A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
3 pág.
PERIODONTO - HISTOBUCAL

Pré-visualização | Página 1 de 1

PERIODONTo
Introdução 
Ele é composto por 4 principais estruturas: 
 Cemento 
 Ligamento periodontal 
 Osso alveolar 
 Gengiva 
 Dentre dentro dessas estruturas são divididos dois 
grupos: 
 Sustentação: Cemento, Ligamento Periodontal e 
osso alveolar 
 Proteção da mucosa mastigatória: gengiva 
 Essas subdivisões possuem coo relacionamento 
clínico com a gengivite e a periodontite. Sendo a primeira 
– pelo periodonto de proteção, e a segunda de 
sustentação. 
 
 
Anatomia do periodonto 
 
 
 
Funções gerais 
 Sustentação do dente no alvéolo 
 Atuação nas forças mastigatórias 
 Regeneração em movimentos biomecânicos ao 
dente. 
 Adaptação funcional e patológica 
 Proteção dentária. 
 
Proteção 
 
Ela é dividida em três porções : 
• Gengiva inserida 
• Gengiva livre 
• Gengiva interdental 
 
Gengiva Livre 
➔ Não possui contato direto com o dente 
➔ Começa assim na linha amelcementaria 
➔ Possui apenas 0,70mm de comprimento 
➔ É queratinizada. – epitélio externo 
➔ É revestida internamente por um epitélio 
sucular! 
 
 
Gengiva Inserida 
➔ Possui aparência de casca de laranja 
➔ Tem fibras colágenas, para ajudar na adesão ao 
dente. 
➔ Começa depois da junção amelocementaria, até 
a linha mucogengival. (parte irrigada da gengiva). 
 
 
 
 
 
 
 Gengiva interdental 
 
➔ Está localizado entre as duas gengivas 
➔ Pode possuir formato piramidal ou de cella. 
 
Divisão do epitélio de proteção. 
Ele pode ser dividido em três 
1. Epitelio oral 
2. Epitélio juncional 
3. Epitélio de sulco 
Epitélio oral 
 É revestimento mastigatório da cavidade interna 
oral. 
 Altamente queratinizada pela sua força ao 
alimento. 
Epitélio Sucular 
 É o revestimento interno da gengiva livre 
 Não possui queratina 
 Espaço de fácil deposição de alimentos, tao 
quanto de limpeza pela sua espessura delgada. 
 0,70 mm 
 
Epitélio Juncional 
 O,97mm 
 É o revestimento interno da gengiva inserida 
 Não queratinizado 
 
 
 
 
ESPAÇO BIOLOGICO : JUNCIONAL + SUCULAR + 
INSERÇÃO CONJ. 
DISTANCIA BIOLOGICA: JUNCIONAL + INSERÇÃO 
CONJUNTIVA 
Correlações clínicas 
 Quando é realizada a sondagem gengival durante 
o exame clínico, a sonda atravessa o epitélio 
juncional na sua parte média, até sua base, não 
alcançando, portanto, a aderência epitelial. A 
sondagem, quando realizada adequadamente, 
não produz sangramento. Entretanto, quando a 
gengiva está inflamada, ocorre rápida passagem 
de sangue da lâmina própria inflamada para o 
fundo do sulco gengival, aparecendo como um 
sinal clínico de gengivite. 
 Gengivas clinicamente normais, em adultos, 
sempre apresentam leve grau de inflamação 
que, dependendo da intensidade da inflamação, 
resulta na passagem de maior quantidade de 
fluido crevicular. 
 Quando ocorre doença periodontal por invasão 
bacteriana oriunda da placa, ocasionando 
processo inflamatório, todos os componentes do 
periodonto são afetados. 
 
 
Sustentação 
 
1. Ligamento periodontal 
2. Cemento 
3. Osso alveolar 
 
Ligamento periodontal 
 
➔ Responsável pela sustentação do dente ao osso 
alveolar, funcionando como uma cola. 
➔ É constituída por fibras e vascularização. 
Fibras : colágena (fibroblastos), elásticas, oxitalamicas. 
Colágenas 
➔ Horizontais : da ao dente resistência a torções e 
rotação 
➔ Obliqua: muita quantidade | absorver as forças 
mastigatórias 
➔ Apicais: na exodontia ela precisa ser empurrada 
para facilitar. 
➔ Intraradiculares: parte de dentro da raiz. 
 
Cemento Radicular 
 Ele é dividido em porção celular e acelular 
 Possui bastante hidroxiapatita 
 É onde se inserem as fibras do ligamento 
 Porção de raiz 
 Protege o dente, como se fosse um esmalte. 
 A diferença entre celular e acelular é a presença 
de cementocitos. 
 
Osso alveolar 
 Absorção das forças mastigatórias 
 Externa: compacta 
 Interna: esponjoso 
 Celulas presentes: osteoblastos, osteoclastos e 
osteócitos. 
 A presença dessas células é importante devido 
a reabsorção do osso, pela movimentação 
dentária em tratamentos ou em casos 
patogênicos.