A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
1 pág.
ATIIVIDADE DE TEMAS APROFUNDADOS EM ADVOCACIA

Pré-visualização | Página 1 de 1

Questão: 
João, administrador de empresas desempregado, e Júlio, mecânico, por não disporem dos recursos financeiros necessários à constituição de advogado, resolveram ingressar em juízo pessoalmente. João impetrou habeas corpus em favor de seu irmão Jânio, e Júlio ingressou com ação no juizado especial civil. Tendo como referência essa situação hipotética, responda indicando a letra que corresponde a opção correta.
a) Para ingressar com ação no juizado especial civil sem constituir advogado, é necessário que se comprove formação universitária.
b) Tanto na impetração de habeas corpus quanto no juizado especial civil, em causas cujo valor seja inferior a vinte salários mínimos, é possível ingressar em juízo pessoalmente, prescindindo-se da constituição de advogado. 
Justificativa: 
Se formos observar à efetividade do acesso a justiça pela aplicabilidade da Constituição Federal no artigo 133. O direito de ação somente pode ser implementado, se identificada à capacidade postulatória, que compreende a capacidade civil e processual, nessa simbiose percebemos indispensabilidade do advogado. 
Entretanto, nesse caso especifico existe exceção a impetração do habeas corpus não é atividade privativa só do advogado , caso fosse habeas data ai sim seria exclusivo do advogado por exigir capacidade postulatória. 
 
c) Apenas na impetração de habeas corpus é possível ingressar em juízo pessoalmente, prescindindo-se da constituição de advogado.
d) Em ambas as circunstâncias descritas, seria impossível ingressar em juízo sem constituir advogado.

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.