A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
11 pág.
RESUMO rtf

Pré-visualização | Página 6 de 6

• CICATRIZANTE: 
–  proliferação tecidual ( síntese de ATP -  
atividade mitótica) 
– da microcirculação 
–  síntese de colágeno (ativação de pelos fibroblastos 
precursores do colágeno) 
– maturação fibroblastos 
OUTROS EFEITOS TERAPÊUTICOS 
Clínicos e Experimentais 
• Consolidação de Fraturas (TRELLES & MAYAYO, 1981); 
• Diminuição de degeneração nervosa pós traumática 
(SCHWARTZ et al., 1987; NISSAN 1986). 
• Estimulação Muscular (energia) 
RECOMENDAÇÕES DE DOSAGENS 
Ex.: 
Lesão muscular aguda: de 3 a 4 jaules por ponto e a 
dosagem total de 25 a 35 jaules. 
Lesão muscular crônica: de 5 a 6 jaules por ponto e 
dosagem total de 35 a 45 jaules. 
Procedimento: criar um número de pontos suficiente 
para cobrir toda a área de tratamento com distancia de 
1 cm entre os pontos, ou, distribuir o total de 45 jaules 
na área total. 
Jaules por ponto ou dosagem total distribuída na aula. 
 
 
 
VARIAÇÃO DAS DOSES 
• Pele; peles escuras ou espessas exigem uma dose maior 
• Nutrição; 
• Hidratação; quanto mais saudável (nutrida e hidratada) menor a dose necessária 
• Idade; quanto mais jovem for a pele menor a dose. 
• Sedentarismo. 
• Resultados a partir da 5ª ou 6ª sessões. 
Sugestão de doses|Limite sessão: 45 min.| Intercalar dias de sessão aplicações em lesões, o efeito é perceptivel 
em 24hs 
Cuidados (Segundo Baxter) 
• Tecidos infectados;• Epífises de crescimento;• Tratamentos sobre o n. vago, gg. simpáticos e sobre a região 
cardíaca;• Sobre as gônadas;• Sobre áreas fotossensíveis;• Pacientes com dificuldades cognitivas. 
INDICAÇÕES 
• Lesão musculotendínea; 
• Estimulação muscular 
• Dor miofascial; 
• Fraturas (falanges); 
• Lesão de nervo periférico; 
• Traumas articulares (aplicação na linha articular/ em toda área 
dolorosa); 
• Artrite reumatóide; 
• Artrose; 
• Lúpus eritematoso discóide (melhora cicatrização, baixas doses); 
• Herpes-Zoster; 
• Queimaduras 1 º e 2º grau; 
• Pós-operatório (incisão cirúrgica); 
• Úlceras de decúbito 
• Neuralgia de trigêmio e intercostais 
Contra-indicações 
• Tratamento direto sobre os 
olhos; 
• Irradiação sobre o útero 
gravídico; 
• Tecidos neoplásicos; 
• Áreas hemorrágicas; 
 
LASER PULSADO| Freqüência do Pulsado 
• Freqüências baixas para condições agudas• Freqüências altas para condições crônicas 
Modos de emissão: 
Contínuo e pulsado: Caneta laser 660nm e 830nm: operam no modo contínuo e pulsado (50%) com possibilidade 
de escolha de 10 frequencias: 2,5Hz, 5Hz, 10Hz, 20 Hz, 75 Hz, 150 Hz, 300 Hz, 700 Hz, 1KHz e 2 KHz. 
Estas frequencias servem para proporcionar analgesia por diferentes vias fisiológicas. 
2,5 Hz – para lesões agudas 
20 Hz – para cura de feridas 
150 Hz – para alívio da dor 
2 KHz – para lesões crônicas e feridas que não fecham. 
 
 
 
 
Configuração do Equipamento 
E(J/cm2): Energia em Joules a determinar 
MODE: Laser Continuo ou pulsado 
TOPOS: Sensor 
Setas: 
Verde – Troca de Parâmetro 
Azul – Alteração do Parâmetro 
Não se coloca a energia (deixa free) e configura o tempo de aplicação. 
 
Sugestão de doses - Indicação 
Sugestão 
de Dose 
Cicatrização Cicatrização 
úlceras 
Analgesia Regeneração 
n. periférico 
Consolidação 
óssea 
Circulatório Músculo 
J/ponto) 1 – 3 0,5 a 3 1,5 – 6 3 a 6 2 a 4 1 – 3 0,6 a 6

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.