A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
54 pág.
Apostila de contabilidade

Pré-visualização | Página 2 de 14

Computadores 3.000,00 Impostos a Pagar 2.000,00 
 Mercadorias 4.000,00 Mercadorias a Pagar 2.000,00 
 Prateleiras 1.000,00 Instalações a Pagar 3.000,00 
 Marcas e Patentes 2.000,00 
 Instalações 1.000,00 
 
Direitos Patrimônio Liquido 
 Alugueis a Receber 1.000,00 Capital 5.000,00 
 Mercadorias a Receber 500,00 
 Promissórias a Receber 500,00 
 
Total 18.000,00 Total 18.000,00 
Componente: Contabilidade - Prof. Ms. Luís Carlos do Rego / Profa. Ms. Ruth Ap. M. Santos 
 
 Página 6 
 
CARACTERISTICAS DO BALANÇO PATRIMONIAL 
 
1) ATIVO: elementos positivos do patrimônio, ou seja, os bens e os direitos. Representa a aplicação dos recursos obtidos pela empresa 
(investimentos). 
 
2) PASSIVO: elementos negativos do patrimônio, ou seja, as obrigações e o patrimônio líquido. Representa a obtenção de recursos pela 
empresa (fonte de financiamento). 
 
3) PATRIMONIO LIQUIDO: é tudo aquilo que a empresa deve ao seu proprietário(s) e representa o quarto grupo do patrimônio que, jun-
tamente com os Bens, os Direitos e as Obrigações, completará a Demonstração Contábil denominada Balanço Patrimonial. Representa o 
“CAPITAL PRÓPRIO”. 
 
4) SITUAÇÃO LIQUIDA: para nós, representa e diferença entre as despesas e as receitas de uma empresa, em um determinado período 
(exercício social ou contábil). Situações Liquidas Patrimoniais possíveis: 
 
 Superavitária, Positiva ou Ativa: total das receitas maior que o total das despesas. 
 
 Deficitária, Negativa, Passiva ou Passivo a Descoberto: total das despesas maior que o total das receitas. 
 
 Nula: total das receitas igual ao total das despesas. 
 
 
5) RECEITAS E DESPESAS: 
 
RECEITAS 
 Entende-se por Receita a entrada de elementos para o ativo, sob a forma de dinheiro ou direitos a receber, correspondentes, 
normalmente, à venda de mercadorias, de produtos ou à serviços. Uma receita também pode derivar de juros sobre depósitos bancários 
ou títulos e de outros ganhos eventuais. 
 A Receita Bruta é o total bruto vendido no período. Nela estão inclusos os impostos sobre vendas (os quais pertencem ao gover-
no) e dela não foram subtraídas as devoluções (vendas canceladas) e os abatimentos (descontos) ocorridos no período. Os impostos sobre 
vendas são aqueles gerados no momento da venda. Os mais comuns: 
 IPI - Imposto sobre Produtos Industrializados 
 ICMS - Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços 
 ISS - Imposto sobre Serviços de qualquer natureza 
 PIS - Programa de Integração Social 
 COFINS - Contribuição para Financiamento da Seguridade Social 
 Devoluções (vendas canceladas) - são mercadorias devolvidas por estarem em desacordo com o pedido (preço, qualidade, quan-
tidade, avaria). O comprador, sentido-se prejudicado, devolve total ou parcialmente a mercadoria. Às vezes, a empresa vendedora, na 
tentativa de evitar devolução, propõe um abatimento no preço (desconto) para compensar o prejuízo ao comprador. Tanto a devolução 
como o abatimento aparecem deduzindo a Receita Bruta na D.R.E.. 
 
DESPESAS 
 
 Entende-se por Despesa, o consumo de bens ou serviços, que direta ou indiretamente, deverá produzir uma receita. Diminuindo 
o Ativo ou aumentando o Passivo, uma Despesa é realizada com a finalidade de se obter uma Receita cujo valor será superior à diminuição 
que provoca no Patrimônio Líquido. 
 
 
Operacionais 
 As despesas operacionais são as necessárias para vender os produtos, administrar a empresa e financiar as operações. Enfim, são 
todas as despesas que contribuem para a manutenção da atividade operacional da empresa. Os principais grupos são: 
 
Despesas com Vendas 
 Abrangem desde a promoção do produto até sua colocação junto ao consumidor (comercialização e distribuição). 
 
Despesas Administrativas 
 São aquelas necessárias para administrar (dirigir) a empresa. De maneira geral, são gastos nos escritórios que visam à direção ou 
à gestão da empresa. 
 
Despesas Financeiras 
 São as remunerações aos capitais de terceiros, tais como: juros pagos ou incorridos, comissões bancárias, descontos concedidos, 
juros de mora pagos, etc, 
 As despesas financeiras devem ser compensadas com as Receitas Financeiras, isto é, estas receitas são deduzidas daquelas des-
pesas. 
 As receitas de natureza financeira são as derivadas de aplicações financeiras, juros de mora recebidos, descontos obtidos, etc. 
 
Componente: Contabilidade - Prof. Ms. Luís Carlos do Rego / Profa. Ms. Ruth Ap. M. Santos 
 
 Página 7 
 
 
6) EQUAÇÃO PATRIMONIAL: representa a exigibilidade técnica que determina: 
 
 
“TOTAL DO PASSIVO SEMPRE IGUAL AO TOTAL DO ATIVO” 
 
DESENVOLVIMENTO 
 
Classifique os elementos constantes do quadro a seguir em: 
 
A: Bens ou Direitos e Obrigações 
B: Positivo ou Negativo 
C: Ativo ou Passivo 
 
ELEMENTOS A B C 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
FORMAÇÃO E VARIAÇÃO PATRIMONIAL 
 
Para se constituir uma empresa é preciso que se tenha, inicialmente, um Capital. Quando a empresa está sendo constituída, a palavra 
Capital é usada para representa o conjunto de elementos que o proprietário da empresa utiliza para iniciar suas atividades. Esse capital 
pode ser composto de: dinheiro, móveis, veículos, imóveis, promissórias a receber, etc. 
 
 
EXEMPLO 
 
Balanço Patrimonial 
ATIVO PASSIVO 
Bens Obrigações 
 
 
 
 
 
 
 
Direitos Patrimônio Liquido 
 
 
 
 
Total Total 
 
Escreva aqui a formação e as variações patrimoniais demonstradas no 
Balanço Patrimonial 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Componente: Contabilidade - Prof. Ms. Luís Carlos do Rego / Profa. Ms. Ruth Ap. M. Santos 
 
 Página 8 
 
PRÁTICA 1 
1) Crie uma Situação Patrimonial representando-a graficamente através do Balanço Patrimonial. Tal situação deverá conter: 
a) dois elementos que representem o Capital Próprio; 
b) sete elementos que representem Capitais de Terceiros; 
c) nove elementos que representem a aplicação desses Capitais. 
________________________________________________________________________ 
2) Represente graficamente, após cada fato ocorrido, a situação patrimonial da empresa, considerando-a em evolução, isto é, cada gráfico 
deve ser igual ao gráfico anterior, modificado pelas operações subseqüentes. 
Ao final, identifique qual é a situação líquida do mês 02 do ano atual: 
 
05/__/__: investimento Inicial (formação do capital) em dinheiro: R$ 300.000,00. 
05/__/__: investimento Inicial (formação do capital) em Móveis: R$ 200.000,00. 
06/__/__: compra de mercadorias em dinheiro: R$ 60.000,00. 
06/__/__: compra de mercadorias a prazo: R$ 80.000,00. 
06/__/__: compra de um veículo a prazo (duplicata): R$ 70.000,00. 
06/__/__: compra de uma casa a prazo (Nota Promissória): R$ 90.000,00. 
07/__/__: depósito em banco: R$ 100.000,00. 
08/__/__: venda de mercadorias a vista (em dinheiro): R$ 10.000,00 (custo R$ 9.000,00). 
08/__/__: venda de mercadorias a prazo: R$ 8.000,00 (custo R$ 7.000,00). 
09/__/__: pagamento de uma duplicata (fornecedor), no valor de R$ 20.000,00 (cheque). 
09/__/__: recebimento de uma duplicata no valor de R$ 4.000,00. 
10/__/__: pagamento, em dinheiro, de uma NP (casa) no valor de R$ 45.000,00. 
10/__/__: pagamento, em dinheiro, de juros sobre NP acima: R$ 3.000,00.

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.