A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
4 pág.
ANÁLISE DO FILME VIDA DE INSETO

Pré-visualização | Página 1 de 2

ANÁLISE DO FILME VIDA DE INSETO
NOME: SANDRA DE OLIVEIRA CAMPOS 
MAT: 201502243792 (QUARTA AB NOITE)
	INDICADORES
	GRUPO DAS FORMIGAS
	GRUPO DOS GAFANHOTOS
	GRUPO DOS INSETOS
	
LIDERANÇA
	Ao ter a ideia de construir o pássaro, Flik mobiliza o grupo, fazendo com que as formigas ficassem animadas e com esperança de que poderiam espantar os gafanhotos, percebe-se então a união e o esforço do grupo em busca de um mesmo objetivo, fazendo todos seguirem sua ideia.
	Com uma liderança autoritária, Hopper, toma as decisões individualmente, não quer a opinião dos outros, nas cenas, mostra sua forma de intimidar os gafanhotos para que não desacate suas ordens, e faz com que os gafanhotos entendam que as formigas estão em maior quantidade. 
	Os insetos confiavam em Flik, e isso fez com que eles se unissem a Flik, que juntamente com Dot, mobiliza o grupo com o objetivo em comum de salvar a rainha.
	
PAPÉIS/FUNÇÕES
	O Senhor Solo, ajuda as formigas a superarem os obstáculos que surgem na fila, acompanhando o trabalho das formigas evitando com isso, possíveis falhas.
Dona Flora cuidava da saúde das formigas, uma cena que demonstra isso é a que uma formiga desmaia.
	Molt sendo o porta voz do grupo leva as criticas dos outros ao líder, na cena em que Hooper está num quarto recebendo massagem e Molt chega falando das queixas do grupo.Os gafanhotos do bar tinham o papel de conspirador, quando convence Molt a levar suas ideias a Hopper,pois para eles já tinham comida o suficiente e não queriam ir ao formigueiro.
	Louva Deus era o mágico e guru do circo, além de porta voz do seu grupo.
A viúva negra tecia fios e teias que serviam de rede de proteção, armadilhas, como também, as formigas utilizavam para se divertirem.
	
OBJETIVO
	Trabalhavam com o objetivo de conseguir comida para elas e os gafanhotos durante o inverno. Já no final do filme, possui outro objetivo de que é construir o pássaro para espantar os gafanhotos.
	Amedrontavam as formigas para que essas permanecessem trabalhando, fazendo com que conseguissem comida para eles, com o intuito, de manter sempre o controle sobre elas. 
	Faziam suas apresentações no circo, com o intuito de receber aplausos da plateia, onde na maioria das vezes isso não acontecia.
	
CONFLITOS
	Flik acaba ocasionando um conflito, quando é culpado pela perda de toda colheita que era oferecida aos gafanhotos, infligindo as regras impostas pelas formigas.
	Hopper ataca o formigueiro, e toma a rainha, Flik acaba apanhando quando tenta juntamente com os insetos atacar os gafanhotos.
	Ao falharem na apresentação do número do fogo, deixa o chefe muito chateado com eles, o que ocasionou a demissão de todos os insetos do circo.
	
COMUNICAÇÃO
	Havia uma boa comunicação entre as formigas, há uma cena que demonstra isso, quando a princesa reúne todos para comunicar a construção do pássaro.
	Não havia muita interação, pois somente Hopper tinha voz, fazendo os outros compreenderem a qualquer custo.
	Quando os insetos falham na apresentação do número do fogo, acontece aí uma mal comunicação entre os insetos e a pulga.
	
MUDANÇAS
	Com a construção do pássaro, ideia de Flik, acaba mudando o pensamento das formigas, as quais resolvem enfrentar os gafanhotos, fato nunca ocorrido antes.
	Quando Hopper percebe que Flik tentou enfrenta-lo, o fez refletir que as formigas estão em maior número, com isso, propõe uma mudança de pensamento, sendo que se as formigas se rebelassem contra eles, suas vidas fáceis iriam acabar, o objetivo além da comida agora é manter o controle sobre elas.
	Ao salvarem a Dot, os insetos começam a se sentir heróis, estrelas, elevando sua autoestima, conseguindo aplausos e reconhecimento, o que sempre buscavam em seus espetáculos.
ANÁLISE DO FILME O SENHOR DAS MOSCAS
LIDERANÇA:
Inicialmente, quando se veem em uma ilha tropical, se sentem felizes, pois estariam longe de tarefas, e para eles seria uma espécie de férias, porém, logo depois se veem sozinhos, e precisam buscar meios para sua sobrevivência, com isso, Ralph, é eleito o líder do grupo pelo voto da maioria, e propõe a divisão de tarefas entre eles, tomando as decisões que fossem melhores para todos, partindo de um objetivo em comum, a sobrevivência do grupo. Outro rapaz do grupo, Piggy, se mostra como porta voz do grupo, se tornando um grande aliado de Ralph, uma vez que demonstra a necessidade de que o grupo seja resgatado da ilha, como também mostra algumas soluções para isso, numa das cenas o óculos de Piggy serve para que eles façam uma fogueira.
 As tarefas se tornam o objetivo comum do grupo, o qual sua finalidade ali era sua sobrevivência, porém, o que se percebe, é que desde do início, há uma ausência de papéis no grupo, em que na distribuição de papéis Ralph sempre permanece como líder, o que pode ter ocasionado o não desenvolvimento do grupo.
Por outro lado, alguns rapazes se contrapõem a ideia de Ralph, e se recusam a participar das divisões de tarefas, assim Jack, um dos rapazes do grupo, desfaz a união entre os colegas, e alguns o seguem, tomando outro tipo de liderança, rebelde e autoritária, impondo medo aos membros do seu grupo. Ao compararmos com o filme Vida de inseto, a liderança de Ralph se assemelha com a de Flik, uma vez que este age num objetivo do bem comum de todo do grupo, e ver a união do grupo, como a melhor forma de enfrentar os obstáculos que aparecem. Já a liderança de Jack, se assemelha com a de Hopper, onde este possui uma liderança autoritária, rebelde, que quer manter o controle sobre todos, e para se conseguir isso, amedronta e põe medo em todos no grupo.
COMUNICAÇÃO:
Ao encontrarem uma concha, que emite um som, Ralph decide de quem estiver com a concha, tem a palavra, estabelecendo com isso a comunicação do grupo. No filme Vida de inseto, percebe-se uma boa comunicação entre as formigas, onde elas têm voz, já no grupo dos gafanhotos, prevalece a palavra do líder Hopper, o que se assemelha no grupo de Jack, e no grupo de insetos acontece uma falha na comunicação que resulta num péssimo resultado da apresentação de um número do circo.
CONFLITOS:
Os conflitos surgem a partir do momento em que alguns não aceitam as regras impostas pelo líder do grupo, escolhido pela maioria, e com isso se rebelam, em que um dos rapazes, Jack, toma liderança e consegue que naquele momento que alguns lhe sigam e forma outro grupo, Jack se mostra desde do início o desagregador do grupo e sabotava as tarefas impostas. Logo depois, Jack se torna um líder bastante cruel, em que quer manter o controle sobre todos, e é visto como o mais forte, conseguindo mais adeptos ao seu grupo. voltam-se para a selvageria, onde enxergam a melhor forma de manter a sobrevivência e enfrentar os obstáculos que aparecerem.
Surge então uma ideia expressa por Jack, de que um monstro vive na ilha, criando-se uma imaginação de medo, e ao mesmo tempo, perigosa. Ralph tenta dizer que não é real, porém, o acampamento de Jack vai ganhando mais adeptos. Numa cena em que um piloto de avião salta de paraquedas morre na queda, os garotos que estavam acendendo a fogueira naquele momento veem e acreditam de fato de se tratar do monstro, nesse momento apenas Piggy e Simon permanecem com Ralph. Logo depois, Simon e Peggy são mortos pelo grupo de Jack, que consequentemente querem fazer o mesmo com Ralph, e nessa hora surge um militar na ilha, Ralph começa a chorar, e parece que aqueles garotos selvagens voltam a sua realidade grupal. 
Quando comparamos com o filme Vida de inseto, percebemos que surgem conflitos no grupo á medida em que Flik, descumpre uma regra imposta ao grupo, porém, Flik consegue manter o desenvolvimento grupal, a partir do momento em que encoraja e motiva as outras formigas a enfrentar os gafanhotos, criando o pássaro. Já no Senhor das moscas esses conflitos se estendem, na medida em que Ralph não consegue manter o desenvolvimento do grupo, porém, podemos perceber também que nesse