A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
18 pág.
1.000 QUESTÕES COMENTADAS EM CONCURSOS DE FISIOTERAPIA

Pré-visualização | Página 8 de 11

por dois fatores: a ventila-
ção pulmonar e a perfusão sanguínea. Quando a 
ventilação-perfusão (V/Q) de uma unidade alvéo-
lo-capilar aumenta, a distribuição de oxigênio tor-
na-se maior em relação à sua remoção. 
 Ⓓ Os neurônios conduzem os estímulos sob a for-
ma de impulsos nervosos, pelas cadeias neuronais. 
Um impulso nervoso é a transmissão de uma alte-
ração elétrica ao longo da membrana do neurônio, 
a partir do ponto em que ele foi estimulado. 
 Ⓔ O retorno venoso ao coração se faz sempre 
por uma diferença de pressão entre a periferia e a 
área central – átrio direito. No átrio direito, os valo-
res da pressão variam entre -4 mmHg e +4 mmHg 
aproximadamente, sendo que essa variação está 
na dependência dos movimentos respiratórios, da 
postura, da integridade do músculo cardíaco e da 
volemia do paciente. 
GRAU DE DIFICULDADE
Alternativa A: INCORRETA. Senilidade é o nome que se 
dá ao processo de envelhecimento de todas as pes-
soas que chegam a essa fase da vida. Caracteriza-
-se por um declínio gradual no funcionamento de 
todos os sistemas do corpo, cardiovascular, respi-
ratório, genital, urinário, endócrino e imunológico, 
psicológico (depressão, por exemplo).
Alternativa B: INCORRETA. O nervo que controla o dia-
fragma é o nervo frênico.
Alternativa C: INCORRETA. A relação da V/Q ideal é 1, ou 
seja V=Q. No caso de ventilação alta e fluxo sanguí-
neo menor, temos aumento do espaço morto, pro-
duzindo hipoxemia e hipercapnia. 
Alternativa D: CORRETA. Os neurônios se conectam uns 
aos outros formando as chamadas cadeias neu-
ronais, as quais transmitem informações a outros 
neurônios ou músculos. Por essas cadeias cami-
nham os impulsos nervosos, no qual é a transmis-
são de uma alteração elétrica ao longo da mem-
brana do neurônio a partir do ponto em que ele foi 
estimulado.
Alternativa E: INCORRETA. A pressão dentro do átrio é 
cerca de 0 mmHg.
2 (PREFEITURA DE SUMARÉ/SP – INDEC-2010) A defini-ção correta de aponeurose é:
 Ⓐ Componente estrutural de um ligamento; 
 Ⓑ Tendão muscular com forma de bainha achata-
da;
 Ⓒ Revestimento externo de um músculo liso; 
 Ⓓ Membrana interna de um músculo cardíaco.
GRAU DE DIFICULDADE
Alternativa A: INCORRETA. Colágeno (principalmente 
tipo I) é o componente estrutural de um ligamento.
Alternativa B: CORRETA.As aponeuroses (tendões) são 
bainhas achatadas que ligam os músculos aos os-
sos.
Alternativa C: INCORRETA. O revestimento externo de 
um músculo liso é uma bainha conjuntiva cuja 
espessura e terminologia varia de um órgão para 
outro.
Alternativa D: INCORRETA. A membrana interna que re-
veste o músculo cardíaco nas cavidades do coração 
é o endocárdio.
3 (UFMG – AOCP /2014) O complexo tornozelo-pé é um dos segmentos do corpo que agrupa uma 
das maiores concentrações ósseas. Assinale a alter-
nativa que corresponde aos ossos do mediopé.
 Ⓐ Tálus e calcâneo. 
 Ⓑ Metatarsos e falanges. 
 Ⓒ Tíbia e fíbula. 
 Ⓓ Cuboide, navicular e cuneiformes. 
 Ⓔ Crista da tíbia e maléolo medial.
GRAU DE DIFICULDADE
▶ DICA DO AUTOR: O mediopé é formado por cinco 
ossos e conecta o retropé (calcâneo e tálus) com 
o antepé (metatarsos e dedos) por meio de várias 
articulações, que formam um complexo ligamentar 
bastante estável.
BooK_1000qfisio.indb 20 13/03/18 12:49
21▏Olavo Rebêlo de Carvalho Neto
Alternativa A: INCORRETA. Tálus e calcâneo são ossos 
que fazem parte do retropé.
Alternativa B: INCORRETA. Metatarsos e falanges são os 
ossos que formam o antepé.
Alternativa C: INCORRETA. Esses ossos não fazem parte 
do pé, fazem parte da perna.
Alternativa D: CORRETA. São cinco ossos que formam 
o mediopé: cuboide, navicular, cuneiforme lateral, 
intermédio e medial.
Alternativa E: INCORRETA. A crista da tíbia faz parte da 
região anterior da perna, e o maléolo medial faz 
parte da articulação da perna com o pé.
4 (PREFEITURA DE MAÇAMBARÁ/RS – MSCONCURSOS /2012) São ossos do pé:
 Ⓐ Navicular, cuneiformes, calcâneo, piriforme.
 Ⓑ Tálus, calcâneo, navicular, cuneiformes.
 Ⓒ Escafoide, semilunar, piramidal, pisiforme.
 Ⓓ Navicular, calcâneo, tálus, osso sesamoide.
GRAU DE DIFICULDADE
Alternativa A: INCORRETA. O piriforme é um osso do 
carpo.
Alternativa B: CORRETA. Todos os ossos correspondem 
aos ossos do pé.
Alternativa C: INCORRETA. Todos são ossos do carpo.
Alternativa D: INCORRETA. Os ossos sesamoides estão 
presentes tanto no pé quanto na mão.
5 (PREFEITURA DE MAÇAMBARÁ/RS – MSCONCURSOS /2012) Dentre as alternativas abaixo, qual apre-
senta estrutura anatômica encontrada na tíbia?
 Ⓐ Espinha da escápula, côndilo medial, côndilo 
lateral, maléolo lateral.
 Ⓑ Côndilo medial, côndilo lateral, tuberosidade 
anterior, maléolo medial.
 Ⓒ Epicôndilo lateral e medial, cabeça da tíbia, corpo.
 Ⓓ Cabeça da tíbia, corpo ou diáfise, maléolo late-
ral, côndilo medial.
GRAU DE DIFICULDADE
Alternativa A: INCORRETA. A espinha da escápula é es-
capular.
Alternativa B: CORRETA. As estruturas estão contidas na 
tíbia.
Alternativa C: INCORRETA. Epicôndilos lateral e medial 
estão presentes no úmero e no fêmur.
Alternativa D: INCORRETA. O maléolo lateral se localiza 
na fíbula.
6 (PREFEITURA DE EMAS/PB –METTA /2012) Espaço anatômico na face anterior do punho, consti-
tuído no seu assoalho côncavo pelos ossos do car-
po, como uma canaleta, e fechado acima pelo forte 
e inextensível “ligamento carpal transverso”. Ele é 
limitado radialmente pelo tubérculo do escafoide 
e pela crista do trapézio e ulnarmente pelos ossos 
pisiforme e hâmulo do hamato:
 Ⓐ Túnel de Guyon;
 Ⓑ Canal de Guyon;
 Ⓒ Túnel Radial;
 Ⓓ Túnel do Carpo;
 Ⓔ Canal de De Quervain.
GRAU DE DIFICULDADE
Alternativa A: INCORRETA. O túnel de Guyon é limitado 
lateralmente pelo hamato e pisiforme. O seu teto é 
o ligamento transverso do carpo.
Alternativa B: INCORRETA. O canal de Guyon também é 
denominado túnel de Guyon.
Alternativa C: CORRETA. Esta descrição se refere aos li-
mites topográficos do túnel do carpo.
Alternativa D: INCORRETA. O Canal de De Quervain é 
limitado lateralmente pelos tendões dos músculos 
abdutor longo e extensor curto do polegar, no cha-
mado primeiro compartimento dorsal e pelo osso 
escafoide em seu assoalho.
Alternativa E: INCORRETA. Canal de De Quervain ocorre 
no primeiro dedo da mão e está associado aos ten-
dões dos músculos abdutor longo e extensor curto 
do polegar.
7 (PREFEITURA DE OSASCO/SP – FGV – 2014) Com rela-ção à caixa torácica, assinale V para a afirmati-
va verdadeira e F para a falsa.
( ) O manúbrio e o corpo esternal possuem articu-
lação fibrocartilaginosa, o que permite uma ação 
de alavanca do corpo esternal durante a respiração.
( ) O movimento respiratório conhecido como “alça 
de balde” é possível devido, exclusivamente, à exis-
tência e à ação das costelas flutuantes.
( ) Os músculos intercostais internos têm origem na 
borda inferior de uma costela superior e possuem a 
função de deprimir as costelas.
BooK_1000qfisio.indb 21 13/03/18 12:49
Terapia Manual 7
Iniciaremos o 7º capítulo! Neste momento vamos explorar o mundo da Terapia 
Manual, aprimorar o conhecimento sobre seus conceitos fundamentais, téc-
nicas que incorporam este recurso e por último, mas não menos importante, 
conhecer suas aplicações clínicas, efeitos fisiológicos e terapêuticos e possíveis 
contraindicações!
Bloco I: Recursos Terapêuticos Manuais 
• Métodos de Manipulação e Mobilização
• Indicações e Contraindicações
Espero que ao final deste capítulo você seja capaz de:
1. Reconhecer os princípios fundamentais dos métodos abordados
2. Listar as indicações e contraindicações do uso das terapias ma-
nuais
3. Reconhecer os principais benefícios da terapia manual
Bons estudos!!
O fardo é proporcional às forças, como 
a recompensa será proporcional à resig-
nação e à coragem.
Allan Kardec
Jean Douglas