A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
6 pág.
BREVE LISTINHA DE EXERCICIOS SOBRE COEFICIENTE DE SOLUBILIDADE

Pré-visualização | Página 2 de 4

de solução 
de nitrato de prata, saturada, sem corpo de fundo, e obtém-
se 15g de resíduo sólido. O coeficiente de solubilidade do 
nitrato de prata para 100g de água na temperatura da 
solução inicial é: 
a) 25g. b) 30g. c) 60g. d) 15g. e) 45g. 
 
19 – A solubilidade do hidróxido de ferro II, em água, é 
0,44g por litro de água a 25°C. A massa, em gramas, dessa 
substância, que se pode dissolver em 500 mL de água, 
nessa temperatura, é: 
a) 0,90g. b) 0,56g. c) 0,44g. d) 0,36g. e) 0,22g. 
 
20 – O gráfico abaixo mostra a solubilidade de K2Cr2O7 
sólido em água, em função da temperatura. Uma mistura 
constituída de 30g de K2Cr2O7 e 50g de água, a uma 
temperatura inicial de 90°C, foi deixada esfriar lentamente 
e com agitação . A que temperatura aproximadamente 
deve começar a cristalizar o K2Cr2O7? 
 
a) 25°C. b) 45°C. c) 60°C. d) 70°C. e) 80°C. 
 
21 – Uma solução aquosa salina foi cuidadosamente 
aquecida de forma que evaporasse parte do solvente. A 
solução obtida, comparada com a inicial, apresenta-se 
mais: 
a) diluída com maior volume. b) diluída com 
menor volume. c) diluída com igual volume. 
d) concentrada com maior volume. e) concentrada com 
menor volume. 
 
22 – A dissolução de uma quantidade fixa de um composto 
inorgânico depende de fatores tais como temperatura e tipo 
de solvente. Analisando a tabela de solubilidade do sulfato 
de potássio (K2SO4) em 100g de água abaixo, indique a 
massa de 
K2SO4 que precipitará quando 236g de uma solução 
saturada, a 80°C, for devidamente resfriada até ati ngir a 
temperatura de 20°C. 
Temperatua (°C) 0 20 40 60 80 100 
K2SO4(s) 7,1 10,0 13,0 15,5 18,0 19,3 
a) 28g. b) 18g. c) 16g. d) 10g. e) 8g. 
 
23 – Ao adicionar-se cloreto de sódio em água, a 
dissolução do sal é acompanhada de uma queda de 
temperatura da solução. 
Pode-se, portanto, afirmar com segurança que: 
a) a dissolução é exotérmica, pois o sal de cozinha absorve 
calor da vizinhança. 
b) a dissolução é um processo endotérmico e o sal é tanto 
menos solúvel quanto maior for a temperatura. 
c) a dissolução é um processo exotérmico e o sal é tanto 
mais solúvel quanto menor for a temperatura. 
d) a dissolução é endotérmica e a solução é saturada 
quando 100g de sal são adicionados a 1 litro de água. 
e) a dissolução é um processo endotérmico e o sal é tanto 
mais solúvel quanto maior for a temperatura. 
 
24 – A figura abaixo representa a variação de solubilidade 
da substância A com a temperatura. Inicialmente, tem-se 
50 g dessa substância presente em 1,0 litro de água a 70 
ºC. O sistema é aquecido e o solvente evaporado até a 
metade. Após o aquecimento, o sistema é resfriado, até 
atingir a temperatura ambiente de 30 ºC. 
Determine a quantidade, em gramas, de A que está 
precipitada e dissolvida a 30 ºC. 
 
 
25 – Analise os dados de solubilidade do KCl e do Li2CO3 
contidos na tabela a seguir, na pressão constante, em várias 
temperaturas e assinale o que for correto. 
01. Quando se adiciona 40g de KCl a 100g de água, a 
20ºC, ocorre formação de precipitado, que se dissolve com 
aquecimento a 40°C. 
02. Quando se adiciona 0,154g de Li2CO3 a 100g de água, 
a 50°C, forma-se uma solução insaturada. 
04. O resfriamento favorece a solubilização do KCl, cuja 
dissolução é exotérmica. 
08. Quando se adiciona 37g de KCl a 100g de H2O, a 
30°C, forma-se uma solução saturada. 
16. A dissolução do Li2CO3 é endotérmica e favorecida 
com o aumento de temperatura. 
26 – A poluição térmica, provocada pela utilização de água 
de rio ou mar para refrigeração de usinas termoelétricas ou 
nucleares, vem do fato da água retornar ao ambiente em 
temperatura mais elevada que a inicial. Este aumento de 
temperatura provoca alteração do meio ambiente, podendo 
ocasionar modificações nos ciclos de vida e de reprodução 
e, até mesmo, a morte de peixes e plantas. O parâmetro 
físico-químico alterado pela poluição térmica, responsável 
pelo dano ao meio ambiente, é: 
a) a queda da salinidade da água. 
b) a diminuição da solubilidade do oxigênio na água. 
c) o aumento da pressão de vapor da água. 
d) o aumento da acidez da água, devido a maior dissolução 
de dióxido de carbono na água. 
e) o aumento do equilíbrio iônico da água. 
 
27 – O gráfico a seguir, que mostra a variação da 
solubilidade do dicromato de potássio na água em função 
da temperatura, foi apresentado em uma aula prática sobre 
misturas e suas classificações. Em seguida, foram 
preparadas seis misturas sob agitação enérgica, utilizando 
dicromato de potássio sólido e água pura em diferentes 
temperaturas, conforme o esquema: 
 
Após a estabilização dessas misturas, o número de 
sistemas homogêneos e o número de sistemas 
heterogêneos formados correspondem, respectivamente, a: 
a) 5 – 1 b) 4 – 2 c) 3 – 3 d) 1 – 5 e) 4 e 5 
 
28 – A solubilidade de um gás em um líquido aumenta 
quando elevamos a pressão do gás sobre o líquido e 
também quando 
reduzimos a temperatura do líquido. Considere espécies de 
peixe que necessitam, para sua sobrevivência, de elevada 
taxa de oxigênio dissolvido na água. Admita quatro lagos, 
A, B, C e D, com as seguintes características: 
Lago A: altitude H e temperatura T (T > 0°C) 
Lago B: altitude 2H e temperatura T 
Lago C: altitude H e temperatura 2T 
Lago D: altitude 2H e temperatura 2T 
Sabe-se que, quanto maior a altitude, menor é a pressão 
atmosférica. Os peixes teriam maior chance de 
sobrevivência: 
a) no lago A. b) no lago B. c) no lago C. d) no 
lago D. e) indiferentemente em qualquer dos lagos. 
 
29 – Admita que a solubilidade de um sal aumenta 
linearmente com a temperatura a 40ºC; 70,0g desse sal 
originam 420,0g de uma solução aquosa saturada. 
Elevando-se a temperatura dessa solução a 80ºC, a 
saturação da solução é mantida adicionando-se a 70,0g do 
sal. Quantos gramas desse sal são dissolvidos em 50g de 
água a 60ºC? 
a) 15,0g; b) 45,0g; c) 40,0g; 
d) 20,0g; e) 30,0g. 
 
30 – O gráfico apresenta as curvas de solubilidade para 
duas substâncias X e Y: 
 
 
Após a leitura do gráfico, é correto afirmar que 
a) a dissolução da substância X é endotérmica. 
b) a dissolução da substância Y é exotérmica. 
c) a quantidade de X que pode ser dissolvida por certa 
quantidade de água aumenta com a temperatura da água. 
d) 100 g de X dissolvem-se completamente em 40 g de 
H2O a 40ºC. 
e) a dissolução de 100 g de Y em 200 g de H2O a 60ºC 
resulta numa solução insaturada. 
 
31) Para preparar 1,2 litros de solução 0,4M de HCl, 
a partir do ácido concentrado (16M), o volume de 
água, em litros, a ser utilizado será de: 
a) 0,03. b) 0,47. c) 0,74. d) 1,03. e) 1,17. 
 
32) Na preparação de 500mL de uma solução aquosa 
de H2SO4 de concentração 3 mol/L, a partir de uma 
solução de concentração 15mol/L do ácido, deve-se 
diluir o seguinte volume da solução concentrada: 
a) 10 Ml b) 100 mL c) 150 mL 
d) 300 mL e) 450 mL 
 
33) Uma solução aquosa de ácido sulfúrico (H2SO4), 
para ser utilizada em baterias de chumbo de veículos 
automotivos, deve apresentar concentração igual a 
4mol/L. 
O volume total de uma solução adequada para se 
utilizar nestas baterias, que pode ser obtido a partir 
de 500mL de solução de H2SO4 de concentração 
18mol/L, é igual a 
a) 0,50 L b) 2,00 L c) 2,25 L 
d) 4,50 L e) 9,00

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.