A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
2 pág.
RESUMÃO AV2   CLINICO 7 UTI

Pré-visualização | Página 1 de 1

A
C
ER
V
O
 D
E 
ED
W
A
LL
A
C
E 
A
M
O
R
IM
 
 
A
C
ER
V
O
 D
E 
ED
W
A
LL
A
C
E 
A
M
O
R
IM
 
 
RESUMÃO AV2 – CLÍNICO 7 UTI 
Resumão elaborado por: Edwallace Amorim 
 
1. Calcule a Pressão Arterial Média a seguir: 
 
a) 160x90 
b) 120x80 
c) 190x90 
 
 
 
 
 
 
2. Quais os mecanismo/dispositivos para ofertar oxigenoterapia? 
R: Cateter tipo óculos, máscara de Venture, máscara de Hudson, tubo orotraqueal, traqueostimo. 
 
3. Para que serve a Ventilação Não Invasiva? 
R: Para desmame de ventilação mecânica, insuficiência respiratória leve, pacientes terminais, para descansar a 
musculatura respiratória. 
 
4. O paciente vítima de trauma, Glasgow 08 e sangramento necessita de quais cuidados? 
R: 1.imobilização da cervical; 2.entubação; 3.AVP para infusão volêmica e controle da PA. 
 
5. A partir de que Glasgow é indicado intubação endotraqueal? 
R: GLASGOW 8 
 
6. Cite cuidados de Enfermagem em pacientes em uso de Ventilação Mecânica: 
R: 
1) Posicionar o paciente em Fowler ou semi-Fowler 30 a 45 Cº; 
2) Cuidado no manuseio para não haver extubação acidental; 
3) Higiene oral no mínimo 3x ao dia; 
4) Manter conexões limpas; 
5) Proporcionar umidificação adequada; 
6) Pausar dieta durante manipulação e aspiração do paciente; 
7) Evitar escape aéreo; 
8) Posicionamento correto das traqueias do respirados. 
 
7. Responda V ou F: 
 
( F ) A posição dos eletrodos não interfere na leitura do ECG. 
( F ) Nos casos de intoxicação por carbonatos o antagonista utilizados é Adrenalina. 
( V ) O cateter de PVC avalia a pressão dentro dos vasos. 
( V ) A contração do ventrículo é realizada pelo complexo QRS. 
( F ) Na fibrilação atrial não há onda P, o QRS pode está ausente ou aberrante e ausência de batimentos cardíacos. 
( V ) O cateter de PAM serve para monitorar a pressão arterial. 
 
8. Cite Cuidados profiláticos de Enfermagem para que pacientes em uso de Ventilação Mecânica não apresentem 
obstrução por secreção. 
R: 
1) Realizar ausculta pulmonar sempre que necessário, 
2) Aspirar às vias aéreas sempre que necessário, 
3) Observar sinais de obstrução do tubo ou traqueostimo, 
4) Registrar aspecto de coloração, odor, volume. 
 
9. Quais os tipos de dietas hospitalares? 
R: Oral, via enteral, via parenteral. 
 
10. Quais são os testes confirmatórios após passagem de sonda enteral? Qual é o teste considerado mais confirmatório 
(ouro)? 
R: 1.observação; 2.ausculta; 3.aspiração gástrica; 4.RX (QUE É O TESTE OURO). 
 
Fórmula da PAM: 
 
PAS + 2 x PAD 
3 
Fórmula da 
Pressão de Pulso: 
 
PAS - PAD 
 
160 + 2 x 90 = 340 = 113 PAM 
 3 3 
 
120 + 2 x 80 = 180 = 93 PAM 
 3 3 
 
190 + 2 x 90 = 370 = 123 PAM 
 3 3 
 
 
A
C
ER
V
O
 D
E 
ED
W
A
LL
A
C
E 
A
M
O
R
IM
 
 
A
C
ER
V
O
 D
E 
ED
W
A
LL
A
C
E 
A
M
O
R
IM
 
 
11. Cite os principais problemas e o que pode ser feito para evita-los em relação ao uso de sondas para dietas. 
R: 
1) Lavar antes e depois de administrar medicações e determinadas dietas; 
2) Exteriorização + contenção; 
3) Manter a pele do paciente limpa para a fixação da sonda; 
4) Fazer mudança da fixação da sonda para evitar lesões em narina; 
5) Higiene das fossas nasais. 
 
12. Quais os tipos de dieta Parenteral? Em que situações o paciente poderá usar dieta parenteral? 
R: NPT e NPP. 
1) Todas as vezes que o paciente estiver com o TGI não funcionando, 
2) Obstrução intestinal, vômito intratável ou crônico, diarreia grave, doenças do intestino, ulcera ativa. 
 
13. Quais as principais características da Fibrilação Atrial? 
R: Não há onda P, complexo QRS é normal, ritmo dos batimentos é rápido e irregular e o traçado é desorganizado. 
 
14. Quais os tipos de Sepse? 
R: Sepse, sepse grave, choque séptico, choque séptico refratário. 
 
15. Descreva a sequencia das condutas em um quadro se sepse que evoluiu para choque séptico, citando as drogas 
administradas? 
R: 1º paciente apresenta hipotensão, monitoramos o paciente, fazemos uma expansão volêmica rápida prescrita 
pelo médico, não revertendo a PA o médico entra com noradrenalina, se ainda não reverter o médico entra com 
mais uma droga vasoativa a dopamina a escolha é do médico, coletamos a cultura e estramos com o antibiótico já 
prescrito. 
 
16. Comente sobre diálise peritoneal? 
R: Terapia dialítica substitutiva na qual substitui o rim. É utilizada em casos de insuficiência renal crônica, através 
de cateter permanente instalado no peritônio. Pode ser realizado por um familiar treinado através de troca de 
bolsas com solução específicas conectadas ao cateter de forma manual ou através de maquina dialitica. 
 
17. Quais os cuidados de enfermagem com pacientes que dão entrada no hospital com diagnóstico de IAM. 
R: 
1) Acomodar paciente no leito; 
2) Garantir ambiente tranquilo; 
3) Instalar monitoração multiparâmetros; 
4) Instalar O2; 
5) Realizar ECG; 
6) AVP calibroso; 
7) Solicitar o exame de RX. 
 
18. Desenhe a Escala de Glasgow: 
R:

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.