A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
27 pág.
QUESTÕES DE DIREITO PREVIDECIÁRIO

Pré-visualização | Página 2 de 8

rural em hipótese alguma pode ser dispensada.
	
	A prova oral é prevista na IN 45/2010 na forma de entrevista rural. .
	
	a Justificação Administrativa - JA não supre a falta de documento ou faz prova de fato ou circunstância de interesse do beneficiário perante o INSS .
	
	a entrevista rural está prevista na IN n.º 45/2010 nos artigos 134 e seguintes. É prova não obrigatória para a comprovação de qualquer categoria de trabalhador rural.
	 
	a justificação administrativa é uma das formas de prova oral prevista na IN45/2010.
	
	 
	Ref.: 201301545369
		
	
	 3a Questão
	
	
	
	
	A cobertura previdenciária se destina:
		
	
	nem aos segurados nem aos dependentes.
	 
	aos segurados e dependentes.
	
	ao terceiro de boa-fé.
	
	spo aos segurados.
	
	só aos dependentes.
	
	 
	Ref.: 201302176016
		
	
	 4a Questão
	
	
	
	
	Não é considerado filiado obrigatório ao Regime Geral de Previdência Social, na qualidade se segurado empregado:
		
	
	Aquele que presta serviço de natureza urbana ou rural à empresa, em caráter não eventual, com subordinação e mediante remuneração
	 
	O carregador de bagagem em porto, que presta serviços sem subordinação nem horário fixo, a diversos, com a intermediação do sindicato da categoria
	
	O menor aprendiz, com idade entre 14 e 18 anos, sujeito a formação técnica-profissional metódica
	
	O trabalhador temporário contratado por empresa de trabalho temporário para atender à necessidade transitória de substituição de seu pessoal regular e permanente ou à acréscimo extraordinário de serviços
	
	 
	Ref.: 201302099515
		
	
	 5a Questão
	
	
	
	
	A respeito de conceito legal de contribuinte individual é correto afirmar
		
	 
	Considera-se contribuinte individual o brasileiro civil que trabalha no exterior para organismo oficial internacional do qual o Brasil é membro efetivo, ainda que lá domiciliado e contratado, salvo quando coberto por regime próprio de previdência social.
	
	Considera-se contribuinte individual a pessoa física, proprietária ou não, que explora atividade agropecuária, a qualquer título, em caráter permanente ou temporário, em área superior a 4 (quatro) módulos fiscais com auxílio de empregados ou por intermédio de prepostos. A exploração de atividade agropecuária em área, igual ou inferior a 4 (quatro) módulos fiscais assim como a atividade pesqueira, não configura a hipótese de contribuinte individual.
	
	Considera-se contribuinte individual a pessoa física, proprietária ou não, que explora atividade de extração mineral - garimpo, em caráter permanente ou temporário, diretamente ou por intermédio de prepostos, com ou sem o auxílio de empregados, utilizados a qualquer título, desde que de forma contínua.
	
	Não é considerado contribuinte individual, o ministro de confissão religiosa e o membro de instituto de vida consagrada, de congregação, ou de ordem religiosa, pois gozam de imunidade das contribuições sociais, nos termos, do art. 150, VI, "b", da Constituição Federal.
	
	Considera-se contribuinte individual o titular de firma individual urbana ou rural, o diretor não empregado e o membro de conselho de administração de sociedade anônima, o sócio solidário, o sócio de indústria, o sócio gerente e o sócio cotista, assim como o associado eleito para cargo de direção em cooperativa associação ou entidade de qualquer natureza ou finalidade, bem como o síndico ou administrador eleito para exercer atividade de direção condominial, mesmo que não recebam remuneração.
	
	 
	Ref.: 201301506940
		
	
	 6a Questão
	
	
	
	
	Considere o enunciado e as assertivas abaixo: Pode filiar-se como segurado facultativo I  A dona de casa II  O síndico de condomínio, quando não remunerado III  o estudante IV  o presidiário que não exerce atividade remunerada nem está vinculado a qualquer regime de previdência social. Correlacionando o enunciado acima com as assertivas propostas, pode-se afirmar:
		
	
	Somente os itens I, II e III estão corretos.
	
	Somente o item I está correto.
	 
	Que os itens I, II, III e IV estão corretos.
	
	Somente os itens I e II estão corretos.
	
	Somente os itens I, III e IV estão corretos.
	
	 
	Ref.: 201301545281
		
	
	 7a Questão
	
	
	
	
	Nos termos da Lei nº 8.213/1991, NÃO são beneficiários do Regime Geral de Previdência Social, na condição de dependentes do segurado:
		
	
	o seu irmão não emancipado menor de 21 anos.
	
	o companheiro que mantém união estável.
	 
	o enteado menor ainda que não comprovada a dependência econômica do segurado.
	
	os seus pais.
	
	o seu irmão inválido de 30 anos.
	
	 
	Ref.: 201301528410
		
	
	 8a Questão
	
	
	
	
	Sobre as aposentadorias no Regime Geral de Previdência Social - RGPS, marque a alternativa correta:
		
	
	O segurado obrigatório, inscrito como contribuinte individual, tem direito a todas as prestações previdenciárias, com exceção da aposentadoria por idade.
	
	A aposentadoria por invalidez é prestação previdenciária devida, no valor de 100% ou 125% do salário-de-benefício, pago de forma vitalícia, vedada a sua transformação em aposentadoria por idade, quando o segurado atingir os requisitos para este benefício.
	 
	A aposentadoria especial aos 15, 20 ou 25 anos de serviço, em razão de trabalho em condições nocivas à saúde e a integridade física do segurado, além da prova do trabalho nessas condições, depende de contribuição previdenciária adicional a cargo do trabalhador.
	 
	A partir da Emenda Constitucional n. 20, de 15.12.1998, não há mais o direito à aposentadoria proporcional por tempo de serviço, salvo o direito adquirido daqueles filiados antes da edição da referida emenda, desde que cumpram pedágio de tempo de serviço de 40% do tempo faltante e, ainda, comprovem idade mínima 48 e 53 anos de idade, para mulher e homem, respectivamente.
	
	São condições para a aposentadoria integral por tempo de contribuição: 30 e 35 anos de contribuição, para mulher e homem, respectivamente e; cumulativamente, idade mínima de 55 e 60 anos, para mulher e homem, respectivamente.
	ef.: 201301545387
		
	
	 1a Questão
	
	
	
	
	A relação jurídica de dependente e INSS só se instaura quando:
		
	
	continua a existir relação jurídica entre o segurado, o que ocorre com a morte daquele ou recolhimento à prisão.
	
	deixa de existir relação jurídica entre o segurado, o que ocorre com o recolhimento à prisão.
	
	deixa de existir dever moral entre o segurado, o que ocorre com a morte daquele ou recolhimento à prisão.
	 
	deixa de existir relação jurídica entre o segurado, o que ocorre com a morte daquele ou recolhimento à prisão.
	
	deixa de existir relação jurídica entre o segurado, o que ocorre apenas com a morte daquele.
	
	 
	Ref.: 201302168010
		
	
	 2a Questão
	
	
	
	
	Manoel perdeu seu emprego em 31/12/2009, tendo mantido a qualidade de  segurado até 31/12/11. Em março de 2012, Manoel faleceu devido à metástase de tumor maligno. Sua esposa, Maria, pleiteou o benefício de pensão por morte, tendo juntado atestados e exames que demonstraram que a incapacidade de Manoel teve início ainda no ano de 2010. Analisando o caso concreto marque a opção correta?
		
	 
	Maria, desta forma, faz jus ao benefício de pensão por morte, pois Manoel tinha direito adquirido ao benefício por incapacidade laborativa.
	
	Maria, desta forma, faz jus ao benefício de auxílio doença maternidade, pois Manoel tinha direito adquirido ao benefício por incapacidade laborativa,
	
	Maria jamais fará jjus ao benefício de pensão por morte, pois Manoel não tinha direito adquirido ao benefício por