Logo Passei Direto

A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
17 pág.
Relatorio de estagio em análises clinicas

Pré-visualização | Página 1 de 3

RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISONADO EM ANÁLISES CLÍNICAS REALIZADO NO LABORCEUMA
São Luís
UNIVERSIDADE CEUMA 
PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO
COORDENAÇÃO GERAL DE SAÚDE
COORDENAÇÃO DO CURSO DE FARMÁCIA
2018
JULIANA MARIA MINEIRO
CPD: 023847
RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISONADO EM ANÁLISES CLÍNICAS REALIZADO NO LABORCEUMA
Relatório apresentado ao curso de Farmácia da Universidade Ceuma, para obtenção de nota da disciplina Estágio Supervisionado em Análises Clínicas.
Docente: Prof. Ademilton Alves
São Luís
2018
SUMÁRIO
IDENTIFICAÇÃO
Discente: Juliana Maria Mineiro
Curso: Farmácia
Período: 10º 
Início do estágio curricular: 26/02/2018
Término do estágio curricular: 12/06/2018
Carga horária total: 440 horas
Supervisor docente: Ademilton Costa Alves
CAMPO DE ESTÁGIO
Local: Laboratório de Análises Clinicas – (LABORCEUMA)
Endereço : Rua Josué Montello, 01 - Renascença II - São Luís, MA - CEP: 65075-120
Ramo de atividade: Análises Clínicas
INTRODUÇÃO
 As Análises clínicas é uma das principais áreas de atuação do profissional farmacêutico, atuando na execução de exames laboratoriais, gerenciar os laboratórios garantia e controle de qualidade. Este está habilitado para prestar assessoria e consultoria para laboratórios clínicos, além de atuar em ensino e pesquisa. O Farmacêutico Analista Clínico, também denominado de Bioquímico, tem como responsabilidade garantir resultados seguros prezando-se por qualidade no diagnóstico, prognóstico, rastreamento e monitoramento das patologias (CFF, 2013).
 O presente trabalho, refere-se ao relatório de estágio obrigatório no campo de análises clinícas, realizado na clínica Laborceuma, situado na cidade de São Luís, na unidade matriz da Universiade Ceuma. No período de 26 de Fevereiro a 12 de Junho de 2018, totalizando 440 horas. O estágio teve como supervisora docente a Biomédica Fabiana Nitz. 
O estágio obrigatório teve como objetivo, da a oportunidade ao aluno por em prática , o conhecimento teórico adquirido em sala de aula, a respeito das ciências que envolvem as análises clinicas, dando a vivência de todas as suas etapas, ou, seja, a fase pré-analítica, que consiste na preparação do paciente, coleta, manipulação e armazenamento das amostras; A fase analítica, que faz a validação do sistema analítico, através do controle de qualidade interno; Fase Pós- analíica, que é a aprovação e liberação do resultado gerado e a emissão do laudo. Essas fases são essenciais para um bom diagnóstico.
 A perspectiva é que o estágio supervisionado é indispensável para a vida do futuro profissional, porque dará oportunidade ao aluno de se defrontar com problemas concretos que irá enfrentar após a conclusão do curso. Assim estará preparado para realizar qualquer tipo de exame na área da análise e poder demonstrar no mercado o que pode aprender em todo o tempo de estágio (LIMA et al 2012).
CARACTERIZAÇÃO DO CAMPO DE ESTÁGIO (LABORCEUMA)
ÁREA DE ATUAÇÃO
Análises Clínicas.
HISTÓRIA E ESTRUTURA FÍSICA
O Laborceuma, é uma clínica escola da Universidade CEUMA, criada no ano 2004, com o objetivo principal o treinamento dos alunos de graduação dos cursos da área da saúde, dentre eles o curso de Farmácia. A clinica escola exerce também um papel social, onde oferece atendimento da população carente, em duas modalidades: cortesias, que é a forma gratuita, ou com valores a baixo custo, sob responsabilidade e supervisão do corpo docente desta Instituição de Ensino Superior.
A Universidade CEUMA conta também com o corpo docente do curso de medicina e uma clínica de atendimento cuja demanda também será atendida por este Laboratório. Assim, esta I.E.S. cumpre com seu objetivo maior: Pesquisa, Ensino e a Extensão.
O LABORCEUMA já possui uma trajetória de atividades voltadas para o ensino e a pesquisa. Há 14 anos vem realizando exame básico para demonstração aos alunos da graduação e agora com seus procedimentos solidificados e atualizados se propõe a mais um passo à frente que e o atendimento ao público externo, com qualidade e segurança e com a supervisão de seu corpo docente.
Cada uma das linhas de atuação do LABORCEUMA apresentadas a seguir, foi executada pelos estagiários com o respectivo acompanhamento da supervisora docente Fabiana Niz , e teceremos sobre elas. 
CARACTERÍSTICAS FUNCIONAIS
O LABORCEUMA, funciona semanalmente de Segunda a Sexta, nos horários de 07:30 ás 16:30h. O processo de coleta é realizada a partir 07:30 às 09:30h, pela técnica Raquel . O mesmo compreende apenas uma unidade.
As atividades desenvolvidas prezam pela assistência médica, dessa forma realizando exames imunológicos, hematológicos, parasitológicos e bioquímicos.
OBJETIVOS DO ESTÁGIO 
OBJETIVO GERAL
Estabelecer relação dinâmica entre a teoria e a prática, propiciando ao estagiário complementação e desenvolvimento de habilidades exigidas para a formação profissional fazendo a interação do aluno com a realidade do mercado de trabalho. 
OBJETIVOS ESPECÍFICOS 
Participar das ações coletivas de saúde; 
Realizar assistência farmacêutica a população; 
Executar e interpretar técnicas laboratoriais bioquímicas, hematológicas, imunológicas e parasitológicos; 
Discutir os princípios, metodologias e interpretação dos resultados dos testes laboratoriais para o diagnóstico das diferentes patologias; 
Realizar a emissão de laudos, quando necessário;
ATIVIDADES DESENVOLVIDAS
SISTEMA ADOTADO PELO LABORCEUMA
O LABORCEUMA usa como sistema de informação laboratorial o Sistema das Clinicas. O sistema é uma ferramenta essencial para agilizar o resultado dos exames, uma vez que estes devem ser seguros e de qualidade. O sistema permite que todo o material recebido, processado e liberado possa ser rastreado, criando um banco de dados que pode ser consultado posteriormente,sobre cada paciente.
Coleta
 Na sala de coleta são recolhidas as amostras do pacientes, estas que serão de acordo com os exames solicitados. São recolhidas amostras de fezes e urina para exames parasitológicos e urinálise, amostras estas, que o paciente já traz de casa, sendo orientado previamente sobre os cuidados de recolher amostra, armazenamento e transporte. As amostras de sangue, são coletadas no local, com o acompanhamento da técnica Raquel Santos, que nos auxiliou durante todo o processo. As amostras eram transferidas para diferentes tubos de acordo com o objetivo do exame, estes tubos de modo didático, eram diferenciados por cores e cada um possuía diferentes anticoagulantes para diferentes testes. 
Tampa vermelha: também chamado de tubo seco, usado para sorologia, não contém anticoagulantes, mas pode conter gel separador e partículas de sílica que aumentam a superfície de contato. Tubo geralmente usado para dosagens bioquímicas para obtenção de plasma.
Tampa azul: usado para realização de coagulograma, possui citrato trissódico 3,2 a 3,8%, sendo uma parte de citrato para nove parte de amostra. Tubo utilizado para realizar exames de tempo de atividade da protrombina, tempo de tromboplastina e antitrombina III
Tampa roxa: usado para exames hematológicos e pode conter EDTA-K2, EDTA-K3 ou EDTA 8%. Destinado a exames de hematologia, contagem de plaqueta, eletroforese de hemoglobina entre outros.
Tampa cinza: último tudo a ser usado, contém oxalato de potássio, estabilizador, ou fluoreto de sódio, EDTA, usando para teste de tolerância da glicose, prova de sobrecarga de lactose, teste de tolerância da insulina.
A sala de coleta é equipada com uma poltrona confortável para os pacientes e com todos os EPIs necessários para realização adequada da coleta do material desejado, a mesma também conta com a caixa térmica para transporte do material para sala de triagem.
Setor de Imunologia
No setor de imunologia os testes são realizados na bancada da sala geral. O LABORCEUMA conta com os exames de Antiestreptolisina, Beta HCG, Fator Reumatoide, VDRL, HBsAg, HIV, HCV. Sendo que os exames de Hepatite e
Página123