A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
5 pág.
PROVA A2 - SOCIEDADES ANÔNIMAS UVA / MATÉRIA ONLINE

Pré-visualização | Página 2 de 3

controlada, terão suspenso o direito de voto, de acordo com o § 2º do artigo 244 da
Lei das Sociedades Anônimas.
0,00/ 1,50
4  Código: 27930 - Enunciado:  Um dos principais fatores que distinguem as empresas que prosperam daquelas que
fecham as portas é a capacidade de se adaptar às exigências cada vez mais voláteis do mercado. O assunto ganha
uma relevância ainda maior quando estamos falando de pequenas e médias empresas, sobretudo quando o país
atravessa uma grave crise econômica como a que vivemos agora. É claro que não podemos descartar o papel
importantíssimo do planejamento, mas tão importante quanto planejar é ter o discernimento para alterar o percurso
ao longo do caminho, já que são muitos os fatores (internos e externos) que podem pedir por uma mudança. Uma
dessas mudanças é a reorganização societária, isto é, a alteração no quadro de sócios ou no tipo da empresa. Ao
planejar uma operação societária, identifique uma das consequências naturais comum a qualquer processo de
reorganização societária, incorporação, fusão ou cisão:
 a) Sucessão nas obrigações.
 b) Alterar a proporção em que os sócios participam do capital social.
 c) Modificação da estrutura societária.
 d) Alterar as relações entre sociedades e credores.
 e)  Modificação tipológica em todas as hipóteses.
Alternativa marcada:
a) Sucessão nas obrigações.
Justificativa: Resposta correta: Sucessão nas obrigações. A preservação do direito dos credores se dá com a
sucessão das obrigações, segundo o art. 1.115 do Código Civil Brasileiro. Distratores:Alterar as relações entre
sociedades e credores. Incorreta. Não necessariamente se trata de uma modificação da relação estabelecida entre a
sociedade e os credores.Alterar a proporção em que os sócios participam do capital social. Incorreta. Nem sempre a
relação tem que ser alterada.Modificação da estrutura societária. Incorreta. Tem a ver com seus membros, não
podendo haver alteração no quadro social.Modificação tipológica em todas as hipóteses. Incorreta. Modificação
tipológica seria o mesmo que a sociedade sofrer 'transformação', que é a passagem de um tipo para outro (limitada
para anônima, por exemplo).
1,50/ 1,50
12/11/2019 Ilumno
ilumno.sgp.starlinetecnologia.com.br/ilumno/schedule/resultcandidatedetailprint/2253801/eb6cec0c-0368-11e7-a74c-0242ac11000c/ 3/5
5  Código: 27720 - Enunciado:  A lei nº 6.404, de 15 de dezembro de 1976, dispõe sobre as características das
sociedades anônimas, além de suas obrigatoriedades e peculiaridades. De acordo com a lei, uma sociedade anônima
deve possuir três órgãos sociais, deliberativos e/ou executivos e pode possuir um quarto órgão: o conselho fiscal. O
conselho fiscal é o quarto órgão considerado obrigatório de uma sociedade anônima, porém seu funcionamento é
facultativo, ou seja, se os acionistas consideram desnecessário o seu funcionamento, o órgão fica
desativado. Identifique a alternativa correta em relação às funções do conselho fiscal em face dos demais órgaõs das
sociedades por ações.
 a) Terá sempre funcionamento permanente.
 b) A sua composição não será inferior a três nem superior a cinco membros efetivos e suplentes em igual
número.
 c) A legislação societária não posiciona o conselho fiscal como órgão auxiliar dos diretores.
 d) As atribuições e os poderes conferidos pela lei podem ser outorgados a outros órgãos da companhia.
 e) Somente funcionará se assim dispuser o estatuto ou a pedido de acionista. 
Alternativa marcada:
e) Somente funcionará se assim dispuser o estatuto ou a pedido de acionista. 
Justificativa: Resposta correta: Somente funcionará se assim dispuser o estatuto ou a pedido de acionista. Somente
funcionará se assim dispuser o estatuto ou a pedido de acionista. O conselho fiscal só funciona se houver disposição
estatutária ou a pedido de acionista, conforme o art. 161 da Lei das Sociedades Anônimas, não valendo para as
sociedades de economia mista. Distratores:Terá sempre funcionamento permanente. Incorreta. O conselho fiscal só
funciona de forma permanente nas sociedades de economia mista.A sua composição não será inferior a três nem
superior a cinco membros efetivos e suplentes em igual número. Incorreta. Não podem compor o conselho membros
de outros órgãos da companhia.As atribuições e os poderes conferidos pela lei podem ser outorgados a outros
órgãos da companhia. Incorreta. As atribuições e poderes conferidos pela lei ao conselho fiscal não podem ser
outorgados a outro órgão da companhia.A legislação societária não posiciona o conselho fiscal como órgão auxiliar
dos diretores. Incorreta. O conselho fiscal é um órgão auxiliar da diretoria, emitindo parecer a seu pedido.
0,50/ 0,50
6  Código: 27894 - Enunciado:  Títulos sem valor nominal, emitidos pelas sociedades anônimas, estranhos ao capital
social e que asseguram a seus titulares crédito eventual contra a companhia, consistente na participação nos lucros
societários.  Assinale a alternativa que apresenta os títulos descritos no texto.
 a) Ações.
 b) Bônus de subscrição.
 c) Opções.
 d) Debêntures.
 e) Partes beneficiárias.
Alternativa marcada:
d) Debêntures.
Justificativa: Resposta correta:Partes beneficiárias.A alternativa está em sintonia com o artigo 46 da Lei das
Sociedades Anônimas. Distratores:Debêntures. Errada. São espécies de valores mobiliários que conferem um direito
de crédito ao seu titular diante da companhia emissora, em razão de um contrato de empréstimo.Bônus de
subscrição. Errada. São espécies de valores mobiliários que conferem aos seus titulares, nas condições constantes do
certificado, o direito de subscrever ações do capital social pelo preço de emissão das ações constante do bônus no
momento de sua aquisição, quando de futuro aumento do capital pela companhia.Ações. Errada. São frações ideais
negociáveis do capital social subscrito.Opções. Errada. São ativos derivativos, ou seja, que têm sua razão de ser em
função de outros ativos.
0,00/ 0,50
7  Código: 27598 - Enunciado:  A formação do capital social, de como será a parcela de cada sócio, como entrarão na
sociedade esses recursos, valor das ações, valor nominal, ágio, prazo para o capital subscrito e outras decisões
relativas ao patrimônio social da pessoa jurídica, serão deliberados entre os sócios. Há três formas de integralizar o
capital social em uma sociedade anônima: dinheiro, bens ou crédito. O mais usado e menos complexo é o dinheiro.
Para a integralização de bens (móveis ou imóveis, corpóreos ou incorpóreos), é necessária uma avaliação desses
bens, de acordo com as formalidades legais. Explique como é feita a avaliação dos bens que irão formar o capital
social.
Resposta:
Justificativa: Expectativa de resposta:A Lei das Sociedades Anônimas é minuciosa. A avaliação dos bens será feita
por três peritos ou por empresa especializada, nomeados em assembleia geral dos subscritores, convocada pela
imprensa e presidida por um dos fundadores, instalando-se em primeira convocação com a presença de subscritores
que representem pelo menos metade do capital social e, em segunda convocação, com qualquer número. Os peritos
ou a empresa avaliadora deverão apresentar laudo fundamentado, com a indicação dos critérios de avaliação e dos
0,50/ 1,50
12/11/2019 Ilumno
ilumno.sgp.starlinetecnologia.com.br/ilumno/schedule/resultcandidatedetailprint/2253801/eb6cec0c-0368-11e7-a74c-0242ac11000c/ 4/5
elementos de comparação adotados, também instruído com os documentos relativos aos bens avaliados, e estarão
presentes à assembleia quem conhecer o laudo, a fim de prestar as informações que forem solicitadas. Se o
subscritor aceitar o valor aprovado pela assembleia, os bens serão incorporados ao patrimônio da companhia,
competindo aos primeiros diretores cumprir as formalidades necessárias à respectiva transmissão. Se a assembleia
não aprovar a avaliação, ou o subscritor não aceitar a avaliação aprovada, ficará sem efeito o projeto de

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.