A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
228 pág.
EXERCICIOS PARA ESTUDO EJA

Pré-visualização | Página 2 de 46

Gabarito Comentado. 
 
 
 
 
 5a Questão (Ref.: 201407456006) 
Foi a partir da década de 1940 que o espaço específico da Educação de Jovens e Adultos se 
delineou: "as idéias, as leis e as iniciativas que se consolidam (...) [configuram] uma situação 
inteiramente nova. Até então, registravam-se alguns esforços locais, (...) mas, na década de 
40, cogita-se uma educação para todos os adolescentes e adultos analfabetos do 
país"(BEISIEGEL, 1982: 177). 
Assinale a opção correta sobre os determinantes que estimularam a EJA nos anos de 1940 e seu 
impacto social: 
 
 
3. A Campanha de Educação de Adolescentes e Adultos (CEAA), de 1947, criada pelo Ministério da 
Educação e Saúde, constitui-se na primeira política pública nacional oferecida a população brasileira não 
escolarizada e teve um grande impacto e sucesso na superação do analfabetismo no período. 
 
1. A intensificação do capitalismo industrial e da ruralização fortaleceu as políticas de EJA no Brasil. 
 2. A EJA foi estimulada internacionalmente, pela UNESCO na década de 40 que, nesse período, tinha 
um importante papel no fomento da educação de adultos em diversos países. 
 
4. O país passa a educar os jovens e adultos da classe trabalhadora numa perspectiva libertadora. 
 
5. Na educação, observa-se a incorporação das orientações impostas pelas organizações multilaterais, 
consolidam-se a influência da Teoria do Capital Humano, ligada as matrizes socialistas de educação. 
 Gabarito Comentado. 
 
 
 
 
 6a Questão (Ref.: 201407456922) 
Em 1960 foi criado o Movimento de Cultura Popular (MCP), organizado, primeiramente, em conjunto com 
a Prefeitura Municipal do Recife, e, posteriormente, estendido a várias outras cidades do interior de 
Pernambuco. Destaca-se, na proposta ações no campo do teatro, atividades culturais realizadas nas praças 
públicas, além de escolas para crianças e adultos. A educação era concebida como proporcionadora das 
condições intelectuais para um maior esclarecimento dos trabalhadores; assim, o acesso à leitura e à 
escrita oportunizariam a ampliação do entendimento político das classes populares em função de um 
engajamento voltado para a transformação social. 
Para o MCP (Movimento de Cultura Popular) a educação trazia como proposta: 
I. ações no campo do teatro, atividades culturais 
II. educação proporcionadora de condições intelectuais para os trabalhadores. 
III. acesso à leitura e a escrita ampliando o entendimento político das classes populares. 
IV. entendida como educação funcional, isto é, treinamento de mão de obra. 
 
 
 
E. Somente I, II e III estão corretas 
 
B. Somente a I e II estão corretas. 
 
A. Somente a I e III estão corretas. 
 
D. Somente I, III e IV estão corretas. 
 
C. Somente a I e IV estão corretas. 
 
 1a Questão (Ref.: 201407456710) 
O Mobral oferecia à população a alfabetização e as quatro primeiras séries do ensino fundamental: "Buscava-se 
instituir um movimento permanente de alfabetização e semiprofissionalização de adolescentes e adultos, 
durável enquanto persistissem as elevadas taxas de analfabetismo observadas no país" (BEISIEGEL, 1982: 
174). 
Analisando o papel político do Movimento Brasileiro de Alfabetização (Mobral), podemos afirmar 
que: 
 
 
3. Suas concepções alfabetizadoras e suas intencionalidades políticas eram baseadas na proposta 
teórico-metodológica de Paulo Freire. 
 5. A compreensão dessa nova campanha de massa deve ser buscada não apenas nas idéias que conectam educação e 
desenvolvimento econômico, também na dimensão de sua utilização como instrumento de controle ideológico 
das massas. 
 
2. Vinculado ao MEC, estabeleceu sua estrutura dentro dos sistemas de ensino existentes. 
 1. O Movimento Brasileiro de Alfabetização (Mobral), criado em 1967 pelo governo federal, era vinculado às 
diretrizes dos movimentos sociais populares. 
 
4. Teve grande êxito nos centros urbanos principalmente pelo seu compromisso com os interesses 
da classe trabalhadora. 
 Gabarito Comentado. 
 
 
 
 
 2a Questão (Ref.: 201407375041) 
Na década de 1990 observa-se um movimento de desresponsabilização da União pela EJA. Assinale o 
item que NÃO caracteriza esse cenário histórico: 
 
 
No contexto das reformas neoliberais da educação, percebe-se um evidente esvaziamento no Ministério 
da Educação na área da escolarização de jovens e adultos. 
 
A crise econômica aponta a falência do modelo autoritário de governo sob o controle militar, o Brasil 
entra num lento e gradual processo de transição. 
 O MEC transfere para a esfera pública a responsabilidade pela EJA e exige dos municípios e estados a 
implementação imediata dessa política educacional. 
 
Novas bases legais redefiniram os rumos da política educacional e significaram expressivo retrocesso e 
desqualificação da Educação de Jovens e Adultos, acentuando-se o lugar secundário por ela ocupado no 
conjunto das políticas educacionais. 
 
Na visão de agências internacionais, como o Banco Mundial, educar Jovens e Adultos no mundo 
"globalizado e competitivo" é infértil. 
 
 
 
 3a Questão (Ref.: 201407375067) 
Após o Golpe Militar de 1964, as políticas educacionais ganharam contornos definidos havendo uma ampliação 
dessas políticas e assim a educação passou a ser considerada um espaço privilegiado de produção e reprodução 
das relações sociais. As transferências de verbas públicas para o empresariado foi uma das maiores marcas da 
expansão da educação ocorrida por forte influência de técnicos norte-americanos. O sistema escolar brasileiro, a 
partir de então passou a ser encarado como um investimento apresentando como resultado o aumento da 
produtividade. Após ler e analisar o texto, escolha dentre os itens abaixo aquele que melhor apresenta 
a situação a qual passou a se adequar o sistema escolar brasileiro. 
 
 
A escalada de uma escolarização informal. 
 
As teorias dialéticas de Paulo Freire. 
 
A importância dada às áreas humana. 
 Aos preceitos da teoria do Capital Humano. 
 
A melhoria da formação geral. 
 Gabarito Comentado. 
 
 
 
 
 4a Questão (Ref.: 201407819042) 
 Podemos afirmar que a lógica que norteou a reforma educacional de 1968 e 1971 ficou marcada e influenciada 
pela teoria do capital humano. Acentuou-se dessa forma o deslocamento da educação do contexto social e 
político, enfatizando o caráter eminentemente tecnocrático das ações educacionais. 
Entre as ações dos governos militares ara a Educação de adultos, estavam a expansão da Cruzada Ação Básica 
Cristã, entre 1965 e 1967, após 1970, o Movimento Brasileiro de Alfabetização (Mobral), depois de 1971, o 
Ensino Supletivo, no interior dos sistemas públicos. Nesse momento, o governo militar substituiu o Plano de 
Alfabetização nacional, coordenado pelo educador Paulo Freire pela Cruzada da Ação Básica Cristã (Cruzada 
ABC). 
Marque o item que apresenta a tendência desse ato do governo militar. 
 
 
( ) Significar a educação no período da ditadura militar. 
 ( ) Vincular a Educação de jovens e adultos à formação para o trabalho e à formação moral. 
 
( ) O predomínio da concepção tecnicista. 
 
 ( ) Reforçar a perspectiva de uma ação civil. 
 
( ) Difundir a Teoria do capital humano. 
 Gabarito Comentado. 
 
 
 
 
 5a Questão (Ref.: 201407818974) 
Assinale, após reflexão do texto abaixo, as opções, como verdadeiras ou falsas, que apresentam o conceito da 
sociedade civil no governo militar, logo após marque o item correto. 
O início dos governos militares pode ser apontado como ingresso na fase capitalista 
monopolista, na qual o Estado sedimentava sua atuação como agente condutor da 
economia, apostando no acirramento de nossa dependência internacional e 
 desenvolvendo

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.