e-commerc
3 pág.

e-commerc


DisciplinaAdministrao Geral13 materiais21 seguidores
Pré-visualização1 página
Vantagens e desvantagens do e-commerce
 E-commerce ou Comércio Eletrônico é transações comerciais de compra e venda por meio da internet com o uso de equipamentos eletrônicos.
Vantagens: 
Investimento inicial: Por ser uma loja virtual o investimento é bem mais barato e mais rápido que montar uma loja física, afinal existem plataformas que já entregam a estrutura montada, com todas as ferramentas prontas para serem utilizadas e ainda com suporte garantido, sobrando somente ao empresário à responsabilidade de vender.
Grande disponibilidade: A loja virtual funciona 24 horas por dia, todos os dias, mesmo quando o empresário não estiver online o cliente pode acessar a loja hora que quiser, podendo fazer tranquilamente seu pedido qualquer momento. 
Custo operacional mínimo: Já que não é necessário contratar vendedores, atendentes, fiscais, entre outros. Assim, torna o lucro maior.
Preços e formas de pagamento: Pelo fato de ser uma loja virtual e não possuir custo operacional, o preço do produto torna-se mais acessível, além das diversas formas de pagamento que facilita a decisão de compra do cliente
Produtos: Os produtos possuem mais informações do que em uma loja física, pelo fato de que muitas das vezes os vendedores não sabem dar informações sobre o produto.
Desvantagens:
Concorrência: A uma grande concorrência na internet, praticamente todos os produtos que empresário pensar em vender, já terá uma loja virtual grande ou pequena vendendo aquele produto.
Os produtos não podem ser tocados: O fato do produto não poder ser tocado, atrapalha um pouco as vendas, pois são barreiras que geram para os clientes desconfiança, normalmente são clientes que testam e experimentam antes da decisão da compra.
Prazo de entrega: O empresário precisa pensar em algo eficiente para que as entregas sejam entregues no prazo certo.
Reputação: Por ser uma loja virtual, é necessário o cuidado com a qualidade do produto e ser responsável no prazo da entrega, pois a internet grande responsável por levantar ou afundar uma marca, produto ou negócio.
Proteção de dados: Existe casos de roubos de dados frequentemente, ocasionando medo nas pessoas de fazer compras online. É necessário um E-commerce seguro tanto para quem vai fazer a compra, tanto para o empresário.
 	Quais os tipos o e-commerce
 O e-commerce pode ser dividido em diversas maneiras, principalmente em pessoas físicas, jurídica ou governo, a seguir 7 divisões:
Business to consumer (B2C): A relação é entre a empresa (Business) e o consumidor final (Consumer), através desse tipo de e-commerce a empresa além de aumentar as vendas, estabelece um relacionamento entre consumidor e empresa, podendo gerar uma fidelização.
Business to business (B2B) : Os participantes na relação de compra ambos são empresas, ou seja, pessoas jurídicas. Por ser entre empresas existe uma exigência maior em relação prazo da entrega e o valor do frete, pois há uma grande competividade.
Consumer to consumer (C2C): É consumidor que vende para outro consumidor, envolve plataformas que permite a divulgação dos produtos ou através do marketplace, em que as pessoas podem vender uma infinidade de tipos diferentes de produtos, sendo a maioria usados ou de sua própria criação.
Consumer to business (C2B): É entre consumidor e empresa, quando pessoas físicas decide vender para empresa algum tipo de produto e/ou serviço inovador ou que ajudar a empresa de alguma maneira.
Business to administration (B2A) ou Business to government (B2G): Acontece quando a empresa venda para uma instituição pública, é uma área que envolve uma grande variedade de serviços, especificamente em áreas como a fiscal, segurança social, empregos, entre outros.
Consumer to administration (C2A) ou Business to government (C2G): É entre consumidor e instituição pública, são medidas do governo eletrônico que permitam que pessoas físicas proponham soluções que ajude e seja eficientes em ações do governo.
 Como funciona o e-commerce
 O empresário faz uma loja virtual, contrata uma plataforma do e-commerce para divulgar seus produtos e/ou serviços, coloca as formas de pagamento, via cartão de crédito, debito ou boleto( tudo pela plataforma), após cliente escolher seu produto e forma de pagamento, vem a parte da entrega que geralmente é feita pelo correio ou a própria loja tem um motoboy.
 O e-commerce funciona da mesma maneira que uma loja física, é preciso estar presente, administrar o estoque, ter um atendimento de qualidade, entender as demandas e se relacionar bem com o público alvo e, ter um táticas para atrair clientes e divulgar seu produto e/ou serviço.
Referências :
https://rockcontent.com/blog/tipos-de-ecommerce/
https://www.superempreendedores.com/ecommerce/tipos-de-ecommerce-existentes/
https://www.guiadeecommerce.com.br/modelos-de-ecommerce
https://ecommercenapratica.com/tipos-de-e-commerce
https://atitudeenegocios.com/vantagens-e-desvantagens-do-e-commerce/
https://bleez.com.br/blog/vantagens-e-desvantagens-e-commerce/
https://administradores.com.br/artigos/vantagens-e-desvantagens-do-e-commerce
https://metamidia.com.br/blog/e-commerce-vantagens-e-desvantagens.html
https://ecommercedesucesso.com.br/como-funciona-um-ecommerce/
https://ecommercenapratica.com/o-que-e-ecommerce-como-funciona/
https://www.conversion.com.br/e-commerce