A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
11 pág.
infancia e adolecencia

Pré-visualização | Página 3 de 3

a tosses frequentes, sibilos e infecções das vias respiratórias.
Tosse, o sintoma mais perceptível, é muitas vezes acompanhada por engasgo, vômito e sono agitado
Progressão da doença leva menos tolerância ao exercício, as infecções pulmonares mais frequentes, o tórax assume uma forma de barril e a insuficiência de oxigênio pode causar baqueteamento digital e cianose na base das unhas.
Episódios de constipação ou desenvolver bloqueio intestinal recorrente e algumas vezes crônico.
Suor salgado
Adolescentes muitas vezes apresentam crescimento lento e atraso da puberdade. 
19. Como é feito o diagnóstico da FC?
Dosagem de cloreto no suor; 
Tripsinogênio reativo – teste do pezinho então observaram que o nível plasmático de tripsinogênio (IRT) é aumentado no RN e a 
Presença de pelo menos uma manifestação clínica (doença pulmonar obstrutiva crônica, história familiar, teste positivo de triagem neonatal) tem mais aumento da concentração de cloro no suor.
20. Quais os objetivos do tratamento nutricional e quais recomendações para a criança e adolescente com FC?
Otimizar o consumo de nutrientes;
Favorecer a aceitação alimentar;
Repor os eletrólitos perdidos;
Oferecer ácidos graxos essenciais de acordo com a tolerância;
Contribuir para a melhora do sistema imunológico
Recomendações:
Suplementação de cálcio, magnésio, sódio, ferro e zinco:
Cálcio e magnésio – Envolvidos na saúde óssea
Sódio - Crianças com FC podem desenvolver hiponatremia devido às perdas de sal na pele, principalmente em regiões de clima quente e durante a realização de exercícios.
Ferro – diminuir casos de anemia (comum na FC)
Zinco - relacionado principalmente com a saúde pulmonar, imunidade e crescimento. A sua deficiência está caracterizada por retardo no crescimento, falta de apetite, alteração no paladar e distúrbios na função imune