A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
19 pág.
PIM VIII   MAGAZINE LUIZA

Pré-visualização | Página 4 de 4

datas 
especiais, com maior fluxo de clientes nas lojas ou em dias específicos. Para 
pessoas que estão ingressando no mercado de trabalho, a empresa possui vagas 
para jovem aprendiz, estagiários e trainee. Contrata também pessoas com 
deficiências. E as demais oportunidades dividem-se em lojas, áreas corporativas, 
logística, luizalabs, atendimento e jovens talentos. 
Com o objetivo de reter talentos, foram implantados em 2017 programas de 
incentivo de longo prazo, que reforçam o alinhamento das pessoas com a estratégia 
da companhia, através da remuneração variável de longo prazo a partir das entregas 
e metas alcançadas. Foi realizado um ciclo com diretores em 2017, e o programa 
deve ser expandido para pessoas chave da media gerencia em 2018. Com relação 
aos benefícios, além de vale alimentação, convenio médico e odontológico 
opcionais, e previdência privada, o Magazine Luiza oferece opções diferenciadas 
aos seus colaboradores, como bolsa de estudos, consorcio para funcionários, 
credito consignado, etc. 
“Embora a regra seja que os contratos vigorem por prazo indeterminado, ... 
tanto o empregado quanto o empregador podem, caso queiram, romper o contrato a 
qualquer momento, sem justificar o motivo”. (CÂNDIDO, 2013, p. 83). 
O Magazine Luiza não divulga informações de contratos de trabalho e 
rescisões de contrato. 
16 
 
 
5. CONCLUSÃO 
 
Produzindo o projeto multidisciplinar, os aprendizados dos conteúdos são 
melhor aproveitados pois podem ser comparados a situações reais na empresa. O 
Magazine Luiza, organização que serviu como suporte para pesquisa, após estudos 
sobre Técnicas de Negociação chega-se à conclusão que a negociação está em 
todos os aspectos da vida, na empresa é necessário negociar para concretizar 
objetivos pessoais e da companhia, com colaboradores, clientes, fornecedores, 
investidores. “A negociação apresenta como princípio fundamental um acordo entre 
as partes distintas com vista a se chegar a um resultado comum”. (GARBELINI, 
2016, p. 75). 
O Planejamento Estratégico é uma maneira de se calcular o resultado das 
ações do futuro. Essa prática é muito comum no Magazine Luiza, são realizados 
planejamentos diários, há eventos maiores com perspectivas mensais e anuais. As 
escolas do pensamento mostraram que as vezes um planejamento criado acaba 
nem saindo do papel, portanto é muito válido ter ideias concretas, conhecer o 
ambiente, analisar o mercado de trabalho, saber qual o propósito da organização e 
aonde se quer chegar. Segundo Nogueira (2014, p. 12) “O planejamento de uma 
organização envolve a definição de objetivos e planos. Os objetivos são os estágios 
futuros e desejados pela organização, e os planos são uma tradução estruturada e 
documentada do planejamento [...]”. 
O departamento de RH ampliou seus horizontes e dividiu muitas tarefas. Em 
Sistemas para Operações de Recursos Humanos, o Magazine Luiza trabalha 
facilitando a comunicação em seus escritórios, de forma menos burocrática. A 
empresa oferece muitos benefícios com a ideia de reter seus talentos, mas não 
divulga suas formas de contratação e desligamentos. Hoje é possível contratar 
funcionários para trabalhos esporádicos de maneira legal e conforme a lei. 
A companhia Magazine Luiza poderia divulgar em seu relatório anual suas 
práticas de contratação e dispensa de funcionários, o espaço reservado no site, 
pesquisas acadêmicas, para solução de dúvidas, deixou a desejar, e não respondeu 
aos emails enviados. 
 
 
17 
 
6. REFERÊNCIAS 
 
CÂNDIDO, Cristina. Legislação Trabalhista e Previdenciária. São Paulo: 
Pearson Education do Brasil, 2013. 
 
CHIAVENATO, Idalberto. Administração nos Novos Tempos: os novos 
horizontes em administração. 3° Ed. Barueri: Manole, 2014. 
 
CHIAVENATO, Idalberto. Comportamento Organizacional: a dinâmica do 
sucesso das organizações. 3° Ed. Barueri: Manole, 2014. 
 
CHIAVENATO, Idalberto. Treinamento e Desenvolvimento de Recursos 
Humanos: como incrementar talentos na empresa. 7° Ed. Barueri: Manole, 2009. 
 
IAMIN, Gustavo Paiva. Negociação: conceitos fundamentais e negócios 
internacionais. Curitiba: Intersaberes, 2016. 
 
GARBELINI, Viviane Maria Penteado. Negociações e Conflitos. Curitiba: 
Intersaberes, 2016. 
 
KLUYVER, Cornelis A. de. PEARCE II, John A. Estratégia: uma visão 
executiva. 2° Ed. São Paulo: Pearson Pratice Hall, 2007. 
 
NOGUEIRA, Cleber Suckow. Planejamento Estratégico. São Paulo: 
Paerson Education do Brasil, 2014. 
 
REZENDE, Denis Alcides. Planejamento Estratégico ou Privado com 
Inteligência Organizacional: guia para projetos em organizações de governos ou 
de negócios. Curitiba: Intersaberes, 2018. 
 
SERTEK, Paulo. Administração e Planejamento Estratégico. Curitiba: 
Intersaberes, 2012. 
 
18 
 
VASQUES, Enzo Fiorelli. Técnicas de Negociação e Apresentação. São 
Paulo: Pearson Education do Brasil, 2014. 
 
 
PESQUISAS ACADÊMICAS – Disponível em - 
https://ri.magazineluiza.com.br/informacao_estudantes.aspx Acesso em 
18/11/2018. 
 
RELATO INTEGRADO – Disponível em 
file:///C:/Users/User/Desktop/relati%20integrado%20magazine.pdf Acesso em 
18/11/2018.