A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
81 pág.
Logística - Textos II

Pré-visualização | Página 11 de 43

que	
   seja	
   a	
   função	
   da	
   instalação,	
   as	
   decisões	
   a	
   respeito	
   da	
  
localização,	
   capacidade	
   e	
   flexibilidade	
   das	
   instalações	
   influenciam	
   significamente	
   o	
  
desempenho	
   da	
   CS.	
   Um	
   distribuidor	
   de	
   peças	
   automobilísticas,	
   lutando	
   para	
  manter	
   sua	
  
responsividade,	
   poderia	
   ter	
   diversas	
   instalações	
   para	
   depósitos	
   localizadas	
   próximos	
   aos	
  
clientes,	
  mesmo	
  que	
  essa	
  atitude	
  reduzisse	
  sua	
  eficiência.	
  Por	
  outro	
   lado,	
  um	
  distribuidor	
  
com	
  alta	
  eficiência	
  manteria	
  menos	
  depósitos,	
   apesar	
  de	
  estar,	
   dessa	
  maneira,	
   reduzindo	
  
sua	
  responsividade.	
  
Informação	
  consiste	
  em	
  dados	
  ou	
  análises	
  a	
  respeito	
  de	
  estoque,	
  transporte,	
  instalações	
  e	
  
clientes,	
  que	
  fazem	
  parte	
  da	
  cadeia	
  de	
  suprimento.	
  A	
  informação	
  é	
  potencialmente	
  o	
  maior	
  
fator-­‐chave	
   de	
   desempenho	
   da	
   CS,	
   pois	
   afeta	
   diretamente	
   cada	
   um	
   dos	
   demais	
   fatores-­‐
chave.	
   A	
   informação	
   propicia	
   ao	
   gerenciamento	
   a	
   oportunidade	
   de	
   tornar	
   as	
   CS	
   mais	
  
responsivas	
  e	
  eficientes.	
  Com	
  informações	
  sobre	
  os	
  padrões	
  de	
  demanda	
  dos	
  clientes,	
  uma	
  
empresa	
   farmacêutica	
   é	
   capaz	
   de	
   produzir	
   e	
   armazenar	
   remédios	
   em	
   antecipação	
   à	
  
demanda	
  do	
   cliente,	
   o	
   que	
   caracteriza	
   sua	
  CS	
   como	
  muito	
   responsiva,	
   uma	
   vez	
   que	
   seus	
  
clientes	
  encontrarão	
  os	
  remédios	
  de	
  que	
  precisam,	
  na	
  hora	
  que	
  precisam.	
  Essa	
  informação	
  
sobre	
  demanda	
   também	
  pode	
   tornar	
   a	
  CS	
  mais	
   eficiente	
  porque	
  a	
  empresa	
   farmacêutica	
  
poderá	
  prever	
  melhor	
  sua	
  demanda	
  e	
  produzir	
  apenas	
  a	
  quantidade	
  necessária.	
  Pode	
  ainda	
  
tornar	
  essa	
  CS	
  mais	
  eficiente	
  fornecendo	
  aos	
  gerentes	
  a	
  oportunidade	
  de	
  escolher	
  o	
  tipo	
  de	
  
transporte	
  mais	
  barato,	
  sem	
  deixar	
  de	
  atender	
  às	
  exigências	
  necessárias	
  de	
  serviços.	
  
Os	
   gerentes	
   de	
   cadeia	
   de	
   suprimento	
   devem	
   estabelecer	
   o	
   equilíbrio	
   entre	
   eficiência	
   e	
  
responsividade	
   em	
   cada	
   um	
   dos	
   fatores-­‐chave	
   individualmente.	
   O	
   impacto	
   conjunto	
   dos	
  
quatro	
  fatores-­‐chave	
  vai,	
  então,	
  determinar	
  a	
  responsividade	
  e	
  a	
  eficiência	
  de	
  toda	
  a	
  cadeia	
  
de	
  suprimentos.	
  A	
  estratégia	
  de	
  cadeia	
  de	
  suprimento	
  determina	
  qual	
  será	
  seu	
  desempenho	
  
em	
  relação	
  à	
  eficiência	
  e	
  à	
  responsividade.	
  
	
  
Estoque	
  
O	
  estoque	
  exerce	
  um	
  grande	
  impacto	
  no	
  tempo	
  de	
  fluxo	
  do	
  produto	
  e	
  na	
  taxa	
  de	
  saída	
  em	
  
uma	
  cadeia	
  de	
  suprimento.	
  O	
  tempo	
  de	
  fluxo	
  do	
  produto	
  é	
  o	
  tempo	
  que	
  transcorre	
  entre	
  o	
  
momento	
  em	
  que	
  o	
  material	
  entra	
  na	
  cadeia	
  de	
  suprimento	
  e	
  o	
  momento	
  em	
  que	
  deixa.	
  
Outro	
   item	
   importante	
   em	
   que	
   o	
   estoque	
   exerce	
   bastante	
   influência	
   é	
   a	
   taxa	
   de	
   saída	
  
(throughput),	
   ou	
   seja,	
   a	
   taxa	
   em	
   que	
   ocorrem	
   vendas	
   ao	
   cliente	
   final.	
   Se	
   estoque	
   for	
  
representado	
  por	
  I,	
  o	
  tempo	
  de	
  fluxo	
  por	
  T	
  e	
  a	
  taxa	
  de	
  saída	
  por	
  R,	
  podemos	
  relacionar	
  os	
  
três	
  utilizando	
  a	
  lei	
  de	
  Little	
  como	
  vemos	
  a	
  seguir:	
  I	
  =	
  R*T	
  
A	
   conclusão	
   lógica	
   é	
   que	
   estoque	
   e	
   tempo	
   de	
   fluxo	
   são	
   sinônimos	
   em	
   uma	
   cadeia	
   de	
  
suprimento.	
  Sabendo-­‐se	
  que	
  um	
  tempo	
  de	
  fluxo	
  reduzido	
  pode	
  representar	
  uma	
  vantagem	
  
significativa	
  em	
  uma	
  cadeia	
  de	
  suprimento,	
  os	
  gerentes	
  devem	
  executar	
  ações	
  que	
  reduzam	
  
a	
   quantidade	
   de	
   estoque	
   necessária,	
   sem	
   aumentar	
   os	
   custos	
   ou	
   comprometer	
   a	
  
responsividade.	
  A	
  escolha	
  implícita	
  sobre	
  o	
  estoque	
  está	
  entre	
  a	
  responsividade,	
  resultante	
  
de	
  maiores	
  estoques,	
  e	
  eficiência,	
  resultante	
  de	
  estoques	
  menores.	
  
O	
   estoque	
   cíclico	
   é	
   a	
   quantidade	
   média	
   de	
   estoque	
   utilizada	
   para	
   satisfazer	
   a	
   demanda	
  
entre	
  o	
  recebimento	
  das	
  entregas	
  vindas	
  dos	
  fornecedores.	
  
O	
   estoque	
   de	
   segurança	
   é	
   o	
   estoque	
   mantido	
   como	
   precaução	
   no	
   caso	
   de	
   a	
   demanda	
  
exceder	
  as	
  expectativas	
  e	
  serve	
  para	
  combater	
  a	
  incerteza.	
  
O	
  estoque	
  sazonal	
  é	
  o	
  estoque	
  criado	
  para	
  combater	
  a	
  variabilidade	
  previsível	
  da	
  demanda.	
  
	
  
Transporte	
  
Um	
  transporte	
  mais	
  rápido,	
  utilizando	
  diferentes	
  meios	
  ou	
  diferentes	
  quantidades	
  a	
  serem	
  
transportadas,	
  contribui	
  para	
  que	
  a	
  cadeia	
  de	
  suprimentos	
  seja	
  mais	
  responsiva,	
  mas	
  acaba	
  
reduzindo	
  sua	
  eficiência.	
  O	
  tipo	
  de	
  transporte	
  adotado	
  por	
  uma	
  empresa	
  também	
  afeta	
  os	
  
estoques	
  e	
  a	
  localização	
  das	
  instalações	
  na	
  cadeia	
  de	
  suprimento.	
  
O	
   papel	
   do	
   transporte	
   na	
   estratégia	
   competitiva	
   da	
   empresa	
   é	
   representado	
  
proeminentemente	
  quando	
  a	
  empresa	
  está	
  avaliando	
  as	
  necessidades-­‐alvo	
  de	
  seus	
  clientes.	
  
Se	
  a	
  estratégia	
  competitiva	
  tem	
  como	
  alvo	
  o	
  cliente	
  que	
  demanda	
  um	
  nível	
  muito	
  alto	
  de	
  
responsividade	
   e	
   esse	
   cliente	
   está	
   disposto	
   a	
   pagar	
   por	
   essa	
   responsividade,	
   a	
   empresa	
  
pode	
  então	
  utilizar	
  o	
  transporte	
  como	
  um	
  fator-­‐chave	
  para	
  tornar	
  a	
  cadeia	
  de	
  suprimentos	
  
mais	
   responsiva.	
  O	
  oposto	
   também	
  procede:	
   se	
  a	
  estratégia	
   competitiva	
  da	
  empresa	
   tem	
  
como	
  alvo	
   clientes	
  que	
  apresentam	
  o	
  preço	
   como	
  principal	
   critério	
  decisão	
  de	
   compra,	
   a	
  
empresa	
   pode	
   então	
   utilizar	
   o	
   transporte	
   para	
   baixar	
   o	
   custo	
   do	
   produto,	
   sacrificando	
   a	
  
responsividade.	
  
As	
  empresas	
  possuem	
  normalmente	
  seis	
  opções	
  básicas	
  de	
  meios	
  de	
  transporte:	
  	
  
• Via	
  aérea:	
  o	
  meio	
  mais	
  caro,	
  mas	
  também	
  o	
  mais	
  rápido.	
  
• Caminhão:	
  meio	
  relativamente	
  rápido	
  e	
  barato,	
  com	
  altos	
  níveis	
  de	
  flexibilidade.	
  
• Trem:	
  um	
  meio	
  barato	
  utilizado	
  para	
  grandes	
  quantidades.	
  
• Navio: