pendulo amortecido
2 pág.

pendulo amortecido


DisciplinaFísica Experimental II1.362 materiais6.656 seguidores
Pré-visualização1 página
Bassotto, L
FSC247 \u2013 Física Experimental II
Universidade Franciscana \u2013 UFN
 bassotto704@gmail.com
Pêndulo Amortecido
 RESUMO: Neste presente experimento, foi observado a variação de amplitude das oscilações de um pêndulo, determinou-se o período (T) e a constante de amortecimento (b). 
 PALAVRAS CHAVE: amplitude, variação, período, amortecimento.
INTRODUÇÃO 
 Esse tipo especial de pendulo acontece quando a amplitude do movimento vai diminuindo. Um caso simples de osciladores amortecidos é aquele em que a força de amortecimento Fa é proporcional à velocidade v da massa que oscila: Fa bv Sendo b uma constante de amortecimento que depende das características do corpo (forma geométrica e tamanho da superfície) e do fluido viscoso no qual o corpo oscila.
PROCEDIMENTO EXPERIMENTAL
 Para realização deste experimento foi necessário um fio de linha fino e de massa desprezível, corpo de prova e cronômetro. 
 Inicialmente desloca-se o pêndulo de um ângulo de mais ou menos 10° e determina-se o tempo de 10 oscilações completas, marcando a amplitude de cada oscilação. Logo após determina-se o período, é traçado um gráfico de X(cm0 por T(s) e identificada a função. 
 Por fim, lineariza-se a função e é determinado o coeficiente de amortecimento. 
RESULTADOS E DISCUSSÃO
Oscilações para determinação do período T(s): 
Tempo total das 10 oscilações: 27,48 s
Período Médio (TM): 2,748 s
Relação medida/ distância:
	t(s)
	0
	1
	2
	3
	4
	5
	6
	7
	8
	9
	A(cm)
	20
	-19,5
	17,3
	-16,1
	15,6
	-14,9
	13,3
	-13,6
	12,5
	-12,4
 
	10
	11
	10,6
	-10,7
 
Gráfico X(cm) x t(s) em anexo \u2013 1. 
Função do gráfico é do tipo exponencial Axt. 
Linearizando a função obtêm-se o coeficiente de amortecimento b = 0,042 kg/s, através do seguinte cálculo:
 (b) 
Gráfico em anexo - 2. 
CONCLUSÃO
 Observando o sistema constata-se que o movimento torna-se amortecido devido a presença do ar, tal, com sua resistência e a amplitude de oscilação decrescerá com o tempo. 
 A partir dos cálculos efetuados determina-se como o período médio do sistema TM = 2,748 s e sua constante de amortecimento é b= 0,042 Kg/s. 
 Análise do PHET - Laboratório do Pêndulo: Ao observar o movimento do pêndulo no aplicativo PHET evidencia-se que a massa não altera o período do sistema. Entretanto, o comprimento do fio do pêndulo é fator alterante quando ao período, quanto menor for o fio mais rápido o pêndulo oscilará, ou seja, mais curto será o seu período de oscilação. A gravidade também é fator relevante nesta observação, pois quanto maior a gravidade mais rápido o pêndulo oscilará. 
 Conclui-se assim que a gravidade e o comprimento do fio são grandezas diretamente proporcionais ao período do sistema e o atrito atuará contrariamente a esses dois fatores. Ele fará com que o pêndulo diminua a intensidade de oscilação (período) até parar seu movimento. Assim como o pêndulo amortecido, que sofre com a resistência do ar \u2013 atrito.
REFERÊNCIAS
Material disposto pelo professor. 
http://sbfisica.org.br/rbef/pdf/334311.pdf - Revista Brasileira de Ensino de Física