A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
203 pág.
Guia de Bolso de Procedimentos de Enfermagem

Pré-visualização | Página 29 de 29

do local e/ou do material que vai ser manipulado deve ser feito com luvas 
esterilizadas. 
Para evitar a contaminação das luvas estas devem ser calçadas com 
técnica adequada. 
Após uso de luvas estas estão contaminadas, pelo que devem ser 
retiradas cuidadosamente para não disseminar os microrganismos. 
 
 
198 
PREPARAÇÃO 
Para calçar luvas as mãos devem estar bem secas. 
Explicar ao utente as razões pelas quais a pessoa que cuida utiliza luvas 
para a prestação de cuidados 
 
MATERIAL 
Luvas esterilizadas 
 
 
INTERVENÇÕES DE ENFERMAGEM 
Intervenções Justificação 
→ Abrir o pacote de luvas e 
posicioná-lo com as mãos 
viradas para cima 
→ Reduzir a transmissão de 
microrganismos 
→ Lavar as mãos com técnica 
asséptica 
→ Promover eficiência 
 
→ Pegar a luva oposta à mão 
dominante 
→ Preservar a esterilidade 
→ Segurar no punho na face 
exposta 
→ Preservar a esterilidade 
→ Enluvar a mão dominante 
mantendo o polegar voltado 
para dentro 
→ Preservar a esterilidade 
→ Colocar os dedos enluvados 
sob o punho da outra luva 
estéril e segurar a luva 
→ Facilitar a colocação da luva na 
mão sem contaminação da 
mesma 
→ Deslizar a mão para dentro da 
luva, puxar a luva firmemente 
sobre os dedos até calçá-la 
perfeitamente, usando uma 
mão para ajustar a outra 
→ Colocar os dedos 
adequadamente dentro da luva 
enquanto mantém a esterilidade 
 
199 
 
NOTAS: 
______________________________________________________ 
______________________________________________________ 
______________________________________________________ 
______________________________________________________ 
______________________________________________________ 
______________________________________________________ 
______________________________________________________ 
______________________________________________________ 
 
NORMA DE UTILIZAÇÃO DE BATA ESTERILIZADA 
 
DEFINIÇÃO 
Esterilização – destruição de todas as formas de vida, eliminação de 
todas as bactérias, esporos, vírus e fungos. 
 
Os factores que afectam qualquer processo de esterilização são: 
• O tempo; 
• Tipo de microorganismos presentes; 
• Número de microorganismos presentes; 
• Tipo e quantidade de sujidade presente; 
• Características do objecto que dificultam a esterilização (ex. 
dobradiças). 
 
 
Indicadores de esterilização – são dispositivos colocados nos 
invólucros e dentro das embalagens para indicar se o objecto no interior 
foi exposto ao processo de esterilização. 
 
 
200 
O material esterilizado deve ser armazenado num local limpo e seco para 
evitar contaminação 
 
Não usar material esterilizado se: 
• A data de validade da embalagem expirou; 
• A embalagem ou o invólucro estão rasgados, molhados ou se 
foram abertos; 
• O indicador de esterilização não está positivo. 
 
 
OBJECTIVOS 
• Proteger pessoa que cuida 
• Prevenir a transmissão de microrganismos 
 
 
INFORMAÇÕES GERAIS 
 
Após uso de bata esta está contaminada, pelo que deve ser retirada 
cuidadosamente para não contaminar a pele nem a roupa que está por 
baixo. 
 
 
PREPARAÇÃO 
 
Explicar ao utente as razões pelas quais a pessoa que cuida utiliza bata 
para a prestação de cuidados. 
 
 
 MATERIAL 
• Kit com bata esterilizada 
• Mesa 
 
201 
INTERVENÇÕES DE ENFERMAGEM 
Intervenções Justificação 
→ Lavar as mãos com técnica 
asséptica 
→ Reduzir a transmissão de 
microrganismos 
→ Remover a parte externa da 
embalagem e abrir a parte 
interna para expor a bata estéril; 
colocar na mesa auxiliar, tocar 
somente a parte externa da 
embalagem e estender a 
cobertura sobre a mesa, abrir o 
pacote de luvas e deslizar o 
conteúdo para o campo 
esterilizado 
→ Colocar as luvas no campo 
esterilizado 
→ Pegar na bata agarrando-a 
firmemente para evitar que se 
desdobre quando a levanta e se 
afasta do campo esterilizado 
→ Manter material estéril 
→ Afaste-se da mesa e de outras 
superfícies não esterilizadas 
→ Preservar a esterilidade 
→ Segure a bata de modo a que a 
metade superior fique à sua 
frente, na posição em que vai ser 
vestida, com as aberturas das 
mangas uma para cada lado 
→ Preservar a esterilidade 
→ Deixe que a bata se desdobre 
por acção da gravidade 
→ Promover eficiência 
 
202 
 
 
Retirar Bata e Luvas Contaminadas 
 
Intervenções Justificação 
→ Ainda com as luvas calçadas 
desatar as fitas da cintura da 
frente de trás 
→ Evitar contaminação 
→ Agarre bata na zona dos 
ombros de ambos os lados e 
puxe para a frente e para fora 
dos braços para ficar virada do 
avesso com a parte suja para o 
interior e assim ser despida 
→ Evitar contaminação 
→ Vire os punhos das luvas mas 
mantenha-as nas mãos 
→ Evitar contaminação 
→ Rode cuidadosamente a luva no 
sentido do comprimento, de 
→ Evitar contaminação 
enquanto enfia os braços na 
abertura das mangas, 
levantando e afastando os 
braços para ajudar a vestir as 
mangas 
→ Mantenha as mãos cobertas 
dentro das mangas enquanto o 
seu assistente ata a bata no 
pescoço e atrás na cintura 
→ Promover eficiência 
→ Antes de acabar de vestir a bata, 
comece a calçar as luvas 
→ Preservar a esterilidade 
→ Apertar as tiras externas → Segurar a bata 
 
203 
modo a que o lado que estava 
encostado ao corpo fique virado 
para fora e que o lado 
contaminado fique para o lado 
de dentro 
→ Puxe então a luva até ao fim e 
deite-a no saco do lixo 
apropriado 
→ Evitar contaminação 
→ Lavagem higiénica das mãos → Evitar infecção nosocomial 
 
 
NOTAS: 
______________________________________________________ 
______________________________________________________ 
______________________________________________________ 
______________________________________________________ 
______________________________________________________ 
______________________________________________________ 
______________________________________________________ 
______________________________________________________

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.