A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
5 pág.
Exercício Psicopatologia I (Segunda Prova)

Pré-visualização | Página 1 de 2

Questões a respeito da aula de 03/04/2014
A respeito do exame das funções mentais, assinale V para afirmações verdadeiras e F para afirmações falsas:
Q1 - (F) A inteligência musical e emocional fazem parte da definição utilizada de inteligência.
Q2 - (V) Os delírios mais comuns são os do tipo persecutório.
Q3 - (V) Um sujeito que não consegue medir adequadamente as consequências dos seus próprios atos está com prejuízo no juízo crítico.
Considerando a legenda abaixo: 
1 – Sensopercepção; 2 – Atenção; 3 – Conduta/psicomotricidade; 4 – Orientação; 5 – Pensamento; 6 – Linguagem/discurso; 7 – Inteligência; 8 – Memória; 9 – Consciência; 10 – Afeto/humor; 11 – Juízo Crítico
Coloque o número mais adequado em cada item.
Q4 - ___01___ Alucinações
Q5 - ___11___ Capacidade de discernir o certo do errado
Q6 - ___10___ Labilidade (instabilidade emocional)
Q7 - ___04___ Capacidade de saber o próprio nome e profissão
Q8 - ___07___ Retardo mental
Q9 - Quais funções mentais são avaliadas no Mini-Exame do Estado Mental?
SACOPLIMCAJU – Sensoperceção, Atenção, Consciência, Orientação, Pensamento, Linguagem, Memória, Conduta, Afeto/Humor e Juízo Crítico.
Q10 - O que é um delírio de referência?
No delírio de referência ele diz ser alvo freqüente ou constante de referências depreciativas, caluniosas. Ao passar pela frente de um bar e observar pessoas conversando e rindo, entende que estão falando dele, rindo dele, dizendo que ele é ladrão ou homossexual; tudo, enfim, refere-se a ele. Às vezes, ouve o seu nome e que o xingam (mecanismo alucinatório associado ao delírio de referência) ou simplesmente deduz que aquela conversa dos homens no bar é sobre ele (mecanismo interpretativo associado ao delírio de transferência).
Q11 - Quais são as habilidades e limitações de alguém com retardo mental leve?
Idade mental de 9 à 12 anos;
HABILIDADES
Habilidades de comer, vestir-se, lavar-se e controle de esfíncteres geralmente preservado;
Podem ter algumas habilidades práticas e domésticas;
Podem fazer trabalhos manuais não especializados;
Podem ter uma vida independente.
LIMITAÇÕES
Leitura e escrita, chega até a 6ª ou 7ª série do fundamental com dificuldade;
Conceito abstrato complexo e lógico;
Imaturidade emocional.
Outras questões fundamentais a respeito de funções mentais
Nas questões seguintes, estão escritos alguns trechos de casos clínicos. Cada trecho corresponde a uma ou mais alterações em funções mentais. Considerando a legenda abaixo, identifique quais funções mentais estão alteradas.
1 – Sensopercepção; 2 – Atenção; 3 – Conduta/psicomotricidade; 4 – Orientação; 5 – Pensamento; 6 – Linguagem/discurso; 7 – Inteligência; 8 – Memória; 9 – Consciência; 10 – Afeto/humor; 11 – Juízo Crítico
Q12 - _____03_____ “Marcos está extremamente irritável, e chegou a agredir sua ex-namorada”. 
Q13 - _____11_____ “ Antônio não percebe que seu uso de álcool está prejudicando sua família”
Q14 - _____08_____ “Eventualmente Márcio esquece onde estacionou o carro”
Q15 - _____04_____ “José não soube informar o dia do mês e horário atual”
Q16 - _____10_____ “Mário tem chorado bastante e pensa em se matar”
Q17 - _____11_____ “Aílton acredita que está sendo monitorado e testado pelo governo. Relata que carros suspeitos têm passado em frente à sua casa, que seus colegas de trabalho estão agindo de forma estranha para testá-lo e que desconfia que até mesmo sua família está envolvida na trama”;
Q18 - _____01_____ “Há quatro anos, Décio começou a escutar vozes. Relata que ‘espíritos mestres’ ficam constantemente lhe criticando, xingando outras pessoas e tentando guiar o seu comportamento.”
Q19 - _____09_____ “ Márcio relata estar sempre cansado e sonolento”
Q20 - Qual a diferença entre apatia e anedonia?
Apatia: diminuição da excitabilidade. Tem relação com alegria e tristeza.
Anedonia: perda do prazer.
Questões a respeito da utilização do DSM-IV-TR
Q21 – Qual o sistema classificatório de doenças mentais que o psicólogo clínico brasileiro deve utilizar? 
CID-10.
Q22 – Qual a relação entre a CID-10 e o DSM-IV-TR no que diz respeito aos transtornos mentais?
Q23 – Caso o profissional tenha a forte suspeita de que todos os critérios de um transtorno serão satisfeito, mas, no momento, não houver informações suficientes, como ele deve proceder?
Q24 – O que é um sistema multiaxial de avaliação?
É um sistema de avaliações composta por 5 eixos, onde cada qual é relativo a um diferente domínio de informações.
Q25 – Quais são os eixos que compõem a avaliação multiaxial do DSM-IV-TR? O que cada eixo avalia? Não é necessário saber todos os transtornos ou condições específicos.
Eixo I – Transtornos Clínicos e Outras Condições Que Podem Ser Foco de Atenção Clínica.
Eixo II – Transtornos da Personalidade e Retardo Mental.
Eixo III – Condições Médicas Gerais.
Eixo IV – Problemas Psicossociais e Ambientais.
Eixo V – Avaliação Global do Funcionamento.
Q26 – Caso o indivíduo possua mais de um transtorno de Eixo I, em que ordem eles devem ser colocados?
Os transtornos deverão ser colocados em ordem de importância clínica.
 Ex: 1. Transtorno Bipolar I 2. Transtorno do Pânico
Q27 – Como fica o diagnóstico de Eixo II seja o principal foco de atenção clínica, como ele deve ser codificado?
Deverá ser especificado ao lado do Eixo II.
	Ex:	Borderline (motivo da consulta)
Q28 – Carmen está com hipertireoidismo e, devido aos efeitos da doença, está com um transtorno de ansiedade. Como essas condições devem ser codificadas na avaliação multiaxial do DSM-IV-TR?
Questões a respeito de episódios de humor 
Q29 - Quando que uma resposta de luto pode ser diagnosticada como um Episódio Depressivo Maior? 
O luto poderá ser diagnosticado como E.D.M. quando no mínimo 5 dos sintomas persistirem por mais de duas semanas.
Q30 - Qual é o tempo mínimo de sintomatologia depressiva que um sujeito precisa apresentar para que seja diagnosticado Episódio Depressivo Maior?
2 semanas.
Q31 - Quais são os 2 principais sintomas de um Episódio Depressivo Maior?
Humor deprimido e perda de interesse/prazer (anedonia).
Q32 - Cite 4 sintomas de um Episódio Maníaco.
1. Auto-Estima Elevada
2. Distratibilidade
3. Fuga de Ideias
4. Excesso de Atividades Prazerosas
Q33 - Quais as diferenças entre Episódio Maníaco e Hipomaníaco?
A diferença entre um episódio maníaco e um hipomaníaco é que o de mania dura 7 dias e o de hipomania cerca de 4 dias.
Q34 - ( ) Um Episódio Depressivo Maior pode ser diagnosticado como um transtorno distinto.
Q35 - (V) Episódios depressivos, maníacos, hipomaníacos e mistos são os “blocos” de construção dos transtornos do humor.
Q36 - (V) A maioria dos Episódios Depressivos Maiores vão entrar em remissão, mesmo que não sejam tratados.
Q37 - (V) Antes de poder realizar um diagnóstico de Episódio Depressivo Maior, é importante que o sujeito passe por uma avaliação médica completa. Existem patologias não psiquiátricas que podem explicar sintomas depressivos.
Q38 - (V) Para diagnosticar um Episódio Maníaco, não é preciso que aja humor elevado. Alguns episódios se caracterizam por humor irritável.
Q39 - (V) Na maioria dos casos um Episódio Maníaco é seguido de um Episódio Depressivo.
Q40 – ( ) Para que possamos classificar um Episódio Depressivo Maior como em remissão completa, é preciso que o sujeito se apresente assintomático por pelo menos 20 dias.
Q41 – (F) Normalmente os sujeitos em Episódio Maníaco e Hipomaníaco reconhecem que estão doentes. 
Questões a respeito de transtornos do humor
Q42 – Qual é o curso típico do Transtorno Depressivo Maior?
Duração variável: 6 – 12 meses.
Q43 – Quais são as diferenças diagnósticas entre Transtorno Bipolar do Tipo I e do Tipo II?
O Transtorno Bipolar do Tipo I tem apenas 1 episódio de mania, enquanto o Transtorno Bipolar do Tipo II tem 1 E.D.M + 1 episódio de Hipomania.
Q44 – (V) Basta um episódio depressivo maior para que seja diagnosticado um Transtorno Depressivo Maior.
Q45 – (F) Para que seja feito o diagnóstico de