A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
30 pág.
RELATÓRIO FINAL- HOSPITALAR

Pré-visualização | Página 9 de 9

e qualitativo. SMAD, Rev. Eletrônica Saúde Mental Álcool Drog. (Ed. port.), Ribeirão Preto, v. 14, n. 2, p. 108-116, 2018. Disponível em: <http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1806-69762018000200007&lng=pt&nrm=iso>. Acesso em: 29 nov. 2020.  
GAMA, Carlos Alberto Pegolo da; CAMPOS, Rosana Teresa Onocko; FERRER, Ana Luiza. Saúde mental e vulnerabilidade social: a direção do tratamento. Rev. latinoam. psicopatol. fundam., São Paulo, v. 17, n. 1, pág. 69-84, março de 2014. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S141547142014000100006&lng=en&nrm=iso>. Acesso em: 29 nov. 2020.  
GRAZZIANO, Eliane da silva. Estratégia para redução do stress e Bounout entre enfermeiros hospitalares. 2008. Tese (Doutorado em Enfermagem na saúde do adulto) –Escola de Enfermagem, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2009. Doi:10.11606/T.7.2009.tde-1452009-101907. Acesso em: 2011-11-24.
BATISTA, Karla de Melo. Stress e Hardines entre enfermeiros hospitalares. 2011. Tese (Doutorado em Enfermagem na Saúde do Adulto) – Escola de Enfermagem, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2011.doi:10.11606/T.7.2011, tde-310512011-120626.Acesso em: 2020-11-24.
Ariès, P. (1990). O Homem diante da morte. Rio de Janeiro: Francisco Alves.
Araújo, P. V. R., & Vieira, M. J (2001). As atitudes do homem frente à morte e o morrer. Revista Texto e Contexto Enfermagem, 10(3),101-117.
Rabelo, M. K. O. (2006). Um olhar fenomenológico sobre a morte na sociedade ocidental: Testemunho histórico-antropológico. Outras Palavras: Revista científica da ESPAM, 3(1),71-84.
FREUD, Sigmund. Luto e Melancolia (1917 [1915]). In:______. A história do Movimento Psicanalítico, Artigos sobre a Metapsicologia e outros trabalhos (1914- 1916). Edição Standard Brasileira das Obras Psicológicas Completas de Sigmund Freud. Vol. XIV, Rio de Janeiro: Imago, 1996. p. 245-263.
TRIGO, Telma Ramos; TENG, Chei Tung; HALLAK, Jaime Eduardo Cecílio. Síndrome de burnout ou estafa profissional e os transtornos psiquiátricos. Rev. psiquiatr. clín., São Paulo, v. 34, n. 5, p. 223-233, 2007. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-60832007000500004&lng=en&nrm=iso>. Acesso em: 25 Nov. 2020. 
KESTENBERG, Katia. Síndrome de Burnout: o que é, os sintomas e o tratamento. Psicologia Viva, 2018. Disponível em: <https://blog.psicologiaviva.com.br/sindrome-de-burnout/>. Acesso em: 25. Nov. 2020.
SPRANDEL, Lucila Isabel Schwertner; VAGHETTI, Helena Heidtmann. Valorização e motivação de enfermeiros na perspectiva da humanização do trabalho nos hospitais. Revista Eletronica de Enfermagem, Pelotas, v. 14, n. 4, pág. 794-802, outubro de 2012. Disponível em: <http://deploy.extras.ufg.br/projetos/fen_revista/v14/n4/pdf/v14n4a07.pdf>. Acesso em 29 de novembro de 2020.
KESSLER, Adriane Inês; KRUG, Suzane Beatriz Frantz. Do prazer ao sofrimento no trabalho da enfermagem: o discurso dos trabalhadores. Rev. Gaúcha Enferm., Porto Alegre, v. 33, n. 1, pág. 49-55, março de 2012. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1983-14472012000100007&lng=en&nrm=iso>. Acesso em 29 de novembro de 2020. 
Câmara dos Deputados. Projeto de Lei n° 9.714/2018. Cria o Dia Nacional do Autocuidado e dá outras providências. Disponível em: <https://www.camara.leg.br/proposicoesWeb/prop_mostrarintegra;jsessionid=DE23A9CC9E24868C0C7984EF920158E7.proposicoesWebExterno1?codteor=1645056&filename=Avulso+-PL+9714/2018>. Acesso em: 29 de novembro de 2020. 
MOURA LOPES, Emeline et al. Teoria do autocuidado na assistência às mulheres que vivem com AIDS: utilidade da teoria. av.enferm., Bogotá, v. 33, n. 2, p. 241-250, May 2015. Disponível em: <http://www.scielo.org.co/pdf/aven/v33n2/v33n2a06.pdf>. Acesso em: 29 de novembro de 2020. 
NEVES, Eloita Pereira. Reflexões acerca dos conceitos auto-cuidado e competência/poder para o auto-cuidado. Rev. Esc. Enf. USP, São Paulo, 2/(3):235-241, dez. 1987. Disponível em: <https://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0080-62341987000300235&script=sci_abstract&tlng=pt>. Acesso em: 29 de novembro de 2020. 
QUEIROS, Paulo Joaquim Pina; VIDINHA, Telma Sofia dos Santos; FILHO, António José de Almeida. Autocuidado: o contributo teórico de Orem para a disciplina e profissão de Enfermagem. Rev. Enf. Ref., Coimbra, v. serIV, n. 3, p. 157-164, dez. 2014. Disponível em: <http://www.scielo.mec.pt/pdf/ref/vserIVn3/serIVn3a18.pdf>. Acesso em: 29 de novembro de 2020. 
SILVA, Irene de Jesus et al. Cuidado, autocuidado e cuidado de si: uma compreensão paradigmática para o cuidado de enfermagem. Rev. esc. enferm. USP, São Paulo, v. 43, n. 3, p. 697-703, set. 2009. Disponível em: <https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0080-62342009000300028&lng=pt&tlng=pt>. Acesso em: 29 de novembro de 2020. 
AMERICAN PSYCHIATRIC ASSOCIATION. DSM V: Manual diagnóstico e estatístico de transtornos mentais. 5 ed. Porto Alegre: Artmed, 2014.
BRAGA, Ludmila Candida de; CARVALHO, Lidia Raquel de; BINDER, Maria Cecília Pereira. Condições de trabalho e transtornos mentais comuns em trabalhadores da rede básica de saúde de Botucatu (SP). Ciênc. saúde coletiva, Rio de Janeiro, v. 15, supl. 1, p. 1585-1596, June 2010. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232010000700070&lng=en&nrm=iso>. Acesso em: 06 Dec. 2020. https://doi.org/10.1590/S1413-81232010000700070.
CASTILLO, Ana Regina GL et al. Transtornos de ansiedade. Rev. Bras. Psiquiatr., São Paulo, v. 22, supl. 2, p. 20-23, Dec. 2000. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-44462000000600006&lng=en&nrm=iso>. Acesso em: 06 Dec. 2020. https://doi.org/10.1590/S1516-44462000000600006.
BRASIL. Ministério da Saúde (MS). Saúde mental e atenção psicossocial na pandemia Covid. Recomendações para gestores 2020. Rio de Janeiro, Brasília: Fiocruz, MS; 2020. [Acessado 07 maio 2020]. Disponível em: http://www.fiocruzbrasilia.fiocruz.br/wp-content/uploads/2020/04/Sa%C3%BAde-Mental
MARTINS, Júlia Trevisan; ROBAZZI, Maria Lúcia do Carmo Cruz; BOBROFF, Maria Cristina Cescatto. Prazer e sofrimento no trabalho da equipe de enfermagem: reflexão à luz da psicodinâmica Dejouriana. Rev. esc. enferm. USP, São Paulo, v. 44, n. 4, p. 1107-1111, Dec. 2010. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0080-62342010000400036&lng=en&nrm=iso>. Acesso em: 06 Dec. 2020. https://doi.org/10.1590/S0080-62342010000400036.
MOURA, Adaene et al. Fatores associados à ansiedade entre profissionais da atenção básica. Revista Portuguesa de Enfermagem de Saúde Mental, Porto, n. 19, p. 17-26, jun. 2018. Disponível em: <http://www.scielo.mec.pt/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1647-21602018000100003&lng=pt&nrm=iso>. Acesso em: 06 dez. 2020. http://dx.doi.org/10.19131/rpesm.0198.
TEIXEIRA, Carmen Fontes de Souza et al. A saúde dos profissionais de saúde no enfrentamento da pandemia de Covid-19. Ciênc. saúde coletiva, Rio de Janeiro, v. 25, n. 9, p. 3465-3474, Sept. 2020. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232020000903465&lng=en&nrm=iso>. Acesso em: 06 Dec. 2020. Epub Aug 28, 2020. http://dx.doi.org/10.1590/1413-81232020259.19562020.
WERNECK, Guilherme Loureiro; CARVALHO, Marilia Sá. A pandemia de COVID-19 no Brasil: crônica de uma crise sanitária anunciada. Cadernos de Saúde Pública, [S.L.], v. 36, n. 5, p. 1-4, 2020. FapUNIFESP (SciELO). http://dx.doi.org/10.1590/0102-311x00068820.