela onde somente é divulgada a informação, visto que somente a transmissão de informação, sem a devida orientação, não é suficiente para o aprendizado e para a mudança de comportamento alimentar; II. A Educação Nutricional pode beneficiar a saúde física da população e do indivíduo, pois auxilia na adoção de práticas alimentares saudáveis e na correção de comportamentos alimentares inadequados, tanto na saúde quanto na doença; III. A Educação Nutricional também pode beneficiar a saúde mental, auxiliando no tratamento de transtornos alimentares, ajudando as pessoas a sentirem prazer em se alimentar de forma saudável e na escolha de hábitos alimentares psicologicamente saudáveis, eliminando práticas compulsivas e neuróticas. Estão corretas as afirmativas:
		
	
	Apenas I e II;
	
	Apenas II;
	 
	I, II e III.
	
	Apenas I;
	 
	Apenas II e III;
		
	
	
	 2a Questão (Ref.: 201602614740)
	Pontos: 0,1  / 0,1
	O comportamento alimentar tem suas bases fixadas na infância, transmitidas pela familia, sustentadas pela tradição, crenças, valores e tabus alimentares que passam através das gerações, e que são na maioria das vezes dificeis de modificar.
Pode-se afirmar que são fatores que influenciam na mudança do hábito alimentar:
( ) poder aquisitivo
( ) disponibilidade de alimentos
( ) nível de escolaridade
( ) propagandas de alimentos
( ) aprovação social
Assinale verdadeiro (V) ou falso (F), e escolha a alternativa correta considerando a ordem de cima para baixo.
		
	
	F, F, V, V, V
	
	F, V, V, F, V
	 
	V, V, V, V, V
	
	V, F, V, F, V
	
	V, V, V, F, F
		
	
	
	 3a Questão (Ref.: 201603608294)
	Pontos: 0,1  / 0,1
	O comportamento alimentar tem suas bases fixadas na infância, sustentadas por opiniões, valores, sentimento, preferências, atitudes , envolve a necessidade , incentivo e motivação. Este é um exemplo do componente do comportamento alimentar. Qual? Assinale a alternativa correta
		
	
	Situacional
	
	Cognitivo
	
	Econõmico
	 
	Afetivo
	
	Escola
		
	
	
	 4a Questão (Ref.: 201602625171)
	Pontos: 0,1  / 0,1
	Um nutricionista, ao prestar atendimento nutricional a um paciente que, por meio da anamnese alimentar, demonstra-se arraigado a crenças alimentares, deve
		
	
	Ensinar ao paciente, com o uso do conhecimento científico, como a crença nas qualidades mágicas ou maléficas de algum tipo especial de alimento causa erros alimentares que podem prejudicar sua saúde.
	
	Proibir categoriamente a manutenção das crenças alimentares que possam trazer prejuízo à saúde do paciente.
	
	Repudiar as crenças e práticas populares e práticas populares relativas aos hábitos alimentares, pois elas influenciam de forma significativa o estado nutricional das pessoas.
	 
	Valorizar as práticas e percepções populares, porém, observando a adoção de práticas que podem acarretar distúrbios nutricionais com sérias implicações para a saúde e bem-estar do cliente, problematizando-as junto a esse e sua família.
	
	Mostrar ao paciente que a crença na cura e/ou prevenção de doenças atribuída aos alimentos não é real, persistindo como uma lenda pelos tempos.
		
	
	
	 5a Questão (Ref.: 201603496092)
	Pontos: 0,1  / 0,1
	Com relação aos fatores que influenciam os hábitos alimentares individuais é correto afirmar:
		
	
	A formação do hábito alimentar depende somente do aspectos cognitivos
	
	A propaganda tem pouca influência hábitos alimentares do indivíduo
	 
	Â estrutura e a forma de organização da sociedade agem sobre a aceitação ou rejeição de padrões alimentares
	
	O conhecimento e o esclarecimento são suficientes para provocar mudança de atitude no hábito alimentar do indivíduo