A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
5 pág.
Atividade Avaliativa Especial Prova 1 jovens e adultos

Pré-visualização | Página 1 de 2

5/5
CENTRO UNIVERSITÁRIO DA GRANDE DOURADOS
Curso: Pedagogia 
Semestre: 5º 
Disciplina: Abordagens Didáticas em Educação de Jovens e Adultos - EJA
ATIVIDADE AVALIATIVA ESPECIAL (AAE) 1 - referente as aulas 1 a 4
Professora Mestre: Elizabete Velter Borges 
Nome: Sandra Cristina Giconetti RGM: 05317716
ORIENTAÇÕES 
Cada Atividade respondida de forma correta terá até 1 ponto por anotação correta
1º) “A desmotivação provocada por sucessivas reprovações foi o que empurrou o carioca Paulo Eduardo de Oliveira, de 33 anos, para fora das salas de aula. Na infância, teve de trabalhar para ajudar a família. Perdia aulas e não ia bem às provas. Depois de repetir duas vezes, acabou deixando o colégio. [...] Paulo voltou a estudar aos 23 anos por incentivo do tio e por causa das dificuldades em arrumar um emprego com carteira assinada.”
Revista Época. Ed. Globo. 10 de set. 2012. nº. 747. p. 69-70.
Baseando-se no contexto descrito acima, a EJA é uma modalidade de ensino pertencente a Educação Básica que, segundo a LDBEN nº. 9394/96, a mesma é destinada:
a) àqueles que desistiram de estudar porque preferiram a EJA por ser uma modalidade de ensino diferenciada.
b) aos estudos diferenciados, destinado a uma parcela da população carente que não teve condições de estudar.
c) a metodologia de ensino que engloba teoria e prática, pois são pessoas experientes que já possuem um conhecimento de vida.
d) à pessoas que não tiveram acesso ou continuidade de estudos no Ensino Fundamental e Médio na idade própria.
e) aos sujeitos interessados em cursar o Ensino Fundamental ou Médio por um período curto de tempo e com ensino diferenciado.
LETRA D
Resposta: 
2º) A Educação de Jovens e Adultos – EJA é uma modalidade de ensino devendo ser garantida como política pública de instrumento para a cidadania e de contribuição à redução das desigualdades sociais no âmbito educacional. Nesse contexto, verifica-se que: 
a) O modo como é organizado a nossa sobrevivência, como nos comportamos e pensamos, não tem ligações com a história de vida do homem no passado.
b) O desenvolvimento intelectual do homem está ligado à produção de sua existência que naquela época encontrava para sobreviver.
c) O homem se distingue do animal pelo trabalho, pois é a ação transformadora, dirigida por finalidade consciente, a partir da qual o homem produz sua própria existência num contexto social.
d) Segundo Aranha (1989, p. 12) o homem reconstrói a história a partir do seu passado, e cada novo fato o faz interpretar a experiência vivida.
e) O fenômeno educacional está inserido dentro de um contexto político, no qual tem o poder e/o domínio é a classe dominante, por isso há tantas desigualdades sociais nas escolas.
CORRETA :C
3º) De acordo com a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional nº. 9394 de 1996, no Art. 37, menciona que a Educação de Jovens e Adultos – EJA será destinada àqueles que não tiveram acesso ou continuidade de estudos no Ensino Fundamental e Médio na idade própria. 
PORQUE
No art. 38 dessa mesma legislação, faz referência aos sistemas de ensino em que manterão cursos e exames supletivos, onde compreenderão a base estadual e regional do currículo, habilitando ao prosseguimento em caráter regular.
 	Acerca dessas asserções, assinale a opção correta. 
a) As duas asserções são proposições verdadeiras, e a segunda é uma justificativa correta da primeira.
b) As duas asserções são proposições verdadeiras, mas a segunda não é uma justificativa correta da primeira.
c) A primeira asserção é uma proposição verdadeira, e a segunda, uma proposição falsa.
d) A primeira asserção é uma proposição falsa, e a segunda, uma proposição verdadeira.
e) Tanto a primeira quanto a segunda asserções são proposições falsa.
	RESPOSTA: C
4º) Assinale a alternativa correta a respeito do educador brasileiro Paulo Freire. 
a) Seu princípio é que só é possível teorizar e agir sobre o que é cientificamente observável. Com isso, ficam descartados conceitos e categorias centrais para outras correntes teóricas, como consciência, vontade, inteligência, emoção e memória - os estados mentais ou subjetivos. 
b) Ele militava em favor do capitalismo e não separava o trabalho teórico de suas convicções ideológicas. Acreditava que a ciência é o único instrumento capaz de transformar uma sociedade.
c) A ideia-chave de seu pensamento é a complexidade. O pensamento complexo, segundo Morin, tem como fundamento, formulações que surgiram no campo das ciências exatas e naturais, como as teorias da informação e dos sistemas e a cibernética, que evidenciaram a necessidade de superar as fronteiras entre as disciplinas.
d) Para ele, o objetivo maior da educação é conscientizar o aluno. Isso significa, em relação às parcelas desfavorecidas da sociedade, levá-las a entender sua situação de oprimidas e agir em favor da própria libertação.
e) Ele dava mais ênfase à autoeducação do aluno do que ao papel do professor como fonte de conhecimento. Acreditava que a educação é uma conquista da criança, pois percebeu que já nascemos com a capacidade de ensinar a nós mesmos, se nos forem dadas as condições.
RESPOSTA:D
5º) A Educação de Jovens e Adultos tem como finalidade:
I - desenvolver estudos teóricos e práticos nas diversas abordagens da educação
II - perceber essa modalidade de ensino enquanto garantia de políticas públicas para promoção da cidadania
III - analisar o histórico dessa modalidade em um contexto geral, fazer uma co-relação entre as diferentes realidades e abordagens de ensino.
IV - promover um ensino de qualidade que transmita o conhecimento linguístico através da alfabetização.
 
De acordo com as questões acima, a alternativa correta é:
a) I e II			b) II e III		c) III, IV		d) I, II e IV		e) I, II e III
RESPOSTA: E
 6º) São competências necessárias à formação docente:
a) Ser competente para conhecer e não administrar situações-problemas.
b) Obter uma visão longitudinal as possibilidades do educador.
c) Ser um mediador entre experiências de vida do educando com a teoria estudada.
d) Envolver os assuntos políticos nas atividades e projetos de conhecimentos de realidade de vida
RESPOSTA: C
7º) Na aula de Tecnologia educacional, em uma escola de Educação de Jovens e Adultos – EJA (fase do Ensino Médio), ao trabalhar um determinado assunto a partir do livro didático adotado, o professor é interpelado por um aluno sobre a atualidade daquela matéria. O aluno explicou que, tendo acessado o site de uma universidade pela Internet, leu que havia novos conhecimentos sobre o conteúdo em pauta, que contrariavam o que estava no livro. 
Diante da situação, o professor, que sempre tivera posturas que valorizam a produção de conhecimentos pelos alunos, deve: 
a) Acatar a informação do aluno como verdadeira, indicando à turma que esse conhecimento será objeto de avaliação.
b) Desqualificar a Internet como meio de transmissão do conhecimento, informando sobre a existência de muitos sites não confiáveis.
c) Incentivar a turma a pesquisar sobre o assunto para avaliar as novas informações trazidas pelo aluno, deslocando a discussão para uma próxima aula.
d) Recomendar à turma que estude pelo livro didático adotado, explicando que a prova terá o livro como base.
e) Impor-se ao aluno, confirmando que o livro adotado é atual e suas informações estão corretas.
RESPOSTA:C
 8º) Práticas de formação de professores, que tomem como referência dimensões individuais e coletivas, contribuem para a emancipação profissional, na produção dos seus saberes e valores. A escola, nesse caso, deve ser concebida como um ambiente educativo, onde trabalhar e formar não sejam atividades distintas.
 A partir dessa reflexão, o desenvolvimento profissional dos professores se entende como processo:
a) contínuo e integrado da formação do professor e do desenvolvimento organizacional.
b) sistemático de aperfeiçoamento do professor, independente do organizacional.
c) justaposto de formação inicial e aperfeiçoamento dos professores.
d) centralizado, realizado pelos sistemas educacionais e escolares.
e) restrito