A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
91 pág.
Focus-Concursos-Apostila_Abin pdf2017092112260384

Pré-visualização | Página 8 de 43

da informação "contra 
o acesso de pessoas ou órgãos não autorizados". 
2. Destaca como principais fundamentos do sistema a preservação da soberania nacional, a defesa do 
Estado democrático de direito e a dignidade da pessoa humana. 
3. Cumprir e preservar os direitos individuais, tratados e convenções internacionais em que o Brasil seja 
signatário. 
Instituiu a ABIN como órgão da Presidência da República e como órgão central do Sisbin, com a missão 
de "planejar, executar, coordenar, supervisionar e controlar as atividades de inteligência do país“. 
 
Exigência 
A atividade de Inteligência será desenvolvida, no que se refere aos seus limites e ao uso de suas 
técnicas, sempre em observância irrestrita aos princípios constitucionais. 
A escolha e nomeação do Diretor-Geral da agência é privativa do Presidente da República. 
O indicado deverá ter seu nome aprovado pelo Senado Federal. 
17
FOCUSCONCURSOS.COM.BR
Legislação ABIN | Material Complementar 
Professor Heron Duarte 
É o responsável pela elaboração e edição do regimento interno da ABIN com aprovação pelo 
Presidente da República*. 
Importância 
Institucionalizar a atividade de Inteligência, mediante ações de coordenação do fluxo de informações 
necessárias às decisões de Governo, no que diz respeito ao aproveitamento de oportunidades, aos 
antagonismos e às ameaças, reais ou potenciais, para os mais altos interesses da sociedade e do país. 
ABIN - MISSÃO 
Coordenar as ações do Sisbin. 
Produzir e salvaguardar conhecimentos sensíveis. 
ABIN – OBJETIVO ESTRATÉGICO 
Desenvolver atividades de Inteligência voltadas para a defesa do Estado Democrático de Direito, da 
sociedade, da eficácia do poder público e da soberania nacional. 
ABIN - COMPETÊNCIAS 
planejar, executar, coordenar, supervisionar e controlar 
as atividades de Inteligência do País, obedecidas a política e as diretrizes superiormente 
traçadas na forma da legislação específica. 
 
ABIN - COMPETÊNCIAS 
I - executar a Política Nacional de Inteligência e as ações dela decorrentes, sob a supervisão da Câmara 
de Relações Exteriores e Defesa Nacional, do Conselho de Governo e examinada pelo Congresso 
Nacional; 
II - planejar e executar ações, inclusive sigilosas, relativas à obtenção e análise de dados para a 
produção de conhecimentos destinados a assessorar o Presidente da República; 
III - planejar e executar a proteção de conhecimentos sensíveis, relativos aos interesses e à segurança 
do Estado e da sociedade; 
IV - avaliar as ameaças, internas e externas, à ordem constitucional; 
V - promover o desenvolvimento de recursos humanos e da doutrina de Inteligência; e 
VI - realizar estudos e pesquisas para o exercício e o aprimoramento da atividade de Inteligência. 
 
ABIN – FINALIDADE E SUBORDINAÇÃO 
Compete à ABIN assessorar o Chefe de Estado no desempenho de suas elevadas funções, sobretudo 
em caráter preventivo, assegurando-lhe o conhecimento antecipado de fatos e situações relacionados 
ao bem-estar da sociedade e ao desenvolvimento e segurança do país. 
A ABIN é um ÓRGÃO DE ESTADO, não é um ÓRGÃO DE GOVERNO. 
A ABIN não tem qualquer vínculo político-partidário. 
É um instrumento de Estado, voltado para a defesa da sociedade brasileira, absolutamente apartidário. 
Seu compromisso ideológico é, de forma única e exclusiva, com a democracia. 
OS DOIS CAMINHOS 
A ABIN atua em duas vertentes: 
INTELIGÊNCIA: 
Por meio da produção de conhecimentos sobre fatos e situações de imediata ou potencial 
influência no processo decisório e na ação governamental e sobre a salvaguarda e a segurança 
da sociedade e do Estado. 
E A OUTRA... 
CONTRAINTELIGÊNCIA: 
Pela adoção de medidas que protejam os assuntos sigilosos relevantes para o Estado e a 
sociedade e que neutralizem ações de Inteligência executadas em benefício de interesses 
estrangeiros. 
Essa é a rotina... 
18
FOCUSCONCURSOS.COM.BR
Legislação ABIN | Material Complementar 
Professor Heron Duarte 
Atender às necessidades do processo decisório presidencial. A ABIN atua no acompanhamento 
de fatos emergentes, previsíveis ou não, com o intuito de antecipar tanto oportunidades 
quanto possíveis ameaças ao Estado Democrático de Direito. 
E isso tem controle? 
Tem sim... 
As ações da ABIN são controladas e fiscalizadas pelos Poderes Executivo e Legislativo. 
Controle Interno é no Executivo 
De responsabilidade da Câmara de Relações Exteriores e Defesa Nacional (supervisão e execução da 
Política Nacional de Inteligência) e da Secretaria de Controle Interno da Presidência da República, que 
inspeciona a aplicação de verbas orçamentárias (contabilidade analítica). 
No Legislativo, o Controle Externo 
Tribunal de Contas da União (gestão de recursos orçamentários) 
Comissão Mista do Congresso Nacional (ações decorrentes da Política Nacional de Inteligência). 
Comissão Mista do Congresso Nacional 
Integrada pelas lideranças majoritárias e minoritárias do Congresso Nacional e pelos presidentes das 
Comissões de Relações Exteriores e Defesa Nacional da Câmara dos Deputados e do Senado Federal. 
 
Publicidade 
Em respeito ao art. 37 da CF, a ABIN publica em extrato os atos que possam comprometer o êxito de 
suas atividades sigilosas. 
Publicidade 
Isso inclui assuntos peculiares ao funcionamento da ABIN, atribuições, atuação, especificações dos 
cargos e a movimentação dos titulares. 
Acesso à Informação 
Fornecidos pelo chefe do GSI-PR àquelas autoridades que tenham competência para solicita-la. 
Cidadão comum 
Se tomar conhecimento de documentos ou informações sobre as atividades e assuntos de inteligência 
deverá manter sigilo sob pena de responsabilidade administrativa, civil e penal. No caso de 
procedimento judicial, fica configurado o interesse público cf CPC art. 189. 
 
Questões éticas e valores 
ABIN desenvolve uma atividade que abrange, além de aspectos técnicos, a proposição de ética própria, 
ou seja, de um conjunto de valores que determina atitudes e padrões de comportamento. 
Quais são eles? 
Lealdade à Nação e, por extensão, à afirmação político-jurídica desta, o Estado; 
 
2- Profundo sentimento de servir à causa pública e jamais a si mesmo; 
Consciência de que o exercício da atividade de Inteligência é impessoal e apartidário; 
 
4- Fidelidade à instituição e consciência de que os fins desta prevalecem sobre os interesses pessoais; e 
Tem mais um! 
 5- O comprometimento com os valores éticos e morais da Agência deve ser 
assumido por todos os seus componentes, dentro e fora da organização. 
 
A Ética na ABIN 
Preconiza que os profissionais não podem utilizar o conhecimento em beneficio próprio. O 
conhecimento só deve efetivar-se como poder por intermédio da autoridade destinatária e em 
proveito da sociedade e do Estado brasileiros. 
19
FOCUSCONCURSOS.COM.BR
Legislação ABIN | Material Complementar 
Professor Heron Duarte 
A seleção de novos recursos humanos e a confirmação de integrantes do quadro atual da Inteligência 
pautam-se, sobretudo, pelos atributos morais dos candidatos ou servidores - mais importantes que a 
experiência e os conhecimentos científicos. 
A Abin somente se comunicará com dos demais órgãos da AP com o conhecimento prévio da 
autoridade máxima do órgão ou de seu delegado. 
 
SISTEMA BRASILEIRO DE INTELIGÊNCIA – Sisbin 
Lei 9883/99 
Dec 4376/2002 
 
O Sisbin integra as ações de planejamento e execução das atividades de inteligência do País, 
fornecendo subsídios ao Presidente da República nos assuntos de interesse nacional. 
 
Fundamentos 
Preservação da soberania nacional 
Defesa do Estado Democrático de Direito 
Dignidade da Pessoa Humana 
Cumprir e preservar os direitos e garantias individuais da CF 
Tratados, acordos, convenções internacionais em que a República Federativa do Brasil seja parte 
 
Constituição do Sisbin 
(Dec 4376/2002) 
Órgãos da AP Federal que possam produzir conhecimentos de interesse da atividades de inteligência, 
principalmente defesa externa, segurança interna e relações

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.