Atividade diagnóstica 3-Geografia Urbana
3 pág.

Atividade diagnóstica 3-Geografia Urbana


DisciplinaGeografia Urbana879 materiais27.109 seguidores
Pré-visualização1 página
Atividade diagnóstica 3 - Geografia Urbana
1) A transferência da capital do Brasil, do Rio de Janeiro para o planalto central do país, estava prevista desde o século XIX, na Constituição Republicana (1891). Isso porque, desde o período colonial, conforme vimos, havia a tradição de ocupação e criação de cidades nas áreas próximas ao litoral, e as regiões interioranas permaneciam pouco ocupadas e exploradas. Pretendia-se, portanto, promover o desenvolvimento do interior do país e integrá-lo às grandes cidades de ocupação já consolidadas. Em Brasília, convergiram os esforços da ideia de construção do território brasileiro. Embora prevista na Constituição de 1891, a transferência da capital só foi realmente efetivada na década de 1960, no governo do presidente Juscelino Kubitschek.
Logo após sua eleição, Kubistchek, em 1956, conseguiu apoio político e lançou o concurso para se escolher um projeto urbanístico para a nova capital. O projeto para a cidade de Brasília foi elaborado por:
· a) Lúcio Costa.
· b) Rino Levi.
· c) Oscar Niemeyer.
· d) Milton Ghiraldini.
· e) Vilanova Artigas.
2) Foi no governo do presidente Juscelino Kubitschek,em 1956, que foi lançado o concurso para se escolher um projeto urbanístico para a nova capital. A década de 1950 ainda foi marcada pelo auge do planejamento modernista e as ideias da Carta de Atenas e de Le Corbusier estão presentes no projeto vencedor do concurso: o plano piloto proposto por Lúcio Costa, para uma cidade voltada ao automóvel, como desejava o presidente da república. O projeto foi materializado em apenas três anos, e a nova capital pode ser inaugurada em abril de 1960.
 Com relação ao projeto de Brasília analise as afirmativas a seguir:
 I. O projeto de Lúcio Costa previa uma cidade fundamentada em quatro grande escalas: a monumental,  a residencial,  a social e a bucólica. Os eixos eram conectados por meio de grandes avenidas de alta velocidade, para privilegiar o automóvel e a fluidez em longas distâncias.
II. Embora tenha previsto bairros para diferentes níveis sociais, após sua inauguração o que se assistiu foi a elitização do Plano Piloto. A valorização imobiliária ocorrida após a inauguração foi responsável pela exclusão das classes baixas e das classes médias, que passaram a residir no entorno do Plano Piloto, nas chamadas cidades satélites.
III. As cidades-satélites contrastam com o planejamento urbano moderno do Plano Piloto e denunciam a ineficiência em se tentar controlar a dinâmica da vida urbana.
É correto o que se afirma em:
· a) Apenas as afirmativas I e II estão corretas.
· b) Apenas as afirmativas I e III  estão corretas.
· c) Apenas as afirmativas II e III estão corretas.
· d) Apenas a afirmativa  II  esta correta.
· e) As afirmativas I, II e III estão corretas.
3) Os colonizadores brasileiros utilizaram de uma estratégia geográfica para garantir o território que estavam colonizando.
Qual foi a localidade em que se concentraram e qual a justificativa para esta ação?
· a) Concentraram em regiões periféricas dos aglomerados populacional a fim de garantir o território e não serem exposto a possíveis invasores.
· b) Concentravam no interior do território brasileiro a fim de garantir a expansão de seu domínio e a exploração de matéria-prima.
· c) Concentraram no interior do território brasileiro a fim de controlar possíveis ataques indígenas.
· d) Concentraram nas regiões litorâneas do território brasileiro a fim de garantir o seu território e evitar invasões de outros colonizadores.
· e) Concentraram nas regiões litorâneas do território brasileiro a fim de garantir a flexibilidade na comunicação e no transporte para metrópole visando sim o lucro e não a garantia do território.
4) Muitos autores relatam que o processo de urbanização do território brasileiro aconteceu de forma lenta e tímida em relação às colônias espanholas localizadas no continente americano.
Podemos mencionar que esse fato aconteceu devido:
· a) à dimensão territorial e a população habitante deste território eram escassas e, pouco desenvolvidas tecnicamente.
· b) à priorização dos colonizadores em expandir o território e, a busca de novos produtos para o comercio externo.
· c) a visar economia da metrópole sem se preocupar com o planejamento das concentrações urbanas que poderiam se tornar centros urbanos.
· d) à mesma ser considerada agrícola e não ocorrer \u201cinvestimento\u201d por parte da metrópole para estruturação de centros urbanos.
· e) à grande concentração, desordenada, de habitantes e a falta de conhecimento da população para com o planejamento urbano.