A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
2 pág.
Atenção a Saude SUS   Resenha do Filme Politicas de saude no Brasil   Copia

Pré-visualização | Página 1 de 1

Aluno: Mariana da Costa Maciel Data: 21 de Março de 2016 
Turma: 1° período
O documentário “Políticas de Saúde no Brasil: um século de luta pelo direito à saúde”, com o roteiro e direção de Renato Tapajós, traz uma seleção de temas acerca de questões de direito a saúde, no contexto das políticas públicas de saúde. O objetivo da obra é que, através da sua visualização, o espectador seja capaz de refletir sobre essas questões, tendo em vista dois parâmetros: a luta social e o aperfeiçoamento do SUS. 
No primeiro momento do documentário é retratado um período com epidemias de febre amarela, cólera, e varíola, onde o tratamento era filantrópico, custeado pela Igreja, e com o decorrer Oswaldo Cruz inicia e lidera a Reforma Sanitária, propondo uma política de quarentena com vacinação obrigatória.
Com a Lei Eloy Chaves, em 1923, os ferroviários foram os primeiros a se beneficiar de assistência médica e aposentadorias, as chamadas Caixas de Aposentadorias e Pensões (CAP’s) e após no governo de Getúlio Vargas veio se tornar Instituto de Aposentadorias e Pensões (IAP’s), no entanto, os recursos adquiridos com percentual do salário dos trabalhadores foi investido para Industrialização. 
Com o advento da ditadura militar no Brasil, no ano de 1960, as discussões sobre a saúde pública brasileira se baseou na unificação dos IAP´s como forma de tornar o sistema mais amplo, neste momento a população está lutando por garantias de saúde pública a todos e para todos, no entanto, a entrada do General Castelo Branco não ameniza a pobreza, as doenças, o aumento da mortalidade infantil, e a saúde pública encontrasse desestruturada.
Nos anos de 1964 á 1988 a saúde pública passa ser vista de outra forma, com obras de grandes hospitais, bem equipados que atenderam trabalhadores escritos na previdência social, nesse período os trabalhadores rurais passam a ter direito a assistência medica e a aposentadoria.
É criado o movimento popular de saúde que nasceu na periferia, e o governo cria o SINPAS, nesse momento há grande mobilização popular, conselhos populares para a assistência à saúde pública. 
No ano de 1986, com a 8° Conferência Nacional da Saúde a primeira conferência a ser aberta à sociedade, que resultou na implantação do Sistema Unificado de Saúde, que se baseia no ideal de universalidade, equidade e integridade, foi conquistado o SUS, que foi regulamentado em 1990, seguindo a criação da Saúde da Família para melhor alcançar a população.
Dessa forma, o documentário assistido busca retratar a história das políticas de saúde no Brasil, com o propósito de demostrar como ela se articulou com a história política brasileira, deixando em destaque os instrumentos que foram criados para implementação do SUS, além de demostrar que o caminho percorrido pelo Sistema Único de Saúde – SUS ainda não corresponde às necessidades atuais da sociedade, no entanto é um marco para saúde pública e é de extrema necessidade para a reflexão de uma nova forma de lidar com as políticas públicas. 
Fundação Educacional Serra dos Órgãos – FESO
Centro Universitário Serra dos Órgãos – UNIFESO
Centro de Ciências da Saúde – CSS
Curso de Graduação em Farmácia.
 Docente: Prof. Fernando.