A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
4 pág.
apol vertentes historiografica nota 100

Pré-visualização | Página 1 de 2

Questão 1/5 - Vertentes Historiográficas do Século XX
Considere a seguinte citação: 
"[...] no decorrer da primeira metade do século XX, novas formas de conceber a história emergiram com impacto transformador. Da estrita esfera da política tradicional, dos discursos oficiais e das ações dos varões insignes passou-se às articulações complexas das diferentes dimensões da vida social, pelo alargamento dos horizontes temáticos dos historiadores". 
Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: BENTIVOGLIO, Júlio; LOPES, Marco Antônio (org.) A Constituição da História como ciência - De Ranke a Braudel. Petrópolis: Vozes, 2013, p. 37. 
Considerando estas informações e os conteúdos do livro-base Introdução à historiografia: da abordagem tradicional às perspectivas pós-modernas sobre a importância das diferentes dimensões da vida social, assinale a alternativa correta:
Nota: 20.0
	
	A
	A principal dimensão social analisada pela escola positivista era o do aspecto econômico, com ênfase nas trocas de bens de economia simbólica.
	
	B
	A narrativa histórica construída pelos positivistas abordava outras esferas da vida social, mas a análise política tradicional era quase unanimidade enquanto fio-condutor.
Você acertou!
Vertente de uma análise política tradicional emergia quase como uma unanimidade entre os especialistas como área de um interesse comprometido com um conhecimento importante e socialmente relevante. (livro, p. 41).
	
	C
	A escola positivista desenvolveu métodos e técnicas específicas para estudar a dimensão das mentalidades sociais ao longo do tempo, e por isso a produção nesta área foi mais numerosa.
	
	D
	O positivismo elencava como foco de análise as questões processuais das formações das diferentes classes sociais.
	
	E
	A economia política sempre figurou entre a principal temática positivista no que se refere aos estudos históricos.
Questão 2/5 - Vertentes Historiográficas do Século XX
Leia o fragmento de texto a seguir: 
“Estudos Sociais diluiriam o conteúdo de História nas disciplinas de Moral e Cívica e Organização Social e Política Brasileira (OSPB). Os conteúdos curriculares foram direcionados a um sistema de ‘propaganda oficial’ [...] Impôs-se, assim, um ensino diretivo e acrítico, no qual a História aparecia como uma sucessão linear de fatos considerados significativos, predominantemente figuras políticas”. 
Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em COLEHO, João Paulo Pereira, COELHO, Marcos Pereira, BERTOLLETI, Vanessa Alves. Uma análise histórica do ensino de história no Brasil: regime militar (1968-1972) e conservadorismo pedagógico. IX Congresso Nacional de Educação - III Encontro Sul Brasileiro de Psicopedagogia, Curitiba, PUCPR, 2009, p. 11047. Acesso na íntegra em http://www.pucpr.br/eventos/educere/educere2009/anais/pdf/2631_1897.pdf. Acesso em 03 mar. 2017. 
Considerando o fragmento de texto e os conteúdos do livro-base Introdução à historiografia: da abordagem tradicional às perspectivas pós-modernas sobre o ensino de História no período da ditadura civil-militar no Brasil, assinale a alternativa correta:
Nota: 20.0
	
	A
	A disciplina História era abordada de maneira científica e reflexiva, de forma a dar ferramentas para que alunos e alunas pudessem intervir na sua realidade social.
	
	B
	O ensino de História era amplamente influenciado pela Escola dos Annales, sendo Marc Bloch e Michel de Certeau os principais nomes desta corrente.
	
	C
	A influência marxista se disseminou nas escolas a partir da obrigatoriedade institucional de utilizar Edward Palmer Thompson e sua metodologia de pesquisa.
	
	D
	Foi o período no qual a micro-história floresceu nas escolas, sob a influência crescente de Carlo Ginzburg.
	
	E
	A disciplina História foi fundida com outras áreas de humanas gerando a área de “Estudos Sociais”. O ensino de história assumiu uma característica tradicional e nacionalista, celebrando fatos, heróis e grandes personagens.
Você acertou!
“Sob uma perspectiva de ensino tecnicista, História e outras matérias da área de humanas foram condensadas nos chamados Estudos Sociais nos primeiros anos do processo educativo. Além disso, duas novas disciplinas foram criadas para os níveis de primeiro e segundo grau: Educação Moral e Cívica e Organização Social e Política do Brasil (OSPB), respectivamente. Embora possuíssem diferenças consideráveis, ambas divulgavam uma perspectiva de história tradicional e nacionalista, na qual eram enaltecidos os grandes personagens, heróis e fatos (majoritariamente ligados ao Estado e a outras instituições admitidas por ele) reconhecidos como significativos à narração histórica oficial e dignos de celebração cívica.” (livro-base, p. 9).
Questão 3/5 - Vertentes Historiográficas do Século XX
Considere a citação a seguir: 
“Tratava-se [...] de evocar os passos de uma historiografia que, havia muito, vinha revogando a superfície dos acontecimentos em proveito das estruturas de longa duração. No interior das ciências sociais, defendia Braudel, nem tanto a etnologia, mas a história fora a protagonista nessa tarefa de revogação”. 
Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: RODRIGUES, Henrique Estrada. Lévi-Strauss, Braudel e o tempo dos historiadores. Revista Brasileira de História. São Paulo, v. 29, n. 57, p. 165-186, 2009. p. 166. < http://www.scielo.br/pdf/rbh/v29n57/a07v2957.pdf>. Acesso em 04 mar. 2017. 
Considerando a citação e os conteúdos do livro-base Introdução à historiografia: da abordagem tradicional às perspectivas pós-modernas sobre as diferentes temporalidades históricas assinaladas por Braudel, é correto afirmar que:
Nota: 20.0
	
	A
	Para Braudel, a cada uma das temporalidades correspondia uma dimensão social, e estas estavam separadas hermeneuticamente e socialmente e por isso deveriam ser pensadas como desconexas.
	
	B
	Os fenômenos de longa, média e curta duração estão articulados e se relacionam entre si, e algumas dimensões sociais são mais bem analisadas em determinadas durações.
Você acertou!
Ao invés da perspectiva contínua, sequencial, linear e cronológica, observavam-se diferentes níveis de temporalidade, de acordo com os aspectos analisados no estudo histórico. Desse modo, identificou-se a curta duração dos acontecimentos, efêmeros e passageiros, mesmo quando impactantes; a média duração das conjunturas, ao mesmo tempo variáveis e múltiplas; e a longa duração das estruturas, cuja cadência de transformação opera de modo muito mais lento sob uma percepção bem mais longitudinal. (livro-base, p. 52).
	
	C
	As três durações identificadas por Braudel estão associadas a três grandes correntes historiográficas que foram influentes na formação do historiador francês.
	
	D
	Embora tenha refletido e escrito sobre as três durações, as análises históricas de Braudel detiveram-se sobretudo na curtíssima duração, focando nos grandes feitos dos homens do passado.
	
	E
	Dentre as durações elencadas por Braudel, a longuíssima se coloca como a mais importante, sendo as demais irrelevantes para análise histórica.
Questão 4/5 - Vertentes Historiográficas do Século XX
Atente para a seguinte citação: 
“[...] os historiadores dessa chamada quarta geração [dos Annales] distanciaram-se em parte da geração anterior, no entanto não se desprenderam do ideal principal pregado pelos primeiros Annales, que foi a busca pela compreensão de leis anônimas que regessem as 'práticas coletivas'”. 
Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: MATOS, Júlia Silveira, Tendência e Debates: da Escola dos Annales à História Nova. Historiae, Rio Grande do Sul, n. 1, vol. 1, 2010. p. 113-130. p. 116. 
Considerando a citação e os conteúdos do livro-base Introdução à historiografia: da abordagem tradicional às perspectivas pós-modernas sobre o foco de análise da Escola dos Annales, assinale a alternativa correta: