A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
55 pág.
FUND. TRIBUTOS(COMPLETOS)

Pré-visualização | Página 9 de 16

de medida liminar em outras espécies de ações.
 
	
	Moratória.
 
	
	Parcelamento.
 
	 
	Pagamento.
 
	
Explicação:
O artigo 151 do CTN não enquadra o pagamento como causa de suspensão do crédito tributário. 
	
	
	 
	
	 5a Questão
	
	
	
	
	A obrigação tributária principal nasce:
		
	 
	Com a ocorrência do fato gerador;
	
	Com a lavratura do Auto de infração;
	 
	Com a inscrição do crédito tributário na dívida ativa.
	
	Com a constituição definitiva do crédito tributário;
	
	A obrigação principal desobriga o sujeito passivo do pagamento relativo a tributos.
	
	
	 
	
	 6a Questão
	
	
	
	
	O tributo que tem como fato gerador a propriedade, o domínio útil ou a posse do bem imóvel, por natureza ou por acessão física, como definido na lei civil, localizado na zona urbana do Município, é o:
		
	
	Contribuição de Melhoria decorrente de obras nos Imóveis : CM;
	
	Taxa de Iluminação Pública dos Imóveis : TIPI;
	
	Imposto sobre Serviços : ISS;
	 
	Imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana : IPTU
	
	Imposto de renda - IR
	
Explicação:
Artigo 3 do CTN.
	
	
	 
	
	 7a Questão
	
	
	
	
	De acordo com o Código Tributário Nacional, é caso de exclusão do crédito tributário:
		
	 
	moratória.
	
	transação.
	 
	isenção.
	
	remissão.
	
	parcelamento.
	
Explicação:
Item C- Isenção.
Explicação:A isenção tributária, como a incidência, decorre de lei. É o próprio poder público competente para exigir tributo que tem o poder de isentar. ... É a isenção um caso de exclusão ou, melhor dizendo, de dispensa do crédito tributário (artigo 175, inciso I, do Código Tributário Nacional -CTN).
	
	
	 
	
	 8a Questão
	
	
	
	
	Decadência é sinônimo de caducidade. Corresponde ao prazo assinalado por lei para exercício de um direito. Na esfera tributária entende-se que esse prazo é de 5 anos e se relaciona:
		
	 
	ao perdão pela falta cometida pelo infrator de deveres tributários
	
	à restituição do tributo quando esse é recolhido e pago a maior
	
	à perda de a Fazenda Pública executar a dívida fiscal
	
	a uma das formas de constituição do crédito tributário
	 
	à perda do direito de a Fazenda Pública efetuar o lançamento e uma das causas de extinção do crédito tributário
	
Explicação:
A decadência prescrita no art. 156, v do CTN versa sobre a perda do direito de o Fisco constituir o crédito tributário por meio do lançamento, pois o decurso do prazo decadencial leva à perda de direito material.
	
	
	 
	
	 1a Questão
	
	
	
	
	São modalidades de lançamento do crédito tributário:
		
	 
	Direto ou de ofício, por declaração e por homologação;
	
	Por arbitramento, por estimativa e por presunção;
	
	Direto ou de ofício, por arbitramento e por presunção;
	
	Por arbitramento, por presunção e por estimativas;
	
	Direto ou de ofício, por estimativa e por arbitramento.
	
Explicação:
Direito de crédito da Fazenda Pública, ou seja, é o direito subjetivo do estado de exigir do contribuinte o pagamento do tributo devido derivado da relação jurídica tributária, que ocorre através da ocorrência do fato gerador.
	
	
	 
	
	 2a Questão
	
	
	
	
	Assinale a alternativa correta. Em relação ao lançamento tributário, podemos afirmar que:
		
	
	o crédito tributário se constitui independentemente do lançamento.
	
	o lançamento por homologação ocorre quando a autoridade administrativa lança o tributo independentemente de qualquer informação prestada pelo contribuinte.
	
	o lançamento de direto ocorre quando a autoridade administrativa depende de informações que devem ser prestadas pelo contribuinte.
	 
	o lançamento é um ato administrativo que torna líquido o crédito tributário.
	 
	o lançamento por declaração ocorre quando a autoridade administrativa realiza o lançamento mesmo sem qualquer informação fornecida pelo contribuinte.
	
Explicação:
 A obrigação tributária não tem natureza líquida antes do lançamento, não podendo ser exigida antes de ser constituída, formalizada. É ilíquida pois o sujeito ativo não tem conhecimento da ocorrência do fato gerador nem de suas características, não identificou ainda o sujeito passivo, desconhece a lei a ser aplicada, o tributo devido, sua alíquota, sua base de cálculo e, desta forma, o valor devido.
	
	
	 
	
	 3a Questão
	
	
	
	
	Considere as afirmações: I ¿ Com a prática do fato gerador nasce o crédito tributário que já pode imediatamente ser cobrado; II ¿ O lançamento é o ato administrativo que constitui o crédito tributário; III ¿ Obrigação Tributária, Crédito tributário e Lançamento são sinônimos; IV ¿ Pode existir obrigação sem crédito tributário, mas o crédito sem a obrigação será nulo; V ¿ O lançamento é ato puramente administrativo, não tendo que ser informado ao sujeito passivo.
		
	
	estão corretas as afirmações IV e V
	
	estão corretas as afirmações III e IV;
	 
	estão corretas as afirmações II e IV
	 
	estão corretas as afirmações I, II e III.
	
	estão corretas as afirmações II, III e IV
	
Explicação:
O lançamento é um ato administrativo, que representa modo de constituição do crédito tributário. Por esta razão, é possível a existência de obrigação tributária sem crédito, uma vez que pode não ter ocorrido o lançemento. 
	
	
	 
	
	 4a Questão
	
	
	
	
	O perdão legal de um crédito tributário já lançado denomina-se:
		
	 
	remissão
	
	consignação em pagamento
	
	imputação
	
	novação
	 
	prescrição
	
Explicação:
A remissão é uma forma de extinção da obrigação pela qual o credor perdoa a dívida do devedor, não pretendendo mais exigi-la. Dá-se entre dois sujeitos obrigacionais (inter partes), não sendo admitido que um terceiro seja prejudicado pela ação de remissão.
	
	
	Gabarito Coment.
	
	 
	
	 5a Questão
	
	
	
	
	O tributo que tem como fato gerador a propriedade, o domínio útil ou a posse do bem imóvel, por natureza ou por acessão física, como definido na lei civil, localizado na zona urbana do Município, é o:
		
	 
	Imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana : IPTU
	
	Contribuição de Melhoria decorrente de obras nos Imóveis : CM;
	
	Taxa de Iluminação Pública dos Imóveis : TIPI;
	
	Imposto sobre Serviços : ISS;
	
	Imposto de renda - IR
	
Explicação:
Artigo 3 do CTN.
	
	
	 
	
	 6a Questão
	
	
	
	
	Acerca do Lançamento de ofício, analise as assertivas abaixo e marque a alternativa ERRADA:
		
	
	Não se aplica, em nenhuma hipótese, qualquer penalidade.
	 
	O Lançamento de Ofício também é denominado de Lançamento Indireto.
	
	São características do Lançamento de Ofício: 01. A iniciativa parte da autoridade tributária; 02. O lançamento ocorre independentemente de qualquer colaboração do sujeito passivo.
	
	São exemplos mais comuns do Lançamento de Ofício: o IPTU e o IPVA.
	
	No Lançamento de Ofício a autoridade realiza todo o procedimento administrativo, obtém as informações e realiza o lançamento, sem qualquer auxílio do sujeito passivo ou de terceiro.
	
Explicação:
 Lançamento de Ofício também é denominado de Lançamento Indireto.
	
	
	 
	
	 7a Questão
	
	
	
	
	Acerca da figura do sujeito ativo da obrigação tributária é correto afirmar, EXCETO:
		
	
	Sujeito ativo da obrigação é aquele que tem o direito de exigir a obrigação tributária imposta ao sujeito passivo.
	
	Sujeito ativo da obrigação é a pessoa jurídica de direito público titular