A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
63 pág.
APOSTILA

Pré-visualização | Página 1 de 9

UNIDADE 1
Objetivos e estratégias empresariais
Os dirigentes de empresas estabelecem seus objetivos e suas estratégias em função do macroambiente econômico, institucional e cultural em que pretendem operar.
1.1 Fator crítico de sucesso
A empresa – ou, genericamente, uma organização – é um sistema projetado, operado e administrado para atingir determinado conjunto de objetivos. Ter um propósito bem definido, compreendido por todos, é um fator crítico para o sucesso de uma empresa.
Objetivos são os propósitos abrangentes da empresa. Eles refletem o que seus proprietários ou seus representantes esperam que ela realize. Os objetivos fornecem a base para avaliar tudo o que a empresa faz.
Estratégias são planos para atingir os objetivos da organização. 
Os dirigentes de empresas estabelecem seus objetivos e suas estratégias em função do macroambiente econômico, institucional e cultural em que pretendem operar.
Em essência, a missão do administrador é atingir alto desempenho com relação aos objetivos organizacionais.
1.2 Tipos de objetivos
Uma empresa pode ter como objetivo:
maximizar o retorno para os proprietários;
satisfazer as expectativas dos clientes, fornecendo bens e serviços de alta qualidade;
propiciar um ambiente de trabalho estimulante e estável para seus colaboradores;
contribuir para o alcance dos objetivos e das políticas nacionais, e integrar-se a eles.
Note que os objetivos estabelecem o que se procura alcançar e para quem alcançar.
Vejamos:
o que – retorno, satisfação de expectativas, criação de um bom ambiente de trabalho;
para quem – proprietários, clientes, colaboradores, sociedade em geral.
1.3 Papel dos dirigentes
Os executivos definem as estratégias para a empresa como um todo, ou seja, as estratégias corporativas.
Sob essa ótica, os executivos podem:
escolher entre operar em um único setor ou em vários setores;
buscar uma integração para trás, visando à produção de matérias-primas;
buscar uma integração para frente, visando à venda de produtos aos clientes;
escolher entre atuar em um só país ou estender as atividades a outros países;
definir estratégias específicas para cada unidade de negócio ou produto. 
	
1.4 Estratégias corporativas
Basicamente, há duas estratégias potenciais que poderão proporcionar vantagem competitiva à empresa.
A empresa pode almejar um nicho de atuação para seus produtos e serviços, podendo, dessa forma, praticar preços mais elevados.
Nesse caso, temos uma estratégia de diferenciação.
Alternativamente, a empresa pode optar por oferecer produtos e serviços idênticos aos da concorrência a custos inferiores. 
Nesse caso, temos uma estratégia de liderança de custos.
Para tanto, a empresa deverá perseguir economias de escala, eficiência nos processos e na produção, e ótimas fontes de suprimentos. 
Alguns produtos são, naturalmente, mais afeitos a uma ou a outra estratégia. Logo, a empresa poderá perseguir uma estratégia para alguns produtos e outra para os demais.
Em segmentos onde o produto ou serviço é uma commodity, a liderança de custos poderá ser a única maneira de se conseguir um desempenho superior.
1.5 Sistemas de controle organizacional
Os executivos influenciam outros membros da organização no sentido de observarem e respeitarem as estratégias aprovadas, utilizando sistemas de controle organizacional.
Os sistemas de controle organizacional incluem, dessa forma, avaliações de desempenho de caráter:
financeiro – faturamento, resultado econômico, retorno do investimento;
não financeiro – qualidade dos produtos, participação no mercado, satisfação de clientes, moral dos funcionários. 
1.6 Ambiente competitivo
Ao estabelecer os objetivos e as estratégias corporativas, os dirigentes têm de considerar o ambiente competitivo, isto é, a natureza das forças mais próximas à organização:
concorrentes
barreiras
demanda
regulação
concorrentes
Quem são os atuais concorrentes, e que objetivos e estratégias eles perseguem?
1.7 Síntese da unidade
A seguir, navegue pelo mapa conceitual que sintetiza o conteúdo desta unidade. Clique e arraste os itens de conteúdo para visualizar as ramificações dos assuntos.
definição de estratégias específicasvendasprodução de matéria-primaoperação em setorenglobamplanossãoestratégiaspolíticasambiente de trabalhoexpectativas de clientesretorno aos proprietáriosenglobampropósitossãoobjetivospossuiEMPRESA
Mapa conceitual
Clique no ícone para acessar o mapa conceitual que sintetiza o conteúdo desta unidade em formato .pdf
UNIDADE 2
Atividades empresariais
Em uma perspectiva mais contemporânea, a empresa é vista como aquela que agrupa as atividades empresariais em três grandes ações: obter financiamentos, realizar investimentos e conduzir operações. 
2.1 Perspectiva tradicional
Sob uma das perspectivas mais tradicionais, a empresa é vista como um conjunto de funções especializadas que se distribuem por departamentos ou áreas, tais como:
produção e operações
finanças
marketing
recursos humanos
pesquisa e desenvolvimento
Usualmente, a empresa é também departamentalizada de forma mista ou por:
Essa abordagem tradicional refere-se à estrutura organizacional e a seus princípios básicos. São eles:
especialização;
coordenação;
autoridade;
papéis;
responsabilidades. 
2.2 Perspectiva contemporânea
Em uma perspectiva mais contemporânea, a empresa é vista como aquela que agrupa as atividades empresariais em três grandes ações:
obter financiamentos;
realizar investimentos;
conduzir operações. 
Financiamentos
As atividades de financiamento envolvem a obtenção de fundos de duas principais fontes: 
proprietários ou sócios
credores ou terceiros
Proveem fundos a prazo indeterminado. Em troca, recebem dividendos – pela distribuição de lucros – e se beneficiam quando há valorização de suas ações. 
Investimentos
As atividades de investimento compreendem a aplicação de recursos em uma variedade de itens, como:
imóveis, móveis, veículos, máquinas, equipamentos e instalações 
patentes, licenças e outros direitos contratuais 
participações societárias em outras empresas 
estoques 
contas e títulos a receber 
disponibilidades 
Operações
As atividades operacionais das empresas são conduzidas por diferentes departamentos e incluem as seguintes modalidades:
Compras
Obtenção de mercadorias para revenda ou ainda matérias-primas e componentes a serem processados para posterior venda.
Operações
As atividades operacionais das empresas são conduzidas por diferentes departamentos e incluem as seguintes modalidades:
Produção
Combinação de materiais, mão de obra e outros recursos para transformá-los em produtos acaba
2.3 Circulante e não circulante
Podemos, ainda, segregar as atividades empresariais, relativas a investimentos e financiamentos, em duas grandes categorias:
de curto prazo ou circulante
Investimentos que representam dinheiro em mãos, aplicações financeiras de liquidez imediata, contas a receber de clientes e estoques.
Já os financiamentos compreendem as dívidas de vencimento mais imediato com bancos, fornecedores, salários a pagar, encargos e impostos a recolher.
 
de médio e longo prazos ou não circulante
Investimentos em participações societárias, imóveis, móveis, veículos, máquinas, equipamentos e instalações.
Os financiamentos dessa categoria compreendem os credores de longo prazo, como debenturistas e outros financiadores, assim como os recursos aplicados pelos proprietários.
Vejamos um quadro que sintetiza as atividades empresariais e as exemplifica:
2.4 Síntese da unidade
A seguir, navegue pelo mapa conceitual que sintetiza o conteúdo desta unidade. Clique e arraste os itens de conteúdo para visualizar as ramificações dos
Diagrama usado para conectar palavras e ideias a uma ideia central. É usado para visualizar, classificar, estruturar e gerar ideias. Os elementos são ordenados de forma intuitiva, de acordo

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.