APOL 5
3 pág.

APOL 5

Disciplina:Administração Jurídica - Mediação e Arbitrage7 materiais36 seguidores
Pré-visualização1 página
APOL 5
Questão 1/5 - Mediação e Arbitragem
Sobre a arbitragem, leia o texto abaixo:
“A lei não precisou impor requisitos rigorosos de qualificação dos árbitros uma vez que, prestigiando a autonomia da vontade, transferiu às próprias partes (ou, mediatamente, às entidades arbitrais eleitas pelas partes) o controle de qualidade dos árbitros. Na prática, acabam sendo nomeadas para oficiar como árbitros as pessoas que, pelo seu histórico de vida e currículo, conquistam a confiança do mercado. É por conta do requisito de confiança que, tradicionalmente, os árbitros escolhidos pelas partes ou indicados por entidades arbitrais sérias são profissionais de carreira consolidada e reputação ilibada. Pela mesma razão, o presidente do tribunal arbitral, quase sempre, é um profissional da advocacia, a despeito de inexistir qualquer imposição legal nesse sentido. ” (Manual de Arbitragem, p. 74-75.)
Acerca dela, com base no texto e nos estudos da disciplina de Mediação e Arbitragem, analise as assertivas abaixo:
I – A arbitragem é um instituto que tem crescido no nosso país.
II – A arbitragem é um método alternativo ao Poder Judiciário
III – A arbitragem pode ser usada por acordo espontâneo das pessoas envolvidas no conflito ou por decisão de apenas uma delas, automaticamente abrindo mão de discutir o assunto na Justiça.
IV – Para ser árbitro, é preciso ser bacharel em direito.

É correto apenas o que se afirma em: 
	
	A
	I e II.

	
	B
	III e IV.

	
	C
	I e IV.

	
	D
	I e III.

	
	E
	IV.

Questão 2/5 - Administração Judiciária
O planejamento estratégico em parte do Poder Judiciário nacional só foi possível com a padronização de informações em um mesmo banco de dados e a uniformização de denominações relativas a projetos e programas existentes nos tribunais brasileiros. Assinale a alternativa que apresenta um resultado alcançado com a utilização das ferramentas de gestão do CNJ (Conselho Nacional de Justiça).
	
	A
	O CNJ não interfere na padronização das informações dos bancos de dados e nem na uniformização dos tribunais brasileiros.

	
	B
	O CNJ tem como responsabilidade proferir decisões nas sindicâncias e processos promovidos pela Corregedoria-Geral da Defensoria Pública da União.

	
	C
	O CNJ deve determinar correições ordinárias e extraordinárias.

	
	D
	O CNJ é uma Instituição independente que cuida da proteção das liberdades civis e democráticas, buscando assegurar e efetivar os direitos individuais e sociais.

	
	E
	O CNJ promoveu o estabelecimento de metas desafiadoras de curto, médio e longo prazos com os respectivos indicadores para mensuração de seu alcance.

Questão 3/5 - Administração Judiciária
Para Bacellar, “o princípio do devido processo legal – due process of law, nasceu em oposição ao Rei João sem Terra, filho de Henrique II da Inglaterra, que não respeitava os direitos dos cidadãos e integrou uma das cláusulas da Magna Carta [de 1215], primeira Constituição escrita do mundo. O processo legal (seja ele judicial ou administrativo) deve ser adequado com observância da ampla defesa e do contraditório, com direito à produção de provas, iguais oportunidades em todas as suas fases.” Com base nessa afirmação, assinale a alternativa correta:
	
	A
	Esse direito assegura exclusivamente o direito cível.

	
	B
	Esse direito contempla somente o segmento empresarial.

	
	C
	Esse direito é assegurado a todos os cidadãos.

	
	D
	Esse direito assegura a indivisibilidade de direitos, de modo que não podem ser pleiteados individualmente.

	
	E
	Esse direito é exclusivo para a liberdade de expressão.

Questão 4/5 - Mediação e Arbitragem
Nas aulas de mediação e arbitragem, vimos o conceito abaixo:
“Modalidade extrajudicial de resolução de conflito em que um terceiro escolhido pelas partes decide uma lide. ”
Esse conceito corresponde a qual instituto estudado?
	
	A
	Mediação.

	
	B
	Arbitragem.

	
	C
	Procedimento de conciliação.

	
	D
	Negociação direta.

	
	E
	Lide judicial.

Questão 5/5 - Administração Judiciária
Sobre a disciplina Administração Judiciária, lemos:
“O Poder Judiciário, melhor organizado e estruturado, deve propiciar ao cidadão efetivo acesso à ordem jurídica justa, promovendo os meios que garantam a acessibilidade real do cidadão aos serviços judiciários, redução das distâncias físicas aos órgãos e serviços judiciários por meio de parcerias, ações itinerantes que aumentem a capilaridade do atendimento, com mutirões de conciliação e carcerário.” (BACELLAR, Roberto Portugal. Administração judiciária – com justiça. Curitiba: InterSaberes, 2016.)
Com base nesse contexto, qual é a principal tarefa do Poder Judiciário?
	
	A
	A estrutura atual do Poder Judiciário foca na integração dos tribunais com soluções tempestivas, homogêneas, e deve permanecer dessa maneira.

	
	B
	A estrutura atual do Poder Judiciário foca na integração das políticas nacionais com as políticas regionais com soluções construídas de forma a que extinguiu a morosidade do judiciário.

	
	C
	O Judiciário não deve adotar somente o método adversarial, como hoje faz, mas propiciar o acesso a uma ordem jurídica justa, com atenção a meios autocompositivos.

	
	D
	A estrutura atual do Poder Judiciário foca nos planejamentos semanais alinhados com suas metas e seus indicadores, permitindo a mensuração de resultados.

	
	E
	A estrutura atual do Poder Judiciário foca nas políticas públicas voltadas ao sistema social, político e judiciário, contribuindo para que o judiciário seja mais próximo da sociedade.