A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
29 pág.
ADMINISTRAÇÃO E GERÊNCIA EM ENFERMAGEM

Pré-visualização | Página 3 de 7

Organização
	 
	Planejamento
	
	
	 1a Questão
	
	
	
	
	"Pensou o Princípio da Especialização e o estabeleceu na divisão do trabalho". Este testo se refere a:
		
	
	Herbert Simon
	
	F. Taylor
	
	Henry Ford
	 
	Adam Smith
	
	Henry Fayol
	
Explicação:
Adam Smith (1723 - 1790) filósofo e economista escocês, considerado como criador da Escola Clássica da Economia, em 1776 publica a sua obra "Uma investigação sobre a natureza e as causas da riqueza das nações", mais conhecido como A Riqueza das Nações, já abordava o princípio da especialização dos operários e o princípio da divisão do trabalho em uma manufatura de agulhas para destacar a necessidade da racionalização da produção. Conforme Chiavenato (1983, p.30), para Adam Smith, a origem da riqueza das nações reside na divisão do trabalho e na especialização das tarefas, preconizando o estudo dos tempos e movimentos, pensamento que, mais tarde, Frederick Winslow Taylor e o casal Frank e Lilian Gilbreth viriam a desenvolver, fundamentando a Administração Científica. 
	
	 
	
	 2a Questão
	
	
	
	
	Na Idade Média, a demanda por produtos tornou-se crescente e os artesãos começaram a:
		
	
	aprimorar e diminuir a produção.
	
	diminuir e automatizar a produção.
	
	reduzir o número da produção.
	 
	aprimorar e aumentar a sua produção.
	
	diminuir a venda de produtos novos
	
Explicação:
Conforme o comércio foi se desenvolvendo nos burgos , cresceu a necessidade de aumentar a produção e de produzir melhores equipamentos.
	
	 
	
	 3a Questão
	
	
	
	
	Para Fayol a administração se desenvolve para o alcance de objetivos e estabeleceu dois critérios fundamentais para se alcança-los. Um deles se baseia na própria definição de administração (I) e outro critério se baseia na concepção de que só se alcança os objetivos limitando ação das pessoas e dividindo o trabalho (II). A partir destas afirmações quais estão corretas?
		
	
	Apenas a II
	 
	I e II
	 
	Apenas a I
	
	Ambas estão incorretas
	
Explicação:
A Teoria Clássica da Administração foi idealizada por Henri Fayol. Caracteriza-se pela ênfase na estrutura organizacional, pela visão do Homem Econômico e pela busca da máxima eficiência. 
Fayol relacionou 14 princípios básicos que podem ser estudados de forma complementar aos de Taylor, entre eles: 
Divisão do trabalho - Especialização dos funcionários desde o topo da hierarquia até os operários da fábrica, assim, favorecendo a eficiência da produção aumentando a produtividade.
Autoridade e responsabilidade - Autoridade é o direito dos superiores darem ordens que teoricamente serão obedecidas. Responsabilidade é a contrapartida da autoridade.
 
	
	 
	
	 4a Questão
	
	
	
	
	"Observa a empresa como um conjunto de partes complementares formadoras de uma unidade". Essa definição de administração corresponde a:
		
	
	Linha contingencial
	 
	Linha das relações humanas
	 
	Linha dos sistemas
	
	Linha da tomada das decisões
	
	Linha funcional
	
Explicação:
A importância da TGS é significativa tendo em vista a necessidade de se avaliar a organização como um todo e não somente em departamentos ou setores. O mais importante ou tanto quanto é a identificação do maior número de variáveis possíveis, externas e internas que, de alguma forma, influenciam em todo o processo existente na Organização. Outro fator também de significativa importância é o feedback que deve ser realizado ao planejamento de todo o processo.
Teoria dos sistemas começou a ser aplicada na Administração principalmente em função da necessidade de uma síntese e uma maior integração das teorias anteriores (Científicas e Relações Humanas, Estruturalista e Comportamental oriundas das Ciências Sociais) e da intensificação do uso da cibernética e da tecnologia da informação nas empresas.
	
	 
	
	 5a Questão
	
	
	
	
	Na maioria das instituições de saúde, a enfermagem geralmente está organizada em uma estrutura rigidamente hierarquizada mediante subordinação integral de um indivíduo a outro. Nesses casos, as relações interpessoais e as pessoas não são devidamente consideradas e as propostas de trabalho resultam em atividades rotineiras com avaliações exclusivamente quantitativas. Essas características da organização resultam na aplicação de um modelo gerencial apoiado na:
		
	
	Teoria científica
	
	Teoria estruturalista
	
	Teoria dos sistemas
	 
	Teoria clássica
	
	Teoria comportamental
	
Explicação:
A teoria clássica têm ênfase na estrutura e preconiza a divisão do trabalho. Sua avaliações são exclusivamente quantitativas.
	
	 
	
	 6a Questão
	
	
	
	
	"Neste modelo, não existe uma linha correta de Administração, tudo depende diretamente de fatores externos". Esse texto corresponde a:
		
	 
	Linha contingencial
	
	Linha de relações humanas
	
	Linha da tomada das decisões
	 
	Linha funcional
	
	Linha dos sistemas
	
Explicação:
A Teoria da contingência ou Teoria contingencial enfatiza que não há nada de absoluto nas organizações ou na teoria administrativa. Tudo é relativo. Tudo depende. A abordagem contingencial explica que existe uma relação funcional entre as condições do ambiente e as técnicas administrativas apropriadas para o alcance eficaz dos objetivos da organização. As variáveis ambientais são variáveis independentes, enquanto as técnicas administrativas são variáveis dependentes dentro de uma relação funcional. Na realidade, não existe uma causalidade direta entre essas variáveis independentes e dependentes, pois o ambiente não causa a ocorrência de técnicas administrativas. Em vez de relação de causa e efeito entre as variáveis do ambiente (independentes) e as variáveis administrativas (dependentes), existe uma relação funcional entre elas. Essa relação funcional é do tipo "se então" e pode levar a um alcance eficaz dos objetivos da organização.
	
	 
	
	 7a Questão
	
	
	
	
	Henri Fayol foi um dos pensadores que fundamentaram as bases da Administração centrada na :
		
	
	Montagem em Série
	 
	Ênfase na estrutura organizacional
	 
	Princípio da Especialização
	
	Ênfase nas tarefas
	
Explicação:
Teoria Clássica – Principal autor: Henry Fayol
Ênfase: Na estrutura
Proposta: visa a eficiência da organização pela adoção de uma estrutura e de um funcionamento compatível com essa estrutura. Os seguidores desta teoria foram denominados “anatomistas” e “fisiologistas” da organização.
	
	 
	
	 8a Questão
	
	
	
	
	A gestão científica do trabalho está centrada na resolução de três problemas principais segundo Taylor. A vadiagem, o desconhecimento das rotinas e a falta de uniformidade das técnicas. Com isso, houve uma mudança de mentalidade n a gestão do trabalho que passou a se fundamentar principalmente na (o):
		
	
	Formulação de rotinas
	 
	Análise do processo de trabalho
	
	Aumento na carga de trabalho
	
	Elaboração de novas tecnologias
	
Explicação:
Taylor buscou estudar todo o processo de trabalho para posteriormente padroniza-lo em busca de maior eficiência.
		
	
		1.
		A experiência de Hawthorne é a base da teoria das relações humanas. Uma das suas conclusões é a de que:
	
	
	
	O comportamento do ser humano pode ser reduzido a algo que seja simples e mecânico.
	
	
	O indivíduo era visto como máquina em que a produção e o lucro eram os únicos objetivos. 
	
	
	O homem é guiado pelo sistema social e pelas demandas de ordem biológica, ao mesmo tempo.
	
	
	Nem todas as pessoas possuem necessidades de segurança, afeto, aprovação social, prestígio, e realização.
	
	
	As pessoas trabalham

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.