A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
26 pág.
As Sombras Paralelas

Pré-visualização | Página 1 de 1

SOMBRAS PARALELAS
Representação Gráfica IV
SOMBRAS EM PERSPECTIVAS MILITARES E VISTAS ISOMÉTRICAS:
A projeção de sombras em desenhos militares
ou isométricos obedece ao sistema projetivo
paralelo. Deste modo, consideramos que os
raios luminosos vêm de um ponto localizado no
infinito (centro de projeção impróprio), ou seja,
são paralelos entre si. São denominados “raios
efetivos”.
Raios Efetivos (RE)
SOMBRAS EM PERSPECTIVAS MILITARES E VISTAS ISOMÉTRICAS:
As sombras são projetadas ponto a ponto.
Cada uma das aresta verticais faz a relação
entre um par de pontos: um ponto de “base” e
um ponto de “tampa”. Dos pontos de “base”
partem os “raios direcionais”, ou seja, as linhas
que indicarão o caminho que a sombra
projetada irá percorrer.
Raios Direcionais (RD)
SOMBRAS EM PERSPECTIVAS MILITARES E VISTAS ISOMÉTRICAS:
O ângulo utilizado no traçado dos “raios
efetivos” é responsável pala extensão da
sombra projetada. Por convenção, utilizaremos
45º. O cruzamento entre RE e RD revela a
silhueta da sombra.
Cruzamento entre 
RE e RD
SOMBRAS EM PERSPECTIVAS MILITARES E VISTAS ISOMÉTRICAS:
O ângulo utilizado no traçado dos “raios
efetivos” é responsável pala extensão da
sombra projetada. Por convenção, utilizaremos
45º. O cruzamento entre RE e RD revela a
silhueta da sombra.
SOMBRA DA ARESTA PERPENDICULAR
SOMBRA DA ARESTA 
PARALELA
(VG)
SOMBRAS EM PERSPECTIVAS MILITARES E VISTAS ISOMÉTRICAS:
ARESTA PERPENDICULAR
AO PLANO DE PROJEÇÃO
DA SOMBRA
ARESTA PARALELA AO 
PLANO DE
PROJEÇÃO DA SOMBRA
SOMBRAS EM PERSPECTIVAS MILITARES E VISTAS ISOMÉTRICAS:
SOMBRAS EM PERSPECTIVAS MILITARES E VISTAS ISOMÉTRICAS:
SOMBRAS EM PERSPECTIVAS MILITARES E VISTAS ISOMÉTRICAS:
SOMBRAS EM PERSPECTIVAS MILITARES E VISTAS ISOMÉTRICAS:
SOMBRAS EM PERSPECTIVAS MILITARES E VISTAS ISOMÉTRICAS:
SOMBRAS EM PERSPECTIVAS MILITARES E VISTAS ISOMÉTRICAS:
SOMBRAS EM VISTAS ISOMÉTRICAS:
EXEMPLO 01:
A
SOMBRAS EM VISTAS ISOMÉTRICAS:
EXEMPLO 01:
B
SOMBRAS EM VISTAS ISOMÉTRICAS:
EXEMPLO 01:
C
SOMBRAS EM VISTAS ISOMÉTRICAS:
EXEMPLO 02:
A
SOMBRAS EM VISTAS ISOMÉTRICAS:
EXEMPLO 02:
B
SOMBRAS EM VISTAS ISOMÉTRICAS:
EXEMPLO 02:
C
SOMBRAS EM VISTAS ISOMÉTRICAS:
EXEMPLO 03:
A
SOMBRAS EM VISTAS ISOMÉTRICAS:
EXEMPLO 03:
B
SOMBRAS EM VISTAS ISOMÉTRICAS:
EXEMPLO 03:
C
SOMBRAS EM VISTAS ISOMÉTRICAS:
EXEMPLO 03:
D
SOMBRAS EM VISTAS ISOMÉTRICAS:
EXEMPLO 04:
A
SOMBRAS EM VISTAS ISOMÉTRICAS:
EXEMPLO 04:
B
SOMBRAS EM VISTAS ISOMÉTRICAS:
EXEMPLO 04:
C
SOMBRAS EM VISTAS ISOMÉTRICAS:
EXEMPLO 04:
D

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.