Modelo Logistica Prointer Final III
12 pág.

Modelo Logistica Prointer Final III

Pré-visualização2 páginas
ANHANGUERA EDUCACIONAL
NOME DA UNIDADE
NOME DO CURSO
ALUNO \u2013 RA:
TÍTULO DO TRABALHO:
Subtítulo (se houver)
CIDADE
2018
ALUNO \u2013 RA:
TÍTULO DO TRABALHO:
Subtítulo (se houver)
Projeto Interdisciplinar apresentado ao curso de ... da Universidade Anhanguera como requisito parcial à obtenção de nota para aprovação da disciplina de Projeto Interdisciplinar aplicado aos cursos de Tecnologia I.
Tutora Eletrônica:Ana Claudia Tsukamoto
Tutor(a) de Sala:
CIDADE
2018
1 INTRODUÇÃO
Adequações e complementação da introdução e do embasamentoteórico, da caracterização da empresa e dos demais itens desta etapa,desenvolvidos no Relatório Parcial.
Elaborar um plano de reestruturação para a Empresa
Inovare Confecções Ltda.
Ler o estudo de caso no manual de elaboração Pág 9
Depois de finalizada a primeira etapa desta atividade, chegou omomento de aplicar os conhecimentos adquiridos para elaborar um plano dereestruturação logística, financeira e mercadológica da Empresa Inovare Ltda.
Utilize todo o conhecimento que vem sendo adquirido ao longo das aulas e
mãos à obra!
Nesta segunda etapa você dará continuidade ao PROINTER 3ª Série apartir dos estudos do relatório parcial desenvolvendo as seguintes atividades:
1ª ETAPA \u2013
Como já mencionado, a empresa apresenta uma série deproblemas em todos os elos de sua cadeia de suprimentos. A fim de quepossam ser sugeridas algumas melhorias, é de fundamental importância quese conheçam amplamente os principais conceitos relacionados a algunselementos fundamentais. Portanto, neste primeiro passo é necessário que seproceda a uma pesquisa bibliográfica que compreenda:
a) Os conceitos de cadeia de suprimentos puxada e empurrada;
b) As definições de postponement;
c) Os conceitos de outsourcing dos processos logísticos e suas respectivas
contribuições;
d) Como fazer a gestão dos fornecedores e sua importância;
e) Principais canais de distribuição, vantagens e desvantagens;
f) O que é um projeto de rede na cadeia de suprimentos (Conceitos,
aplicabilidades e importância);
g) Conceitos de lead time de compra e lead time de produção.
2ª ETAPA \u2013
Caro aluno, nesta fase você deve:
a) Elaborar para os gestores da Inovare um passo a passo de como preparar
um plano de produção que tenha como finalidade organizar e otimizar o processo produtivo da empresa.
No plano de produção são escolhidas as estratégias de longo prazo da organização. No tático, é o lugar em que o planejamento de médio prazo é feito e o PCP aqui faz o Planejamento-Mestre da Produção (PMP). Na escala operacional, é onde ocorrem os planos de curto prazo de produção e onde eles são acompanhados. Aqui também há a preparação da Programação da Produção a fim de gerir os estoques. Ocorre o sequenciamento, emissão e liberação das Ordens de Compras, Fabricação e Montagem e Controle da produção.
Todos esses três níveis devem estar solidificados, assim, o PMP só poderá existir na prática se estiver casado com as posições tomadas em longo prazo, programadas no Planejamento Estratégico da Produção como, por exemplo, a compra de equipamentos e o trâmite com fornecedores, a aquisição de equipamentos e negociação com fornecedores. O planejamento de fabricação de tal elemento será feito se a capacidade de produção do setor que cuida dela estiver em consonância com o Planejamento-Mestre da Produção, com a escolha da quantidade de turnos, dos recursos humanos e materiais necessários.
Para fazer um PCP existem alguns pré-requisitos, tais como: elaborar um Roteiro da Produção e um Planejamento da Capacidade.  O primeiro deve contar com fluxogramas do produto acabado e relação geral de peças a serem usadas, assim como máquinas e matérias-primas. O segundo é um acerto do programa de produção para tal período, pensando nas expectativas de vendas, na capacidade de produzir, no dinheiro disponível e nas decisões dos setores de marketing, industrial e financeiro.
b) Controlar o estoque e a quantidade de insumos estocados é um grande desafio para qualquer organização. É necessário que se tenha cuidado para que não haja excesso de matérias-primas e dos demais insumos estocados.
Porém, deve-se ter cuidado para que não haja falta de insumos. Uma eficiente
maneira de controlar estoque e mantê-lo em níveis aceitáveis é o denominado
just in time. Nesse sentido, você deve apresentar aos gestores os principais conceitos e vantagens dessa teoria de forma a justificar a sua implantação na empresa.
O sistema Just in Time também conhecido pela sigla JIT, trata-se de um conjunto de técnicas de administração da produção, cujo objetivo é produzir somente conforme a demanda, reduzindo custos de estoque e derivados deste processo. Mas não é só isso. O Just in Time é considerado também uma filosofia que inclui aspectos de administração de materiais, gestão da qualidade, projeto do produto e organização do trabalho.
Uma característica importante do Just in Time é que ele trabalha com a produção \u201cpuxada\u201d, ou seja, o material só é solicitado se realmente existir a necessidade de sua utilização.
Um dos principais objetivos do Just in Time é a melhoria contínua do processo produtivo através de um mecanismo de redução dos estoques.
Vantagens do sistema Just in Time: 
Aumento da qualidade do produto: Um dos objetivos do sistema é evitar que os defeitos ocorram ao longo do fluxo de produção.
Flexibilidade:O sistema Just in Time aumenta a flexibilidade de resposta pela redução do tempo envolvido no processo.
Velocidade: A flexibilidade, o baixo nível de estoques e a redução do Lead Time (ou tempo de aprovisionamento) contribuem para que o ciclo de produção seja curto, e o fluxo mais rápido.
Confiabilidade: O sistema Just in Time permite a identificação rápida dos problemas que poderiam comprometer a confiabilidade, e dessa forma, torna-se mais fácil resolvê-los imediatamente.
3ª ETAPA \u2013
Gerenciar os custos logísticos é de suma importância para que a organização não incorra em gastos desnecessários e aumente sua lucratividade. Para que esse gerenciamento se mostre correto, é necessário que a empresa adote um sistema de custeio a fim de atribuir os custos ao seu produto. Portanto, nessa etapa você deve elaborar uma pesquisa sobre os conceitos e os principais custos logísticos. A pesquisa também deve abordar quais são os sistemas de custeio mais comuns. Por fim, sugira um desses métodos à empresa procedendo a uma breve justificativa de o porquê de sua escolha.
Conforme Instituto dos Contadores Gerenciais (1992, apud FARIA; COSTA, 2005, p. 69), pode-se afirmar que \u201cos custos Logísticos são os custos de planejar, implementar e controlar todo o inventário de entrada (inbound), em processo e de saída (outbound), desde o ponto de origem até o ponto de consumo\u201d. Portanto, são gastos ligados ao processo logístico de uma organização, tais como: custos de armazenagem e movimentação de materiais, transportes, embalagens, manutenção de inventário, tecnologia da informação, carga tributária, entre outros.
Sugiro o Sistema de Custos de embalagem,por que são gastos incorridos com o intuito de deixar o bem de forma intacta, sem nenhum dano durante o transporte.Nesse sistema também podemos fazer padronização da embalagem, que segundo Faria e Costa (2005, p. 100) serve para \u201creduzir o custo de transporte, manuseio, movimentação e armazenagem.
Bowersox e Closs (2001) ressaltam que a padronização é um ponto positivo em relação aos estoques, tendo em vista que auxilia também na identificação, pois normalmente está afixada no produto.
4ª ETAPA \u2013
A propaganda é a alma do negócio, e uma das futuras ações da Inovare consiste em elaborar um plano de marketing que tenha por objetivo primaz divulgar de forma mais abrangente os produtos fabricados pela empresa. Nessa etapa, você deve elaborar um plano de marketing para que possa ser seguido pelos gestores. Esse plano deve conter