A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
224 pág.
Metodologia do Ensino da Ginástica Escolar - livro

Pré-visualização | Página 2 de 46

...............................................................................................................................150
suMário
VIII
UNIDADE 3 – METODOLOGIA DO ENSINO DE GINÁSTICA: NOVAS 
 PERSPECTIVAS ..........................................................................................................153
TÓPICO 1 – GINÁSTICA PARA TODOS NO CONTEXTO ESCOLAR....................................155
1 INTRODUÇÃO ...................................................................................................................................155
2 OS CAMPOS DE ATUAÇÃO DA GINÁSTICA ..........................................................................155
3 GINÁSTICA ESCOLAR (PRÉ-ESCOLA AO ENSINO MÉDIO) ..............................................159
4 ASPECTOS PEDAGÓGICOS DO ENSINO DA GINÁSTICA NA ESCOLA ........................163
5 COMO DAR UMA AULA DE GINÁSTICA ESCOLAR? ...........................................................170
6 AVALIAÇÃO NA EDUCAÇÃO FÍSICA ESCOLAR E NA GINÁSTICA ................................175
LEITURA COMPLEMENTAR .............................................................................................................180
RESUMO DO TÓPICO 1......................................................................................................................183
AUTOATIVIDADE ...............................................................................................................................184
TÓPICO 2 – PESQUISA EM GINÁSTICA NA ESCOLA ..............................................................187
1 INTRODUÇÃO ...................................................................................................................................187
2 PESQUISA EM GINÁSTICA ...........................................................................................................187
2.1 REVISÃO BIBLIOGRÁFICA OU SISTEMÁTICA .....................................................................187
2.2 PESQUISA DE CAMPO DESCRITIVA .......................................................................................188
2.3 PESQUISA DE CAMPO EXPERIMENTAL................................................................................190
LEITURA COMPLEMENTAR .............................................................................................................197
RESUMO DO TÓPICO 2......................................................................................................................199
AUTOATIVIDADE ...............................................................................................................................200
REFERÊNCIAS .......................................................................................................................................203
1
UNIDADE 1
RESGATANDO AS RELAÇÕES ENTRE 
EDUCAÇÃO FÍSICA E A GINÁSTICA
NO AMBIENTE ESCOLAR
OBJETIVOS DE APRENDIZAGEM
PLANO DE ESTUDOS
A partir desta unidade, você será capaz de:
• diferenciar os conceitos de educação física e de ginástica e suas 
peculiaridades;
• reconhecer, caracterizar e localizar a história da ginástica e sua inserção no 
ambiente escolar.
Esta unidade está dividida em dois tópicos. Em cada um deles, você 
encontrará atividades que o ajudarão a fixar os conhecimentos abordados.
TÓPICO 1 – CONCEITUAÇÃO E DIFERENCIAÇÃO DOS TERMOS 
EDUCAÇÃO FÍSICA E GINÁSTICA
TÓPICO 2 – CONHECENDO A HISTÓRIA DA GINÁSTICA
2
3
TÓPICO 1
UNIDADE 1
CONCEITUAÇÃO E DIFERENCIAÇÃO DOS TERMOS 
EDUCAÇÃO FÍSICA E GINÁSTICA
1 INTRODUÇÃO
Neste tópico, você verá que a ginástica está inserida no contexto da 
educação física. Faz parte como conteúdo e elementos fundamentais para serem 
trabalhados na educação física escolar.
2 A EDUCAÇÃO FÍSICA ESCOLAR E A GINÁSTICA
A educação física, como qualquer outra disciplina, na escola, tem 
responsabilidade na concretização do processo de formação e desenvolvimento 
de valores e atitudes, por meio de aulas educativas, com lugar para discussão e 
reflexão sobre cada situação ou fato ocorrido e, também, focar no desenvolvimento 
de várias práticas corporais além dos esportes, como a dança, a ginástica geral, 
jogos e lutas (GUIMARÃES et al., 2001).
Nos Parâmetros Curriculares Nacionais (PCN) (BRASIL, 1998) da educação 
física, a ginástica está inserida dentro de um bloco de conteúdos denominado 
esportes, jogos, lutas e ginásticas. Segundo Brasil (1998, p. 70-71), 
As ginásticas são técnicas de trabalho corporal que, de modo geral, 
assumem um caráter individualizado com finalidades diversas. Por 
exemplo, pode ser feita como preparação para outras modalidades, 
como relaxamento, para manutenção ou recuperação da saúde ou ainda 
de forma recreativa, competitiva e de convívio social. Envolvem ou 
não a utilização de materiais e aparelhos, podendo ocorrer em espaços 
fechados, ao ar livre e na água. Cabe ressaltar que são um conteúdo 
que tem uma relação privilegiada com o bloco conhecimentos sobre o 
corpo, pois nas atividades ginásticas esses conhecimentos se explicitam 
com bastante clareza. Atualmente, existem várias técnicas de ginástica 
que trabalham o corpo de modo diferente das ginásticas tradicionais 
(de exercícios rígidos, mecânicos e repetitivos), visando à percepção do 
próprio corpo: ter consciência da respiração, perceber relaxamento e 
tensão dos músculos, sentir as articulações da coluna vertebral. 
UNIDADE 1 | RESGATANDO AS RELAÇÕES ENTRE EDUCAÇÃO FÍSICA E A GINÁSTICA
NO AMBIENTE ESCOLAR
4
O endereço on-line a seguir mostra os PCN e sua abordagem na 
educação física. 
Se você quiser saber mais sobre ginástica escolar, acesse os PCN (1998).
<http://cptstatic.s3.amazonaws.com/pdf/cpt/pcn/volume-08-educacao-fisica.pdf>.
DICAS
A vida, nos grandes centros urbanos, impõe enormes restrições à atividade 
física espontânea da criança. Assim, a prática regular de atividade física na escola 
se torna uma necessidade para as crianças e uma fonte preciosa de saúde, que 
promove o melhor crescimento e desenvolvimento do praticante (BARROS 
NETO, 1997). 
Assim, a educação física, no cenário escolar, passou a ser identificada 
como componente curricular integrado ao projeto político-pedagógico da escola 
(KUNZ, 2001). 
Veja o vídeo no link a seguir que aborda uma reflexão e sensibilização 
sobre as aulas de educação física nas escolas. 
<https://www.youtube.com/watch?v=foVvpAvJ0LE>.
DICAS
Na próxima unidade, você acompanhará a trajetória da história da ginástica 
escolar e sua inserção na escola, construída de uma maneira clara para uma leitura tranquila.
ESTUDOS FU
TUROS
TÓPICO 1 | CONCEITUAÇÃO E DIFERENCIAÇÃO DOS TERMOS EDUCAÇÃO FÍSICA E GINÁSTICA
5
Leia parte da entrevista com Débora Didonê, dada à Revista Nova Escola, 
sobre “Ginástica como faz de conta”. Em creches e pré-escolas, o trabalho corporal 
é acompanhado de muita brincadeira. Só assim ela faz sentido para os pequenos. 
Se quiser visualizar a entrevista na íntegra, veja o conteúdo disponível 
em: <http://revistaescola.abril.com.br/educacao-infantil/0-a-3-anos/ginastica-faz-
de-conta-423003.shtml>.Acesso em: 10 set. 2015.
Entrevista:
“Sou a dona Aranha! Vou pegar essas mosquinhas e prendê-las na 
minha teia!” Essa é a deixa da professora Camila Sandoval de Andrade para que 
a turminha de 1 e 2 anos corra e se remexa pela sala. Com um bicho feito de 
cordas nas mãos, ela brinca de pega-pega com os “insetos”. Quem é capturado 
acompanha a dona Aranha para onde ela for. Afinal, fica grudado em sua teia! As 
crianças da Escola Sá Pereira, no Rio de Janeiro, nem percebem que estão fazendo 
ginástica durante essa atividade. Mas, de que ela é divertida, eles não têm dúvida! 
Na Educação Infantil, a brincadeira é o mais importante – inclusive durante as 
atividades corporais. Por meio de tarefas lúdicas, os pequenos experimentam

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.