Princípio da instrumentalidade das formas - Resumo
2 pág.

Princípio da instrumentalidade das formas - Resumo

Pré-visualização2 páginas
1
Processo Civil - Resumo
PRINCÍPIO DA INSTRUMENTALIDADE
DAS FORMAS
De acordo com este p rincípio, o ato proces sual será válido se alcançar o
objetivo para o qual foi el aborado, send o eficaz e efet ivo mesmo que praticado d e
forma difer ente ao estabel ecido na lei, c om a ressalv a de que não ac arrete preju ízo
consideráve l à parte co ntrária.
Atualment e, os atos pr ocessuais não p odem ser e ncarados apen as do ponto
de vista f ormal. O que importa ao processo é atingir a finalidade almejada, mesmo
que não sejam obedecidos todos os re quisitos form ais.
Nesse sentido, o CPC d ispõe em seu art . 277:
“Art. 277. Quando a lei prescrever determinada forma, o juiz cons iderará válido
o ato se, realizado de outro modo, lhe alcançar a finalidade.”
É sabido qu e o process o é um pro cedimento com formas p reestabelecid as,
porém, ele contém um fim em si, qual seja, alcança r o objet ivo para o qu al foi criado.
Portanto, o processo n ão admite m ais o seguim ento “à ris ca” dos rit os e fórmulas ,
sendo que e sta deve se prestar a concessão d a tutel a prevista n o direito m aterial, b em
como a efeti vação da jus tiça.
Este princíp io represent a a ligação ent re o direit o material e o processual ,
sendo que as no rmas process uais devem se r pensadas e aplicadas como meio de
2
efetivação do di reito material . Trata-se da Teoria Ci rcular dos Planos Material e
Processual.
Ressalta-se que a adoç ão desse p rincípio não resulta n o complet o desprezo
das formali dades proces suais, visto q ue não há proc esso sem os at os formais q ue
servem com o segurança p ara que o di reito material seja execu tável.
Ainda quant o ao princípio, dispõe o art. 188, do CPC:
“Art. 188. Os atos e os termos processuais independem de forma deter minada,
salvo quando a l ei expressam ente a exigir , considerand o-se válidos os que,
realizados d e outro mod o, lhe preen cham a final idade essen cial.”
Portanto, o princíp io da instrument alidade busca evitar o excesso de
formalismo no processo qu e pode preju dicar a bu sca pela efet ividade proces sual.